Projeto de aluno salesiano se destaca em Feira Científica Nacional

Thursday, 27 March 2014 14:01 Written by  Assessoria de Imprensa – Rede Salesiana de Escolas
Projeto de aluno salesiano se destaca em Feira Científica Nacional RSE Informa
O projeto Ponto de Ônibus Inteligente propõe soluções para melhoria do trânsito e facilita a comunicação entre motoristas e passageiros. A ideia conquistou o 3º lugar nacional na Febrace. 

O projeto “Pointe - Ponto de ônibus Inteligente”, de autoria de Lucas Peixoto dos Santos, aluno do ensino técnico do Instituto Nossa Senhora da Glória - INSG/Castelo,ganhou o terceiro lugar na categoria Engenharia na 12ª FEBRACE (Feira Brasileira de Ciência e Engenharia), realizada em São Paulo, de 18 a 21 e março. O projeto visa à melhoria do serviço de transporte público, tendo como base a comunicação entre passageiro e motorista de modo sem fio. A alternativa é bem mais barata que a utilizada com GPS. Todo o projeto pretende melhorar a acessibilidade, pensando nas pessoas portadoras de deficiência visual; sustentabilidade, usando placas solares; e melhoria no trânsito, com a redução de paradas.

Lucas explica que para a realização do projeto ele se inspirou nas pessoas que utilizam o ônibus como meio de transporte diário e sofrem com atrasos de veículos e com a superlotação; nos cidadãos que muitas vezes são ignorados por motoristas, como os estudantes, idosos ou pessoas portadoras de alguma deficiência – como a visual, que dificulta a identificação das linhas, e mesmo nos cadeirantes para identificar ônibus adaptados.

“Foi uma experiência incrível. Conheci jovens brilhantes que estão mudando nosso país e, acima de tudo, saber que o projeto ao qual me dediquei ficou entre os melhores do Brasil”, comemora Lucas.

Para elaboração e execução do projeto, Lucas teve a orientação do professor Leonardo Veloso de Oliveira, ambos inseridos no Programa de Iniciação Científica da Educação Técnica do INSG/Castelo, que tem como objetivo o desenvolvimento da pesquisa desde a formação média, inserido no projeto maior da instituição que é o Centro de Pesquisa do INSG, que envolve a escola e a Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA).“Foi gratificante ter conhecido professores e alunos engajados em desenvolver o conhecimento e métodos científicos voltados à melhoria da qualidade de vida” afirmou o professor.

Para a coordenadora do ensino técnico da instituição, Scheila Abreu, ficar entre os três primeiros colocados nesse evento é uma grande vitória. “O projeto representou nossa cidade em uma feira de abrangência nacional. Concorremos com grandes iniciativas e ficamos entre os melhores. Isso só prova a qualidade dos nossos profissionais e da estrutura da nossa escola”, afirma a coordenadora.

O INSG/Castelo oferece 10 cursos técnicos com ênfase no mercado offshore, ou seja, localizadas fora do país de origem: Gestão Empresarial, Informática, Mecatrônica, Química Industrial, Segurança do Trabalho, Análises Clínicas, Eletrotécnico, Geoprocessamento, Meio Ambiente e Petróleo e Gás.

 

Assessoria de Imprensa – Rede Salesiana de Escolas

 

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 28 March 2014 14:24

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Projeto de aluno salesiano se destaca em Feira Científica Nacional

Thursday, 27 March 2014 14:01 Written by  Assessoria de Imprensa – Rede Salesiana de Escolas
Projeto de aluno salesiano se destaca em Feira Científica Nacional RSE Informa
O projeto Ponto de Ônibus Inteligente propõe soluções para melhoria do trânsito e facilita a comunicação entre motoristas e passageiros. A ideia conquistou o 3º lugar nacional na Febrace. 

O projeto “Pointe - Ponto de ônibus Inteligente”, de autoria de Lucas Peixoto dos Santos, aluno do ensino técnico do Instituto Nossa Senhora da Glória - INSG/Castelo,ganhou o terceiro lugar na categoria Engenharia na 12ª FEBRACE (Feira Brasileira de Ciência e Engenharia), realizada em São Paulo, de 18 a 21 e março. O projeto visa à melhoria do serviço de transporte público, tendo como base a comunicação entre passageiro e motorista de modo sem fio. A alternativa é bem mais barata que a utilizada com GPS. Todo o projeto pretende melhorar a acessibilidade, pensando nas pessoas portadoras de deficiência visual; sustentabilidade, usando placas solares; e melhoria no trânsito, com a redução de paradas.

Lucas explica que para a realização do projeto ele se inspirou nas pessoas que utilizam o ônibus como meio de transporte diário e sofrem com atrasos de veículos e com a superlotação; nos cidadãos que muitas vezes são ignorados por motoristas, como os estudantes, idosos ou pessoas portadoras de alguma deficiência – como a visual, que dificulta a identificação das linhas, e mesmo nos cadeirantes para identificar ônibus adaptados.

“Foi uma experiência incrível. Conheci jovens brilhantes que estão mudando nosso país e, acima de tudo, saber que o projeto ao qual me dediquei ficou entre os melhores do Brasil”, comemora Lucas.

Para elaboração e execução do projeto, Lucas teve a orientação do professor Leonardo Veloso de Oliveira, ambos inseridos no Programa de Iniciação Científica da Educação Técnica do INSG/Castelo, que tem como objetivo o desenvolvimento da pesquisa desde a formação média, inserido no projeto maior da instituição que é o Centro de Pesquisa do INSG, que envolve a escola e a Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA).“Foi gratificante ter conhecido professores e alunos engajados em desenvolver o conhecimento e métodos científicos voltados à melhoria da qualidade de vida” afirmou o professor.

Para a coordenadora do ensino técnico da instituição, Scheila Abreu, ficar entre os três primeiros colocados nesse evento é uma grande vitória. “O projeto representou nossa cidade em uma feira de abrangência nacional. Concorremos com grandes iniciativas e ficamos entre os melhores. Isso só prova a qualidade dos nossos profissionais e da estrutura da nossa escola”, afirma a coordenadora.

O INSG/Castelo oferece 10 cursos técnicos com ênfase no mercado offshore, ou seja, localizadas fora do país de origem: Gestão Empresarial, Informática, Mecatrônica, Química Industrial, Segurança do Trabalho, Análises Clínicas, Eletrotécnico, Geoprocessamento, Meio Ambiente e Petróleo e Gás.

 

Assessoria de Imprensa – Rede Salesiana de Escolas

 

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 28 March 2014 14:24

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.