Maria Regina Taba: rumo ao Pan-americano

Monday, 20 June 2016 20:08 Written by  Vivian Marler – Colégio Dom Bosco Manaus
Quando Dom Bosco sonhou com a pedagogia salesiana, não deve ter imaginado que um dos seus pilares, o esporte, fosse levar seus jovens a alcançarem o lugar mais alto do pódio duzentos anos depois, como é o caso da amazonense Maria Regina Taba, aluna salesiana do Colégio Dom Bosco em Manaus. Com apenas 17 anos, Maria Taba, aluna finalista do CDB, conquistou no último 14 de maio, o Campeonato Brasileiro de Judô, o que a fez carimbar seu passaporte para participar do Pan-americano sub 18, categoria em que ela é a primeira aluna atleta salesiana a conquistar ambos os títulos.

O Campeonato Brasileiro de Judô foi realizado em Lauro de Freitas, na Bahia, e Maria Taba foi considerada medalha de ouro sub 18 na categoria 52kg sob o comando do seu professor e técnico, o sensei Diomedes Silva. Conversamos com a atleta para conhecer um pouco de sua história no judô.

 

Boletim Salesiano - Conte um pouco sobre sua história no judô dentro do Colégio Dom Bosco. Como tudo começou, como o judô se transformou em paixão e passou a fazer parte de sua vida?

Maria Taba - Estudo no Colégio Dom Bosco desde a Educação Infantil e comecei o judô na escolinha de esportes quando eu estava no Ensino Fundamental I, mas o gosto por treinar só apareceu quando fui competir e vi que eu podia ir mais longe. Fiz outros esportes, como balet e natação, mas foi no judô que eu mais me conectei.

 

BS - Quais foram as competições mais importantes ao longo de sua vida como atleta?

Maria Taba - Foram muitas, mas posso destacar os três Jogos Escolares da Juventude na faixa etária de 12 a 14, e depois os JEJ´s na faixa etária de 15 a 17, Campeonatos Brasileiros, Sul-americanos e Circuito Europeu.

 

BS - Como você consegue conciliar o estudo do último ano do Ensino Médio com as competições?

Maria Taba - Eu preciso ter muita disciplina tanto no esporte como nos estudos, então quando volto das minhas viagens peço as matérias perdidas de meus amigos de sala e me dedico bastante para poder compensar o tempo em que estive afastada competindo.

 

BS - Como foi receber o convite para participar do seleto grupo de judocas da Federação Brasileira?

Maria Taba - Fiquei muito feliz porque é um primeiro passo para a entrada da Seleção Principal, mas acredito que se eu não tivesse tido dedicação e disciplina, não teria realizado este sonho.

 

BS - Campeã Brasileira neste final de semana, qual a sensação do peso, da responsabilidade de mais este título?

Maria Taba - É um sonho, mas a responsabilidade é grande, porque não quero desapontar as pessoas que acreditam e torcem por mim, se eu perder. Sou muito grata a todos que me acompanham, não chegaria onde estou sem nenhum deles e os representarei com o meu melhor.

 

BS - Muito mais que o titulo de campeã brasileira, receber a confirmação da passagem para o Pan-americano... conte-nos sobre essa conquista, sobre essa emoção.

Maria Taba - Eu fiquei muito emocionada, primeira vez Campeã brasileira e funciona por pontos. Então, sou a primeira do ranking nacional sub 18, sendo que conta pontos a partir da seletiva nacional (onde fui campeã), do Brasileiro Regional, do Brasileiro Final (onde também fui campeã), e saber que meu sensei Diomedes estava ali me dando força, me deixou muito confiante.

Eu treino com o sensei Diomedes desde que tinha 7 anos, e ele sempre me ajudou e me deu muita atenção em meus treinos. É como se fosse um segundo pai. Sou muito grata a ele e a todos os ensinamentos que recebo no meu colégio que me fazem crescer não apenas como atleta, mas como pessoa. Os treinamentos são muito pesados e firmes e tenho certeza que sem o sensei Diomedes eu não estaria onde estou.

 

BS - Qual a importância do esporte na sua vida? 

Maria Taba - Ele se tornou uma parte importante de mim, e é onde eu quero seguir a carreira.

 

BS - Qual mensagem você deixa para jovens que estão começando no esporte e aqueles que já se encontram em competições?

Maria Taba - Dedicação e a vontade de vencer são fundamentais para um bom desempenho no seu esporte.

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Maria Regina Taba: rumo ao Pan-americano

Monday, 20 June 2016 20:08 Written by  Vivian Marler – Colégio Dom Bosco Manaus
Quando Dom Bosco sonhou com a pedagogia salesiana, não deve ter imaginado que um dos seus pilares, o esporte, fosse levar seus jovens a alcançarem o lugar mais alto do pódio duzentos anos depois, como é o caso da amazonense Maria Regina Taba, aluna salesiana do Colégio Dom Bosco em Manaus. Com apenas 17 anos, Maria Taba, aluna finalista do CDB, conquistou no último 14 de maio, o Campeonato Brasileiro de Judô, o que a fez carimbar seu passaporte para participar do Pan-americano sub 18, categoria em que ela é a primeira aluna atleta salesiana a conquistar ambos os títulos.

O Campeonato Brasileiro de Judô foi realizado em Lauro de Freitas, na Bahia, e Maria Taba foi considerada medalha de ouro sub 18 na categoria 52kg sob o comando do seu professor e técnico, o sensei Diomedes Silva. Conversamos com a atleta para conhecer um pouco de sua história no judô.

 

Boletim Salesiano - Conte um pouco sobre sua história no judô dentro do Colégio Dom Bosco. Como tudo começou, como o judô se transformou em paixão e passou a fazer parte de sua vida?

Maria Taba - Estudo no Colégio Dom Bosco desde a Educação Infantil e comecei o judô na escolinha de esportes quando eu estava no Ensino Fundamental I, mas o gosto por treinar só apareceu quando fui competir e vi que eu podia ir mais longe. Fiz outros esportes, como balet e natação, mas foi no judô que eu mais me conectei.

 

BS - Quais foram as competições mais importantes ao longo de sua vida como atleta?

Maria Taba - Foram muitas, mas posso destacar os três Jogos Escolares da Juventude na faixa etária de 12 a 14, e depois os JEJ´s na faixa etária de 15 a 17, Campeonatos Brasileiros, Sul-americanos e Circuito Europeu.

 

BS - Como você consegue conciliar o estudo do último ano do Ensino Médio com as competições?

Maria Taba - Eu preciso ter muita disciplina tanto no esporte como nos estudos, então quando volto das minhas viagens peço as matérias perdidas de meus amigos de sala e me dedico bastante para poder compensar o tempo em que estive afastada competindo.

 

BS - Como foi receber o convite para participar do seleto grupo de judocas da Federação Brasileira?

Maria Taba - Fiquei muito feliz porque é um primeiro passo para a entrada da Seleção Principal, mas acredito que se eu não tivesse tido dedicação e disciplina, não teria realizado este sonho.

 

BS - Campeã Brasileira neste final de semana, qual a sensação do peso, da responsabilidade de mais este título?

Maria Taba - É um sonho, mas a responsabilidade é grande, porque não quero desapontar as pessoas que acreditam e torcem por mim, se eu perder. Sou muito grata a todos que me acompanham, não chegaria onde estou sem nenhum deles e os representarei com o meu melhor.

 

BS - Muito mais que o titulo de campeã brasileira, receber a confirmação da passagem para o Pan-americano... conte-nos sobre essa conquista, sobre essa emoção.

Maria Taba - Eu fiquei muito emocionada, primeira vez Campeã brasileira e funciona por pontos. Então, sou a primeira do ranking nacional sub 18, sendo que conta pontos a partir da seletiva nacional (onde fui campeã), do Brasileiro Regional, do Brasileiro Final (onde também fui campeã), e saber que meu sensei Diomedes estava ali me dando força, me deixou muito confiante.

Eu treino com o sensei Diomedes desde que tinha 7 anos, e ele sempre me ajudou e me deu muita atenção em meus treinos. É como se fosse um segundo pai. Sou muito grata a ele e a todos os ensinamentos que recebo no meu colégio que me fazem crescer não apenas como atleta, mas como pessoa. Os treinamentos são muito pesados e firmes e tenho certeza que sem o sensei Diomedes eu não estaria onde estou.

 

BS - Qual a importância do esporte na sua vida? 

Maria Taba - Ele se tornou uma parte importante de mim, e é onde eu quero seguir a carreira.

 

BS - Qual mensagem você deixa para jovens que estão começando no esporte e aqueles que já se encontram em competições?

Maria Taba - Dedicação e a vontade de vencer são fundamentais para um bom desempenho no seu esporte.

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.