Editorial: O Menino Deus entre nós

Wednesday, 13 December 2017 10:48 Written by 
O leitor já percebeu que em todos os números do Boletim Salesiano sempre temos a palavra do Reitor-mor, para animar a Família Salesiana. Preparando-nos para o Natal, o Reitor-mor nos convida a defender os jovens “dos Herodes dos nossos dias”. De fato, nas suas viagens ele tem oportunidade para entrar em contato com tantas realidades diferentes e animar os salesianos a continuar na missão com a juventude, lutando contra tantas coisas que atrapalham e prejudicam a vida da juventude nos diversos países.  

Por isso, como ele diz, precisamos continuar a ser “guiados pelos anjos, como Dom Bosco”. Os anjos guiaram e protegeram a Sagrada Família. Os relatos do Evangelho, neste tempo do Natal, nos mostram isso. E José e Maria foram obedientes à palavra do Anjo, sempre que lhes aparecia, em sonhos, para dar algum recado da parte de Deus. Fazendo um paralelo com Dom Bosco, o Reitor-mor diz que “nos sonhos, Dom Bosco é convidado a tomar ao seu cuidado rapazes e jovens, a ajudá-los a crescer com o afeto e a bondade, a fazer com que nenhum Herodes os ponha em perigo. Vi em todo o mundo Salesianos que defendem os rapazes e os jovens dos muitos Herodes dos nossos dias. E que continuam a sonhar, guiados pelos anjos, como Dom Bosco.”

 

No início do seu artigo para o Boletim Salesiano, padre Ángel diz que Dom Bosco ensaiava cantos natalícios com os jovens de Turim, em 1842. É interessante que Dom Bosco compôs um canto para o Natal. Talvez nem todos tenham conhecimento disso. Por isso gostaria de deixar como mensagem de Natal a letra deste canto, e desejar a todos os nossos leitores e colaboradores os melhores votos de Feliz Natal.

 

Que o nascimento do Filho de Deus possa trazer mais paz e esperanças para os nossos dias. E que possamos, como Família Salesiana, estar sempre atentos à voz de Deus que nos fala, como fizeram José e Maria. Assim protegeram aquele Menino tão importante para a história da humanidade. E quantos meninos, meninas e jovens esperam de nós hoje uma resposta de amor, de compreensão, de entusiasmo para a vida, enfim, como Jesus, de proteção contra os malvados Herodes que nos cercam.

 

Eis o canto de Dom Bosco:

 

Ah! Se cante em som de júbilo,

Ah! Se cante em som de amor:

É, fiéis, nascido, o amável

Nosso Deus e Salvador.

 

Oh! quão esplêndidas as mil estrelas

E a lua cândida; resplendem belas,

Das trevas rasga-se o imenso véu.

Coros celestes que o céu descerra

Cantam com júbilo: Paz seja à Terra.

Outros respondem-lhes: Glória no céu.

 

Paz querida, em nossas almas

Vem depressa repousar.

Entre nós, Menino Deus,

Vos queremos conservar. 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 13 December 2017 10:55

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Editorial: O Menino Deus entre nós

Wednesday, 13 December 2017 10:48 Written by 
O leitor já percebeu que em todos os números do Boletim Salesiano sempre temos a palavra do Reitor-mor, para animar a Família Salesiana. Preparando-nos para o Natal, o Reitor-mor nos convida a defender os jovens “dos Herodes dos nossos dias”. De fato, nas suas viagens ele tem oportunidade para entrar em contato com tantas realidades diferentes e animar os salesianos a continuar na missão com a juventude, lutando contra tantas coisas que atrapalham e prejudicam a vida da juventude nos diversos países.  

Por isso, como ele diz, precisamos continuar a ser “guiados pelos anjos, como Dom Bosco”. Os anjos guiaram e protegeram a Sagrada Família. Os relatos do Evangelho, neste tempo do Natal, nos mostram isso. E José e Maria foram obedientes à palavra do Anjo, sempre que lhes aparecia, em sonhos, para dar algum recado da parte de Deus. Fazendo um paralelo com Dom Bosco, o Reitor-mor diz que “nos sonhos, Dom Bosco é convidado a tomar ao seu cuidado rapazes e jovens, a ajudá-los a crescer com o afeto e a bondade, a fazer com que nenhum Herodes os ponha em perigo. Vi em todo o mundo Salesianos que defendem os rapazes e os jovens dos muitos Herodes dos nossos dias. E que continuam a sonhar, guiados pelos anjos, como Dom Bosco.”

 

No início do seu artigo para o Boletim Salesiano, padre Ángel diz que Dom Bosco ensaiava cantos natalícios com os jovens de Turim, em 1842. É interessante que Dom Bosco compôs um canto para o Natal. Talvez nem todos tenham conhecimento disso. Por isso gostaria de deixar como mensagem de Natal a letra deste canto, e desejar a todos os nossos leitores e colaboradores os melhores votos de Feliz Natal.

 

Que o nascimento do Filho de Deus possa trazer mais paz e esperanças para os nossos dias. E que possamos, como Família Salesiana, estar sempre atentos à voz de Deus que nos fala, como fizeram José e Maria. Assim protegeram aquele Menino tão importante para a história da humanidade. E quantos meninos, meninas e jovens esperam de nós hoje uma resposta de amor, de compreensão, de entusiasmo para a vida, enfim, como Jesus, de proteção contra os malvados Herodes que nos cercam.

 

Eis o canto de Dom Bosco:

 

Ah! Se cante em som de júbilo,

Ah! Se cante em som de amor:

É, fiéis, nascido, o amável

Nosso Deus e Salvador.

 

Oh! quão esplêndidas as mil estrelas

E a lua cândida; resplendem belas,

Das trevas rasga-se o imenso véu.

Coros celestes que o céu descerra

Cantam com júbilo: Paz seja à Terra.

Outros respondem-lhes: Glória no céu.

 

Paz querida, em nossas almas

Vem depressa repousar.

Entre nós, Menino Deus,

Vos queremos conservar. 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Wednesday, 13 December 2017 10:55

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.