Salesianidade
Dom Bosco tinha uma grande devoção ao Sagrado Coração e a recomendava também aos seus meninos. Esta devoção manifestou-se de muitas maneiras e teve muitas expressões durante a sua vida: textos, orações, bons conselhos e recomendações e até igrejas. Sua devoção foi tão grande que se tornou parte do próprio Carisma Salesiano, e hoje é difundida por seus Sucessores e Filhos espirituais.
De Norte a Sul do Brasil, inspetorias, paróquias, escolas e obras sociais prestaram suas homenagens a Nossa Senhora Auxiliadora. Veja algumas dessas celebrações.
Faltam poucos dias para a festa de Maria Auxiliadora e, em vista desse evento tão esperado por toda a Família Salesiana, o Boletim Salesiano da Itália destaca alguns fatos sobre suas origens e difusão.
No dia 16 de maio de 1887, Dom Bosco celebrou sua primeira e única Missa no altar de Maria Auxiliadora, na igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Roma, igreja cuja construção lhe custou muito esforço e sofrimento nos últimos anos de sua vida. Naquela Missa, interrompida 15 vezes pelas lágrimas, Dom Bosco, já próximo do fim da sua vida mortal, teve a graça de compreender todo o caminho realizado nos mil apostolados e nas infinitas iniciativas para os jovens ao longo da sua vida, e o Sonho que teve aos 9 anos de repente tornou-se claro para ele, cumprindo, assim, também a afirmação profética daquele sonho: “A seu tempo tudo compreenderás”.
“Este jovem, ex-aluno salesiano, o primeiro paquistanês a caminho dos altares, representa todos os cristãos e todos os jovens corajosos e orgulhosos de sua fé", afirma o postulador geral dos salesianos, Pe. Pierluigi Cameroni.
A tradição da Novena Mundial a Maria Auxiliadora (15-23 de maio), promovida pela Sede Central Salesiana e de grande importância para todos os membros da Família Salesiana que querem se preparar adequadamente para esta celebração, é renovada, mais uma vez, este ano. Os vídeos que acompanham a Novena 2024 serão disponibilizados nos próximos dias na internet.
Página 1 de 109
Salesianidade
Dom Bosco tinha uma grande devoção ao Sagrado Coração e a recomendava também aos seus meninos. Esta devoção manifestou-se de muitas maneiras e teve muitas expressões durante a sua vida: textos, orações, bons conselhos e recomendações e até igrejas. Sua devoção foi tão grande que se tornou parte do próprio Carisma Salesiano, e hoje é difundida por seus Sucessores e Filhos espirituais.
De Norte a Sul do Brasil, inspetorias, paróquias, escolas e obras sociais prestaram suas homenagens a Nossa Senhora Auxiliadora. Veja algumas dessas celebrações.
Faltam poucos dias para a festa de Maria Auxiliadora e, em vista desse evento tão esperado por toda a Família Salesiana, o Boletim Salesiano da Itália destaca alguns fatos sobre suas origens e difusão.
No dia 16 de maio de 1887, Dom Bosco celebrou sua primeira e única Missa no altar de Maria Auxiliadora, na igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Roma, igreja cuja construção lhe custou muito esforço e sofrimento nos últimos anos de sua vida. Naquela Missa, interrompida 15 vezes pelas lágrimas, Dom Bosco, já próximo do fim da sua vida mortal, teve a graça de compreender todo o caminho realizado nos mil apostolados e nas infinitas iniciativas para os jovens ao longo da sua vida, e o Sonho que teve aos 9 anos de repente tornou-se claro para ele, cumprindo, assim, também a afirmação profética daquele sonho: “A seu tempo tudo compreenderás”.
“Este jovem, ex-aluno salesiano, o primeiro paquistanês a caminho dos altares, representa todos os cristãos e todos os jovens corajosos e orgulhosos de sua fé", afirma o postulador geral dos salesianos, Pe. Pierluigi Cameroni.
A tradição da Novena Mundial a Maria Auxiliadora (15-23 de maio), promovida pela Sede Central Salesiana e de grande importância para todos os membros da Família Salesiana que querem se preparar adequadamente para esta celebração, é renovada, mais uma vez, este ano. Os vídeos que acompanham a Novena 2024 serão disponibilizados nos próximos dias na internet.
Página 1 de 109