Festa Mundial da Gratidão 2020

Thursday, 09 April 2020 15:25 Written by  Inspetoria Laura Vicuña
Confira o significado do logo e da frase escolhida para a celebração deste ano, que será realizada virtualmente no próximo dia 26 de abril.

 

Logo

O logo da festa da Gratidão Mundial representa uma árvore, exuberante e inclinada rumo à cidade – simbolicamente representada pela ponte do Rio Tevere, em Roma, Itália, e pela cúpula de São Pedro – que traz vida do rio e a doa aos jovens, em uma circularidade que se abre às novidades indicadas pelo Espírito.  O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora se alimentou sempre na fonte viva de Jesus e da Igreja e nela doou o testemunho de uma vida consagrada gasta na doação total às jovens e aos jovens, no “da mihi animas cetera tolle” e na resposta ao mandato “A você as confio”.  O “obrigado” é pela vida, pela beleza do carisma que recebemos e doamos e pela missão que a madre realiza no Instituto.

 

A palavra de Deus escolhida é tirada do Salmo 1

O Salmo apresenta o caminho do justo, fiel à lei do Senhor e confiante em sua providência, na harmonia com as criaturas e com a criação. A analogia da árvore plantada ao longo do rio lembra o esforço de conversão ecológica à qual o Papa convida e que, na mensagem para a Jornada Mundial da Paz deste ano, vem unida ao diálogo e à reconciliação.

Como uma semente, que brotou tornando-se árvore, assim é a vida do Instituto que, ao longo do rio da história, deu e dá frutos de educação integral e de santidade para tantas/os jovens. A escuta atenta da voz do Espírito Santo e do coração dos/das jovens de todas as terras, a fidelidade criativa ao carisma de Dom Bosco e de Madre Mazzarello, levam toda comunidade educativa a dizer “Obrigado”. E dizer obrigado significa fazer memória das “grandes coisas” que Deus realizou e realiza em nossa vida e na história.

Sabemos bem que a Festa da Gratidão não é uma ocorrência formal, nem apenas uma expressão de gentileza, mas toca a identidade do Instituto que, no projeto carismático de Dom Bosco, foi gerado como “monumento vivo de gratidão a Maria Auxiliadora”, um obrigado prolongado no tempo e no espaço com os jovens e as jovens dos vários continentes.

 

 

Fonte: Inspetoria Laura Vicuña

Rate this item
(1 Vote)
Last modified on Thursday, 09 April 2020 15:32

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Festa Mundial da Gratidão 2020

Thursday, 09 April 2020 15:25 Written by  Inspetoria Laura Vicuña
Confira o significado do logo e da frase escolhida para a celebração deste ano, que será realizada virtualmente no próximo dia 26 de abril.

 

Logo

O logo da festa da Gratidão Mundial representa uma árvore, exuberante e inclinada rumo à cidade – simbolicamente representada pela ponte do Rio Tevere, em Roma, Itália, e pela cúpula de São Pedro – que traz vida do rio e a doa aos jovens, em uma circularidade que se abre às novidades indicadas pelo Espírito.  O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora se alimentou sempre na fonte viva de Jesus e da Igreja e nela doou o testemunho de uma vida consagrada gasta na doação total às jovens e aos jovens, no “da mihi animas cetera tolle” e na resposta ao mandato “A você as confio”.  O “obrigado” é pela vida, pela beleza do carisma que recebemos e doamos e pela missão que a madre realiza no Instituto.

 

A palavra de Deus escolhida é tirada do Salmo 1

O Salmo apresenta o caminho do justo, fiel à lei do Senhor e confiante em sua providência, na harmonia com as criaturas e com a criação. A analogia da árvore plantada ao longo do rio lembra o esforço de conversão ecológica à qual o Papa convida e que, na mensagem para a Jornada Mundial da Paz deste ano, vem unida ao diálogo e à reconciliação.

Como uma semente, que brotou tornando-se árvore, assim é a vida do Instituto que, ao longo do rio da história, deu e dá frutos de educação integral e de santidade para tantas/os jovens. A escuta atenta da voz do Espírito Santo e do coração dos/das jovens de todas as terras, a fidelidade criativa ao carisma de Dom Bosco e de Madre Mazzarello, levam toda comunidade educativa a dizer “Obrigado”. E dizer obrigado significa fazer memória das “grandes coisas” que Deus realizou e realiza em nossa vida e na história.

Sabemos bem que a Festa da Gratidão não é uma ocorrência formal, nem apenas uma expressão de gentileza, mas toca a identidade do Instituto que, no projeto carismático de Dom Bosco, foi gerado como “monumento vivo de gratidão a Maria Auxiliadora”, um obrigado prolongado no tempo e no espaço com os jovens e as jovens dos vários continentes.

 

 

Fonte: Inspetoria Laura Vicuña

Rate this item
(1 Vote)
Last modified on Thursday, 09 April 2020 15:32

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.