E-book traz a história do missionário salesiano Padre Antônio José Góes

Wednesday, 08 April 2020 12:18 Written by  Inspetoria São Domingos Sávio
O e-book conta a vida do missionário salesiano padre Antônio José Góes, que se dedicou, por 22 anos, aos indígenas Yanomami.

O jovem Leonardo Ferreira de Almeida acaba de publicar o e-book: Antônio José Góes, uma vida missionária de pioneirismo e de dedicação aos Yanomami do Amazonas.


O e-book registra a vida e a obra do missionário salesiano padre Antônio José Góes, natural de Itabaiana, Sergipe, que se dedicou, com muito sacrifício e abnegação, durante 22 anos, aos belos e vibrantes Yanomami das comunidades de Maturacá e de Marauiá, no Amazonas - região de fronteira entre o Brasil e a Venezuela, próximo ao Pico da Neblina.

Padre Góes é reconhecido como o primeiro não indígena a promover contato permanente e pacífico com vários grupos destes nativos, sendo o fundador de duas missões católicas, as quais vigoram até os dias atuais. Desde os anos da década de 1950, sua trajetória de pioneirismo e de dedicação aos Yanomami do Amazonas é narrada e referenciada por diversos autores brasileiros e estrangeiros, religiosos e acadêmicos.

 

Clique aqui para acessar o e-book.

 

Fonte: Inspetoria São Domingos Sávio

Rate this item
(1 Vote)
Last modified on Wednesday, 08 April 2020 12:25

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


E-book traz a história do missionário salesiano Padre Antônio José Góes

Wednesday, 08 April 2020 12:18 Written by  Inspetoria São Domingos Sávio
O e-book conta a vida do missionário salesiano padre Antônio José Góes, que se dedicou, por 22 anos, aos indígenas Yanomami.

O jovem Leonardo Ferreira de Almeida acaba de publicar o e-book: Antônio José Góes, uma vida missionária de pioneirismo e de dedicação aos Yanomami do Amazonas.


O e-book registra a vida e a obra do missionário salesiano padre Antônio José Góes, natural de Itabaiana, Sergipe, que se dedicou, com muito sacrifício e abnegação, durante 22 anos, aos belos e vibrantes Yanomami das comunidades de Maturacá e de Marauiá, no Amazonas - região de fronteira entre o Brasil e a Venezuela, próximo ao Pico da Neblina.

Padre Góes é reconhecido como o primeiro não indígena a promover contato permanente e pacífico com vários grupos destes nativos, sendo o fundador de duas missões católicas, as quais vigoram até os dias atuais. Desde os anos da década de 1950, sua trajetória de pioneirismo e de dedicação aos Yanomami do Amazonas é narrada e referenciada por diversos autores brasileiros e estrangeiros, religiosos e acadêmicos.

 

Clique aqui para acessar o e-book.

 

Fonte: Inspetoria São Domingos Sávio

Rate this item
(1 Vote)
Last modified on Wednesday, 08 April 2020 12:25

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.