Vaticano publica orientações para aplicar a encíclica Laudato si'

Friday, 19 June 2020 15:10 Written by  ACI Digital
Publicação traz uma série de orientações sobre a leitura da encíclica do Papa Francisco sobre o cuidado da casa comum.

 

O Vaticano apresentou na quinta-feira, 18 de junho, o documento “A caminho dos cuidados da casa comum. Cinco anos depois da Laudato si'”, com uma série de orientações sobre a leitura da encíclica do Papa Francisco sobre o cuidado da casa comum.

 

Durante a apresentação, o secretário para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, dom Paul Gallagher, explicou que este texto não pretende "duplicar a Laudato si" e assinalou uma série de objetivos.

 

Um primeiro objetivo seria "relançar a riqueza do conteúdo de uma encíclica que, embora tenha acabado de completar cinco anos, continua sendo de grande atualidade, como o demonstra ainda mais a situação mundial provocada pela pandemia da Covid-19”.

 

Do mesmo modo, "oferecer orientações sobre a leitura da encíclica, promovendo os elementos operacionais que surjam de suas reflexões e minimizando o risco de mal-entendidos".

 

Por último, "fomentar a colaboração entre os dicastérios da Cúria Romana e as instituições católicas que participam na divulgação e aplicação da Laudato si', valorizando ao máximo suas numerosas sinergias".

 

Também enfatizou que o livro é "o fruto do trabalho colegial de numerosas entidades que trabalham dentro da Santa Sé e da Igreja Católica".

 

O livro tenta oferecer ao leitor “respostas para uma pergunta que aparece na conclusão do texto: 'E nós, o que devemos fazer?'. Ajustando-se à abordagem da Laudato si’, levando em consideração uma ampla gama de situações que variam desde a vida cotidiana da economia nacional até as consequências para a comunidade internacional”.

 

No documento apresentado afirma-se, nas conclusões, que "as igrejas particulares são chamadas a dar um bom exemplo de coerência com o que é indicado na Laudato si'".

 

“Iniciativas de educação e de formação em ecologia integral, de reciclagem e de gerenciamento de resíduos, de uso de meios de transporte menos poluentes, de consumo crítico e circular, de melhores sistemas de isolamento para edifícios, de eficiência energética, de investimento ético, de abolição dos plásticos descartáveis ​​e cuidados com os espaços verdes”.

 

Por outro lado, embora o documento tenha sido concluído antes da pandemia de coronavírus, a introdução reflete sobre a relação entre a crise de saúde e a crise ecológica.

 

Afirma que "o mundo está abalado pela crise causada pela pandemia da Covid-19, o vírus que causou milhares de vítimas e está mudando nosso estilo de vida, colocando em risco os sistemas econômicos da sociedade".

 

"A emergência sanitária, a solidão, o isolamento como consequência das medidas para combater o contágio, nos colocaram inesperadamente diante de nossa fragilidade como criaturas finitas e nos levam a descobrir aquilo que é essencial em nossas vidas”, afirma o documento apresentado.

 

Fonte: ACI Digital

 

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Vaticano publica orientações para aplicar a encíclica Laudato si'

Friday, 19 June 2020 15:10 Written by  ACI Digital
Publicação traz uma série de orientações sobre a leitura da encíclica do Papa Francisco sobre o cuidado da casa comum.

 

O Vaticano apresentou na quinta-feira, 18 de junho, o documento “A caminho dos cuidados da casa comum. Cinco anos depois da Laudato si'”, com uma série de orientações sobre a leitura da encíclica do Papa Francisco sobre o cuidado da casa comum.

 

Durante a apresentação, o secretário para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, dom Paul Gallagher, explicou que este texto não pretende "duplicar a Laudato si" e assinalou uma série de objetivos.

 

Um primeiro objetivo seria "relançar a riqueza do conteúdo de uma encíclica que, embora tenha acabado de completar cinco anos, continua sendo de grande atualidade, como o demonstra ainda mais a situação mundial provocada pela pandemia da Covid-19”.

 

Do mesmo modo, "oferecer orientações sobre a leitura da encíclica, promovendo os elementos operacionais que surjam de suas reflexões e minimizando o risco de mal-entendidos".

 

Por último, "fomentar a colaboração entre os dicastérios da Cúria Romana e as instituições católicas que participam na divulgação e aplicação da Laudato si', valorizando ao máximo suas numerosas sinergias".

 

Também enfatizou que o livro é "o fruto do trabalho colegial de numerosas entidades que trabalham dentro da Santa Sé e da Igreja Católica".

 

O livro tenta oferecer ao leitor “respostas para uma pergunta que aparece na conclusão do texto: 'E nós, o que devemos fazer?'. Ajustando-se à abordagem da Laudato si’, levando em consideração uma ampla gama de situações que variam desde a vida cotidiana da economia nacional até as consequências para a comunidade internacional”.

 

No documento apresentado afirma-se, nas conclusões, que "as igrejas particulares são chamadas a dar um bom exemplo de coerência com o que é indicado na Laudato si'".

 

“Iniciativas de educação e de formação em ecologia integral, de reciclagem e de gerenciamento de resíduos, de uso de meios de transporte menos poluentes, de consumo crítico e circular, de melhores sistemas de isolamento para edifícios, de eficiência energética, de investimento ético, de abolição dos plásticos descartáveis ​​e cuidados com os espaços verdes”.

 

Por outro lado, embora o documento tenha sido concluído antes da pandemia de coronavírus, a introdução reflete sobre a relação entre a crise de saúde e a crise ecológica.

 

Afirma que "o mundo está abalado pela crise causada pela pandemia da Covid-19, o vírus que causou milhares de vítimas e está mudando nosso estilo de vida, colocando em risco os sistemas econômicos da sociedade".

 

"A emergência sanitária, a solidão, o isolamento como consequência das medidas para combater o contágio, nos colocaram inesperadamente diante de nossa fragilidade como criaturas finitas e nos levam a descobrir aquilo que é essencial em nossas vidas”, afirma o documento apresentado.

 

Fonte: ACI Digital

 

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.