JMJ Cracóvia 2016: a fé e a alegria da juventude católica

Monday, 15 August 2016 09:24 Written by  Editorial Boletim Salesiano
JMJ Cracóvia 2016: a fé e a alegria da juventude católica InfoANS
Realizada em Cracóvia, Polônia, nos dias 25 de julho a 1º de agosto, a Jornada Mundial da Juventude 2016 reuniu cerca de 600 mil jovens católicos de todo o mundo, inclusive do Brasil. A juventude salesiana também esteve presente.

Com o tema “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”, o maior evento da juventude católica este ano foi realizado em Cracóvia, na Polônia. A 31ª edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ-2016) reuniu mais de 500 mil jovens, de 25 de julho a 1º de agosto, para festejar e celebrar sua fé. Entre os participantes estiveram cerca de 7 mil brasileiros (leigos e religiosos), além de 28 bispos e 150 voluntários.

A programação da JMJ 2016 inclui catequeses e celebrações realizadas em diversas línguas, além dos atos principais do evento, dos quais participa o Papa: missa de abertura, cerimônia de boas-vindas, via-sacra, vigília e missa final.

Em preparação à JMJ 2016, o Papa Francisco enviou uma vídeo-mensagem. Confira a versão com legendas em português clicando aqui.

 

A linguagem do Evangelho

“Falais muitas línguas. Mas de agora em diante usaremos entre nós a linguagem do Evangelho, a linguagem do amor, a linguagem da fraternidade, da solidariedade, da paz”.

Com estas palavras o cardeal-arcebispo de Cracóvia, dom Stanislaw Dziwisz, deu as boas-vindas aos 500 mil jovens que enchiam a esplanada de Blonia, em uma mistura de bandeiras e cores que acompanharam o primeiro ato oficial da JMJ.

Os jovens, entre os quais 5.600 do Movimento Juvenil Salesiano (MJS, que no Brasil recebe o nome de Articulação da Juventude Salesiana - AJS), vindos de todas as realidades salesianas do planeta, responderam, como sempre, entusiasticamente. A madre Yvonne Reungoat, superiora-geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), junto com as inspetoras da Polônia e muitas irmãs FMA, também compartilhou dessa experiência com os jovens.

Na homilia, o cardeal-arcebispo dom Stanislaw Dziwisz pediu aos jovens para levarem ao mundo “a centelha da misericórdia”. A começar pelos próprios países e nações para onde voltariam no domingo, 31 de julho, e que concentram, com frequência, realidades marcadas pelo ódio e pelos conflitos, feridas abertas no coração da humanidade. A evocação foi direcionada ao Oriente Médio, à África, aos muros que dividem a Europa e, especialmente, às vítimas do atentado de Rouen (França), que ocorrera poucas horas antes da celebração.

Em meio à juventude salesiana que participou da JMJ em Cracóvia há vários grupos de brasileiros, provenientes das inspetorias Nossa Senhora Auxiliadora (São Paulo), São Pio X (região Sul), São Domingos Sávio (Inspetoria Missionária da Amazônia – ISMA) e Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT), além de grupos de jovens de paróquias salesianas no Brasil.

 

Cracóvia sedia a Festa do MJS

A data de 27 de julho marcou o dia da Festa do Movimento Juvenil Salesiano (MJS, que no Brasil recebe o nome de Articulação da Juventude Salesiana - AJS), ato que se insere no ciclo de eventos que acompanham a JMJ 2016. A Festa do MJS foi precedida pelo Fórum do MJS, com a presença de representantes das inspetorias salesianas de 41 nações, que foram saudados pelo padre Fábio Attard, conselheiro geral para a Pastoral Juvenil dos Salesianos (SDB), e pela irmã Runita Borja, conselheira geral para a Pastoral Juvenil das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA).

Na primeira parte do Fórum os jovens refletiram sobre os desafios que lhes lança o mundo ao praticarem obras de misericórdia e qual a satisfação que lhes advém do fato. Em seguida alguns jovens se juntaram ao padre Ángel Fernández Artime, reitor-mor dos salesianos, e a madre Yvonne Reungoat, superiora geral das FMA, para um momento de diálogo.

A segunda parte do Fórum MJS foi vivida em clima de alegria e festa, com a Feira EXPO de Cracóvia, com a presença de cerca de seis mil jovens, vindos de 55 países. Ao longo de quatro horas, as salas da feira tornaram-se um grande pátio de Valdocco, na qual os jovens realizaram brincadeiras, danças e cânticos folclóricos.

No período da noite todos se reuniram para o momento de oração comum diante do Santíssimo exposto sobre o altar. A vigília foi orientada pelo grupo da pastoral universitária “Petroklezja” de Płock. Em seguida, foi apresentado um breve espetáculo sobre a vida de Santa Faustina Kowalska e sobre como fazer as obras de misericórdia na vida cotidiana.

O encontro foi concluído com a “boa-noite” da madre Yvonne Reungoat e do padre Ángel Fernández Artime, e com uma “Ave Maria” rezada em vários idiomas.

Confira o vídeo com o “boa-noite” clicando aqui

Com informações de: InfoANS, Portal das FMA, Jovens Conectados, Imprensa Vaticano, CNBB.

 

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


JMJ Cracóvia 2016: a fé e a alegria da juventude católica

Monday, 15 August 2016 09:24 Written by  Editorial Boletim Salesiano
JMJ Cracóvia 2016: a fé e a alegria da juventude católica InfoANS
Realizada em Cracóvia, Polônia, nos dias 25 de julho a 1º de agosto, a Jornada Mundial da Juventude 2016 reuniu cerca de 600 mil jovens católicos de todo o mundo, inclusive do Brasil. A juventude salesiana também esteve presente.

Com o tema “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”, o maior evento da juventude católica este ano foi realizado em Cracóvia, na Polônia. A 31ª edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ-2016) reuniu mais de 500 mil jovens, de 25 de julho a 1º de agosto, para festejar e celebrar sua fé. Entre os participantes estiveram cerca de 7 mil brasileiros (leigos e religiosos), além de 28 bispos e 150 voluntários.

A programação da JMJ 2016 inclui catequeses e celebrações realizadas em diversas línguas, além dos atos principais do evento, dos quais participa o Papa: missa de abertura, cerimônia de boas-vindas, via-sacra, vigília e missa final.

Em preparação à JMJ 2016, o Papa Francisco enviou uma vídeo-mensagem. Confira a versão com legendas em português clicando aqui.

 

A linguagem do Evangelho

“Falais muitas línguas. Mas de agora em diante usaremos entre nós a linguagem do Evangelho, a linguagem do amor, a linguagem da fraternidade, da solidariedade, da paz”.

Com estas palavras o cardeal-arcebispo de Cracóvia, dom Stanislaw Dziwisz, deu as boas-vindas aos 500 mil jovens que enchiam a esplanada de Blonia, em uma mistura de bandeiras e cores que acompanharam o primeiro ato oficial da JMJ.

Os jovens, entre os quais 5.600 do Movimento Juvenil Salesiano (MJS, que no Brasil recebe o nome de Articulação da Juventude Salesiana - AJS), vindos de todas as realidades salesianas do planeta, responderam, como sempre, entusiasticamente. A madre Yvonne Reungoat, superiora-geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), junto com as inspetoras da Polônia e muitas irmãs FMA, também compartilhou dessa experiência com os jovens.

Na homilia, o cardeal-arcebispo dom Stanislaw Dziwisz pediu aos jovens para levarem ao mundo “a centelha da misericórdia”. A começar pelos próprios países e nações para onde voltariam no domingo, 31 de julho, e que concentram, com frequência, realidades marcadas pelo ódio e pelos conflitos, feridas abertas no coração da humanidade. A evocação foi direcionada ao Oriente Médio, à África, aos muros que dividem a Europa e, especialmente, às vítimas do atentado de Rouen (França), que ocorrera poucas horas antes da celebração.

Em meio à juventude salesiana que participou da JMJ em Cracóvia há vários grupos de brasileiros, provenientes das inspetorias Nossa Senhora Auxiliadora (São Paulo), São Pio X (região Sul), São Domingos Sávio (Inspetoria Missionária da Amazônia – ISMA) e Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT), além de grupos de jovens de paróquias salesianas no Brasil.

 

Cracóvia sedia a Festa do MJS

A data de 27 de julho marcou o dia da Festa do Movimento Juvenil Salesiano (MJS, que no Brasil recebe o nome de Articulação da Juventude Salesiana - AJS), ato que se insere no ciclo de eventos que acompanham a JMJ 2016. A Festa do MJS foi precedida pelo Fórum do MJS, com a presença de representantes das inspetorias salesianas de 41 nações, que foram saudados pelo padre Fábio Attard, conselheiro geral para a Pastoral Juvenil dos Salesianos (SDB), e pela irmã Runita Borja, conselheira geral para a Pastoral Juvenil das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA).

Na primeira parte do Fórum os jovens refletiram sobre os desafios que lhes lança o mundo ao praticarem obras de misericórdia e qual a satisfação que lhes advém do fato. Em seguida alguns jovens se juntaram ao padre Ángel Fernández Artime, reitor-mor dos salesianos, e a madre Yvonne Reungoat, superiora geral das FMA, para um momento de diálogo.

A segunda parte do Fórum MJS foi vivida em clima de alegria e festa, com a Feira EXPO de Cracóvia, com a presença de cerca de seis mil jovens, vindos de 55 países. Ao longo de quatro horas, as salas da feira tornaram-se um grande pátio de Valdocco, na qual os jovens realizaram brincadeiras, danças e cânticos folclóricos.

No período da noite todos se reuniram para o momento de oração comum diante do Santíssimo exposto sobre o altar. A vigília foi orientada pelo grupo da pastoral universitária “Petroklezja” de Płock. Em seguida, foi apresentado um breve espetáculo sobre a vida de Santa Faustina Kowalska e sobre como fazer as obras de misericórdia na vida cotidiana.

O encontro foi concluído com a “boa-noite” da madre Yvonne Reungoat e do padre Ángel Fernández Artime, e com uma “Ave Maria” rezada em vários idiomas.

Confira o vídeo com o “boa-noite” clicando aqui

Com informações de: InfoANS, Portal das FMA, Jovens Conectados, Imprensa Vaticano, CNBB.

 

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.