Agência America vai financiar projeto salesiano de combate à Covid-19

Thursday, 12 November 2020 17:19 Written by  Agência Info Salesiana
A Agência Governamental dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAid) decidiu financiar o projeto "Solidariedade Salesiana com a Itália: a resposta emergencial a Covid-19", que visa enfrentar as consequências econômicas, sociais e educacionais da pandemia.


O projeto, conduzido pela ONG salesiana Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS), envolve também três outras entidades salesianas: Salesianos pelo Social Aps; Salesian Missions, (Procuradoria Missionária de New Rochelle), Estados Unidos; e o Centro Nacional de Obras Salesianas – Formação e Atualização Profissional (CNOS-FAP).


O programa de intervenção irá até outubro de 2021 e envolverá 16 regiões italianas; 24.480 pessoas vulneráveis e 380 famílias que receberão auxílio-alimentação. Além disso, serão distribuídos 249 mil dispositivos de proteção individual (máscaras, géis, luvas), 7.500 kits educativos e 470 suportes de informática.


O projeto possui três elementos:


- recursos digitais, tais como “kits educativos”, cursos on-line, vídeos que trazem a leitura das histórias do livro L'orizzonte alle spalle, editado pela ONG VIS, sobre histórias de migrantes, e cursos de formação para crianças, famílias e professores, todos marcados pela hashtag #restiamoattivi;


- apoio aos alunos vulneráveis que tiveram seus cursos de formação profissional salesiana suspensos, para que possam prosseguir com os estudos, mesmo à distância - sob o lema "Formação para a recuperação";


- por fim, dando continuidade à campanha #noicis(t)iamo (lit. ‘Aqui estamos nós’), está prevista a distribuição de proteções individuais e itens de primeira necessidade às famílias carentes, por meio de um cartão pré-pago para que possam realizar as compras escolhendo os produtos da sua preferência, acompanhado por uma ação de conscientização sobre o consumo responsável e a reciclagem. Também prosseguirão os trabalhos e as medidas de apoio aos migrantes e refugiados nos centros da Sicília.


A ONG VIS foi selecionada para conduzir o projeto. “Salesianos de todo o mundo se mobilizaram, desde março, para estar perto dos mais necessitados, mesmo durante os meses de bloqueio. Adaptamos nossos projetos em andamento no Hemisfério Sul para procurar responder às novas necessidades que surgiram com a pandemia. Ao mesmo tempo, nos sentimos chamados a intervir com urgência também na Itália. Para isto, nos juntamos a três outras entidades salesianas: Salesianos pelo Social Aps, Salesian Missions e CNOS-FAP, num projeto que pudesse responder às consequências da emergência sanitária em nosso país”, explica Nico Lotta, presidente do VIS.


“Segundo o carisma de Dom Bosco, operamos com a convicção de que apenas por meio da educação é possível promover os direitos, superar as desigualdades e combater as causas da pobreza em sua raiz. Por isso, mesmo em projetos que mais especificamente dizem respeito ao meio ambiente ou ao combate à migração irregular, existe sempre uma componente ligado à formação, que possibilita uma autonomia real e um desenvolvimento real das pessoas e da comunidade”, conclui o presidente Lotta.



Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Agência America vai financiar projeto salesiano de combate à Covid-19

Thursday, 12 November 2020 17:19 Written by  Agência Info Salesiana
A Agência Governamental dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAid) decidiu financiar o projeto "Solidariedade Salesiana com a Itália: a resposta emergencial a Covid-19", que visa enfrentar as consequências econômicas, sociais e educacionais da pandemia.


O projeto, conduzido pela ONG salesiana Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS), envolve também três outras entidades salesianas: Salesianos pelo Social Aps; Salesian Missions, (Procuradoria Missionária de New Rochelle), Estados Unidos; e o Centro Nacional de Obras Salesianas – Formação e Atualização Profissional (CNOS-FAP).


O programa de intervenção irá até outubro de 2021 e envolverá 16 regiões italianas; 24.480 pessoas vulneráveis e 380 famílias que receberão auxílio-alimentação. Além disso, serão distribuídos 249 mil dispositivos de proteção individual (máscaras, géis, luvas), 7.500 kits educativos e 470 suportes de informática.


O projeto possui três elementos:


- recursos digitais, tais como “kits educativos”, cursos on-line, vídeos que trazem a leitura das histórias do livro L'orizzonte alle spalle, editado pela ONG VIS, sobre histórias de migrantes, e cursos de formação para crianças, famílias e professores, todos marcados pela hashtag #restiamoattivi;


- apoio aos alunos vulneráveis que tiveram seus cursos de formação profissional salesiana suspensos, para que possam prosseguir com os estudos, mesmo à distância - sob o lema "Formação para a recuperação";


- por fim, dando continuidade à campanha #noicis(t)iamo (lit. ‘Aqui estamos nós’), está prevista a distribuição de proteções individuais e itens de primeira necessidade às famílias carentes, por meio de um cartão pré-pago para que possam realizar as compras escolhendo os produtos da sua preferência, acompanhado por uma ação de conscientização sobre o consumo responsável e a reciclagem. Também prosseguirão os trabalhos e as medidas de apoio aos migrantes e refugiados nos centros da Sicília.


A ONG VIS foi selecionada para conduzir o projeto. “Salesianos de todo o mundo se mobilizaram, desde março, para estar perto dos mais necessitados, mesmo durante os meses de bloqueio. Adaptamos nossos projetos em andamento no Hemisfério Sul para procurar responder às novas necessidades que surgiram com a pandemia. Ao mesmo tempo, nos sentimos chamados a intervir com urgência também na Itália. Para isto, nos juntamos a três outras entidades salesianas: Salesianos pelo Social Aps, Salesian Missions e CNOS-FAP, num projeto que pudesse responder às consequências da emergência sanitária em nosso país”, explica Nico Lotta, presidente do VIS.


“Segundo o carisma de Dom Bosco, operamos com a convicção de que apenas por meio da educação é possível promover os direitos, superar as desigualdades e combater as causas da pobreza em sua raiz. Por isso, mesmo em projetos que mais especificamente dizem respeito ao meio ambiente ou ao combate à migração irregular, existe sempre uma componente ligado à formação, que possibilita uma autonomia real e um desenvolvimento real das pessoas e da comunidade”, conclui o presidente Lotta.



Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.