Salesianos prosseguem com ajuda a população filipina

Tuesday, 17 December 2013 11:55 Written by  InfoANS
Salesianos prosseguem com ajuda a população filipina InfoANS
A Fundação Dom Bosco no Mundo e a Procuradoria Missionária de Bonn, da Alemanha, desenvolveram um projeto que irá beneficiar 2600 famílias - cerca de 12.000 pessoas, que foram vitimadas pelo tufão Haiyan, no início do mês de novembro.

A primeira fase do projeto será realizada em Candahug, vilarejo na ilha de Leyte, onde cerca de 360 famílias receberão auxilio para reconstruírem as suas casas; além de uma escola, um centro social e uma capela – que foram totalmente destruídas durante a passagem do tufão. Posteriormente cerca de 2000 famílias, das províncias de Samar Oriental, Aklan e Cebu Norte, serão acompanhadas na reforma das residências danificadas. A população alvo desse projeto é formada por famílias que já eram muito pobres antes do desastre natural: as suas casas não podiam resistir ao tufão e foram ou destruídas ou gravemente danificadas.

Em Candahug os salesianos e os agentes da ‘Dom Bosco no Mundo’ empenharam-se para adquirir o material para a construção das casas e financiar o transporte do material, enquanto a população do vilarejo assumiu a responsabilidade de contribuir no sustento e garantia da presença de supervisores técnicos especializados.

Também nas províncias de Samar Oriental, Aklan e Cebu setentrional, as famílias serão envolvidas no trabalho de reparação das próprias residências; e será também realizada uma superfície pavimentata, para garantir a devida proteção das pessoas em caso de futuros temporais.

Além das fases relativas às residências (reconstrução ou reparação) foi programada também uma terceira fase para a reabilitação de dez escolas elementares, nas quatro áreas mencionadas pelo projeto, seja para retomar a formação escolar dos pequenos, seja para ampará-los na elaboração de experiências traumatizantes.

 

Os trabalhos serão iniciados no mês de janeiro de 2014, devendo terminar ao longo desse mesmo ano.
 

InfoANS

Notícias relacionadas:


 

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 29 August 2014 12:02

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Salesianos prosseguem com ajuda a população filipina

Tuesday, 17 December 2013 11:55 Written by  InfoANS
Salesianos prosseguem com ajuda a população filipina InfoANS
A Fundação Dom Bosco no Mundo e a Procuradoria Missionária de Bonn, da Alemanha, desenvolveram um projeto que irá beneficiar 2600 famílias - cerca de 12.000 pessoas, que foram vitimadas pelo tufão Haiyan, no início do mês de novembro.

A primeira fase do projeto será realizada em Candahug, vilarejo na ilha de Leyte, onde cerca de 360 famílias receberão auxilio para reconstruírem as suas casas; além de uma escola, um centro social e uma capela – que foram totalmente destruídas durante a passagem do tufão. Posteriormente cerca de 2000 famílias, das províncias de Samar Oriental, Aklan e Cebu Norte, serão acompanhadas na reforma das residências danificadas. A população alvo desse projeto é formada por famílias que já eram muito pobres antes do desastre natural: as suas casas não podiam resistir ao tufão e foram ou destruídas ou gravemente danificadas.

Em Candahug os salesianos e os agentes da ‘Dom Bosco no Mundo’ empenharam-se para adquirir o material para a construção das casas e financiar o transporte do material, enquanto a população do vilarejo assumiu a responsabilidade de contribuir no sustento e garantia da presença de supervisores técnicos especializados.

Também nas províncias de Samar Oriental, Aklan e Cebu setentrional, as famílias serão envolvidas no trabalho de reparação das próprias residências; e será também realizada uma superfície pavimentata, para garantir a devida proteção das pessoas em caso de futuros temporais.

Além das fases relativas às residências (reconstrução ou reparação) foi programada também uma terceira fase para a reabilitação de dez escolas elementares, nas quatro áreas mencionadas pelo projeto, seja para retomar a formação escolar dos pequenos, seja para ampará-los na elaboração de experiências traumatizantes.

 

Os trabalhos serão iniciados no mês de janeiro de 2014, devendo terminar ao longo desse mesmo ano.
 

InfoANS

Notícias relacionadas:


 

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 29 August 2014 12:02

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.