Reitor do UniSALESIANO dá entrevista em programa de rádio

Wednesday, 29 January 2020 14:14 Written by  Monique Bueno - UniSALESIANO
“Estou agradecido a Deus e a Nossa Senhora porque o que aconteceu era maior que os meus sonhos", disse o reitor na entrevista.


O reitor do UniSALESIANO, padre Luigi Favero, participou na manhã de terça-feira, dia 28 de janeiro, do programa de rádio “Jornal de Verdade”, apresentado pelo radialista Marco Serelepe, na Cultura FM (95,5), de Araçatuba, SP.

Padre Luigi, que também é diretor geral do Colégio Salesiano Dom Luiz Lasagna, contou um pouco de sua história e de sua trajetória até chegar ao cargo de reitor do melhor Centro Universitário do estado de São Paulo e nota máxima, 5, no MEC (Ministério da Educação).

Nascido na Itália, padre Luigi lembrou que chegou ao Brasil há mais de 50 anos a convite de um bispo brasileiro para dar aulas de Filosofia em um seminário recém-construído em Cuiabá. “Aquele pedido foi como um sinal de Deus. O jovem sonha de ir longe, não se sabe onde, mas o jovem sempre sonha grande. Eu sonhava de ir em lugares onde se pudesse fazer o bem, ajudar as pessoas na educação e também na pregação do Evangelho”, disse.

Ao chegar em terras brasileiras, padre Luigi permaneceu um mês em Sangradouro, no Mato Grosso, convivendo com índios Xavantes e Bororo. Depois de três anos, retornou à Itália para estudar Teologia e se tornar padre.

“Quero falar aos jovens que nos escutam. Quando eles se perguntam: o que eu vou fazer na vida, será que eu vou vencer na vida? Eu diria: confia em Deus e você irá longe, fique atento a todos os sinais de Deus e também dos homens para ver que caminho pegar. Na vida é feliz quem vai atrás dos sonhos, quem confia em Deus e nas pessoas”, disse.

O convite para atuar em Araçatuba, primeiro no Colégio, aconteceu há 18 anos. Ele foi aceito por padre Luigi, que teve a missão de melhorar a situação da Instituição. “Eu vim e fiquei ouvindo meus colaboradores, vendo a realidade e senti que aqui era uma terra de oportunidades, terra fértil que precisava semear e ter projetos. E logo lançamos novos cursos. Em Brasília, no Ministério da Educação, conseguimos desengavetar o curso de Engenharia Mecatrônica. A Secretária Executiva do ministro era muito religiosa e até me pediu uma benção no Ministério”, lembrou.

A partir de então, foram autorizados mais seis cursos, que atraíram a atenção dos jovens, na época, com sucesso nos vestibulares. “Tivemos que ocupar um outro prédio porque não cabiam 2.500 alunos. Naquele tempo, quando uma revoada de estudantes dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia com jalecos brancos chamava a atenção nas ruas de Araçatuba, foi que comecei a sonhar com o curso de Medicina”, disse, ao agradecer os colaboradores e aos membros da Reitoria, em especial, o vice-reitor, professor André Ornellas, que o ajudaram a conquistar seus sonhos. “Estou agradecido a Deus e Nossa Senhora porque o que aconteceu era maior que os meus sonhos.”

Um dos sonhos realizados é o curso de Medicina, que iniciou no UniSALESIANO, por meio do programa do Governo Federal Mais Médicos, há dois anos. Segundo padre Luigi, foram mais de 1000 páginas de questionários preenchidas e uma disputa ferrenha com outras cinco universidades interessadas em assumir o curso em Araçatuba. “Digo sempre para meus universitários que Deus sempre torce pela felicidade do jovem. E a medicina aconteceu e estamos cheios de alunos. No ano passado, o MEC dobrou as vagas pela nossa qualidade de estrutura de Medicina”, completou.

Além da Medicina humana, o UniSALESIANO oferece o curso de Medicina Veterinária, com conceito máximo, 5, no MEC. “Um grande curso e bem avaliado e a qualidade é tal que é considerada pelo MEC e a sociedade como a melhor do Estado de São Paulo e a segundo no Brasil”, citou padre Luigi.

Questionado por Serelepe sobre o Oratório Dom Bosco, mantido pela Instituição no bairro Água Branca, padre Luigi disse que foi idealizado com o objetivo de ajudar os jovens a serem bons cristãos, honestos cidadãos e profissionais competentes. Esse era o lema do fundador dos salesianos, Dom Bosco.

Em Araçatuba, o Oratório Dom Bosco, que é coordenado por padre Luigi e pelo vice-reitor, professor André Ornellas, com a ajuda de professores, alunos e a comunidade católica, oferece atendimento aos sábados, com direito a aulas de balé, violão, pintura, futebol, diversões, além dos comes e bebes e da parte religiosa. “A juventude é semente muito boa e precisa que nós, adultos, ajudemos a desabrochar”.

Por fim, padre Luigi agradeceu aos colaboradores das instituições de ensino – UniSALESIANO e Colégio Salesiano e aos padres salesianos, além da juventude, por tudo o que conquistou até o momento e que os próximos projetos estão nas mãos de Deus. “Somos instrumentos”, completou, ao fazer uma oração e dar a benção.


Fonte: Monique Bueno - UniSALESIANO

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Reitor do UniSALESIANO dá entrevista em programa de rádio

Wednesday, 29 January 2020 14:14 Written by  Monique Bueno - UniSALESIANO
“Estou agradecido a Deus e a Nossa Senhora porque o que aconteceu era maior que os meus sonhos", disse o reitor na entrevista.


O reitor do UniSALESIANO, padre Luigi Favero, participou na manhã de terça-feira, dia 28 de janeiro, do programa de rádio “Jornal de Verdade”, apresentado pelo radialista Marco Serelepe, na Cultura FM (95,5), de Araçatuba, SP.

Padre Luigi, que também é diretor geral do Colégio Salesiano Dom Luiz Lasagna, contou um pouco de sua história e de sua trajetória até chegar ao cargo de reitor do melhor Centro Universitário do estado de São Paulo e nota máxima, 5, no MEC (Ministério da Educação).

Nascido na Itália, padre Luigi lembrou que chegou ao Brasil há mais de 50 anos a convite de um bispo brasileiro para dar aulas de Filosofia em um seminário recém-construído em Cuiabá. “Aquele pedido foi como um sinal de Deus. O jovem sonha de ir longe, não se sabe onde, mas o jovem sempre sonha grande. Eu sonhava de ir em lugares onde se pudesse fazer o bem, ajudar as pessoas na educação e também na pregação do Evangelho”, disse.

Ao chegar em terras brasileiras, padre Luigi permaneceu um mês em Sangradouro, no Mato Grosso, convivendo com índios Xavantes e Bororo. Depois de três anos, retornou à Itália para estudar Teologia e se tornar padre.

“Quero falar aos jovens que nos escutam. Quando eles se perguntam: o que eu vou fazer na vida, será que eu vou vencer na vida? Eu diria: confia em Deus e você irá longe, fique atento a todos os sinais de Deus e também dos homens para ver que caminho pegar. Na vida é feliz quem vai atrás dos sonhos, quem confia em Deus e nas pessoas”, disse.

O convite para atuar em Araçatuba, primeiro no Colégio, aconteceu há 18 anos. Ele foi aceito por padre Luigi, que teve a missão de melhorar a situação da Instituição. “Eu vim e fiquei ouvindo meus colaboradores, vendo a realidade e senti que aqui era uma terra de oportunidades, terra fértil que precisava semear e ter projetos. E logo lançamos novos cursos. Em Brasília, no Ministério da Educação, conseguimos desengavetar o curso de Engenharia Mecatrônica. A Secretária Executiva do ministro era muito religiosa e até me pediu uma benção no Ministério”, lembrou.

A partir de então, foram autorizados mais seis cursos, que atraíram a atenção dos jovens, na época, com sucesso nos vestibulares. “Tivemos que ocupar um outro prédio porque não cabiam 2.500 alunos. Naquele tempo, quando uma revoada de estudantes dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia com jalecos brancos chamava a atenção nas ruas de Araçatuba, foi que comecei a sonhar com o curso de Medicina”, disse, ao agradecer os colaboradores e aos membros da Reitoria, em especial, o vice-reitor, professor André Ornellas, que o ajudaram a conquistar seus sonhos. “Estou agradecido a Deus e Nossa Senhora porque o que aconteceu era maior que os meus sonhos.”

Um dos sonhos realizados é o curso de Medicina, que iniciou no UniSALESIANO, por meio do programa do Governo Federal Mais Médicos, há dois anos. Segundo padre Luigi, foram mais de 1000 páginas de questionários preenchidas e uma disputa ferrenha com outras cinco universidades interessadas em assumir o curso em Araçatuba. “Digo sempre para meus universitários que Deus sempre torce pela felicidade do jovem. E a medicina aconteceu e estamos cheios de alunos. No ano passado, o MEC dobrou as vagas pela nossa qualidade de estrutura de Medicina”, completou.

Além da Medicina humana, o UniSALESIANO oferece o curso de Medicina Veterinária, com conceito máximo, 5, no MEC. “Um grande curso e bem avaliado e a qualidade é tal que é considerada pelo MEC e a sociedade como a melhor do Estado de São Paulo e a segundo no Brasil”, citou padre Luigi.

Questionado por Serelepe sobre o Oratório Dom Bosco, mantido pela Instituição no bairro Água Branca, padre Luigi disse que foi idealizado com o objetivo de ajudar os jovens a serem bons cristãos, honestos cidadãos e profissionais competentes. Esse era o lema do fundador dos salesianos, Dom Bosco.

Em Araçatuba, o Oratório Dom Bosco, que é coordenado por padre Luigi e pelo vice-reitor, professor André Ornellas, com a ajuda de professores, alunos e a comunidade católica, oferece atendimento aos sábados, com direito a aulas de balé, violão, pintura, futebol, diversões, além dos comes e bebes e da parte religiosa. “A juventude é semente muito boa e precisa que nós, adultos, ajudemos a desabrochar”.

Por fim, padre Luigi agradeceu aos colaboradores das instituições de ensino – UniSALESIANO e Colégio Salesiano e aos padres salesianos, além da juventude, por tudo o que conquistou até o momento e que os próximos projetos estão nas mãos de Deus. “Somos instrumentos”, completou, ao fazer uma oração e dar a benção.


Fonte: Monique Bueno - UniSALESIANO

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.