Teve início, no dia 10 de janeiro, na casa de retiro de Barbacena, MG, o encontro de preparação para os votos perpétuos, que conta com a participação de 18 formandos de todas as inspetorias salesianas do Brasil.   O encontro foi iniciado com um almoço e uma visita dos participantes ao Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa (CSDP). À noite, com a celebração da Eucaristia, teve início o retiro espiritual. A programação se estenderá até o próximo dia 30 de janeiro com os cursos de Salesianidade, Pastoral Juvenil, Psicologia da Vida Religiosa e Teologia da Vida Religiosa.   Inspetoria Salesiana do Nordeste
A Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri, Espanha, produziu três documentários que buscam dois objetivos: mostrar a presença salesiana no Haiti e relembrar o terceiro triste aniversário do terremoto de 12 de janeiro de 2010. “Haiti: 75 anos de presença salesiana”, “O despertar do Haiti” e “Filhos do Haiti” são os títulos dos documentários, que recontam uma realidade ainda precária.   A história dos salesianos no Haiti foi iniciada em 1936, com o pedido do governo de uma escola de formação profissional para formar bons cristãos e honestos cidadãos. “Há hoje perto de 75 salesianos com um objetivo claro: ajudar os jovens a construir um mundo novo, afirma o padre Adriano Bregolin, vigário do reitor-mor, padre Pascual Chávez, num dos três vídeos. “É um momento muito importante: celebramos o nosso aniversário, 75 anos de sacrifício, de presença (...). Haiti é o país de Dom Bosco”. A ele se junta o padre Jacques Charles, ecônomo da visitadoria do Haiti: “Dom Bosco hoje iria se sentir muito à vontade aqui, porque este é o seu povo, Dom Bosco é desta terra, Dom Bosco é para o Haiti”.   O vídeo “Despertar do Haiti”, lançado no mês de outubro, mostra como bastaram 30 segundos para arruinar 90% das escolas, 60% dos hospitais, para que centenas de milhares de pessoas morressem, mais de 350.000 ficassem feridas e mais de um milhão de crianças se tornassem órfãs. Por causa dessa tragédia, também 75% das obras salesianas ficaram gravemente afetadas. O documentário recolhe aqueles segundos que deixaram o país em ruínas, e deixa clara a finalidade dos salesianos no país: “Nosso sonho é um Haiti melhor, para jovens em condições de tomar conta de si mesmos, jovens seguros”, diz o padre Pierre Lephène, conselheiro inspetorial.   “Os filhos do Haiti” foi publicado em 9 de janeiro do ano passado pela Procuradoria Missionária, de Madri, por ocasião do terceiro aniversário do terremoto de 2010. No DVD fala-se de Tissidor, apaixonado por canto e futebol; Jean Cerin, responsável pelo centro Lakou, que acolhe meninos de rua; Julius, que aprendeu a ler aos 14 anos e hoje é um soldador; e Joseph Wesner, professor de eletricidade. Apenas alguns dos “filhos do Haiti”, que, como muitos outros, desde muito pequenos, aprenderam a sobreviver pelas ruas, ameaçados e maltratados.   Foi enviado um exemplar de cada DVD para todas as circunscrições salesianas do mundo e a todas as escolas salesianas da Espanha. Nestes dias algumas passagens dos vídeos transitarão também pelas redes de TV espanholas. “O despertar do Haiti” e “Os filhos do Haiti” podem ser vistos também no canal YouTube, da Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri.   InfoANS    
  Foi dada a largada para o Bote Fé Recife 2013. O evento, que abre o ano da juventude na arquidiocese de Olinda e Recife, será realizado no próximo dia 27 de janeiro, no Chevrolet Hall, em Olinda. A festa, que terá celebração da Santa Missa e momentos de reflexão, vai reunir grandes nomes da música católica nacional, como a irmã Kelly Patrícia, Missionários Shalom e a banda Rosa de Saron, além de cantores locais como o padre João Carlos e o frei Damião Silva.   De acordo com o presidente da Comissão Arquidiocesana para a Juventude, padre Gimesson Silva, o evento tem como um dos objetivos subsidiar o acolhimento de cerca de 5 mil jovens estrangeiros que estarão na arquidiocese durante a Semana Missionária, em julho – semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude.   A festa também será da solidariedade. Além de adquirir o ingresso, o público precisará doar um quilo de alimento não perecível ou uma garrafa de água mineral. Os donativos serão destinados às famílias vítimas da seca no Agreste e no Sertão do estado, que serão lembradas durante os shows de forró em homenagem a Luiz Gonzaga. “Vamos doar também parte dos recursos arrecadados no evento para nossos irmãos do Interior. Será a nossa contribuição para a segunda fase da campanha “Tem gente com sede de solidariedade”", afirmou o padre Gimesson Silva.   O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, disse estar muito entusiasmado com a mobilização da juventude em realizar o evento e ajudar ao próximo. “Este é o ano dos jovens e por isso todas as atenções da Igreja estão voltadas ainda mais para eles. Fico muito feliz em poder anunciar junto com eles esse evento que será de muita alegria, mas também, de compromisso missionário”, declarou o religioso.   No primeiro lote, os ingressos estão sendo vendidos ao preço promocional de R$ 20, que dá direito a um exemplar do Youcat. Os bilhetes podem ser adquiridos na Central do Bote Fé, que funciona na Casa da Juventude Padre Antônio Henrique, na Livraria Paulinas e com os vendedores credenciados de cada vicariato.   CNBB
A Associação das ex-alunas e ex-alunos das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) do Instituto Maria Auxiliadora (IMA), de Porto Velho, RO, está com nova diretoria para o triênio 2013 – 2015. Em 2012 o grupo completou 64 anos de existência e, no último dia 15 de dezembro, Maria do Socorro Rocha Medeiros tomou posse como nova presidente. No posto de vice-presidente está Ana Júlia Souza Almeida. O evento foi realizado nas dependências do colégio.   O processo de troca de diretoria começou no dia 28 de novembro e foi concluído com a cerimônia de tomada de posse e confraternização. Na ocasião, padre Sinval Marques Pereira, delegado da Família Salesiana, abençoou os integrantes da nova diretoria. A presidente anterior, Auxiliadora Lobato Ugo, e os demais membros da antiga diretoria foram homenageados por meio de  mensagens de agradecimento pelo serviço oferecido.    Dentre os objetivos da nova diretoria está o resgate das ex-alunas e ex-alunos mais jovens para fazer crescer e fortalecer o grupo.   Inspetoria Laura Vicunã
Faleceu nesta quinta-feira, 10 de janeiro, aos 79 anos o padre salesiano Jorge Parovel. Vítima de um tumor, padre Jorge estava internado há alguns dias no hospital do Pênfigo, em Campo Grande, MS. O enterro foi realizado  no Cemitério Santo Antônio em Campo Grande.   Nascido em 18 de agosto de 1933 na cidade de Capodistria, Italia, padre Jorge veio como missionário para o Mato Grosso em 1949 com apenas 16 anos. Aqui fez seu noviciado e toda formação salesiana. Sua primeira profissão religiosa ocorreu no dia 31 de janeiro de 1951 e sua ordenação sacerdotal foi realizada em 8 de dezembro de 1960.   Trabalhou em várias casas da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT). Foi diretor, ecônomo, conselheiro de estudos, coordenador da pastoral, pároco, capelão das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), confessor e diretor espiritual. Sempre dedicado e empenhado nos serviços a ele confiados. Atualmente estava ligado à comunidade salesiana do Colégio Salesiano Dom Bosco e Paróquia São João Bosco.   Nesses últimos anos, já com a saúde debilitada, dedicou seu tempo livre na organização e tradução das cartas mortuárias dos irmãos salesianos da MSMT, trabalho que vinha realizando com competência a responsabilidade, mas que a morte o impediu de completar.   Missão Salesiana do Mato Grosso
A educadora salesiana Natália Braga de Oliveira, professora de Sociologia no Colégio Salesiano Região Oceânica, em Niterói, RJ, publicou um artigo de sua autoria na edição de dezembro da revista Sociologia, publicação de circulação nacional da Editora Escala.   Intitulado “A imaginação sociológica em sala de aula”, o texto, segundo a autora, trata das contribuições sociológicas para o entendimento das atuais transformações sociais e as conexões entre a sociologia e a vida cotidiana. “Além disso, propõe exercícios a serem aplicados em sala de aula com o intuito de aproximar os estudantes do saber científico das Ciências Sociais”, afirma Natália. Um dos objetivos é incentivar os alunos a olharem a vida cotidiana a partir dos pressupostos da Sociologia, desenvolvendo neles olhar plural e crítico em relação à sociedade. Natália Oliveira discute ainda o importante papel do educador como mobilizador do conhecimento e sua determinação em incitar seus alunos a olhar o mundo por novas perspectivas.   Confira o artigo na íntegra.   RSE Informa
Thursday, 10 January 2013 15:47

TV peruana exibe programas especiais sobre Dom Bosco

Written by
Em associação estratégica com o Centro Salesiano de Comunicação Social, a emissora de televisão peruana -  JN19  - começou a veicular a partir deste mês algumas transmissões especiais dedicadas a Dom Bosco, com a finalidade de promover, no contexto do bicentenário de seu nascimento, o conhecimento da sua história, suas obras e de difundir o carisma salesiano pelo mundo.   O primeiro programa especial é “Dom Bosco, Santo dos Jovens”, no ar por todo o mês de janeiro, aos domingos, às 21 horas e reprisado às segundas-feiras, às 22 horas (horário peruano).   Para a realização do programa a equipe da emissora peruana realizou várias gravações na Casa de formação Salesiana e no Instituto salesiano “Rosenthal de la Puente”, em Magdalena del Mar, onde também participou como diretor o pós-noviço salesiano, José Luis Sánchez.   O projeto teve início no mês de outubro de 2012 e a produção dos programas está a cargo de Kelly Medina, do canal JN19, e de Abel Camesasca, da produtora Salesiana TVP. Os programas podem ser vistos ao vivo em JN19 ou na internet, segundo o fuso horário peruano.   InfoANS  
Thursday, 10 January 2013 15:23

Relíquias de Dom Bosco chegam à Grã-Bretanha

Written by
Iniciou oficialmente, no dia 3 de janeiro, a peregrinação das relíquias de Dom Bosco pela Grã-Bretanha. As duas primeiras etapas da urna, vividas na ótica de peregrinação, decorreram na Escócia e permitiram a muitas pessoas descobrir e conhecer melhor Dom Bosco, o seu carisma, o estilo educativo e a sua proposta de santidade.   Mais de 1800 pessoas reuniram-se na Catedral metropolitana de Santo André, em Glasgow, para celebrar o santo dos jovens. Os peregrinos chegaram pelo menos uma hora antes da cerimônia e lotaram completamente a Catedral.   A Eucaristia foi presidida pelo cardeal Philip Tartaglia, arcebispo de Glasgow, acompanhado por Dom Joseph Anthony Toal, bispo de Argyll e das Ilhas. Uma autêntica celebração da vida de Dom Bosco e da sua contribuição à educação e à evangelização dos jovens. O arcebispo, reconhecendo como por vezes a Igreja  esqueceu o seu contato com os jovens, convidou os presentes a seguirem o exemplo de Dom Bosco e a sua original prática educativa.   Entre os presentes havia adultos e jovens, representantes da Família Salesiana. Muitas pessoas ouviram falar de Dom Bosco pela primeira vez e ficaram arrebatadas pelo entusiasmo. “Não consigo avaliar o quanto as pessoas estão felizes. Mas é tão belo ver todos esses jovens com o semblante iluminado pelo sorriso” , foi o testemunho de Joan Smith, da paróquia de Gorbals.   No sábado, 5 de janeiro, realizou-se a peregrinação ao Santuário Nacional da Escócia, de Carfin, em Motherwell. O pequeno santuário, inteiramente tomado por cerca de 600 fiéis, favoreceu um lindo clima de oração, reflexão, pensamento, paz e celebração.   O bispo de Motherwell, Dom Joseph Devine, presidiu a concelebração Eucarística, enquanto o padre Martin Coyle, inspetor da Grã-Bretanha, fez a homilia detendo-se a falar da importância que Dom Bosco tem no coração dos católicos escoceses, especialmente para os professores e os educadores; e fez referência à já consolidada Associação dos Professores de Dom Bosco.   “Foi uma experiência profundamente espiritual; entra-lhe no profundo; e é fácil de compreender” , disse Helen Border, da capelania da Universidade de Glasgow. Um professor de Motherwell acrescentou: “A amizade parece ser a chave desse santo. Como professor, reconheço o desafio que lança Dom Bosco em ser um amigo para os jovens”.   InfoANS
Teve início no dia 06 de janeiro, em Guarapuava, PR, a Animação Missionária Juvenil, com a celebração da Eucaristia e apresentação dos missionários na Paróquia São Luiz e Comunidade Santa Rita.   São nove  jovens missionários provenientes de Porto Alegre e Viamão no Estado do Rio Grande do Sul; Itajaí e Joinville no Estado de Santa Catariana e Curitiba, PR, acompanhados pelos padres Ademir Ricardo, Tiago e salesianos Sávio e Adriano.   As celebrações foram realizadas na paróquia São Luiz Gonzaga, no bairro Morro Alto, e logo após, na Comunidade Santa Rita. Durante a celebração da noite, foi acolhida a replica da cruz da JMJ e do ícone de Nossa Senhora, que está em peregrinação pelas paróquias da Diocese de Guarapuava.   No dia 07 pela manhã foi realizada a primeira formação dos missionários, coordenada pelo padre Ademir Ricardo, onde foi abordado o tema “Enviados em Missão”. Em seguida o grupo continuou reunido para organização logística dos trabalhos, equipes e funções. No período da tarde começaram as visitas às casas e à noite houve celebração da Eucaristia na Comunidade São Luiz.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Uma comissão do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ Rio2013 viajou para Roma no dia 8 de janeiro. A comissão é formada pelo arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro e presidente do COL, Dom Orani João Tempesta, pelos vice-presidentes do COL, Dom Antonio Augusto Dias Duarte e Dom Paulo Cezar, pelo secretário executivo do COL, monsenhor Joel Portella e pelos padres responsáveis por alguns setores da JMJ.   Também participarão integrantes do governo federal, do estadual e municipal. Os membros da comissão e das outras instâncias participarão de reuniões em datas alternadas. O retorno ao Brasil dos envolvidos nas últimas atividades está previsto para o dia 25 de janeiro.   Segundo monsenhor Joel, serão realizadas reuniões sobre diferentes temas, como liturgia e alimentação, nas quais serão analisadas propostas elaboradas pelo COL. “São vários os objetivos das reuniões. Um deles é a proximidade entre a organização local e os organismos da Santa Sé, mais concretamente aqueles que cuidam das viagens internacionais do Papa. Vamos ter reuniões com o Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), como normalmente há; com o setores ligados à liturgia e a todos os atos celebrativos que envolvem o Papa; reuniões sobre a comunicação e sobre a segurança. Vamos levar algumas propostas em cada um desses itens. Algumas delas serão, depois, corrigidas e adaptadas a partir de uma experiência que eles têm com as viagens internacionais do Papa”, explicou.   O secretário executivo destacou que o relacionamento do COL com os organismos da Santa Sé e com as três instâncias do governo tem sido muito bom. “Temos mantido contato diário por e-mail, trocando informações”, frisou.   Em entrevista à Rádio Vaticano, Dom Antonio Augusto evidenciou que as reuniões não serão apenas para apresentação, mas para concretização. “O desafio mais imediato é apresentar tudo por escrito e de forma bem concreta. Não é apenas a visita de um chefe de Estado, mas do Santo Padre, nosso pai comum, que queremos acolher com muito carinho, levando em consideração as realidades diplomáticas e burocráticas”, disse.   JMJ Rio2013
Page 684 of 719
    Teve início, no dia 10 de janeiro, na casa de retiro de Barbacena, MG, o encontro de preparação para os votos perpétuos, que conta com a participação de 18 formandos de todas as inspetorias salesianas do Brasil.   O encontro foi iniciado com um almoço e uma visita dos participantes ao Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa (CSDP). À noite, com a celebração da Eucaristia, teve início o retiro espiritual. A programação se estenderá até o próximo dia 30 de janeiro com os cursos de Salesianidade, Pastoral Juvenil, Psicologia da Vida Religiosa e Teologia da Vida Religiosa.   Inspetoria Salesiana do Nordeste
A Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri, Espanha, produziu três documentários que buscam dois objetivos: mostrar a presença salesiana no Haiti e relembrar o terceiro triste aniversário do terremoto de 12 de janeiro de 2010. “Haiti: 75 anos de presença salesiana”, “O despertar do Haiti” e “Filhos do Haiti” são os títulos dos documentários, que recontam uma realidade ainda precária.   A história dos salesianos no Haiti foi iniciada em 1936, com o pedido do governo de uma escola de formação profissional para formar bons cristãos e honestos cidadãos. “Há hoje perto de 75 salesianos com um objetivo claro: ajudar os jovens a construir um mundo novo, afirma o padre Adriano Bregolin, vigário do reitor-mor, padre Pascual Chávez, num dos três vídeos. “É um momento muito importante: celebramos o nosso aniversário, 75 anos de sacrifício, de presença (...). Haiti é o país de Dom Bosco”. A ele se junta o padre Jacques Charles, ecônomo da visitadoria do Haiti: “Dom Bosco hoje iria se sentir muito à vontade aqui, porque este é o seu povo, Dom Bosco é desta terra, Dom Bosco é para o Haiti”.   O vídeo “Despertar do Haiti”, lançado no mês de outubro, mostra como bastaram 30 segundos para arruinar 90% das escolas, 60% dos hospitais, para que centenas de milhares de pessoas morressem, mais de 350.000 ficassem feridas e mais de um milhão de crianças se tornassem órfãs. Por causa dessa tragédia, também 75% das obras salesianas ficaram gravemente afetadas. O documentário recolhe aqueles segundos que deixaram o país em ruínas, e deixa clara a finalidade dos salesianos no país: “Nosso sonho é um Haiti melhor, para jovens em condições de tomar conta de si mesmos, jovens seguros”, diz o padre Pierre Lephène, conselheiro inspetorial.   “Os filhos do Haiti” foi publicado em 9 de janeiro do ano passado pela Procuradoria Missionária, de Madri, por ocasião do terceiro aniversário do terremoto de 2010. No DVD fala-se de Tissidor, apaixonado por canto e futebol; Jean Cerin, responsável pelo centro Lakou, que acolhe meninos de rua; Julius, que aprendeu a ler aos 14 anos e hoje é um soldador; e Joseph Wesner, professor de eletricidade. Apenas alguns dos “filhos do Haiti”, que, como muitos outros, desde muito pequenos, aprenderam a sobreviver pelas ruas, ameaçados e maltratados.   Foi enviado um exemplar de cada DVD para todas as circunscrições salesianas do mundo e a todas as escolas salesianas da Espanha. Nestes dias algumas passagens dos vídeos transitarão também pelas redes de TV espanholas. “O despertar do Haiti” e “Os filhos do Haiti” podem ser vistos também no canal YouTube, da Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri.   InfoANS    
  Foi dada a largada para o Bote Fé Recife 2013. O evento, que abre o ano da juventude na arquidiocese de Olinda e Recife, será realizado no próximo dia 27 de janeiro, no Chevrolet Hall, em Olinda. A festa, que terá celebração da Santa Missa e momentos de reflexão, vai reunir grandes nomes da música católica nacional, como a irmã Kelly Patrícia, Missionários Shalom e a banda Rosa de Saron, além de cantores locais como o padre João Carlos e o frei Damião Silva.   De acordo com o presidente da Comissão Arquidiocesana para a Juventude, padre Gimesson Silva, o evento tem como um dos objetivos subsidiar o acolhimento de cerca de 5 mil jovens estrangeiros que estarão na arquidiocese durante a Semana Missionária, em julho – semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude.   A festa também será da solidariedade. Além de adquirir o ingresso, o público precisará doar um quilo de alimento não perecível ou uma garrafa de água mineral. Os donativos serão destinados às famílias vítimas da seca no Agreste e no Sertão do estado, que serão lembradas durante os shows de forró em homenagem a Luiz Gonzaga. “Vamos doar também parte dos recursos arrecadados no evento para nossos irmãos do Interior. Será a nossa contribuição para a segunda fase da campanha “Tem gente com sede de solidariedade”", afirmou o padre Gimesson Silva.   O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, disse estar muito entusiasmado com a mobilização da juventude em realizar o evento e ajudar ao próximo. “Este é o ano dos jovens e por isso todas as atenções da Igreja estão voltadas ainda mais para eles. Fico muito feliz em poder anunciar junto com eles esse evento que será de muita alegria, mas também, de compromisso missionário”, declarou o religioso.   No primeiro lote, os ingressos estão sendo vendidos ao preço promocional de R$ 20, que dá direito a um exemplar do Youcat. Os bilhetes podem ser adquiridos na Central do Bote Fé, que funciona na Casa da Juventude Padre Antônio Henrique, na Livraria Paulinas e com os vendedores credenciados de cada vicariato.   CNBB
A Associação das ex-alunas e ex-alunos das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) do Instituto Maria Auxiliadora (IMA), de Porto Velho, RO, está com nova diretoria para o triênio 2013 – 2015. Em 2012 o grupo completou 64 anos de existência e, no último dia 15 de dezembro, Maria do Socorro Rocha Medeiros tomou posse como nova presidente. No posto de vice-presidente está Ana Júlia Souza Almeida. O evento foi realizado nas dependências do colégio.   O processo de troca de diretoria começou no dia 28 de novembro e foi concluído com a cerimônia de tomada de posse e confraternização. Na ocasião, padre Sinval Marques Pereira, delegado da Família Salesiana, abençoou os integrantes da nova diretoria. A presidente anterior, Auxiliadora Lobato Ugo, e os demais membros da antiga diretoria foram homenageados por meio de  mensagens de agradecimento pelo serviço oferecido.    Dentre os objetivos da nova diretoria está o resgate das ex-alunas e ex-alunos mais jovens para fazer crescer e fortalecer o grupo.   Inspetoria Laura Vicunã
Faleceu nesta quinta-feira, 10 de janeiro, aos 79 anos o padre salesiano Jorge Parovel. Vítima de um tumor, padre Jorge estava internado há alguns dias no hospital do Pênfigo, em Campo Grande, MS. O enterro foi realizado  no Cemitério Santo Antônio em Campo Grande.   Nascido em 18 de agosto de 1933 na cidade de Capodistria, Italia, padre Jorge veio como missionário para o Mato Grosso em 1949 com apenas 16 anos. Aqui fez seu noviciado e toda formação salesiana. Sua primeira profissão religiosa ocorreu no dia 31 de janeiro de 1951 e sua ordenação sacerdotal foi realizada em 8 de dezembro de 1960.   Trabalhou em várias casas da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT). Foi diretor, ecônomo, conselheiro de estudos, coordenador da pastoral, pároco, capelão das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), confessor e diretor espiritual. Sempre dedicado e empenhado nos serviços a ele confiados. Atualmente estava ligado à comunidade salesiana do Colégio Salesiano Dom Bosco e Paróquia São João Bosco.   Nesses últimos anos, já com a saúde debilitada, dedicou seu tempo livre na organização e tradução das cartas mortuárias dos irmãos salesianos da MSMT, trabalho que vinha realizando com competência a responsabilidade, mas que a morte o impediu de completar.   Missão Salesiana do Mato Grosso
A educadora salesiana Natália Braga de Oliveira, professora de Sociologia no Colégio Salesiano Região Oceânica, em Niterói, RJ, publicou um artigo de sua autoria na edição de dezembro da revista Sociologia, publicação de circulação nacional da Editora Escala.   Intitulado “A imaginação sociológica em sala de aula”, o texto, segundo a autora, trata das contribuições sociológicas para o entendimento das atuais transformações sociais e as conexões entre a sociologia e a vida cotidiana. “Além disso, propõe exercícios a serem aplicados em sala de aula com o intuito de aproximar os estudantes do saber científico das Ciências Sociais”, afirma Natália. Um dos objetivos é incentivar os alunos a olharem a vida cotidiana a partir dos pressupostos da Sociologia, desenvolvendo neles olhar plural e crítico em relação à sociedade. Natália Oliveira discute ainda o importante papel do educador como mobilizador do conhecimento e sua determinação em incitar seus alunos a olhar o mundo por novas perspectivas.   Confira o artigo na íntegra.   RSE Informa
Thursday, 10 January 2013 15:47

TV peruana exibe programas especiais sobre Dom Bosco

Written by
Em associação estratégica com o Centro Salesiano de Comunicação Social, a emissora de televisão peruana -  JN19  - começou a veicular a partir deste mês algumas transmissões especiais dedicadas a Dom Bosco, com a finalidade de promover, no contexto do bicentenário de seu nascimento, o conhecimento da sua história, suas obras e de difundir o carisma salesiano pelo mundo.   O primeiro programa especial é “Dom Bosco, Santo dos Jovens”, no ar por todo o mês de janeiro, aos domingos, às 21 horas e reprisado às segundas-feiras, às 22 horas (horário peruano).   Para a realização do programa a equipe da emissora peruana realizou várias gravações na Casa de formação Salesiana e no Instituto salesiano “Rosenthal de la Puente”, em Magdalena del Mar, onde também participou como diretor o pós-noviço salesiano, José Luis Sánchez.   O projeto teve início no mês de outubro de 2012 e a produção dos programas está a cargo de Kelly Medina, do canal JN19, e de Abel Camesasca, da produtora Salesiana TVP. Os programas podem ser vistos ao vivo em JN19 ou na internet, segundo o fuso horário peruano.   InfoANS  
Thursday, 10 January 2013 15:23

Relíquias de Dom Bosco chegam à Grã-Bretanha

Written by
Iniciou oficialmente, no dia 3 de janeiro, a peregrinação das relíquias de Dom Bosco pela Grã-Bretanha. As duas primeiras etapas da urna, vividas na ótica de peregrinação, decorreram na Escócia e permitiram a muitas pessoas descobrir e conhecer melhor Dom Bosco, o seu carisma, o estilo educativo e a sua proposta de santidade.   Mais de 1800 pessoas reuniram-se na Catedral metropolitana de Santo André, em Glasgow, para celebrar o santo dos jovens. Os peregrinos chegaram pelo menos uma hora antes da cerimônia e lotaram completamente a Catedral.   A Eucaristia foi presidida pelo cardeal Philip Tartaglia, arcebispo de Glasgow, acompanhado por Dom Joseph Anthony Toal, bispo de Argyll e das Ilhas. Uma autêntica celebração da vida de Dom Bosco e da sua contribuição à educação e à evangelização dos jovens. O arcebispo, reconhecendo como por vezes a Igreja  esqueceu o seu contato com os jovens, convidou os presentes a seguirem o exemplo de Dom Bosco e a sua original prática educativa.   Entre os presentes havia adultos e jovens, representantes da Família Salesiana. Muitas pessoas ouviram falar de Dom Bosco pela primeira vez e ficaram arrebatadas pelo entusiasmo. “Não consigo avaliar o quanto as pessoas estão felizes. Mas é tão belo ver todos esses jovens com o semblante iluminado pelo sorriso” , foi o testemunho de Joan Smith, da paróquia de Gorbals.   No sábado, 5 de janeiro, realizou-se a peregrinação ao Santuário Nacional da Escócia, de Carfin, em Motherwell. O pequeno santuário, inteiramente tomado por cerca de 600 fiéis, favoreceu um lindo clima de oração, reflexão, pensamento, paz e celebração.   O bispo de Motherwell, Dom Joseph Devine, presidiu a concelebração Eucarística, enquanto o padre Martin Coyle, inspetor da Grã-Bretanha, fez a homilia detendo-se a falar da importância que Dom Bosco tem no coração dos católicos escoceses, especialmente para os professores e os educadores; e fez referência à já consolidada Associação dos Professores de Dom Bosco.   “Foi uma experiência profundamente espiritual; entra-lhe no profundo; e é fácil de compreender” , disse Helen Border, da capelania da Universidade de Glasgow. Um professor de Motherwell acrescentou: “A amizade parece ser a chave desse santo. Como professor, reconheço o desafio que lança Dom Bosco em ser um amigo para os jovens”.   InfoANS
Teve início no dia 06 de janeiro, em Guarapuava, PR, a Animação Missionária Juvenil, com a celebração da Eucaristia e apresentação dos missionários na Paróquia São Luiz e Comunidade Santa Rita.   São nove  jovens missionários provenientes de Porto Alegre e Viamão no Estado do Rio Grande do Sul; Itajaí e Joinville no Estado de Santa Catariana e Curitiba, PR, acompanhados pelos padres Ademir Ricardo, Tiago e salesianos Sávio e Adriano.   As celebrações foram realizadas na paróquia São Luiz Gonzaga, no bairro Morro Alto, e logo após, na Comunidade Santa Rita. Durante a celebração da noite, foi acolhida a replica da cruz da JMJ e do ícone de Nossa Senhora, que está em peregrinação pelas paróquias da Diocese de Guarapuava.   No dia 07 pela manhã foi realizada a primeira formação dos missionários, coordenada pelo padre Ademir Ricardo, onde foi abordado o tema “Enviados em Missão”. Em seguida o grupo continuou reunido para organização logística dos trabalhos, equipes e funções. No período da tarde começaram as visitas às casas e à noite houve celebração da Eucaristia na Comunidade São Luiz.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Uma comissão do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ Rio2013 viajou para Roma no dia 8 de janeiro. A comissão é formada pelo arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro e presidente do COL, Dom Orani João Tempesta, pelos vice-presidentes do COL, Dom Antonio Augusto Dias Duarte e Dom Paulo Cezar, pelo secretário executivo do COL, monsenhor Joel Portella e pelos padres responsáveis por alguns setores da JMJ.   Também participarão integrantes do governo federal, do estadual e municipal. Os membros da comissão e das outras instâncias participarão de reuniões em datas alternadas. O retorno ao Brasil dos envolvidos nas últimas atividades está previsto para o dia 25 de janeiro.   Segundo monsenhor Joel, serão realizadas reuniões sobre diferentes temas, como liturgia e alimentação, nas quais serão analisadas propostas elaboradas pelo COL. “São vários os objetivos das reuniões. Um deles é a proximidade entre a organização local e os organismos da Santa Sé, mais concretamente aqueles que cuidam das viagens internacionais do Papa. Vamos ter reuniões com o Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), como normalmente há; com o setores ligados à liturgia e a todos os atos celebrativos que envolvem o Papa; reuniões sobre a comunicação e sobre a segurança. Vamos levar algumas propostas em cada um desses itens. Algumas delas serão, depois, corrigidas e adaptadas a partir de uma experiência que eles têm com as viagens internacionais do Papa”, explicou.   O secretário executivo destacou que o relacionamento do COL com os organismos da Santa Sé e com as três instâncias do governo tem sido muito bom. “Temos mantido contato diário por e-mail, trocando informações”, frisou.   Em entrevista à Rádio Vaticano, Dom Antonio Augusto evidenciou que as reuniões não serão apenas para apresentação, mas para concretização. “O desafio mais imediato é apresentar tudo por escrito e de forma bem concreta. Não é apenas a visita de um chefe de Estado, mas do Santo Padre, nosso pai comum, que queremos acolher com muito carinho, levando em consideração as realidades diplomáticas e burocráticas”, disse.   JMJ Rio2013
Page 684 of 719