Irmã Annecie Audate está representando o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora na 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, Suíça.  
Published in Internacionais
O jovem Júlio César Francisco fala sobre o Salesianos de São Carlos, onde morou por cinco anos; a influência da pedagogia de Dom Bosco em sua vida e os estudos que realiza hoje sobre o Sistema Preventivo.   Júlio César Francisco, 25 anos, teve uma infância difícil. Passou por diversas entidades de acolhimento e pela vida na rua, até ser acolhido na obra Salesianos São Carlos, no interior paulista. Morou na entidade de 2002 a 2007, quando iniciou o curso de Pedagogia na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). Sua história já seria um exemplo de como a pedagogia salesiana pode mudar a vida de um jovem. Mas Júlio quis ir além: partiu de sua experiência pessoal para aprofundar os estudos acadêmicos sobre educação e marginalização de jovens atendidos em entidades de acolhimento. Em 10 de dezembro passado, apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), “A Educação Escolar e o Processo de Marginalização dos Atendidos pela Fundação Casa da Região de Sorocaba-SP”, com o qual obteve nota máxima, e já iniciou outro projeto de estudo na mesma linha. Ao Boletim Salesiano, Júlio fala sobre sua trajetória e sobre oSistema Preventivo de Dom Bosco.
Published in Ação Social
Animadores missionários e vocacionados da vida religiosa consagrada e dos ministérios ordenados poderão fazer suas inscrições para a 3ª Semana Vocacional Missionária que será realizada de 24 a 28 de março, no Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília.
Published in Nacionais
A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2013 mostra que, em 2012, cerca de 20% dos jovens de 15 a 29 anos não frequentavam escola nem trabalhavam. A proporção de mulheres nesse grupo foi grande: 70,3%. Entre elas, destaca-se a proporção daquelas que tinham pelo menos um filho: 30,0% entre aquelas com 15 a 17 anos, 51,6% na faixa de 18 a 24 anos e 74,1% daquelas de 25 a 29 anos. Entre as pessoas de 15 a 17 anos que não estudavam nem trabalhavam, 56,7% não tinham o ensino fundamental completo. Entre as de 18 a 24 anos, 47,4% tinham completado o ensino médio.
Published in Juventude
No início do novo ano litúrgico e na iminência da festa da Imaculada, a Família Salesiana recorda a figura paterna e sorridente do beato, padre Filipe Rinaldi, III sucessor de Dom Bosco e fundador do Instituto das “Voluntárias de Dom Bosco” (VDB).
Published in Nacionais
Faleceu em 6 de outubro de 2013, aos 86 anos, em São Paulo (SP), na Casa salesiana de ‘Santa Teresinha’, onde residia, o P. Antonio da Silva Ferreira, grande salesiano e sacerdote, professor, organizador, pesquisador e historiador salesiano.
Published in Nacionais
Em resposta ao apelo do Papa Francisco, algumas escolas e paróquias salesianas realizaram um momento de oração e reflexão pela paz na Síria. Uma dessas ações foi realizada na paróquia São João Bosco do Bongi, no Recife, Pernambuco, com a participação dos jovens que se uniram em adoração para rezar pela paz universal e principalmente pela população Síria, que sofre uma terrível guerra civil e está sob ameaça de uma ofensiva  militar estrangeira.
Published in Nacionais
Um projeto desenvolvido por alunos e professores do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica Salesiana do Espírito Santo, em Vitória, ES, conquistou o primeiro lugar do prêmio Morar Mais Vitória. O “Bicicletário Sustentável” venceu na categoria Sustentabilidade e ficou disponível para visitação durante a mostra de Arquitetura e Decoração Morar Mais por Menos, importante evento do segmento.   O bicicletário foi todo projetado e construído usando os princípios da sustentabilidade.  Para-ciclo, construído com rodas usadas; luminárias feitas com aros de bicicleta inutilizados; pórtico (portal) com painel de garrafas pet; e fonte de água reutilizável. Os estudantes e professores tiveram 20 dias para executar o projeto.   Além do espaço, um dos alunos construiu uma bicicleta de madeira utilizando os mesmos princípios. A ideia de criar o veículo foi do aluno do 2º período do curso de Arquitetura e Urbanismo, Tiago Berkman. Ele gastou 12 dias para construir a bicicleta toda talhada em madeira.   O equipamento é totalmente feito com material que pode ser reaproveitado. Segundo Tiago, apesar da madeira ter um tempo de vida útil mais curto do que o aço, utilizado nas bicicletas tradicionais, o processo de confecção do veículo degrada menos o meio ambiente. Além de poder reutilizar os restos da madeira utilizada para a confecção da bicicleta, a matéria prima utilizada pode ser reciclada.   Para o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da Católica, Pedro Canal, a vitória foi um reconhecimento do esforço e do trabalho de toda a equipe. “Pensamos no conceito de sustentabilidade desde o projeto até a execução. Trabalhamos em conjunto para chegarmos a esse resultado”, destacou.   Mais detalhes sobre o “Bicicletário Sustentável” e a bicicleta de madeira estão disponíveis no site da Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo.   Inspetoria São João Bosco
Published in Educação
      O Conselho Nacional da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) realizou, entre os dias 14 e 17 de março, no Colégio Santa Rosa, em Niterói, RJ, a sua  a primeira reunião anual (presencial) com a presença de onze dos quinzes jovens conselheiros das diversas Inspetorias dos Salesianos e Salesianas do Brasil.    Os principais objetivos do encontro foram: definir estratégias para o Encontro Continental América  do Movimento Juvenil Salesiano MJS/AJS  2013, que será realizado entre os dias 18 a 21 de Julho, e tem como tema: “Jovem evangelizando Jovem” e para Festa da AJS/ MJS que acontecerá no dia 24 de Julho, ambos  no colégio Santa Rosa, em Niterói, e que contarão com a presença do reitor- mor dos salesianos, padre Pascual Chávez e da madre geral  do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), Ivone Reungoat, além de definir a continuidade do processo de consolidação do rosto da AJS do Brasil, por meio do Estatuto da AJS.   Superando os desafios de reunir jovens deste conselho, por serem de todos os cantos do Brasil, o encontro teve êxito nos trabalhos, importantes para as ações no mês de julho. Partilha das realidades a partir da ficha reflexiva para o encontro continental, celebração e convivência, foram alguns elementos presentes nestes dias.   Os jovens conselheiros também fizeram a entrega do Estatuto da AJS à irmã Rosa Idália Pesca, presidente da Conferência das Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora no Brasil (CIB), que repassara aos demais inspetores, inspetoras, coordenadoras e delegados da Pastoral Juvenil Salesiana para apreciação e sugestões, como também do projeto financeiro elaborado pelo atual Conselho.   Ao termino das atividades, todos puderam conhecer alguns lugares que serão palco das atividades da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, momento esse que contribuirá para a logística e informação a serem repassadas aos demais grupos que estão se organizando para a JMJ.   Diante dos desafios exposto e toda atenção a movimentação salesiana para a Jornada, os próximos passos deste conselho será firmar a construção do Plano de Ação, bienal, da AJS e também do Plano Financeiro para o Conselho Nacional da AJS.   Certos que a maior motivação está no trabalho dedicado a cada jovem que faz parte da Articulação Juvenil Salesiana, o Conselho Nacional envia uma carta direcionada a toda a Juventude Salesiana do Brasil.   Clique aqui para ler a carta direcionada para toda a Juventude Salesiana do Brasil   Demmes Almeida.
Published in Juventude
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Published in Internacionais
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  Next 
  •  End 
Page 1 of 2
Irmã Annecie Audate está representando o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora na 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, Suíça.  
Published in Internacionais
O jovem Júlio César Francisco fala sobre o Salesianos de São Carlos, onde morou por cinco anos; a influência da pedagogia de Dom Bosco em sua vida e os estudos que realiza hoje sobre o Sistema Preventivo.   Júlio César Francisco, 25 anos, teve uma infância difícil. Passou por diversas entidades de acolhimento e pela vida na rua, até ser acolhido na obra Salesianos São Carlos, no interior paulista. Morou na entidade de 2002 a 2007, quando iniciou o curso de Pedagogia na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). Sua história já seria um exemplo de como a pedagogia salesiana pode mudar a vida de um jovem. Mas Júlio quis ir além: partiu de sua experiência pessoal para aprofundar os estudos acadêmicos sobre educação e marginalização de jovens atendidos em entidades de acolhimento. Em 10 de dezembro passado, apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), “A Educação Escolar e o Processo de Marginalização dos Atendidos pela Fundação Casa da Região de Sorocaba-SP”, com o qual obteve nota máxima, e já iniciou outro projeto de estudo na mesma linha. Ao Boletim Salesiano, Júlio fala sobre sua trajetória e sobre oSistema Preventivo de Dom Bosco.
Published in Ação Social
Animadores missionários e vocacionados da vida religiosa consagrada e dos ministérios ordenados poderão fazer suas inscrições para a 3ª Semana Vocacional Missionária que será realizada de 24 a 28 de março, no Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília.
Published in Nacionais
A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2013 mostra que, em 2012, cerca de 20% dos jovens de 15 a 29 anos não frequentavam escola nem trabalhavam. A proporção de mulheres nesse grupo foi grande: 70,3%. Entre elas, destaca-se a proporção daquelas que tinham pelo menos um filho: 30,0% entre aquelas com 15 a 17 anos, 51,6% na faixa de 18 a 24 anos e 74,1% daquelas de 25 a 29 anos. Entre as pessoas de 15 a 17 anos que não estudavam nem trabalhavam, 56,7% não tinham o ensino fundamental completo. Entre as de 18 a 24 anos, 47,4% tinham completado o ensino médio.
Published in Juventude
No início do novo ano litúrgico e na iminência da festa da Imaculada, a Família Salesiana recorda a figura paterna e sorridente do beato, padre Filipe Rinaldi, III sucessor de Dom Bosco e fundador do Instituto das “Voluntárias de Dom Bosco” (VDB).
Published in Nacionais
Faleceu em 6 de outubro de 2013, aos 86 anos, em São Paulo (SP), na Casa salesiana de ‘Santa Teresinha’, onde residia, o P. Antonio da Silva Ferreira, grande salesiano e sacerdote, professor, organizador, pesquisador e historiador salesiano.
Published in Nacionais
Em resposta ao apelo do Papa Francisco, algumas escolas e paróquias salesianas realizaram um momento de oração e reflexão pela paz na Síria. Uma dessas ações foi realizada na paróquia São João Bosco do Bongi, no Recife, Pernambuco, com a participação dos jovens que se uniram em adoração para rezar pela paz universal e principalmente pela população Síria, que sofre uma terrível guerra civil e está sob ameaça de uma ofensiva  militar estrangeira.
Published in Nacionais
Um projeto desenvolvido por alunos e professores do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica Salesiana do Espírito Santo, em Vitória, ES, conquistou o primeiro lugar do prêmio Morar Mais Vitória. O “Bicicletário Sustentável” venceu na categoria Sustentabilidade e ficou disponível para visitação durante a mostra de Arquitetura e Decoração Morar Mais por Menos, importante evento do segmento.   O bicicletário foi todo projetado e construído usando os princípios da sustentabilidade.  Para-ciclo, construído com rodas usadas; luminárias feitas com aros de bicicleta inutilizados; pórtico (portal) com painel de garrafas pet; e fonte de água reutilizável. Os estudantes e professores tiveram 20 dias para executar o projeto.   Além do espaço, um dos alunos construiu uma bicicleta de madeira utilizando os mesmos princípios. A ideia de criar o veículo foi do aluno do 2º período do curso de Arquitetura e Urbanismo, Tiago Berkman. Ele gastou 12 dias para construir a bicicleta toda talhada em madeira.   O equipamento é totalmente feito com material que pode ser reaproveitado. Segundo Tiago, apesar da madeira ter um tempo de vida útil mais curto do que o aço, utilizado nas bicicletas tradicionais, o processo de confecção do veículo degrada menos o meio ambiente. Além de poder reutilizar os restos da madeira utilizada para a confecção da bicicleta, a matéria prima utilizada pode ser reciclada.   Para o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da Católica, Pedro Canal, a vitória foi um reconhecimento do esforço e do trabalho de toda a equipe. “Pensamos no conceito de sustentabilidade desde o projeto até a execução. Trabalhamos em conjunto para chegarmos a esse resultado”, destacou.   Mais detalhes sobre o “Bicicletário Sustentável” e a bicicleta de madeira estão disponíveis no site da Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo.   Inspetoria São João Bosco
Published in Educação
      O Conselho Nacional da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) realizou, entre os dias 14 e 17 de março, no Colégio Santa Rosa, em Niterói, RJ, a sua  a primeira reunião anual (presencial) com a presença de onze dos quinzes jovens conselheiros das diversas Inspetorias dos Salesianos e Salesianas do Brasil.    Os principais objetivos do encontro foram: definir estratégias para o Encontro Continental América  do Movimento Juvenil Salesiano MJS/AJS  2013, que será realizado entre os dias 18 a 21 de Julho, e tem como tema: “Jovem evangelizando Jovem” e para Festa da AJS/ MJS que acontecerá no dia 24 de Julho, ambos  no colégio Santa Rosa, em Niterói, e que contarão com a presença do reitor- mor dos salesianos, padre Pascual Chávez e da madre geral  do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), Ivone Reungoat, além de definir a continuidade do processo de consolidação do rosto da AJS do Brasil, por meio do Estatuto da AJS.   Superando os desafios de reunir jovens deste conselho, por serem de todos os cantos do Brasil, o encontro teve êxito nos trabalhos, importantes para as ações no mês de julho. Partilha das realidades a partir da ficha reflexiva para o encontro continental, celebração e convivência, foram alguns elementos presentes nestes dias.   Os jovens conselheiros também fizeram a entrega do Estatuto da AJS à irmã Rosa Idália Pesca, presidente da Conferência das Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora no Brasil (CIB), que repassara aos demais inspetores, inspetoras, coordenadoras e delegados da Pastoral Juvenil Salesiana para apreciação e sugestões, como também do projeto financeiro elaborado pelo atual Conselho.   Ao termino das atividades, todos puderam conhecer alguns lugares que serão palco das atividades da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, momento esse que contribuirá para a logística e informação a serem repassadas aos demais grupos que estão se organizando para a JMJ.   Diante dos desafios exposto e toda atenção a movimentação salesiana para a Jornada, os próximos passos deste conselho será firmar a construção do Plano de Ação, bienal, da AJS e também do Plano Financeiro para o Conselho Nacional da AJS.   Certos que a maior motivação está no trabalho dedicado a cada jovem que faz parte da Articulação Juvenil Salesiana, o Conselho Nacional envia uma carta direcionada a toda a Juventude Salesiana do Brasil.   Clique aqui para ler a carta direcionada para toda a Juventude Salesiana do Brasil   Demmes Almeida.
Published in Juventude
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Published in Internacionais
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  Next 
  •  End 
Page 1 of 2