“Um dia perguntei a Deus: ‘qual minha saída?”

Friday, 02 October 2020 16:20 Written by  Agência Info Salesiana
Confira o testemunho de vida de Abraham Lottering, ex-morador de rua e hoje voluntário no Instituto Salesiano na Cidade do Cabo, na África do Sul.

 

Abraham Lottering, carinhosamente conhecido como “Sr. Fócus”, é um homem de 39 anos com um passado de abusos e violência. Durante a infância, foi vítima de abuso pelos pais e, nos primeiros anos de sua vida adulta, se tornou um sem-teto. Desde muito jovem, Abraham precisou sobreviver em meio a conflitos emocionais e físicos e acabou se envolvendo com drogas e gangues de rua.

Apesar das circunstâncias, o “Sr. Fócus” tinha o desejo de se tornar alguém importante, com um objetivo na vida. Mas não sabia como escapar daquela vida de crime e violência. Só sabia que queria a felicidade.

Assim, ele e o irmão deixaram a zona rural onde viviam e mudaram-se para a grande Cidade do Cabo. Ali, Abraham encontrou refúgio nas missões urbanas da cidade, acolhido sob a proteção do pároco, que soube enxergar potencial naquele jovem. O rapaz foi recebido por várias pessoas, mas acabou sendo expulso, voltando a morar na rua por mais três anos...

Ele conta que aquela foi provavelmente a pior experiência de sua vida. «Um dia, quando eu estava realmente desesperado, perguntei a Deus: ‘Qual minha saída?’» – lembra. Foi naquele momento que o pároco, depois de uma longa busca pelas ruas, o encontrou e conseguiu convencê-lo a trabalhar com os jovens. Apresentou-o aos Salesianos e Abraham conheceu Greg Berry, engajado em atividades juvenis na obra missionária. Greg o ajudou a preencher um currículo e a encontrar um emprego de verdade no programa “Ondas de Mudança” dos salesianos, que prepara jovens em situação de risco para emprego no setor marítimo.

Foi neste momento que o ‘Sr. Fócus’ finalmente encontrou sua vocação e se propôs a aprender o máximo possível. Contudo, devido a dificuldades econômicas, o programa foi interrompido em 2018. Abraham, ou Sr. Fócus, fez uma solicitação e conseguiu autorização para prosseguir na atividade sem receber: apenas para não abandonar os jovens necessitados.

Este ano, quando a África do Sul foi duramente atingida pela pandemia, o Sr. Focus mostrou mais uma vez a sua dedicação aos jovens, oferecendo-se como voluntário na distribuição de cestas básicas dos projetos juvenis do Instituto Salesiano, arriscando a vida para levar alimentos e produtos de primeira necessidade a famílias necessitadas.

“Quero ser como Dom Bosco”, diz Abraam, com um sorriso estampado no rosto. “Desejo semear felicidade e esperança. Os salesianos são a minha casa, sinto-me seguro e sei que este é o meu lugar”.

 

Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 02 October 2020 16:26

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


“Um dia perguntei a Deus: ‘qual minha saída?”

Friday, 02 October 2020 16:20 Written by  Agência Info Salesiana
Confira o testemunho de vida de Abraham Lottering, ex-morador de rua e hoje voluntário no Instituto Salesiano na Cidade do Cabo, na África do Sul.

 

Abraham Lottering, carinhosamente conhecido como “Sr. Fócus”, é um homem de 39 anos com um passado de abusos e violência. Durante a infância, foi vítima de abuso pelos pais e, nos primeiros anos de sua vida adulta, se tornou um sem-teto. Desde muito jovem, Abraham precisou sobreviver em meio a conflitos emocionais e físicos e acabou se envolvendo com drogas e gangues de rua.

Apesar das circunstâncias, o “Sr. Fócus” tinha o desejo de se tornar alguém importante, com um objetivo na vida. Mas não sabia como escapar daquela vida de crime e violência. Só sabia que queria a felicidade.

Assim, ele e o irmão deixaram a zona rural onde viviam e mudaram-se para a grande Cidade do Cabo. Ali, Abraham encontrou refúgio nas missões urbanas da cidade, acolhido sob a proteção do pároco, que soube enxergar potencial naquele jovem. O rapaz foi recebido por várias pessoas, mas acabou sendo expulso, voltando a morar na rua por mais três anos...

Ele conta que aquela foi provavelmente a pior experiência de sua vida. «Um dia, quando eu estava realmente desesperado, perguntei a Deus: ‘Qual minha saída?’» – lembra. Foi naquele momento que o pároco, depois de uma longa busca pelas ruas, o encontrou e conseguiu convencê-lo a trabalhar com os jovens. Apresentou-o aos Salesianos e Abraham conheceu Greg Berry, engajado em atividades juvenis na obra missionária. Greg o ajudou a preencher um currículo e a encontrar um emprego de verdade no programa “Ondas de Mudança” dos salesianos, que prepara jovens em situação de risco para emprego no setor marítimo.

Foi neste momento que o ‘Sr. Fócus’ finalmente encontrou sua vocação e se propôs a aprender o máximo possível. Contudo, devido a dificuldades econômicas, o programa foi interrompido em 2018. Abraham, ou Sr. Fócus, fez uma solicitação e conseguiu autorização para prosseguir na atividade sem receber: apenas para não abandonar os jovens necessitados.

Este ano, quando a África do Sul foi duramente atingida pela pandemia, o Sr. Focus mostrou mais uma vez a sua dedicação aos jovens, oferecendo-se como voluntário na distribuição de cestas básicas dos projetos juvenis do Instituto Salesiano, arriscando a vida para levar alimentos e produtos de primeira necessidade a famílias necessitadas.

“Quero ser como Dom Bosco”, diz Abraam, com um sorriso estampado no rosto. “Desejo semear felicidade e esperança. Os salesianos são a minha casa, sinto-me seguro e sei que este é o meu lugar”.

 

Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 02 October 2020 16:26

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.