Editorial
Na apresentação da Estreia deste novo ano, 2020, o Reitor-mor pede que ela seja como que “o fio condutor” da pastoral em todas as atividades que se realizam no mundo salesiano. Para a educação e a evangelização dos jovens e das jovens, a Família Salesiana de Dom Bosco herdou o binômio “bons cristãos e honestos cidadãos”. Se constata uma crescente fragilidade no sentido de que nem sempre somos apóstolos missionários e nem sempre educamos os jovens para a cidadania.  
Quinta, 12 Dezembro 2019 10:06

Um Menino Deus que nos ama!

Escrito por
“Veja, Cristo vem para nos procurar, a Igreja nos convida, para o acolher bem”. Assim falou São Francisco de Sales na pregação do 1º domingo do Advento de 1610. Por isso o Conselho Editorial e a Redação do Boletim Salesiano optaram por fazer uma edição dedicada a esta grande festa do cristianismo, que é o Natal.  
Fim de ano chegando e começam os preparativos para as festas do Natal e do Ano Novo, que procuramos celebrar com muita alegria. Neste ano, a Igreja nos convida novamente a preparar o Natal, para que seja celebrado como uma festa cristã, e não meramente como uma “festa pagã”, na qual sequer Jesus Cristo tem vez. Por isso o tema é este: “Reunidos em família, preparando a vinda do Senhor”. Será uma bela experiência que poderemos fazer: viver e conviver com as pessoas, estar na casa como irmãos e irmãs.  
Quarta, 16 Outubro 2019 16:04

Editorial: batizados e enviados

Escrito por
O Papa Francisco proclamou outubro de 2019 como Mês Missionário Extraordinário com o objetivo de “despertar em medida maior a consciência da "missio ad gentes" e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral”. É um momento muito importante para a vida da Igreja, que atinge a todos nós.  
O padre João Mendonça escreve um artigo no presente Boletim Salesiano sobre “o corpo espiritual”. É uma reflexão muito atinente ao momento, quando alguns cultivam o corpo de uma maneira narcisista e ainda existe certa mentalidade de pessimismo em relação ao mesmo. Ao reconhecer a dignidade da perfeição da pessoa humana, São Francisco de Sales deixou na sua espiritualidade tudo aquilo que é humano, pois, dizia ele, existem no homem “mais coisas dignas de admiração do que de desprezo”. Esta é a visão otimista da vida e do mundo, que está no centro da nossa espiritualidade salesiana e que se expressa num conjunto de virtudes humanas, sinal de uma grande maturidade e de uma profundidade de vida espiritual.  
Dom Bosco escolheu São Francisco de Sales como padroeiro da sua Sociedade não somente porque era o santo da amabilidade, da doçura ou da paciência. O escolheu também porque, como escritor, Francisco de Sales era modelo do cristão que deseja propagar o Reino de Deus através do apostolado da boa imprensa. Atento ao seu tempo, ele percebeu na imprensa, que então surgia, uma grande oportunidade para fazer o bem.  
Editorial
Na apresentação da Estreia deste novo ano, 2020, o Reitor-mor pede que ela seja como que “o fio condutor” da pastoral em todas as atividades que se realizam no mundo salesiano. Para a educação e a evangelização dos jovens e das jovens, a Família Salesiana de Dom Bosco herdou o binômio “bons cristãos e honestos cidadãos”. Se constata uma crescente fragilidade no sentido de que nem sempre somos apóstolos missionários e nem sempre educamos os jovens para a cidadania.  
Quinta, 12 Dezembro 2019 10:06

Um Menino Deus que nos ama!

Escrito por
“Veja, Cristo vem para nos procurar, a Igreja nos convida, para o acolher bem”. Assim falou São Francisco de Sales na pregação do 1º domingo do Advento de 1610. Por isso o Conselho Editorial e a Redação do Boletim Salesiano optaram por fazer uma edição dedicada a esta grande festa do cristianismo, que é o Natal.  
Fim de ano chegando e começam os preparativos para as festas do Natal e do Ano Novo, que procuramos celebrar com muita alegria. Neste ano, a Igreja nos convida novamente a preparar o Natal, para que seja celebrado como uma festa cristã, e não meramente como uma “festa pagã”, na qual sequer Jesus Cristo tem vez. Por isso o tema é este: “Reunidos em família, preparando a vinda do Senhor”. Será uma bela experiência que poderemos fazer: viver e conviver com as pessoas, estar na casa como irmãos e irmãs.  
Quarta, 16 Outubro 2019 16:04

Editorial: batizados e enviados

Escrito por
O Papa Francisco proclamou outubro de 2019 como Mês Missionário Extraordinário com o objetivo de “despertar em medida maior a consciência da "missio ad gentes" e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral”. É um momento muito importante para a vida da Igreja, que atinge a todos nós.  
O padre João Mendonça escreve um artigo no presente Boletim Salesiano sobre “o corpo espiritual”. É uma reflexão muito atinente ao momento, quando alguns cultivam o corpo de uma maneira narcisista e ainda existe certa mentalidade de pessimismo em relação ao mesmo. Ao reconhecer a dignidade da perfeição da pessoa humana, São Francisco de Sales deixou na sua espiritualidade tudo aquilo que é humano, pois, dizia ele, existem no homem “mais coisas dignas de admiração do que de desprezo”. Esta é a visão otimista da vida e do mundo, que está no centro da nossa espiritualidade salesiana e que se expressa num conjunto de virtudes humanas, sinal de uma grande maturidade e de uma profundidade de vida espiritual.  
Dom Bosco escolheu São Francisco de Sales como padroeiro da sua Sociedade não somente porque era o santo da amabilidade, da doçura ou da paciência. O escolheu também porque, como escritor, Francisco de Sales era modelo do cristão que deseja propagar o Reino de Deus através do apostolado da boa imprensa. Atento ao seu tempo, ele percebeu na imprensa, que então surgia, uma grande oportunidade para fazer o bem.