Artesanato africano em resposta à Covid-19

Monday, 14 September 2020 15:51 Written by  Portal das FMA
Irmãs salesianas da Visitadoria Rainha da Paz de Angola, em Zango, Luanda, criam pequenas cooperativas para a produção de artesanato africano a fim de ajudar os jovens e as famílias a se sustentarem.


Desde o início do lockdown, em março, devido à pandemia da Covid-19, que levou ao fechamento de estabelecimentos educativos, as Filhas de Maria Auxiliadora da Visitadoria Rainha da Paz buscaram uma forma de ajudar os jovens e as famílias que perderam seu emprego e ficaram sem recursos para comprar os bens de primeira necessidade.

É assim que em Zango, na periferia de Luanda, zona de migração com elevado índice de desemprego juvenil, as FMA da Comunidade Beata Maria Romero Meneses, que gerencia um centro de formação profissional, criaram quatro pequenas cooperativas – Atelier Salesianart – para a produção de artesanato africano: objetos para a casa, cortinas, bolsas para senhora e para homem, etc. Uma das cooperativas se dedica ao trabalho com tecidos para arte sacra, tecendo bordados com máquinas industriais.

A publicidade e a venda dos produtos ocorrem por meio das redes sociais, onde é possível visualizar os artigos e fazer encomendas on-line, que depois são entregues em casa.  Os lucros são divididos entre jovens e mulheres trabalhadoras para sustentar suas famílias.

Dessa forma, os jovens são educados para se reinventar em tempos de crise, desenvolver uma mentalidade empreendedora, trabalhar em equipe e para usar, em rede, as redes sociais como ferramentas de trabalho.

Para a comunidade das FMA essa experiência se transformou em uma oportunidade para responder à emergência da Covid-19 e ajudar a população com criatividade e entusiasmo, atendendo ao convite do Papa Francisco na Audiência Geral de 12 de agosto de 2020:

“Olhe para o seu irmão e para toda a criação como dom recebido do amor do Pai que suscita um comportamento de atenção, cuidado e admiração. (…) Assim, o crente, contemplando o mundo à luz da fé, esforça-se para desenvolver, com a ajuda da graça, sua criatividade e seu entusiasmo para resolver os dramas da história ”.


Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(1 Vote)
Last modified on Monday, 14 September 2020 15:57

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Artesanato africano em resposta à Covid-19

Monday, 14 September 2020 15:51 Written by  Portal das FMA
Irmãs salesianas da Visitadoria Rainha da Paz de Angola, em Zango, Luanda, criam pequenas cooperativas para a produção de artesanato africano a fim de ajudar os jovens e as famílias a se sustentarem.


Desde o início do lockdown, em março, devido à pandemia da Covid-19, que levou ao fechamento de estabelecimentos educativos, as Filhas de Maria Auxiliadora da Visitadoria Rainha da Paz buscaram uma forma de ajudar os jovens e as famílias que perderam seu emprego e ficaram sem recursos para comprar os bens de primeira necessidade.

É assim que em Zango, na periferia de Luanda, zona de migração com elevado índice de desemprego juvenil, as FMA da Comunidade Beata Maria Romero Meneses, que gerencia um centro de formação profissional, criaram quatro pequenas cooperativas – Atelier Salesianart – para a produção de artesanato africano: objetos para a casa, cortinas, bolsas para senhora e para homem, etc. Uma das cooperativas se dedica ao trabalho com tecidos para arte sacra, tecendo bordados com máquinas industriais.

A publicidade e a venda dos produtos ocorrem por meio das redes sociais, onde é possível visualizar os artigos e fazer encomendas on-line, que depois são entregues em casa.  Os lucros são divididos entre jovens e mulheres trabalhadoras para sustentar suas famílias.

Dessa forma, os jovens são educados para se reinventar em tempos de crise, desenvolver uma mentalidade empreendedora, trabalhar em equipe e para usar, em rede, as redes sociais como ferramentas de trabalho.

Para a comunidade das FMA essa experiência se transformou em uma oportunidade para responder à emergência da Covid-19 e ajudar a população com criatividade e entusiasmo, atendendo ao convite do Papa Francisco na Audiência Geral de 12 de agosto de 2020:

“Olhe para o seu irmão e para toda a criação como dom recebido do amor do Pai que suscita um comportamento de atenção, cuidado e admiração. (…) Assim, o crente, contemplando o mundo à luz da fé, esforça-se para desenvolver, com a ajuda da graça, sua criatividade e seu entusiasmo para resolver os dramas da história ”.


Fonte: Portal das FMA

Rate this item
(1 Vote)
Last modified on Monday, 14 September 2020 15:57

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.