Reitor-mor escreve carta com orientações para gestão de emergências

Friday, 14 February 2014 14:00 Written by  InfoANS
Reitor-mor escreve carta com orientações para gestão de emergências InfoANS
O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, deixa aos inspetores e a todos os salesianos - como um dos últimos documentos do seu reitorado - uma carta com dez orientações para a gestão de emergências, especialmente para os casos de calamidades naturais, guerras, violências ou situações de instabilidade político-sociais.

O texto chega após quase 10 anos do Tsunâmi, que em dezembro de 2004, atingiu o sudeste asiático e que envolveu, de modo enorme e sinérgico, as Procuradorias Missionárias e ONGs Salesianas. A partir dessa e demais experiências – especialmente da campanha de apoio e reconstrução do Haiti – advertia-se sobre a necessidade de alguns pontos de referência, tanto em âmbito central quanto inspetorial.

Nesse meio tempo também organizações internacionais, como a Cáritas ou outras congregações religiosas, publicaram ou atualizaram suas “Emergency guidelines” (linhas guias de emergência); mas não se pode esquecer que, também nos casos de emergências de menores proporções – como recentemente se deu na Síria, Filipinas, Sudão do Sul ou República Centro-Africana – a Congregação já dispôs de uma rica experiência operativa.

Na Sessão Plenária Estiva do Conselho Geral em 2013 apresentou-se assim a necessidade de elaborar um texto específico sobre o assunto: partiu assim um roteiro com à frente o conselheiro para as Missões e o ecônomo geral – acompanhados pelas cinco Procuradorias Missionárias e pela ONG Don Bosco Network (DBN), que, já havia tempo, tinham elaborado uma ‘check list’ relativa às ações a serem empreendidas nas primeiras 48 horas sucessivas à explosão de qualquer tipo de emergência.

O documento produzido, que é uma expressão do Sistema Preventivo, é um passo à frente para enfrentar, com maior preparação, as situações de crise e assinala diferentes tipologias de emergência: local (menor), maior ou mesmo permanente. O texto tem como objetivo ser uma moldura de orientação, sobretudo, para os dois primeiros tipos, sem, no entanto, ter a pretensão de ser um documento completo, de nível profissional.

Dentre as orientações constam: estar presentes; oferecer serviços práticos e espirituais; trabalhar com unidade; partilhar as informações; acolher a solidariedade e a coordenação internacional; ser transparentes, pensar a longo prazo; promover a participação local e a consciência dos direitos; adotar medidas preventivas e garantir judiciosa transição da fase de emergência para a de reconstrução.

O texto completo da carta do reitor-mor está disponível em vários idiomas no site sdb.org.

 

InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 29 August 2014 11:58

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Reitor-mor escreve carta com orientações para gestão de emergências

Friday, 14 February 2014 14:00 Written by  InfoANS
Reitor-mor escreve carta com orientações para gestão de emergências InfoANS
O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, deixa aos inspetores e a todos os salesianos - como um dos últimos documentos do seu reitorado - uma carta com dez orientações para a gestão de emergências, especialmente para os casos de calamidades naturais, guerras, violências ou situações de instabilidade político-sociais.

O texto chega após quase 10 anos do Tsunâmi, que em dezembro de 2004, atingiu o sudeste asiático e que envolveu, de modo enorme e sinérgico, as Procuradorias Missionárias e ONGs Salesianas. A partir dessa e demais experiências – especialmente da campanha de apoio e reconstrução do Haiti – advertia-se sobre a necessidade de alguns pontos de referência, tanto em âmbito central quanto inspetorial.

Nesse meio tempo também organizações internacionais, como a Cáritas ou outras congregações religiosas, publicaram ou atualizaram suas “Emergency guidelines” (linhas guias de emergência); mas não se pode esquecer que, também nos casos de emergências de menores proporções – como recentemente se deu na Síria, Filipinas, Sudão do Sul ou República Centro-Africana – a Congregação já dispôs de uma rica experiência operativa.

Na Sessão Plenária Estiva do Conselho Geral em 2013 apresentou-se assim a necessidade de elaborar um texto específico sobre o assunto: partiu assim um roteiro com à frente o conselheiro para as Missões e o ecônomo geral – acompanhados pelas cinco Procuradorias Missionárias e pela ONG Don Bosco Network (DBN), que, já havia tempo, tinham elaborado uma ‘check list’ relativa às ações a serem empreendidas nas primeiras 48 horas sucessivas à explosão de qualquer tipo de emergência.

O documento produzido, que é uma expressão do Sistema Preventivo, é um passo à frente para enfrentar, com maior preparação, as situações de crise e assinala diferentes tipologias de emergência: local (menor), maior ou mesmo permanente. O texto tem como objetivo ser uma moldura de orientação, sobretudo, para os dois primeiros tipos, sem, no entanto, ter a pretensão de ser um documento completo, de nível profissional.

Dentre as orientações constam: estar presentes; oferecer serviços práticos e espirituais; trabalhar com unidade; partilhar as informações; acolher a solidariedade e a coordenação internacional; ser transparentes, pensar a longo prazo; promover a participação local e a consciência dos direitos; adotar medidas preventivas e garantir judiciosa transição da fase de emergência para a de reconstrução.

O texto completo da carta do reitor-mor está disponível em vários idiomas no site sdb.org.

 

InfoANS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 29 August 2014 11:58

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.