FMA participa de sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas

Tuesday, 10 March 2020 13:13 Written by  Portal das FMA
Irmã Annecie Audate está representando o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora na 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, Suíça.  


"A Igreja não pode ficar calada, as instituições eclesiais não podem fechar os olhos para o fenômeno das crianças e mulheres de rua", enfatizou o Papa Francisco várias vezes. A irmã Annecie Audate, colaboradora da área para a Pastoral Juvenil, representando o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), participa da 43ª Sessão do Conselho das Nações Unidas para os Direitos Humanos, que ocorre em Genebra, de 24 de fevereiro a 20 de março.

O Relatório das Nações Unidas observa que hoje mais de 10 milhões de crianças e adolescentes vivem em estado de escravidão, são vendidas e exploradas, principalmente para fins profissionais ou sexuais em muitos países.

As causas da exploração sexual de menores são complexas: na Tailândia e no Camboja, condições socioeconômicas desfavorecidas ou problemas de família (como violência, alcoolismo ou drogas) são as causas. Muitas crianças se tornam vítimas do crescimento da pornografia on-line.

As FMA e as associações educacionais trabalham incansavelmente em todo o mundo para garantir os direitos das crianças.

O VIDES Internacional e o IIMA estão presentes nas Nações Unidas em Genebra promovendo o Side Event para a proteção dos direitos das mulheres e crianças. Em 2018, no evento paralelo ‘meninas sem nome - melhores práticas para a reintegração de meninas em situação de rua’, foram apresentadas boas práticas realizadas em Benin e na Índia. Em particular, em Benin, as FMA trabalham para a reabilitação de meninas vendidas pelas famílias mais pobres na esperança de uma vida melhor; hoje, infelizmente, elas se tornaram vítimas de tráfico e exploração.

A VIDES Internacional realiza projetos de desenvolvimento, como a criação do centro para meninas vítimas de abuso sexual em Manila, nas Filipinas, onde elas podem tirar proveito do apoio psicológico, legal e de reabilitação.

A Fundação FVGS Onlus, por meio do apoio à distância, garante às meninas e meninos das missões administradas pelas irmãs salesianas o direito à educação, saúde, alimentação equilibrada e diversão.

A comunidade internacional está comprometida em colaborar para implementar estratégias destinadas a proteger menores e garantir seus direitos.


Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Tuesday, 10 March 2020 13:18

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


FMA participa de sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas

Tuesday, 10 March 2020 13:13 Written by  Portal das FMA
Irmã Annecie Audate está representando o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora na 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, Suíça.  


"A Igreja não pode ficar calada, as instituições eclesiais não podem fechar os olhos para o fenômeno das crianças e mulheres de rua", enfatizou o Papa Francisco várias vezes. A irmã Annecie Audate, colaboradora da área para a Pastoral Juvenil, representando o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), participa da 43ª Sessão do Conselho das Nações Unidas para os Direitos Humanos, que ocorre em Genebra, de 24 de fevereiro a 20 de março.

O Relatório das Nações Unidas observa que hoje mais de 10 milhões de crianças e adolescentes vivem em estado de escravidão, são vendidas e exploradas, principalmente para fins profissionais ou sexuais em muitos países.

As causas da exploração sexual de menores são complexas: na Tailândia e no Camboja, condições socioeconômicas desfavorecidas ou problemas de família (como violência, alcoolismo ou drogas) são as causas. Muitas crianças se tornam vítimas do crescimento da pornografia on-line.

As FMA e as associações educacionais trabalham incansavelmente em todo o mundo para garantir os direitos das crianças.

O VIDES Internacional e o IIMA estão presentes nas Nações Unidas em Genebra promovendo o Side Event para a proteção dos direitos das mulheres e crianças. Em 2018, no evento paralelo ‘meninas sem nome - melhores práticas para a reintegração de meninas em situação de rua’, foram apresentadas boas práticas realizadas em Benin e na Índia. Em particular, em Benin, as FMA trabalham para a reabilitação de meninas vendidas pelas famílias mais pobres na esperança de uma vida melhor; hoje, infelizmente, elas se tornaram vítimas de tráfico e exploração.

A VIDES Internacional realiza projetos de desenvolvimento, como a criação do centro para meninas vítimas de abuso sexual em Manila, nas Filipinas, onde elas podem tirar proveito do apoio psicológico, legal e de reabilitação.

A Fundação FVGS Onlus, por meio do apoio à distância, garante às meninas e meninos das missões administradas pelas irmãs salesianas o direito à educação, saúde, alimentação equilibrada e diversão.

A comunidade internacional está comprometida em colaborar para implementar estratégias destinadas a proteger menores e garantir seus direitos.


Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Tuesday, 10 March 2020 13:18

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.