Habilidades para a vida no ensino remoto

Tuesday, 21 July 2020 13:38 Written by  Iléia de Borba – Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul
No Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul, SC, nota-se que os estudantes estão se aperfeiçoando em habilidades como: criatividade, colaboração e resolução de problemas. 


O mundo parece que está escrevendo as páginas de um livro de ficção científica. É como um filme que deixa todos emocionalmente fragilizados diante de tantas incertezas.

A pandemia da Covid-19 deixou o globo em alerta e trouxe consigo uma grande mudança na educação. São milhões de alunos fora das escolas tendo que se adaptar ao ensino remoto.

A experiência de estudar on-line em tempos de afastamento social é extremamente atípica. Se antes o computador era utilizado pelos estudantes apenas para jogos e um meio de comunicação por meio das redes sociais, agora ele e a internet se tornaram indispensáveis para o aprendizado. Diariamente, os alunos estão aprendendo com os mesmos professores e em formatos de aula, mediados por uma tela.

No Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul, SC, após esses quatro meses de ensino remoto, nota-se que além da adaptação e aprendizado dos professores em novas ferramentas de ensino à distância, os estudantes estão se aperfeiçoando em habilidades como: criatividade, comunicação, colaboração, organização e resolução de problemas. São habilidades apontadas necessárias para os profissionais do futuro e que agora, mais do que nunca, os alunos as levarão para a vida.

Outro importante aprendizado desse período é sobre a necessidade de vivermos globalmente interconectados. Estamos ‘de olho’ no mundo o tempo todo. Os problemas de outros países e de outras nações tornaram-se problemas de todos. Assuntos como saúde, política, economia, antes discutidos localmente e, por pequenos grupos, agora são assuntos de interesse público.

A verdade é que a pandemia da Covid-19 mudou o olhar das pessoas, mudou o jeito de ver a educação e a vida.

Quando a tecnologia é nossa escola

Sem brincadeiras no pátio, sem atividades no ginásio, sem cantina e sem tantos outros momentos proporcionados pelas aulas presenciais. Hoje, passados esses quatro meses de quarentena e de estudos remotos, o Colégio Salesiano Dom Bosco e sua equipe de docentes têm a segurança de que o processo de ensino/aprendizado está acontecendo, que seus alunos, mesmo nesse contexto extremo de modelo de educação, estão se desenvolvendo e aprendendo todos os conteúdos propostos pelos professores.

Do berçário ao ensino médio o que se percebe é uma ‘explosão’ de criatividade, resolução de problemas e adaptabilidade ao novo contexto educacional tanto dos alunos como dos professores.

De acordo com a diretora-executiva , Zuleide Minatti , a equipe pedagógica do Colégio Dom Bosco, já nos primeiros dias da quarentena, iniciou uma pesquisa em busca de ferramentas que atendessem de forma satisfatória a proposta pedagógica da escola diante do desafio de ensinar à distância. Os avanços foram ocorrendo de forma gradativa, dando segurança aos professores, estudantes e familiares. “Todos foram desafiados e, juntos, evoluímos, aprendemos e podemos afirmar que já estamos todos adaptados a esse novo formato de ensinar e aprender. Escolhemos um modelo de aulas remotas mediadas por tecnologia que, assim como no ensino presencial, tem como objetivo, mesmo que remotamente, proporcionar diferentes experiências”, afirma Zuleide.

Ainda de acordo com a diretora-executiva, o intuito e utilizar diferentes recursos para que o aprendizado seja prazeroso. “Nossa proposta não adota um formato único de aula, utilizamos diferentes ferramentas e metodologias ativas para tornar o ensino prazeroso para nossos alunos. Não queremos que os educandos fiquem passivos por horas em frente a uma tela de computador. Aqui o ensino é pautado no aprender a fazer fazendo, ‘mão na massa’ mesmo. Professor, aluno e família se comprometem garantindo excelência no resultado da aprendizagem.  Estamos vivenciando uma maneira diferente de ensinar e aprender, mas continuamos firmes no propósito de desenvolver conhecimento, habilidades, atitudes, valores e espiritualidade”, explica Zuleide.

“Assim, seguimos no caminho assertivo e firmes no propósito de preparar os alunos em todas as dimensões humanas. Mesmo que remotamente, mantemos a característica forte de ensinar além do conhecimento, ensinar valores que os alunos levarão por toda a vida”, finaliza Zuleide.

 

Fonte: Iléia de Borba – Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Tuesday, 21 July 2020 13:55

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Habilidades para a vida no ensino remoto

Tuesday, 21 July 2020 13:38 Written by  Iléia de Borba – Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul
No Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul, SC, nota-se que os estudantes estão se aperfeiçoando em habilidades como: criatividade, colaboração e resolução de problemas. 


O mundo parece que está escrevendo as páginas de um livro de ficção científica. É como um filme que deixa todos emocionalmente fragilizados diante de tantas incertezas.

A pandemia da Covid-19 deixou o globo em alerta e trouxe consigo uma grande mudança na educação. São milhões de alunos fora das escolas tendo que se adaptar ao ensino remoto.

A experiência de estudar on-line em tempos de afastamento social é extremamente atípica. Se antes o computador era utilizado pelos estudantes apenas para jogos e um meio de comunicação por meio das redes sociais, agora ele e a internet se tornaram indispensáveis para o aprendizado. Diariamente, os alunos estão aprendendo com os mesmos professores e em formatos de aula, mediados por uma tela.

No Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul, SC, após esses quatro meses de ensino remoto, nota-se que além da adaptação e aprendizado dos professores em novas ferramentas de ensino à distância, os estudantes estão se aperfeiçoando em habilidades como: criatividade, comunicação, colaboração, organização e resolução de problemas. São habilidades apontadas necessárias para os profissionais do futuro e que agora, mais do que nunca, os alunos as levarão para a vida.

Outro importante aprendizado desse período é sobre a necessidade de vivermos globalmente interconectados. Estamos ‘de olho’ no mundo o tempo todo. Os problemas de outros países e de outras nações tornaram-se problemas de todos. Assuntos como saúde, política, economia, antes discutidos localmente e, por pequenos grupos, agora são assuntos de interesse público.

A verdade é que a pandemia da Covid-19 mudou o olhar das pessoas, mudou o jeito de ver a educação e a vida.

Quando a tecnologia é nossa escola

Sem brincadeiras no pátio, sem atividades no ginásio, sem cantina e sem tantos outros momentos proporcionados pelas aulas presenciais. Hoje, passados esses quatro meses de quarentena e de estudos remotos, o Colégio Salesiano Dom Bosco e sua equipe de docentes têm a segurança de que o processo de ensino/aprendizado está acontecendo, que seus alunos, mesmo nesse contexto extremo de modelo de educação, estão se desenvolvendo e aprendendo todos os conteúdos propostos pelos professores.

Do berçário ao ensino médio o que se percebe é uma ‘explosão’ de criatividade, resolução de problemas e adaptabilidade ao novo contexto educacional tanto dos alunos como dos professores.

De acordo com a diretora-executiva , Zuleide Minatti , a equipe pedagógica do Colégio Dom Bosco, já nos primeiros dias da quarentena, iniciou uma pesquisa em busca de ferramentas que atendessem de forma satisfatória a proposta pedagógica da escola diante do desafio de ensinar à distância. Os avanços foram ocorrendo de forma gradativa, dando segurança aos professores, estudantes e familiares. “Todos foram desafiados e, juntos, evoluímos, aprendemos e podemos afirmar que já estamos todos adaptados a esse novo formato de ensinar e aprender. Escolhemos um modelo de aulas remotas mediadas por tecnologia que, assim como no ensino presencial, tem como objetivo, mesmo que remotamente, proporcionar diferentes experiências”, afirma Zuleide.

Ainda de acordo com a diretora-executiva, o intuito e utilizar diferentes recursos para que o aprendizado seja prazeroso. “Nossa proposta não adota um formato único de aula, utilizamos diferentes ferramentas e metodologias ativas para tornar o ensino prazeroso para nossos alunos. Não queremos que os educandos fiquem passivos por horas em frente a uma tela de computador. Aqui o ensino é pautado no aprender a fazer fazendo, ‘mão na massa’ mesmo. Professor, aluno e família se comprometem garantindo excelência no resultado da aprendizagem.  Estamos vivenciando uma maneira diferente de ensinar e aprender, mas continuamos firmes no propósito de desenvolver conhecimento, habilidades, atitudes, valores e espiritualidade”, explica Zuleide.

“Assim, seguimos no caminho assertivo e firmes no propósito de preparar os alunos em todas as dimensões humanas. Mesmo que remotamente, mantemos a característica forte de ensinar além do conhecimento, ensinar valores que os alunos levarão por toda a vida”, finaliza Zuleide.

 

Fonte: Iléia de Borba – Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Tuesday, 21 July 2020 13:55

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.