Missões: Vietnã – a solidariedade salesiana com os refugiados

Friday, 20 September 2019 15:48 Written by  Agência Info Salesiana
Confira no Boletim Salesiano como nasceu o projeto ‘lugares de oração’, no campo de refugiados de Palabek, em Uganda.

 

Todos os anos, por ocasião do Dia Missionário Salesiano, o Setor para as Missões da Congregação Salesiana Roma propõe um projeto ligado ao tema do ano. O tema deste ano se refere aos refugiados – ‘A África acolhe os refugiados africanos’ – e tem como lema o versículo bíblico: “Sem saber, acolheram anjos (Hb 13,2)”.

O projeto proposto para este ano é a construção de ‘lugares de oração’ no campo de refugiados de Palabek, em Uganda, e em outros campos de refugiados semelhantes. A Inspetoria do Vietnã decidiu assumir com generosidade o projeto.

O uso do termo ‘lugares de oração’ é deliberado: não se trata de erguer nem grandes igrejas nem simples capelas. “Não sabemos por quanto tempo os refugiados ficarão nos campos. Tudo, portanto, o que estamos projetando construir são simples refúgios – um teto para se reparar da chuva ou do sol sustentado por colunas, onde os fiéis se possam reunir para a santa missa ou para a oração. Nem sequer se fala de paredes”, explica o padre George Menamparampil, do Setor para as Missões, de Roma.

Esses refúgios servirão tanto como lugares de oração quanto para encontros comunitários, de grupos e organizações que trabalham, juntos, para o bem das comunidades e também como espaços onde as crianças possam se reunir para brincar, estudar...

Estima-se que uma estrutura simples desse tipo possa ser feita com um gasto que oscila entre 5  a 10 mil dólares.

Os Salesianos de Dom Bosco no Vietnã decidiram usar este projeto para animar todas as suas comunidades e paróquias a cultivarem intenso espírito missionário. Conclamaram todos a agradecer a Deus por tudo o que Ele lhes tem doado em suas vidas e, por sua vez, doar uma parcela de contribuição aos refugiados. Convidaram as pessoas e as famílias a: fazerem pequenos sacrifícios; a levar ofertas simbólicas em dinheiro; a comprar um ou mais tijolos, uma lâmina ondulada de zinco para o teto…

O total arrecadado foi de 6 mil dólares. A quantia foi entregue na quinta-feira, 12 de setembro, ao padre Menamparampil, responsável pela missão salesiana em Palabek.

O Vietnã salesiano é muito apreciado na Congregação pelo grande número de Filhos de Dom Bosco que se oferecem como missionários em vários lugares do mundo. Há mais de 100 salesianos missionários vietnamitas pelo mundo em nível global. Agora, essa Inspetoria acrescentou mais esta marcha, com a significativa doação de um lugar de oração aos refugiados acolhidos no Campo de Palabek, em Uganda.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 20 September 2019 16:02

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.


Missões: Vietnã – a solidariedade salesiana com os refugiados

Friday, 20 September 2019 15:48 Written by  Agência Info Salesiana
Confira no Boletim Salesiano como nasceu o projeto ‘lugares de oração’, no campo de refugiados de Palabek, em Uganda.

 

Todos os anos, por ocasião do Dia Missionário Salesiano, o Setor para as Missões da Congregação Salesiana Roma propõe um projeto ligado ao tema do ano. O tema deste ano se refere aos refugiados – ‘A África acolhe os refugiados africanos’ – e tem como lema o versículo bíblico: “Sem saber, acolheram anjos (Hb 13,2)”.

O projeto proposto para este ano é a construção de ‘lugares de oração’ no campo de refugiados de Palabek, em Uganda, e em outros campos de refugiados semelhantes. A Inspetoria do Vietnã decidiu assumir com generosidade o projeto.

O uso do termo ‘lugares de oração’ é deliberado: não se trata de erguer nem grandes igrejas nem simples capelas. “Não sabemos por quanto tempo os refugiados ficarão nos campos. Tudo, portanto, o que estamos projetando construir são simples refúgios – um teto para se reparar da chuva ou do sol sustentado por colunas, onde os fiéis se possam reunir para a santa missa ou para a oração. Nem sequer se fala de paredes”, explica o padre George Menamparampil, do Setor para as Missões, de Roma.

Esses refúgios servirão tanto como lugares de oração quanto para encontros comunitários, de grupos e organizações que trabalham, juntos, para o bem das comunidades e também como espaços onde as crianças possam se reunir para brincar, estudar...

Estima-se que uma estrutura simples desse tipo possa ser feita com um gasto que oscila entre 5  a 10 mil dólares.

Os Salesianos de Dom Bosco no Vietnã decidiram usar este projeto para animar todas as suas comunidades e paróquias a cultivarem intenso espírito missionário. Conclamaram todos a agradecer a Deus por tudo o que Ele lhes tem doado em suas vidas e, por sua vez, doar uma parcela de contribuição aos refugiados. Convidaram as pessoas e as famílias a: fazerem pequenos sacrifícios; a levar ofertas simbólicas em dinheiro; a comprar um ou mais tijolos, uma lâmina ondulada de zinco para o teto…

O total arrecadado foi de 6 mil dólares. A quantia foi entregue na quinta-feira, 12 de setembro, ao padre Menamparampil, responsável pela missão salesiana em Palabek.

O Vietnã salesiano é muito apreciado na Congregação pelo grande número de Filhos de Dom Bosco que se oferecem como missionários em vários lugares do mundo. Há mais de 100 salesianos missionários vietnamitas pelo mundo em nível global. Agora, essa Inspetoria acrescentou mais esta marcha, com a significativa doação de um lugar de oração aos refugiados acolhidos no Campo de Palabek, em Uganda.


Fonte: Agência Info Salesiana

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Friday, 20 September 2019 16:02

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.