África do Sul: "Se eu pudesse viajar no tempo, mudaria essa parte da minha vida"

Wednesday, 09 October 2019 13:41 Written by  Agência Info Salesiana
Veja a história de Zuko Mabene, que de membro de gangue se tornou um líder jovem, graças ao carisma de Dom Bosco.  


Zuko Mabene é um sul-africano de 19 anos que vive na Cidade do Cabo. A perda de sua mãe, as dificuldades econômicas em casa e os maus-tratos frequentes da sua madrasta o levaram a buscar refúgio, por um curto período, na rua e a se tornar membro de uma gangue.

Ele pensou que era mais respeitado dessa maneira, mas basicamente ele não queria machucar ninguém e sofreu quando teve que participar de uma briga. Felizmente, ele logo entendeu o que estava fazendo e, agora, graças ao programa salesiano "Escolha da vida", tornou-se um líder jovem e um modelo para os outros.

Ele era jovem demais para se lembrar da morte de sua mãe quando tinha dois anos, mas sente a falta de carinho devido à sua ausência. Então o novo casamento de seu pai significou maus-tratos para ele e seu irmão. Ambos passaram mais tempo na rua do que em casa.

Aos 13 anos, Zuko ficou fascinado pelas gangues que brigavam diariamente nas ruas. "Todo mundo tinha medo deles e era normal até ver facadas. Teria sido assim que todos me reconheceriam", lembra ele.

Zuko nunca teve a alma de um vândalo ou violento, mas estava na hora de mostrar ao resto do grupo que ele também era um "grande gangster". Em uma luta, ele esfaqueou outro jovem. "Eu me senti estranho, vi tudo em câmera lenta. Tinha sangue nas mãos e, quando cheguei em casa, rezei para que ele não morresse".

Mas o gatilho que mudou sua vida foi quando, em outra luta, seu grande amigo Shipo foi atingido. Zuko hesitou entre ajudá-lo ou salvar sua vida e escolheu a última opção. Mais tarde, ele soube que seu amigo havia sido espancado até a morte. O jovem se sentiu culpado e isolado do resto da gangue por abandoná-lo na luta. Não foi difícil optar por deixar esse mundo de violência.

"Se eu pudesse viajar no tempo, mudaria essa parte da minha vida. Não me lembro de nada de bom e é por isso que agora me dedico a aconselhar e ajudar jovens, mas também adultos, a estarem mais atentos aos filhos. Precisamos da sabedoria dos adultos para não perder a esperança e encontrar respostas para os nossos problemas da juventude ", diz Zuko, que hoje se tornou líder e modelo de referência graças ao carisma de Dom Bosco e à oportunidade que a" Escolha da Vida " deu a ele.

 

 

Fonte: Agência Info Salesiana 

 

 

 

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


África do Sul: "Se eu pudesse viajar no tempo, mudaria essa parte da minha vida"

Wednesday, 09 October 2019 13:41 Written by  Agência Info Salesiana
Veja a história de Zuko Mabene, que de membro de gangue se tornou um líder jovem, graças ao carisma de Dom Bosco.  


Zuko Mabene é um sul-africano de 19 anos que vive na Cidade do Cabo. A perda de sua mãe, as dificuldades econômicas em casa e os maus-tratos frequentes da sua madrasta o levaram a buscar refúgio, por um curto período, na rua e a se tornar membro de uma gangue.

Ele pensou que era mais respeitado dessa maneira, mas basicamente ele não queria machucar ninguém e sofreu quando teve que participar de uma briga. Felizmente, ele logo entendeu o que estava fazendo e, agora, graças ao programa salesiano "Escolha da vida", tornou-se um líder jovem e um modelo para os outros.

Ele era jovem demais para se lembrar da morte de sua mãe quando tinha dois anos, mas sente a falta de carinho devido à sua ausência. Então o novo casamento de seu pai significou maus-tratos para ele e seu irmão. Ambos passaram mais tempo na rua do que em casa.

Aos 13 anos, Zuko ficou fascinado pelas gangues que brigavam diariamente nas ruas. "Todo mundo tinha medo deles e era normal até ver facadas. Teria sido assim que todos me reconheceriam", lembra ele.

Zuko nunca teve a alma de um vândalo ou violento, mas estava na hora de mostrar ao resto do grupo que ele também era um "grande gangster". Em uma luta, ele esfaqueou outro jovem. "Eu me senti estranho, vi tudo em câmera lenta. Tinha sangue nas mãos e, quando cheguei em casa, rezei para que ele não morresse".

Mas o gatilho que mudou sua vida foi quando, em outra luta, seu grande amigo Shipo foi atingido. Zuko hesitou entre ajudá-lo ou salvar sua vida e escolheu a última opção. Mais tarde, ele soube que seu amigo havia sido espancado até a morte. O jovem se sentiu culpado e isolado do resto da gangue por abandoná-lo na luta. Não foi difícil optar por deixar esse mundo de violência.

"Se eu pudesse viajar no tempo, mudaria essa parte da minha vida. Não me lembro de nada de bom e é por isso que agora me dedico a aconselhar e ajudar jovens, mas também adultos, a estarem mais atentos aos filhos. Precisamos da sabedoria dos adultos para não perder a esperança e encontrar respostas para os nossos problemas da juventude ", diz Zuko, que hoje se tornou líder e modelo de referência graças ao carisma de Dom Bosco e à oportunidade que a" Escolha da Vida " deu a ele.

 

 

Fonte: Agência Info Salesiana 

 

 

 

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.