Padre Rino Bergamin: uma vida dedicada às crianças e aos idosos

Thursday, 20 February 2020 13:09 Written by  Agência Info Salesiana
“Alguns dizem que não vale a pena dedicar-se às crianças. Eu penso que é um bom investimento para o futuro”, afirmava padre Rino Bergamin, SDB.


Nos últimos anos, a Venezuela tem vivido uma triste realidade. Quem teria imaginado um dia ouvir tantas histórias horríveis e dramáticas de pessoas com fome ou de doentes morrendo por falta de remédios? Há alguns anos, dizia-se da Venezuela: "o país milionário da América do Sul", ou "Venezuela Saudita". Hoje, as imagens nos mostram um país em profunda crise, abalado pela pobreza, pela hiperinflação. No meio desse caos, porém, há homens que não falam muito, mas fazem bastante pelos pobres, crianças e jovens. É o caso do padre Rino Bergamin, fundador da Casa Dom Bosco, de Sarría, em Caracas.

Padre Bergamin ajudou, por meio dos centros de acolhimento e abrigos, mais de 5 mil crianças e idosos em situação de rua, em risco, abandonados ou maltratados por suas famílias. Em 2016, ele disse: "não queremos dinheiro; pedimos ao governo que nos dê a oportunidade de comprar comida para as crianças e adultos doentes".

Padre Bergamin nasceu em Campigo, pequena fração de Castelfranco Veneto (Treviso, Itália), no dia 13 de março de 1932. No dia 1º de agosto de 1945, aos 13 anos, entrou para casa salesiana de Castelnuovo Don Bosco. Aos 16, expressou o seu desejo de sair em missão ‘ad gentes’ e, no dia 22 de novembro de 1952, embarcou para a Venezuela. Ele se tornou venezuelano de coração. Chegou a obter a cidadania.

Seu trabalho na Red de Casas Don Bosco foi sua paixão. "Eu não trabalhei sozinho – disse, uma vez, em entrevista. Muitas pessoas dedicaram suas vidas e contribuíram para dar uma resposta eficaz às necessidades básicas das crianças que vivem em situações particularmente difíceis. Algumas pessoas desconfiam desse trabalho, outras acham que não vale a pena gastar dinheiro, tempo ou esforço com... crianças. Pessoalmente, acho que este seja um bom investimento para o futuro".

Padre Bergamin foi chamado o ‘Dom Bosco dos anos 90’. Escreveram sobre ele: “essa pessoa humilde enfrenta, como o mais corajoso dos homens, alguns dos problemas mais graves de nossa cidade, como o vício em drogas e a prostituição infantil entre meninos e crianças de rua. Sobre este grande sacerdote contam-se muitas histórias. Uma delas fala de um garoto que morava na rua desde os cinco anos de idade. Um dia ele foi internado em um hospital e perguntou sobre o pai. O médico, então, lhe perguntou: 'Quem é seu pai?' E o menino respondeu: 'o padre Rino'".

Em 2018, padre Bergamin foi diagnosticado com câncer no pulmão. Após um ano de sofrimento, o Senhor o levou para Si, no dia 13 de fevereiro de 2020, quando se encontrava novamente na Itália, na pequena cidade de ‘Castello di Godego’.

 

Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 20 February 2020 13:14

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Padre Rino Bergamin: uma vida dedicada às crianças e aos idosos

Thursday, 20 February 2020 13:09 Written by  Agência Info Salesiana
“Alguns dizem que não vale a pena dedicar-se às crianças. Eu penso que é um bom investimento para o futuro”, afirmava padre Rino Bergamin, SDB.


Nos últimos anos, a Venezuela tem vivido uma triste realidade. Quem teria imaginado um dia ouvir tantas histórias horríveis e dramáticas de pessoas com fome ou de doentes morrendo por falta de remédios? Há alguns anos, dizia-se da Venezuela: "o país milionário da América do Sul", ou "Venezuela Saudita". Hoje, as imagens nos mostram um país em profunda crise, abalado pela pobreza, pela hiperinflação. No meio desse caos, porém, há homens que não falam muito, mas fazem bastante pelos pobres, crianças e jovens. É o caso do padre Rino Bergamin, fundador da Casa Dom Bosco, de Sarría, em Caracas.

Padre Bergamin ajudou, por meio dos centros de acolhimento e abrigos, mais de 5 mil crianças e idosos em situação de rua, em risco, abandonados ou maltratados por suas famílias. Em 2016, ele disse: "não queremos dinheiro; pedimos ao governo que nos dê a oportunidade de comprar comida para as crianças e adultos doentes".

Padre Bergamin nasceu em Campigo, pequena fração de Castelfranco Veneto (Treviso, Itália), no dia 13 de março de 1932. No dia 1º de agosto de 1945, aos 13 anos, entrou para casa salesiana de Castelnuovo Don Bosco. Aos 16, expressou o seu desejo de sair em missão ‘ad gentes’ e, no dia 22 de novembro de 1952, embarcou para a Venezuela. Ele se tornou venezuelano de coração. Chegou a obter a cidadania.

Seu trabalho na Red de Casas Don Bosco foi sua paixão. "Eu não trabalhei sozinho – disse, uma vez, em entrevista. Muitas pessoas dedicaram suas vidas e contribuíram para dar uma resposta eficaz às necessidades básicas das crianças que vivem em situações particularmente difíceis. Algumas pessoas desconfiam desse trabalho, outras acham que não vale a pena gastar dinheiro, tempo ou esforço com... crianças. Pessoalmente, acho que este seja um bom investimento para o futuro".

Padre Bergamin foi chamado o ‘Dom Bosco dos anos 90’. Escreveram sobre ele: “essa pessoa humilde enfrenta, como o mais corajoso dos homens, alguns dos problemas mais graves de nossa cidade, como o vício em drogas e a prostituição infantil entre meninos e crianças de rua. Sobre este grande sacerdote contam-se muitas histórias. Uma delas fala de um garoto que morava na rua desde os cinco anos de idade. Um dia ele foi internado em um hospital e perguntou sobre o pai. O médico, então, lhe perguntou: 'Quem é seu pai?' E o menino respondeu: 'o padre Rino'".

Em 2018, padre Bergamin foi diagnosticado com câncer no pulmão. Após um ano de sofrimento, o Senhor o levou para Si, no dia 13 de fevereiro de 2020, quando se encontrava novamente na Itália, na pequena cidade de ‘Castello di Godego’.

 

Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Thursday, 20 February 2020 13:14

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.