Centro de formação salesiano é pioneiro na produção de máscaras de proteção

Thursday, 23 July 2020 14:12 Written by  Agência Info Salesiana
O Centro Dom Bosco Palabek, em Uganda, foi pioneiro na produção de máscaras de proteção, para serem distribuídas, gratuitamente, entre os refugiados e trabalhadores da comunidade.


O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) lançou oficialmente, no dia 8 de julho, no Centro de Formação Profissional Dom Bosco de Palabek, Uganda, o projeto "Máscaras faciais de proteção para os refugiados e a comunidade receptora".

"O Centro Dom Bosco Palabek foi pioneiro na produção de máscaras faciais de proteção e foi muito inovador, não apenas no assentamento de Palabek, mas em todo o Norte de Uganda e no resto do país", declarou Hillary Onek, ministra do Gabinete responsável pelos Refugiados.

Charles Uma, diretor administrativo do Distrito de Lamwo, concorda. "Em 18 de março de 2020, quando foi declarado o bloqueio em Uganda, recebi de Palabek um número generoso de máscaras para distribuir no Distrito", contou.

Mesmo com recursos muito limitados, Palabek começou a confeccionar máscaras para serem distribuídas gratuitamente entre os refugiados e trabalhadores da comunidade.

Felicitas Nebril, gerente regional da ACNUR, declarou: "Esta ação é o melhor exemplo de refugiados envolvidos em atividades socioeconômicas. Palabek contribuiu para o bem-estar dos refugiados e das comunidades locais. Vocês se tornaram um modelo para a comunidade receptora".

Ela também incentiva os refugiados a usarem máscaras regularmente, visando manter o status de "zero-covid" do assentamento. Até o momento, o grupo de 20 mulheres já produziu cerca de 10 mil máscaras, de diferentes formas e tamanhos. Elas continuarão produzindo outras máscaras para serem distribuídas gratuitamente.

Durante seu discurso, Hillary Onek acrescentou: "os olhos dos missionários de Dom Bosco são educados para enxergar as necessidades e os desafios das pessoas; quando o governo não forneceu financiamento para as máscaras dos refugiados, vocês missionários iniciaram a produção. Ao fazê-lo em nosso Distrito e neste novo centro de formação, vocês nos deixaram orgulhosos".

Ela também agradeceu aos Salesianos por terem levado o centro de formação profissional àquele lugar extremo do país, um local negligenciado há décadas. "Vocês formarão jovens bem preparados, sejam eles refugiados ou habitantes locais, e vão trazer paz e harmonia a toda a região", disse ainda.

Nesta fase de isolamento social devido à pandemia, os salesianos que moram e trabalham em Palabek estão realizando diversas atividades para combater a Covid-19. Eles agradeceram a seu principal parceiro, Dom Bosco Jugendhilfe Weltweit, e aos demais apoiadores locais, a Agência Italiana para a Cooperação ao Desenvolvimento, CESVI, Trocaire, AVSI e LWF, pelo apoio material e logístico.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 23 July 2020 14:20

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Centro de formação salesiano é pioneiro na produção de máscaras de proteção

Thursday, 23 July 2020 14:12 Written by  Agência Info Salesiana
O Centro Dom Bosco Palabek, em Uganda, foi pioneiro na produção de máscaras de proteção, para serem distribuídas, gratuitamente, entre os refugiados e trabalhadores da comunidade.


O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) lançou oficialmente, no dia 8 de julho, no Centro de Formação Profissional Dom Bosco de Palabek, Uganda, o projeto "Máscaras faciais de proteção para os refugiados e a comunidade receptora".

"O Centro Dom Bosco Palabek foi pioneiro na produção de máscaras faciais de proteção e foi muito inovador, não apenas no assentamento de Palabek, mas em todo o Norte de Uganda e no resto do país", declarou Hillary Onek, ministra do Gabinete responsável pelos Refugiados.

Charles Uma, diretor administrativo do Distrito de Lamwo, concorda. "Em 18 de março de 2020, quando foi declarado o bloqueio em Uganda, recebi de Palabek um número generoso de máscaras para distribuir no Distrito", contou.

Mesmo com recursos muito limitados, Palabek começou a confeccionar máscaras para serem distribuídas gratuitamente entre os refugiados e trabalhadores da comunidade.

Felicitas Nebril, gerente regional da ACNUR, declarou: "Esta ação é o melhor exemplo de refugiados envolvidos em atividades socioeconômicas. Palabek contribuiu para o bem-estar dos refugiados e das comunidades locais. Vocês se tornaram um modelo para a comunidade receptora".

Ela também incentiva os refugiados a usarem máscaras regularmente, visando manter o status de "zero-covid" do assentamento. Até o momento, o grupo de 20 mulheres já produziu cerca de 10 mil máscaras, de diferentes formas e tamanhos. Elas continuarão produzindo outras máscaras para serem distribuídas gratuitamente.

Durante seu discurso, Hillary Onek acrescentou: "os olhos dos missionários de Dom Bosco são educados para enxergar as necessidades e os desafios das pessoas; quando o governo não forneceu financiamento para as máscaras dos refugiados, vocês missionários iniciaram a produção. Ao fazê-lo em nosso Distrito e neste novo centro de formação, vocês nos deixaram orgulhosos".

Ela também agradeceu aos Salesianos por terem levado o centro de formação profissional àquele lugar extremo do país, um local negligenciado há décadas. "Vocês formarão jovens bem preparados, sejam eles refugiados ou habitantes locais, e vão trazer paz e harmonia a toda a região", disse ainda.

Nesta fase de isolamento social devido à pandemia, os salesianos que moram e trabalham em Palabek estão realizando diversas atividades para combater a Covid-19. Eles agradeceram a seu principal parceiro, Dom Bosco Jugendhilfe Weltweit, e aos demais apoiadores locais, a Agência Italiana para a Cooperação ao Desenvolvimento, CESVI, Trocaire, AVSI e LWF, pelo apoio material e logístico.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 23 July 2020 14:20

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.