Itália: operadores do VIS trabalham para conter a Covid-19

Monday, 10 August 2020 16:55 Written by  Agência Info Salesiana
Os operadores da ONG salesiana Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS) contam o que estão realizando para conter o avanço da Covid-19.


A pandemia do coronavírus se alastrou por toda parte, mas em algumas áreas do planeta seu impacto está sendo mais devastador do que em outras, devido à fragilidade dos contextos econômicos e sanitários. Os operadores da ONG salesiana Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS), com sede em Roma, optaram por permanecer em seus países de missão para poderem ficar próximos aos necessitados e procurar conter o avanço da Covid-19. Com o lema “resto@ttivo nel mondo” (permaneço ativo no mundo), eles contam, em primeira mão, suas ações.

No Senegal e em Gana, eles realizam campanhas de sensibilização e informação nas áreas rurais, com o objetivo de divulgar boas práticas de saúde e higiene e distribuir equipamentos de proteção individual.

Na República Democrática do Congo, estão trabalhando para doar subsídios às meninas e meninos que não podem ir à escola e não têm a oportunidade de cursar aulas on-line. Eles também distribuem máscaras entre as faixas mais vulneráveis ​​da população, como mulheres grávidas, idosos e pessoas com deficiência. Além disso, cuidam de crianças de rua que estão ainda mais expostas aos riscos de violência, pobreza e contágio durante a pandemia.

Na Bolívia, o VIS realizou um monitoramento das famílias em situação de vulnerabilidade, com as quais já vinha trabalhando há alguns meses em um projeto de reintegração de seus filhos, que tinham sido acolhidos em centros para menores. Esses núcleos se encontram em situação dificuldade. O VIS está, portanto, reorientando o projeto de reunificação familiar em uma ação de ajuda humanitária que também prevê a distribuição de cestas básicas.

No Haiti, seguem os projetos de educação e formação profissional, ativando alguns cursos on-line e procurando acompanhar as crianças e jovens mesmo à distância. Além disso, os operadores realizaram a distribuição de alguns gabinetes para a lavagem e higienização das mãos, sem que precise tocar a torneira.

Na Palestina, eles prestam apoio a dois hospitais, providenciando o fornecimento de máscaras de proteção e gel para as mãos.

Os responsáveis pelo VIS afirmam: “as pessoas que estamos ajudando já se encontravam em situações de escassez antes mesmo da chegada do coronavírus. Neste período, complexo para todos nós, eles foram atingidos ainda mais duramente”. É por este motivo que o VIS não para e continua a ajudar.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 10 August 2020 16:59

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Itália: operadores do VIS trabalham para conter a Covid-19

Monday, 10 August 2020 16:55 Written by  Agência Info Salesiana
Os operadores da ONG salesiana Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS) contam o que estão realizando para conter o avanço da Covid-19.


A pandemia do coronavírus se alastrou por toda parte, mas em algumas áreas do planeta seu impacto está sendo mais devastador do que em outras, devido à fragilidade dos contextos econômicos e sanitários. Os operadores da ONG salesiana Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento (VIS), com sede em Roma, optaram por permanecer em seus países de missão para poderem ficar próximos aos necessitados e procurar conter o avanço da Covid-19. Com o lema “resto@ttivo nel mondo” (permaneço ativo no mundo), eles contam, em primeira mão, suas ações.

No Senegal e em Gana, eles realizam campanhas de sensibilização e informação nas áreas rurais, com o objetivo de divulgar boas práticas de saúde e higiene e distribuir equipamentos de proteção individual.

Na República Democrática do Congo, estão trabalhando para doar subsídios às meninas e meninos que não podem ir à escola e não têm a oportunidade de cursar aulas on-line. Eles também distribuem máscaras entre as faixas mais vulneráveis ​​da população, como mulheres grávidas, idosos e pessoas com deficiência. Além disso, cuidam de crianças de rua que estão ainda mais expostas aos riscos de violência, pobreza e contágio durante a pandemia.

Na Bolívia, o VIS realizou um monitoramento das famílias em situação de vulnerabilidade, com as quais já vinha trabalhando há alguns meses em um projeto de reintegração de seus filhos, que tinham sido acolhidos em centros para menores. Esses núcleos se encontram em situação dificuldade. O VIS está, portanto, reorientando o projeto de reunificação familiar em uma ação de ajuda humanitária que também prevê a distribuição de cestas básicas.

No Haiti, seguem os projetos de educação e formação profissional, ativando alguns cursos on-line e procurando acompanhar as crianças e jovens mesmo à distância. Além disso, os operadores realizaram a distribuição de alguns gabinetes para a lavagem e higienização das mãos, sem que precise tocar a torneira.

Na Palestina, eles prestam apoio a dois hospitais, providenciando o fornecimento de máscaras de proteção e gel para as mãos.

Os responsáveis pelo VIS afirmam: “as pessoas que estamos ajudando já se encontravam em situações de escassez antes mesmo da chegada do coronavírus. Neste período, complexo para todos nós, eles foram atingidos ainda mais duramente”. É por este motivo que o VIS não para e continua a ajudar.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Monday, 10 August 2020 16:59

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.