Nota de falecimento: dom Zacarias Ortiz Rolón

Tuesday, 07 January 2020 13:03 Written by  Agência Info Salesiana
O prelado faleceu no dia 6 de janeiro, Solenidade da Epifania do Senhor, aos quase 86 anos, no Paraguai.


"Partiu um grande homem e amigo de todos, que tanto fez pelos filhos de Chaco... Um grande sacerdote e bispo", declarou o salesiano dom Gabriel Escobar, bispo do Vicariato Apostólico de Chaco, no Paraguai, ao comentar a morte do salesiano dom Zacarías Ortiz Rolón, vigário apostólico emérito do Chaco Paraguai e bispo emérito de Concepción-Amambay. O prelado faleceu na segunda-feira, 6 de janeiro, no Hospital Central de Assunção, Paraguai.

"Quando a Santa Sé nomeou-me bispo para o Alto Paraguai, precisei aceitar, porque somos filhos da obediência. Vim para Fuerte Olimpo no final de junho de 1988, acompanhado por sete bispos, quando o Rio Paraguai estava em plena cheia", disse Dom Ortiz ao falar de seus primórdios como bispo.

Dom Zacarías nasceu no dia 6 de setembro de 1934, em Arroyos e Esteros, local onde passou grande parte de sua infância. Em 31 de janeiro de 1955, fez a primeira profissão religiosa salesiana. Estudou Filosofia e Teologia nos institutos salesianos de Córdoba (Argentina) e, em seguida, especializou-se em Ciências da Educação pela Universidade Católica de Assunção e pela Pontifícia Universidade Salesiana, de Roma, onde se formou em Catequética Pastoral. Foi ordenado sacerdote em Córdoba, no dia 14 de agosto de 1965.

Em 1985, assumiu o cargo de inspetor salesiano do Paraguai, sendo o primeiro salesiano paraguaio a prestar este serviço. Em 1986, participou, junto com dom Alejo Ovelar - que mais tarde se tornou bispo do Vicariato Apostólico de Chaco -, da bênção do terreno onde seria construído o futuro internato «Ñu Apu'apu'a». “O bispo Obelar – costumava lembrar Dom Ortiz – levou-me ali e me mostrou o terreno onde a futura escola seria construída. Lembro-me muito bem que, para a bênção do lugar, contávamos apenas com a água do fosso: naquela hora, fazendo concha com minhas próprias mãos, peguei daquela água para que dom Ovelar pudesse aspergir a área... (foi aquela uma bênção muito «singular!».).

No dia 12 de março de 1988, o Papa João Paulo II nomeou-o bispo, sendo ordenado na Catedral de Assunção no dia 26 de junho e, no dia 1º de julho daquele mesmo ano, tomou posse do Vicariato Apostólico de Chaco, sucedendo a dom Alejo Ovelar. No dia 13 de julho de 2003, após 15 anos de trabalho pastoral no Alto Paraguai, o Papa João Paulo II nomeou-o bispo de Concepción e Amambay.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Tuesday, 07 January 2020 13:06

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Nota de falecimento: dom Zacarias Ortiz Rolón

Tuesday, 07 January 2020 13:03 Written by  Agência Info Salesiana
O prelado faleceu no dia 6 de janeiro, Solenidade da Epifania do Senhor, aos quase 86 anos, no Paraguai.


"Partiu um grande homem e amigo de todos, que tanto fez pelos filhos de Chaco... Um grande sacerdote e bispo", declarou o salesiano dom Gabriel Escobar, bispo do Vicariato Apostólico de Chaco, no Paraguai, ao comentar a morte do salesiano dom Zacarías Ortiz Rolón, vigário apostólico emérito do Chaco Paraguai e bispo emérito de Concepción-Amambay. O prelado faleceu na segunda-feira, 6 de janeiro, no Hospital Central de Assunção, Paraguai.

"Quando a Santa Sé nomeou-me bispo para o Alto Paraguai, precisei aceitar, porque somos filhos da obediência. Vim para Fuerte Olimpo no final de junho de 1988, acompanhado por sete bispos, quando o Rio Paraguai estava em plena cheia", disse Dom Ortiz ao falar de seus primórdios como bispo.

Dom Zacarías nasceu no dia 6 de setembro de 1934, em Arroyos e Esteros, local onde passou grande parte de sua infância. Em 31 de janeiro de 1955, fez a primeira profissão religiosa salesiana. Estudou Filosofia e Teologia nos institutos salesianos de Córdoba (Argentina) e, em seguida, especializou-se em Ciências da Educação pela Universidade Católica de Assunção e pela Pontifícia Universidade Salesiana, de Roma, onde se formou em Catequética Pastoral. Foi ordenado sacerdote em Córdoba, no dia 14 de agosto de 1965.

Em 1985, assumiu o cargo de inspetor salesiano do Paraguai, sendo o primeiro salesiano paraguaio a prestar este serviço. Em 1986, participou, junto com dom Alejo Ovelar - que mais tarde se tornou bispo do Vicariato Apostólico de Chaco -, da bênção do terreno onde seria construído o futuro internato «Ñu Apu'apu'a». “O bispo Obelar – costumava lembrar Dom Ortiz – levou-me ali e me mostrou o terreno onde a futura escola seria construída. Lembro-me muito bem que, para a bênção do lugar, contávamos apenas com a água do fosso: naquela hora, fazendo concha com minhas próprias mãos, peguei daquela água para que dom Ovelar pudesse aspergir a área... (foi aquela uma bênção muito «singular!».).

No dia 12 de março de 1988, o Papa João Paulo II nomeou-o bispo, sendo ordenado na Catedral de Assunção no dia 26 de junho e, no dia 1º de julho daquele mesmo ano, tomou posse do Vicariato Apostólico de Chaco, sucedendo a dom Alejo Ovelar. No dia 13 de julho de 2003, após 15 anos de trabalho pastoral no Alto Paraguai, o Papa João Paulo II nomeou-o bispo de Concepción e Amambay.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Tuesday, 07 January 2020 13:06

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.