Vaticano lança programa de mobilidade sustentável "Conversão Ecológica 2030"

Quinta, 16 Novembro 2023 15:38 Escrito por  Vatican News
Vaticano lança programa de mobilidade sustentável "Conversão Ecológica 2030" agencia ecclesia
O Governatorato lançou um programa de desenvolvimento de mobilidade sustentável chamado "Conversão Ecológica 2030", também projetado para reduzir o impacto de CO2 de sua frota de veículos. Nesta quarta-feira, 15 de novembro, um acordo de parceria foi assinado com o Grupo Volkswagen, como parte do programa de desenvolvimento da mobilidade sustentável


O Governatorato anuncia o lançamento de uma série de iniciativas e estratégias de economia de energia para proteger o meio ambiente no âmbito da Laudato si' e da Laudate Deum.

Entre os objetivos estão: uso responsável de recursos, projetos de eficiência energética e de reflorestamento e eliminação de resíduos. Também estão no plano mudanças na frota de carros do Estado para reduzir as emissões de CO2 por meio de uma parceria com o Grupo Volkswagen.

O Estado do Vaticano está entre os primeiros do mundo a buscar projetos de sustentabilidade, procurando soluções inovadoras que ajudarão a mudar a forma de trabalhar, cuidando da proteção da "Casa Comum", adotando projetos que, também por meio do uso de tecnologias confiáveis e ecologicamente corretas, reduzirão concretamente o impacto da atividade humana sobre o meio ambiente.

A ratificação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática e os Acordos de Paris são a ponte entre as políticas ambientais e as indicações e recomendações do Santo Padre.

 

Neutralidade climática

O Governatorato está comprometido em alcançar a neutralidade climática por meio do uso responsável dos recursos naturais, da implementação de projetos de eficiência energética e da atualização dos ativos tecnológicos, da mobilidade sustentável, da diversificação e da aquisição de produtos energéticos mais limpos ou alternativos para o transporte, do descarte de resíduos e do desenvolvimento de futuros projetos concretos de reflorestamento.

 

Veículos elétricos na frota de carros do Vaticano

 

Para alcançar a neutralidade, serão necessários investimentos em instalações tecnológicas que utilizem energias renováveis, compensando as emissões produzidas em uma área e reduzindo-as em outra, mas, acima de tudo, promovendo a mobilidade elétrica e híbrida.

Por esse motivo, o Governatorato lançou um programa de desenvolvimento de mobilidade sustentável chamado "Conversão Ecológica 2030", também projetado para reduzir o impacto de CO2 de sua frota de veículos.

 

Para isso, pretende: substituir gradualmente os carros de propriedade do Estado por veículos elétricos, a fim de tornar sua frota de carros neutra em carbono até 2030; implementar sua própria rede de recarga no território do Estado e em áreas extraterritoriais e estender o uso a seus funcionários; garantir que suas necessidades de energia venham exclusivamente de fontes renováveis.

 

Um parceiro estratégico para a mobilidade sustentável

O Grupo Volkswagen - que tem como objetivo se tornar uma empresa com emissões zero de carbono até 2050 e reduzir a pegada de carbono de seus veículos em 30% até 2030 - é o primeiro parceiro estratégico para o projeto de renovação da frota de carros do Estado com veículos das marcas Volkswagen e Škoda por meio da fórmula de aluguel de médio e longo prazo.

 

Fonte: Vatican News

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 21 Junho 2024 09:11

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Vaticano lança programa de mobilidade sustentável "Conversão Ecológica 2030"

Quinta, 16 Novembro 2023 15:38 Escrito por  Vatican News
Vaticano lança programa de mobilidade sustentável "Conversão Ecológica 2030" agencia ecclesia
O Governatorato lançou um programa de desenvolvimento de mobilidade sustentável chamado "Conversão Ecológica 2030", também projetado para reduzir o impacto de CO2 de sua frota de veículos. Nesta quarta-feira, 15 de novembro, um acordo de parceria foi assinado com o Grupo Volkswagen, como parte do programa de desenvolvimento da mobilidade sustentável


O Governatorato anuncia o lançamento de uma série de iniciativas e estratégias de economia de energia para proteger o meio ambiente no âmbito da Laudato si' e da Laudate Deum.

Entre os objetivos estão: uso responsável de recursos, projetos de eficiência energética e de reflorestamento e eliminação de resíduos. Também estão no plano mudanças na frota de carros do Estado para reduzir as emissões de CO2 por meio de uma parceria com o Grupo Volkswagen.

O Estado do Vaticano está entre os primeiros do mundo a buscar projetos de sustentabilidade, procurando soluções inovadoras que ajudarão a mudar a forma de trabalhar, cuidando da proteção da "Casa Comum", adotando projetos que, também por meio do uso de tecnologias confiáveis e ecologicamente corretas, reduzirão concretamente o impacto da atividade humana sobre o meio ambiente.

A ratificação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática e os Acordos de Paris são a ponte entre as políticas ambientais e as indicações e recomendações do Santo Padre.

 

Neutralidade climática

O Governatorato está comprometido em alcançar a neutralidade climática por meio do uso responsável dos recursos naturais, da implementação de projetos de eficiência energética e da atualização dos ativos tecnológicos, da mobilidade sustentável, da diversificação e da aquisição de produtos energéticos mais limpos ou alternativos para o transporte, do descarte de resíduos e do desenvolvimento de futuros projetos concretos de reflorestamento.

 

Veículos elétricos na frota de carros do Vaticano

 

Para alcançar a neutralidade, serão necessários investimentos em instalações tecnológicas que utilizem energias renováveis, compensando as emissões produzidas em uma área e reduzindo-as em outra, mas, acima de tudo, promovendo a mobilidade elétrica e híbrida.

Por esse motivo, o Governatorato lançou um programa de desenvolvimento de mobilidade sustentável chamado "Conversão Ecológica 2030", também projetado para reduzir o impacto de CO2 de sua frota de veículos.

 

Para isso, pretende: substituir gradualmente os carros de propriedade do Estado por veículos elétricos, a fim de tornar sua frota de carros neutra em carbono até 2030; implementar sua própria rede de recarga no território do Estado e em áreas extraterritoriais e estender o uso a seus funcionários; garantir que suas necessidades de energia venham exclusivamente de fontes renováveis.

 

Um parceiro estratégico para a mobilidade sustentável

O Grupo Volkswagen - que tem como objetivo se tornar uma empresa com emissões zero de carbono até 2050 e reduzir a pegada de carbono de seus veículos em 30% até 2030 - é o primeiro parceiro estratégico para o projeto de renovação da frota de carros do Estado com veículos das marcas Volkswagen e Škoda por meio da fórmula de aluguel de médio e longo prazo.

 

Fonte: Vatican News

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 21 Junho 2024 09:11

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.