Aberto novo ano acadêmico da UPS

Friday, 16 October 2020 14:33 Written by  Agência Info Salesiana
Foi aberto na quinta-feira, 15 de outubro, o novo ano acadêmico da Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), de Roma, com o tema "Pesquisa compartilhada e convergente".


O evento, que também marcou o encerramento das comemorações dos 80 anos da fundação da instituição, contou com a participação de diversas autoridades e convidados.

O evento começou com a concelebração eucarística presidida pelo grão-chanceler da UPS e Reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime, sendo concelebrada pelo padre Ivo Coelho, conselheiro geral para a Formação. Na homilia, o Reitor-mor se referiu aos desafios da pandemia, convidando a manter “um olhar profundo, não superficial”, porque “o risco é muito alto: slogans e frases de efeito não são suficientes para superar este momento de emergência.

E “se há um risco que devemos evitar, como comunidade educativa universitária, é o de nos deixarmos tocar por outro vírus muito perigoso e atual: o individualismo. Para vencê-lo não devemos nos isolar em nosso quintal, mas, como foi proposto este ano, somar forças, compartilhando e fazendo um caminho de convergência: não somente por meio das novas tecnologias e redes sociais, mas também por meio da construção de relações humanas autênticas, inspiradas no evangelho”.

Em seguida, ocorreu a ato de abertura do ano acadêmico no Salão Paulo VI. Do palco, a prefeita de Roma, Virginia Raggi, falou sobre a importância da Pontifícia Universidade Salesiana para o território romano, definida como “lugar de formação humana e profissional, em que os jovens têm o privilégio de viver em clima de forte interculturalidade e internacionalidade".

Claudio Di Berardino, conselheiro regional da região Lácio para o Trabalho, Formação, Escola e Universidade, lembrou o "fermento cultural, a partilha, o crescimento pessoal e coletivo" que caracterizam a Universidade Salesiana.

A ministra para a Igualdade de Oportunidades e Família, Elena Bonetti, falou sobre humanismo integral e da “vocação à escolha formativa”, vocação que marcam os 80 anos de história da instituição salesiana.

O reitor da Universidade, professor padre Mauro Mantovani, leu o relatório do ano que se concluiu não só em meio às sombras da pandemia, mas também de algumas luzes: o desenvolvimento de sinergias com outras universidades, a experimentação do ensino on-line como "forma integrativa", a promulgação dos estatutos e da ordem dos estudos renovados… Uma comovente homenagem foi prestada ao padre Grzegorz Jaskot, vítima da Covid-19, e ao padre Carlo Nanni, reitor emérito da UPS, falecido em julho.

O discurso do ato acadêmico foi confiado à professora Marica Branchesi, astrofísica e professora do ‘Gran Sasso Science Institute’, de L'Aquila. “As descobertas de hoje são coletivas”, fruto da colaboração de “cientistas de todo o mundo os quais conseguiram quebrar barreiras e compreender que a diversidade é um valor. É construindo pontes e não paredes que podemos alcançar estes grandes avanços no conhecimento”, destacou.

Por fim, após um intervalo musical e a premiação de alguns professores e alunos, padre Artime, abriu oficialmente o ano acadêmico 2020/2021.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Aberto novo ano acadêmico da UPS

Friday, 16 October 2020 14:33 Written by  Agência Info Salesiana
Foi aberto na quinta-feira, 15 de outubro, o novo ano acadêmico da Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), de Roma, com o tema "Pesquisa compartilhada e convergente".


O evento, que também marcou o encerramento das comemorações dos 80 anos da fundação da instituição, contou com a participação de diversas autoridades e convidados.

O evento começou com a concelebração eucarística presidida pelo grão-chanceler da UPS e Reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime, sendo concelebrada pelo padre Ivo Coelho, conselheiro geral para a Formação. Na homilia, o Reitor-mor se referiu aos desafios da pandemia, convidando a manter “um olhar profundo, não superficial”, porque “o risco é muito alto: slogans e frases de efeito não são suficientes para superar este momento de emergência.

E “se há um risco que devemos evitar, como comunidade educativa universitária, é o de nos deixarmos tocar por outro vírus muito perigoso e atual: o individualismo. Para vencê-lo não devemos nos isolar em nosso quintal, mas, como foi proposto este ano, somar forças, compartilhando e fazendo um caminho de convergência: não somente por meio das novas tecnologias e redes sociais, mas também por meio da construção de relações humanas autênticas, inspiradas no evangelho”.

Em seguida, ocorreu a ato de abertura do ano acadêmico no Salão Paulo VI. Do palco, a prefeita de Roma, Virginia Raggi, falou sobre a importância da Pontifícia Universidade Salesiana para o território romano, definida como “lugar de formação humana e profissional, em que os jovens têm o privilégio de viver em clima de forte interculturalidade e internacionalidade".

Claudio Di Berardino, conselheiro regional da região Lácio para o Trabalho, Formação, Escola e Universidade, lembrou o "fermento cultural, a partilha, o crescimento pessoal e coletivo" que caracterizam a Universidade Salesiana.

A ministra para a Igualdade de Oportunidades e Família, Elena Bonetti, falou sobre humanismo integral e da “vocação à escolha formativa”, vocação que marcam os 80 anos de história da instituição salesiana.

O reitor da Universidade, professor padre Mauro Mantovani, leu o relatório do ano que se concluiu não só em meio às sombras da pandemia, mas também de algumas luzes: o desenvolvimento de sinergias com outras universidades, a experimentação do ensino on-line como "forma integrativa", a promulgação dos estatutos e da ordem dos estudos renovados… Uma comovente homenagem foi prestada ao padre Grzegorz Jaskot, vítima da Covid-19, e ao padre Carlo Nanni, reitor emérito da UPS, falecido em julho.

O discurso do ato acadêmico foi confiado à professora Marica Branchesi, astrofísica e professora do ‘Gran Sasso Science Institute’, de L'Aquila. “As descobertas de hoje são coletivas”, fruto da colaboração de “cientistas de todo o mundo os quais conseguiram quebrar barreiras e compreender que a diversidade é um valor. É construindo pontes e não paredes que podemos alcançar estes grandes avanços no conhecimento”, destacou.

Por fim, após um intervalo musical e a premiação de alguns professores e alunos, padre Artime, abriu oficialmente o ano acadêmico 2020/2021.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.