Estreia 2015: entrevista com o desenhista Luca Pontassuglia

Tuesday, 30 December 2014 12:08 Written by  InfoANS -P. Gian Luigi Pussino
Uma linda responsabilidade a de desenhar o cartaz para a Estreia de 2015, Ano do Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco, responsabilidade que coube ao jovem Lucas Pontassuglia. Eis algumas das suas considerações.

Como nasceu esse compromisso?

"Nasce inicialmente da ideia de querer realizar uma Estreia “com os jovens, para os Jovens”, dando a possibilidade a um jovem como eu de poder se medir com a proeza. O Diretor de ANS, Salesiano Irmão Sr. José Luis Muñoz, durante uma visita à realidade salesiana de Vasto, soube pelo P. Giorgio Zazza, ex-encarregado do Oratório, e pelo Pároco, P. Francisco Pampinella, de algumas minhas obras. O Sr. Muñoz mostrou os meus trabalhos ao Reitor-Mor, decidindo ao final fazer-me a proposta, que aceitei com grande alegria, mas com igual preocupação, face à grande responsabilidade que ela implica."
 

Poderia explicar-nos o Cartaz?

 
"As palavras de P. Bruno Ferrero, Diretor do Boletim Salesiano, da Itália, com quem trabalhei para impostá-lo, servem de auxílio.  Desde as traves em primeiro plano, parte de um edifício em construção, símbolo não só de uma realidade que está por vir, que cresce, mas também de uma situação de precariedade e de desafio, vividos pelos jovens hoje. Esses jovens são os construtores de um novo mundo e não podem ser abandonados a si mesmos. De fato, guia-os Dom Bosco, que lhes aponta o campo em que deverão empenhar-se por trabalhar. Dom Bosco é representado em “mangas de camisa”, pronto a pôr-se ao trabalho, a serviço dos outros, em especial dos jovens. Há um olhar intenso, que continua a sonhar: é um Dom Bosco que, depois de 200 anos, está ainda e sempre disposto a chegar-se aos jovens nas suas situações de todos os dias, mesmo que isso signifique ousar rumo a uma realidade precária – de suspensão entre céus e terra, onde não há sequer um ponto estável que forneça aquele mínimo de segurança necessária para começar a viver. Dom Bosco não está só: com ele está a Família Salesiana, toda inteira: na trave deparamos um Salesiano em pé, uma Filha de Maria Auxiliadora e perto dela um Salesiano Cooperador. Juntos colaboram para continuar a concretizar um grande sonho, sonho que ainda continua a dar frutos."
 

Qual o detalhe que mais lhe agrada?

 
"O primeiro menino a cavalo sobre a trave. O ‘Miguel Magone’ do grupo. Olha para Dom Bosco e pensa: “Aonde vai buscar toda essa energia para estar sempre ao nosso lado?!”
 

E qual lhe deu mais trabalho?

 
"Muitos…, sobretudo porque a imagem deve falar de modo claro e verdadeiro a todo o mundo! Acho, entretanto, que foi o braço direito de Dom Bosco, muitas vezes modificado, exatamente pela importância do seu gesto."
 

Para encerrar, o que espera do Bicentenário?

 
"Que nos recorde a beleza de viver 'como Dom Bosco, com os Jovens, para os Jovens'. De minha parte, gostaria de poder viver com profundidade esta grande oportunidade.
Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 05 January 2015 15:44

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Estreia 2015: entrevista com o desenhista Luca Pontassuglia

Tuesday, 30 December 2014 12:08 Written by  InfoANS -P. Gian Luigi Pussino
Uma linda responsabilidade a de desenhar o cartaz para a Estreia de 2015, Ano do Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco, responsabilidade que coube ao jovem Lucas Pontassuglia. Eis algumas das suas considerações.

Como nasceu esse compromisso?

"Nasce inicialmente da ideia de querer realizar uma Estreia “com os jovens, para os Jovens”, dando a possibilidade a um jovem como eu de poder se medir com a proeza. O Diretor de ANS, Salesiano Irmão Sr. José Luis Muñoz, durante uma visita à realidade salesiana de Vasto, soube pelo P. Giorgio Zazza, ex-encarregado do Oratório, e pelo Pároco, P. Francisco Pampinella, de algumas minhas obras. O Sr. Muñoz mostrou os meus trabalhos ao Reitor-Mor, decidindo ao final fazer-me a proposta, que aceitei com grande alegria, mas com igual preocupação, face à grande responsabilidade que ela implica."
 

Poderia explicar-nos o Cartaz?

 
"As palavras de P. Bruno Ferrero, Diretor do Boletim Salesiano, da Itália, com quem trabalhei para impostá-lo, servem de auxílio.  Desde as traves em primeiro plano, parte de um edifício em construção, símbolo não só de uma realidade que está por vir, que cresce, mas também de uma situação de precariedade e de desafio, vividos pelos jovens hoje. Esses jovens são os construtores de um novo mundo e não podem ser abandonados a si mesmos. De fato, guia-os Dom Bosco, que lhes aponta o campo em que deverão empenhar-se por trabalhar. Dom Bosco é representado em “mangas de camisa”, pronto a pôr-se ao trabalho, a serviço dos outros, em especial dos jovens. Há um olhar intenso, que continua a sonhar: é um Dom Bosco que, depois de 200 anos, está ainda e sempre disposto a chegar-se aos jovens nas suas situações de todos os dias, mesmo que isso signifique ousar rumo a uma realidade precária – de suspensão entre céus e terra, onde não há sequer um ponto estável que forneça aquele mínimo de segurança necessária para começar a viver. Dom Bosco não está só: com ele está a Família Salesiana, toda inteira: na trave deparamos um Salesiano em pé, uma Filha de Maria Auxiliadora e perto dela um Salesiano Cooperador. Juntos colaboram para continuar a concretizar um grande sonho, sonho que ainda continua a dar frutos."
 

Qual o detalhe que mais lhe agrada?

 
"O primeiro menino a cavalo sobre a trave. O ‘Miguel Magone’ do grupo. Olha para Dom Bosco e pensa: “Aonde vai buscar toda essa energia para estar sempre ao nosso lado?!”
 

E qual lhe deu mais trabalho?

 
"Muitos…, sobretudo porque a imagem deve falar de modo claro e verdadeiro a todo o mundo! Acho, entretanto, que foi o braço direito de Dom Bosco, muitas vezes modificado, exatamente pela importância do seu gesto."
 

Para encerrar, o que espera do Bicentenário?

 
"Que nos recorde a beleza de viver 'como Dom Bosco, com os Jovens, para os Jovens'. De minha parte, gostaria de poder viver com profundidade esta grande oportunidade.
Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 05 January 2015 15:44

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.