Viva sua paixão pelo esporte

Friday, 22 July 2016 15:59 Written by 
Viva sua paixão pelo esporte Colégio Salesiano Resende - Abertura das Olimpíadas internas
Os Jogos Olímpicos Rio-2016 serão realizados de 5 a 21 de agosto e são uma ocasião propícia para reforçar a importância dos esportes na proposta educativa salesiana.

Sob o tema “Viva sua paixão”, os XXXI Jogos Olímpicos devem atrair a atenção de mais da metade das pessoas na face da terra, com uma audiência estimada em 4,5 bilhões de pessoas, atentas às performances de 10.500 atletas de 206 nações. Ao todo, serão disputadas 28 modalidades olímpicas, com a inclusão do rúgbi de sete e do golfe.

É a primeira vez que o Brasil, mais precisamente a cidade do Rio de Janeiro, sedia um evento como este. Um fato que aumenta ainda mais o interesse para o contexto da Família Salesiana, neste mês de agosto.

Para as crianças e jovens das escolas e obras salesianas, os  jogos são uma atração mais do que especial, pois para grande parte deles, as disputas desportivas realizadas no contexto olímpico fazem parte de sua rotina. Alguns meninos e meninas estão, inclusive, já pré-selecionados para as Olimpíadas de 2020, e treinando diariamente para isso.

 

No esporte, um pilar

A prática de esportes é um dos pilares de sustentação do sistema preventivo de Dom Bosco. Nos pátios salesianos, a bola rola solta, o aumento do desempenho é sempre estimulado, a integração e as disputas fraternas nos esportes coletivos e individuais ocupam um papel estratégico no processo educativo.

Os alunos destacam-se em na quadra esportiva, em competições ou em treinos de rotina, pois sempre haverá ótimas possibilidades de mostrar seu desenvolvimento. Respeito às regras do jogo, ao adversário e ao colega de equipe é um valor facilmente absorvido nos ambientes salesianos, e imediatamente aplicado na formação de atletas. A disciplina nos treinos e na concepção das regras, bem como o entusiasmo diante dos desafios da vida, são outras características que unem esses jovens atletas pelo mundo afora.

Eis porque é possível encontrar, no mundo dos esportes, atletas de sucesso e destaque que saíram de escolas salesianas. Cesar Cielo, na natação, e Oscar Schmidt, no basquete, são alguns dos exemplos de renome. Mas dos pátios salesianos brotam, todos os anos, novos talentos do esporte, como valiosas promessas de futuro.

No momento em que o Brasil e o mundo rendem-se aos Jogos Olímpicos, o valor do esporte para a formação de jovens torna-se mais evidente.

 

Boletim Salesiano digital

O Boletim Salesiano publicou, no mês de junho, uma edição digital especial, totalmente voltada para a importância dos esportes na educação salesiana. A revista traz entrevistas com ex-alunas que se tornaram atletas profissionais e já representaram o Brasil em Olimpíadas, como Fabiana Murer, do salto com vara, e Maria Elisa Antonelli, do vôlei de praia. Tem depoimentos de educadores salesianos que, de diversas formas, trazem a salesianidade e os esportes no coração. Também, entrevistas com jovens alunos que despontam em diversas modalidades esportivas.

O Boletim Salesiano digital de junho pode ser lido em tablets e smartphones, ou diretamente no computador no endereço:

http://livrodigital.edebe.com.br/boletimsalesiano/

 

História dos Jogos Olímpicos

Os primeiros Jogos Olímpicos surgiram em 2.500 a.C., na cidade de Olímpia, na Grécia. A motivação, segundo a lenda, nascera da intenção de Hércules em homenagear Zeus, seu pai e deus supremo da mitologia grega.

As primeiras disputas estruturadas ocorreram em 776 a.C. Dava-se uma trégua às guerras e conflitos para abrir espaço a competições esportivas, como atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo - luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco. Os atletas das cidades-estados gregas se reuniam em Olímpia para as disputas, e os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades. A premiação aos campeões era uma coroa de louros.

Além da religiosidade, os gregos buscavam com os jogos a paz e a harmonia entre as cidades que compunham sua civilização. Aquela cultura também dava grande importância aos esportes e à manutenção de um corpo saudável.

Quando os romanos invadiram e dominaram a Grécia, no século II, muitas tradições gregas, entre elas as Olimpíadas, foram deixadas de lado. No ano de 392 d.C., os Jogos Olímpicos e quaisquer manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I.

No ano 1896, os Jogos Olímpicos foram retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, o barão de Coubertin. Nesta primeira Olimpíada da Era Moderna, participam 285 atletas de 13 países, disputando provas de atletismo, esgrima, luta livre, ginástica, halterofilismo, ciclismo, natação e tênis.

Até as Olimpíadas de 2016 foram realizadas 30 edições dos Jogos, a exemplo do modelo clássico grego, sempre a cada quatro anos e no verão do Hemisfério Norte. A Primeira e Segunda Guerras Mundiais foram as causas do cancelamento das Olimpíadas de 1916, 1940 e 1944.

As disputas de 2012 foram realizadas em Londres, no Reino Unido, e as de 2020 são esperadas em Tóquio, no Japão.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 25 July 2016 16:28

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Viva sua paixão pelo esporte

Friday, 22 July 2016 15:59 Written by 
Viva sua paixão pelo esporte Colégio Salesiano Resende - Abertura das Olimpíadas internas
Os Jogos Olímpicos Rio-2016 serão realizados de 5 a 21 de agosto e são uma ocasião propícia para reforçar a importância dos esportes na proposta educativa salesiana.

Sob o tema “Viva sua paixão”, os XXXI Jogos Olímpicos devem atrair a atenção de mais da metade das pessoas na face da terra, com uma audiência estimada em 4,5 bilhões de pessoas, atentas às performances de 10.500 atletas de 206 nações. Ao todo, serão disputadas 28 modalidades olímpicas, com a inclusão do rúgbi de sete e do golfe.

É a primeira vez que o Brasil, mais precisamente a cidade do Rio de Janeiro, sedia um evento como este. Um fato que aumenta ainda mais o interesse para o contexto da Família Salesiana, neste mês de agosto.

Para as crianças e jovens das escolas e obras salesianas, os  jogos são uma atração mais do que especial, pois para grande parte deles, as disputas desportivas realizadas no contexto olímpico fazem parte de sua rotina. Alguns meninos e meninas estão, inclusive, já pré-selecionados para as Olimpíadas de 2020, e treinando diariamente para isso.

 

No esporte, um pilar

A prática de esportes é um dos pilares de sustentação do sistema preventivo de Dom Bosco. Nos pátios salesianos, a bola rola solta, o aumento do desempenho é sempre estimulado, a integração e as disputas fraternas nos esportes coletivos e individuais ocupam um papel estratégico no processo educativo.

Os alunos destacam-se em na quadra esportiva, em competições ou em treinos de rotina, pois sempre haverá ótimas possibilidades de mostrar seu desenvolvimento. Respeito às regras do jogo, ao adversário e ao colega de equipe é um valor facilmente absorvido nos ambientes salesianos, e imediatamente aplicado na formação de atletas. A disciplina nos treinos e na concepção das regras, bem como o entusiasmo diante dos desafios da vida, são outras características que unem esses jovens atletas pelo mundo afora.

Eis porque é possível encontrar, no mundo dos esportes, atletas de sucesso e destaque que saíram de escolas salesianas. Cesar Cielo, na natação, e Oscar Schmidt, no basquete, são alguns dos exemplos de renome. Mas dos pátios salesianos brotam, todos os anos, novos talentos do esporte, como valiosas promessas de futuro.

No momento em que o Brasil e o mundo rendem-se aos Jogos Olímpicos, o valor do esporte para a formação de jovens torna-se mais evidente.

 

Boletim Salesiano digital

O Boletim Salesiano publicou, no mês de junho, uma edição digital especial, totalmente voltada para a importância dos esportes na educação salesiana. A revista traz entrevistas com ex-alunas que se tornaram atletas profissionais e já representaram o Brasil em Olimpíadas, como Fabiana Murer, do salto com vara, e Maria Elisa Antonelli, do vôlei de praia. Tem depoimentos de educadores salesianos que, de diversas formas, trazem a salesianidade e os esportes no coração. Também, entrevistas com jovens alunos que despontam em diversas modalidades esportivas.

O Boletim Salesiano digital de junho pode ser lido em tablets e smartphones, ou diretamente no computador no endereço:

http://livrodigital.edebe.com.br/boletimsalesiano/

 

História dos Jogos Olímpicos

Os primeiros Jogos Olímpicos surgiram em 2.500 a.C., na cidade de Olímpia, na Grécia. A motivação, segundo a lenda, nascera da intenção de Hércules em homenagear Zeus, seu pai e deus supremo da mitologia grega.

As primeiras disputas estruturadas ocorreram em 776 a.C. Dava-se uma trégua às guerras e conflitos para abrir espaço a competições esportivas, como atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo - luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco. Os atletas das cidades-estados gregas se reuniam em Olímpia para as disputas, e os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades. A premiação aos campeões era uma coroa de louros.

Além da religiosidade, os gregos buscavam com os jogos a paz e a harmonia entre as cidades que compunham sua civilização. Aquela cultura também dava grande importância aos esportes e à manutenção de um corpo saudável.

Quando os romanos invadiram e dominaram a Grécia, no século II, muitas tradições gregas, entre elas as Olimpíadas, foram deixadas de lado. No ano de 392 d.C., os Jogos Olímpicos e quaisquer manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I.

No ano 1896, os Jogos Olímpicos foram retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, o barão de Coubertin. Nesta primeira Olimpíada da Era Moderna, participam 285 atletas de 13 países, disputando provas de atletismo, esgrima, luta livre, ginástica, halterofilismo, ciclismo, natação e tênis.

Até as Olimpíadas de 2016 foram realizadas 30 edições dos Jogos, a exemplo do modelo clássico grego, sempre a cada quatro anos e no verão do Hemisfério Norte. A Primeira e Segunda Guerras Mundiais foram as causas do cancelamento das Olimpíadas de 1916, 1940 e 1944.

As disputas de 2012 foram realizadas em Londres, no Reino Unido, e as de 2020 são esperadas em Tóquio, no Japão.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 25 July 2016 16:28

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.