Nota de falecimento: dom Agustín Roberto Radrizzani

Thursday, 03 September 2020 13:51 Written by  Agência Info Salesiana
Dom Radrizzani faleceu aos 75 anos de idade, 58 de vida religiosa salesiana, 48 de sacerdócio e 29 de episcopado.


Faleceu no dia 2 de setembro, na Argentina, o bispo salesiano, dom Agustín Roberto Radrizzani. Dom Radrizzani foi internado no dia 1° de setembro em estado febril, sendo a causa de sua morte insuficiência respiratória, devido à pneumonia bilateral. Ele aguardava os resultados dos exames da Covid-19.

Dom Radrizzani nasceu em Avellaneda, Buenos Aires, no dia 22 de setembro de 1944. Concluído o noviciado salesiano em São Justo (1961), fez a primeira profissão religiosa em 31 de janeiro de 1962 e prosseguiu a formação salesiana em Bernal. Em 1969 foi enviado a Turim, Itália, para os estudos de Teologia, sendo ordenado sacerdote ali, em 25 de março de 1972, pelo então cardeal-arcebispo de Turim, dom Miguel Pellegrino.

Voltando à Argentina, desempenhou  atividades formativo-pastorais primeiro na Casa São Miguel, de La Plata, e depois em Avellaneda.

Em 1982 foi nomeado inspetor da Inspetoria Nossa Senhora de Luján, com sede em La Plata, e, concluído o seu mandato, assumiu, em 1988, o encargo de mestre de noviços.

Em 14 de maio de 1991 foi nomeado bispo de Neuquén pelo Papa João Paulo II, sucedendo ao bispo dom Jaime de Nevares. Tendo por lema “Acreditamos no Amor”, tomou posse de sua Diocese de Neuquén no dia 17 de agosto.

Dez anos depois, em 24 de abril de 2001, João Paulo II nomeou-o bispo da Diocese de Lomas de Zamora, sendo empossado no dia 23 de junho do mesmo ano, sucedendo a dom Desiderio Collino. Foi na época o segundo vice-presidente da Conferência Episcopal Argentina.

Passados sete anos, em 27 de dezembro de 2007, foi feito arcebispo de Mercedes-Luján, iniciando o ministério pastoral em 29 de março de 2008. Em 2019, ao completar 75 anos, deixou a direção da arquidiocese, indo viver com sua mãe, na obra Hogar San José, na cidade de Junín, servida pelas Pequenas Irmãs dos Idosos Abandonados, de Santa Teresa de Jesus Jornet.

Dom Radrizzani faleceu aos 75 anos de idade, 58 de vida religiosa salesiana, 48 de sacerdócio e 29 de episcopado.

 

Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 03 September 2020 13:57

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Nota de falecimento: dom Agustín Roberto Radrizzani

Thursday, 03 September 2020 13:51 Written by  Agência Info Salesiana
Dom Radrizzani faleceu aos 75 anos de idade, 58 de vida religiosa salesiana, 48 de sacerdócio e 29 de episcopado.


Faleceu no dia 2 de setembro, na Argentina, o bispo salesiano, dom Agustín Roberto Radrizzani. Dom Radrizzani foi internado no dia 1° de setembro em estado febril, sendo a causa de sua morte insuficiência respiratória, devido à pneumonia bilateral. Ele aguardava os resultados dos exames da Covid-19.

Dom Radrizzani nasceu em Avellaneda, Buenos Aires, no dia 22 de setembro de 1944. Concluído o noviciado salesiano em São Justo (1961), fez a primeira profissão religiosa em 31 de janeiro de 1962 e prosseguiu a formação salesiana em Bernal. Em 1969 foi enviado a Turim, Itália, para os estudos de Teologia, sendo ordenado sacerdote ali, em 25 de março de 1972, pelo então cardeal-arcebispo de Turim, dom Miguel Pellegrino.

Voltando à Argentina, desempenhou  atividades formativo-pastorais primeiro na Casa São Miguel, de La Plata, e depois em Avellaneda.

Em 1982 foi nomeado inspetor da Inspetoria Nossa Senhora de Luján, com sede em La Plata, e, concluído o seu mandato, assumiu, em 1988, o encargo de mestre de noviços.

Em 14 de maio de 1991 foi nomeado bispo de Neuquén pelo Papa João Paulo II, sucedendo ao bispo dom Jaime de Nevares. Tendo por lema “Acreditamos no Amor”, tomou posse de sua Diocese de Neuquén no dia 17 de agosto.

Dez anos depois, em 24 de abril de 2001, João Paulo II nomeou-o bispo da Diocese de Lomas de Zamora, sendo empossado no dia 23 de junho do mesmo ano, sucedendo a dom Desiderio Collino. Foi na época o segundo vice-presidente da Conferência Episcopal Argentina.

Passados sete anos, em 27 de dezembro de 2007, foi feito arcebispo de Mercedes-Luján, iniciando o ministério pastoral em 29 de março de 2008. Em 2019, ao completar 75 anos, deixou a direção da arquidiocese, indo viver com sua mãe, na obra Hogar San José, na cidade de Junín, servida pelas Pequenas Irmãs dos Idosos Abandonados, de Santa Teresa de Jesus Jornet.

Dom Radrizzani faleceu aos 75 anos de idade, 58 de vida religiosa salesiana, 48 de sacerdócio e 29 de episcopado.

 

Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 03 September 2020 13:57

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.