Procuradoria Missionária Salesiana de Madri faz apelo em prol do povo sírio

Wednesday, 19 March 2014 12:13 Written by  InfoANS
 “Antes que abrisse os olhos no hospital, sabia que já estaria ali’ – são as primeiras palavras dirigidas a um missionário por um jovem ferido, que frequenta o Centro salesiano, de Damasco. Milhões de pessoas precisam de auxílio urgente”. Assim inicia o comunicado enviado pela Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri, fazendo um apelo aflito perante a situação que hoje, depois de três anos de guerra, a população continua a viver na Síria.

“Comida, água, remédios e combustível são as coisas mais necessárias – referem os Salesianos –. Todavia, é igualmente importante dar esperança e ficar perto do povo”.

O povo sírio vive na tristeza, estressado pela violência e desmotivado: “Isto é mais evidente entre os jovens e as crianças, que não conseguem entender por que precisam estudar ou esforçar-se, se amanhã lhes pode cair uma bomba na cabeça...”.

Sábado, 15 de março, completou-se três anos do iniciou da guerra na Síria. “Três anos que nos mudaram. Já não somos mais os mesmos” – explicam os missionários salesianos que continuam no país. São oito, subdivididos entre Alepo, Damasco e Kafroun, e procuram estar perto da população civil. “Quiseram fazer-nos crer que se tratava de uma guerra entre o bem e o mal. A realidade é que em ambas as partes há bons cidadãos, trabalhadores, honestos”.

Em três anos, as histórias trágicas são muitas: “Todos tiveram seus lutos. Alguns dos nossos jovens foram sequestrados, muitos ficaram sem suas casas, feridos..”. Atualmente os missionários salesianos ajudam mais de 200 famílias a sobreviver, cada dia. “Oferecemos uma ajuda econômica ou as ajudamos a encontrar comida. Há também mais outras 60 pessoas que estão refugiadas na obra de Kafroun praticamente desde o início das hostilidades”.

O comunicado finaliza recordando os dados específicos sobre a guerra na Síria, que tem causado, segundo as Nações Unidas e outras Organizações internacionais, mais de dois milhões de refugiados; uma situação de assédio para mais de 200.000 pessoas; cinco milhões de crianças marcadas pela violência; 10 milhões de pessoas carentes de auxílio urgente; e oito milhões de pessoas desprovidas de uma adequada assistência sanitária.

Por este motivo a Procuradoria Salesiana Missionária, de Madri, está pedindo com urgência um empenho maior por parte dos Atores Internacionais para pôr fim a esta barbárie e em trabalhar na construção de uma paz duradoura.
 

InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 19 March 2014 15:50

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Procuradoria Missionária Salesiana de Madri faz apelo em prol do povo sírio

Wednesday, 19 March 2014 12:13 Written by  InfoANS
 “Antes que abrisse os olhos no hospital, sabia que já estaria ali’ – são as primeiras palavras dirigidas a um missionário por um jovem ferido, que frequenta o Centro salesiano, de Damasco. Milhões de pessoas precisam de auxílio urgente”. Assim inicia o comunicado enviado pela Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri, fazendo um apelo aflito perante a situação que hoje, depois de três anos de guerra, a população continua a viver na Síria.

“Comida, água, remédios e combustível são as coisas mais necessárias – referem os Salesianos –. Todavia, é igualmente importante dar esperança e ficar perto do povo”.

O povo sírio vive na tristeza, estressado pela violência e desmotivado: “Isto é mais evidente entre os jovens e as crianças, que não conseguem entender por que precisam estudar ou esforçar-se, se amanhã lhes pode cair uma bomba na cabeça...”.

Sábado, 15 de março, completou-se três anos do iniciou da guerra na Síria. “Três anos que nos mudaram. Já não somos mais os mesmos” – explicam os missionários salesianos que continuam no país. São oito, subdivididos entre Alepo, Damasco e Kafroun, e procuram estar perto da população civil. “Quiseram fazer-nos crer que se tratava de uma guerra entre o bem e o mal. A realidade é que em ambas as partes há bons cidadãos, trabalhadores, honestos”.

Em três anos, as histórias trágicas são muitas: “Todos tiveram seus lutos. Alguns dos nossos jovens foram sequestrados, muitos ficaram sem suas casas, feridos..”. Atualmente os missionários salesianos ajudam mais de 200 famílias a sobreviver, cada dia. “Oferecemos uma ajuda econômica ou as ajudamos a encontrar comida. Há também mais outras 60 pessoas que estão refugiadas na obra de Kafroun praticamente desde o início das hostilidades”.

O comunicado finaliza recordando os dados específicos sobre a guerra na Síria, que tem causado, segundo as Nações Unidas e outras Organizações internacionais, mais de dois milhões de refugiados; uma situação de assédio para mais de 200.000 pessoas; cinco milhões de crianças marcadas pela violência; 10 milhões de pessoas carentes de auxílio urgente; e oito milhões de pessoas desprovidas de uma adequada assistência sanitária.

Por este motivo a Procuradoria Salesiana Missionária, de Madri, está pedindo com urgência um empenho maior por parte dos Atores Internacionais para pôr fim a esta barbárie e em trabalhar na construção de uma paz duradoura.
 

InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 19 March 2014 15:50

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.