Nesta quarta-feira,  20 de março, a abertura do IV Fórum de IES Católicas realizou-se  com a reflexão do grão-chanceler da PUC Minas e arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, ele citou que cada instituição de Ensino Superior católica é um instrumento indispensável para que a Igreja sirva, ensine o Evangelho e encontre caminhos.   O IV Fórum de IES Católicas, acontece até esta sexta-feira, 22 de março, no auditório 3 do prédio 43 do campus Coração Eucarístico da Universidade, com o tema central Fraternidade e Juventude Universitária. A ocasião foi aberta com a apresentação do Coral PUC Minas, sob a regência do maestro Marco Antônio Drumond. O evento é preparatório para o Congresso Mundial de Universidades Católicas, que a PUC Minas sediará de 18 a 21 de julho, com o tema Novos Tempos, Novos Sentidos.   Também participaram da abertura do evento, dirigentes de instituições e de entidades da área, o padre José Marinoni; o presidente da Câmara de Ensino Superior da Anec, o reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães; o diretor da Anec e reitor da Universidade Católica Dom Bosco, irmão Frederico Unterberger; e o presidente Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub), do Conselho Superior da Anec e reitor da PUC Goiás, professor Wolmir Therezio Amado.   Leia a notícia na íntegra no portal da ANEC  
Published in Nacionais
O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Dom Bosco participou, na noite do dia 11 de fevereiro, do carnaval 2013 no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, SP. A agremiação desfilou pelo Grupo I da União das Escolas de Samba Paulistanas (UESP), levando cerca de 750 componentes para a avenida.   O tema do carnaval deste ano foi “Dom Bosco traz os casais para avenida casando o samba com a fascinação...Por onde for quero ser o seu par”  e ilustrou a imagem de importantes casais da história: de Adão e Eva até Lampião e Maria Bonita.   As passistas e os integrantes da bateria representavam os noivos. A ala das crianças, casais de personagens infantis. Um dos casais de mestre sala e porta-bandeira estava fantasiado de ‘A Bela e a Fera’.   A Escola de Samba Dom Bosco faz parte do programa Sociocultural da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, que tem por objetivo promover a integração das pessoas e a ampliação do repertório cultural, especialmente a afro-brasileira e popular.   A escola ficou em 9º lugar e a campeã do Grupo I foi a escola Colorado do Brás.   Obra Social Dom Bosco de Itaquera
Published in Ação Social
Encerrou-se na Casa Geral, em Roma, dia 8 de fevereiro, o terceiro encontro da Consultoria Mundial da Pastoral Juvenil (PJ). O encontro teve como foco a revisão do “Quadro de Referência Fundamental da Pastoral Juvenil Salesiana” e a Nova Evangelização.   Iniciada no dia 5 de fevereiro, a consultoria contou com a participação dos delegados nacionais e regionais, dos conselheiros para as Missões e para a Comunicação Social e teve como animador e anfitrião o padre Fábio Attard, conselheiro para a Pastoral Juvenil, auxiliado pelos membros do Dicastério.   Durante quatro dias, 18 salesianos trataram das duas finalidades da Consultoria da PJ: contribuir para o repensamento da PJ visando a uma dimensão evangelizadora cada vez mais clara; e sugerir algumas linhas guias em meio aos novos cenários em que se realiza a ação evangelizadora.   O ponto de partida  para as discussões foi, além da experiência dos delegados presentes, as contribuições que vieram de 90 inspetorias de todas as regiões salesianas, usadas como objeto de estudo pelos membros do Dicastério para a Pastoral Juvenil.   Entre as varias sessões, foram formulados alguns elementos importantes para a PJ Salesiana que se juntarão na reelaboração do “Quadro de Referência para a PJ Salesiana”, que será proposto aos inspetores e delegados de PJ da Congregação.   Este foi o terceiro encontro da Consultoria Mundial da Pastoral Juvenil  do sexênio 2008-2014. A primeira Consultoria Mundial de Pastoral Juvenil foi realizada em 2010, sobre o tema do acompanhamento espiritual na Pastoral Salesiana; a segunda em 2011 sobre o tema de “Voltar a Dom Bosco”.   O texto da mensagem dos membros da Consultoria, com alguns elementos fundamentais da Pastoral Juvenil Salesiana, está disponível  no site sdb.org nos idiomas italiano, inglês e espanhol.   InfoANS
Published in Internacionais
  “Ninguém nasce odiando alguém por sua cor, raça ou religião. Se nós aprendemos a odiar, podemos também aprender a ensinar a amar” (Nelson Mandela).   O resgate que a Campanha da Fraternidade faz revela a riqueza de diferentes saberes que ajudam na formação da identidade dos indivíduos e das sociedades. A CF, durante os seus 50 anos de existência, abordou temas centrais da sociedade brasileira e de abrangência planetária. Por isso, é de extrema relevância que os espaços educacionais mergulhem nos temas propostos por cada CF e contribuam para que o mundo se torne cada vez melhor e a vida se efetive com qualidade para todos. O tema escolhido para 2013, ”Fraternidade e Juventude”, tem tudo a ver com a razão de ser da escola salesiana, que é prestar um serviço de excelência à juventude, centrado na missão de “evangelizar educando e educar evangelizando”. Tendo em vista a importância da prática da fraternidade nos processos educativos, esse texto analisa os desafios da sociedade na atualidade e a importância dos referenciais para a formação da identidade. Formação que, segundo a CF, se efetiva a partir de relações fraternas e que fortalece a esperança das juventudes.  
Published in Educação
  O Lar Dom Bosco, em Porto Alegre, RS, iniciou as suas atividades em 2013 com um planejamento diferenciado para o período de férias escolares: o Plano Verão.   Trata-se de um conjunto de atividades planejadas para os meses de janeiro e fevereiro, visando atender aos educandos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. As atividades são sempre no turno da tarde e têm por objetivo continuar possibilitando o protagonismo juvenil, a integração e o combate à ociosidade e à exposição aos riscos sociais, que se agravam principalmente na ausência do período escolar. Fazem parte do projeto atividades pedagógicas, de cultura, lazer e esportes, além de passeios e atividades externas.   O Lar Dom Bosco atende diariamente, neste período, cerca de trinta educandos dos seis aos dezessete anos, fornecendo almoço e o lanche da tarde. É um projeto para continuar com a pedagogia de Dom Bosco, vivendo o cotidiano com alegria.
Published in Ação Social
“Não temas! Chamei-te pelo nome. Tu és meu!" Este foi o lema dos 20 noviços das Inspetorias de Porto Alegre (3), São Paulo (10) e Recife (7), que fizeram a primeira Profissão Religiosa nesta quinta-feira, dia 31 de janeiro, na igreja paroquial Menino Jesus de Praga, em Curitiba. A cerimônia foi presidida pelo padre  Natale Vitali, conselheiro regional para o Cone Sul.   “Hoje é um dia de festa para a Igreja e para o mundo. Celebramos o Santo dos jovens, São João Bosco, o Pai e Mestre que entregou a sua vida inteira para que seus jovens pobres tivessem vida em abundância. E nós fazemos festa participando das primeiras profissões destes 20 jovens das Inspetorias de Porto Alegre, Recife e São Paulo, que respondem com alegria a Deus que os chamou à vida desde o seio de suas mães, à vida cristã com a água do batismo e, agora, os consagra para serem totalmente dele”, disse o padre Natale  em sua homilia.   Participaram da celebração os inspetores de Porto Alegre, São Paulo e Recife: padres Orestes Carlinhos Fistarol, Edson Donizetti  Castilho e Diego Vanzeta, respectivamente, além de salesianos e parentes dos neoprofessos.   O final da celebração contou com uma homenagem dos neoprofessos a Nossa Senhora Auxiliadora. O evento foi encerrado com um almoço de confraternização no salão paroquial.   Pe. Tarcizio Paulo Odelli
Published in Nacionais
O professor José Roberto Sanches, capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que ministra aulas de Direito Constitucional, Processo Penal e Interesses Difusos e Coletivos no curso de Direito do UniSALESIANO de Araçatuba, SP, é um dos organizadores do livro “Igualdade Racial – História, Comentários ao Estatuto e Igualdade Material”, da Editora GZ.   Ele e seus colegas Bruno Bianco Leal, procurador federal da Advocacia Geral da União (AGU), e Diego Pereira Machado, especialista em Direito Processual e Civil, além de escreverem seus próprios textos, convidaram renomados advogados, procuradores, defensores públicos e professores de Direito de estados como Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Santa Catarina para também destacarem pontos importantes e específicos alusivos ao Estatuto.   O senador Paulo Paim (PT-RS), autor da lei 12.288, aprovada em de 2010, convidado para fazer o prefácio da obra, disse ter ficado muito feliz com a lembrança ao seu nome e com a oportunidade de escrever um pouco mais sobre o tema. “Valeu a pena inserir a luta por igualdade no ordenamento jurídico. Afinal, o tema foi debatido no Congresso Nacional por cerca de 10 anos até alcançar a aprovação e precisa chegar a todas as áreas e ir além, alcançando as ruas”, afirmou.     José Roberto Sanches explicou que o Estatuto busca a igualdade material e a igualdade real entre brancos e negros. “Porém, é necessário que tenhamos novas leis sobre o tema para que haja a verdadeira equiparação entre as raças”, citou. Segundo ele, quando a lei 12.288 foi promulgada os três organizadores resolveram escrever sobre o assunto para comentar e esmiuçar os detalhes do alcance do Estatuto, de modo a conscientizar a sociedade sobre a existência da nova legislação e de sua importância.  “O Estatuto tem foco nas chamadas Ações Afirmativas, em que há a implementação de políticas públicas que visam à diminuição das diferenças sociais e raciais”, destacou.   Leia a matéria na íntegra em Missão Salesiana de Mato Grosso
Published in Nacionais
Nos dias 17 e 18 de janeiro, em Campos do Jordão, SP, na Vila Dom Bosco, os diretores e as equipes pedagógicas e pastorais dos colégios salesianos SDB (Salesianos de Dom Bosco) do Estado de São Paulo realizaram seu encontro anual. O objetivo foi reunir diretoria e equipes diretivas (SDB) para refletir principalmente sobre o carisma salesiano que conduz a prática educativa no cotidiano das escolas. “Este momento é tão importante quanto a semana pedagógica das nossas escolas, pois além de qualificar nossa salesianidade e convivência, partilhamos muitas alegrias e anseios com outros educadores. A partilha é muito importante, pois ao mesmo tempo que aprendemos, também conseguimos ter mais clareza e tranquilidade sobre o processo pedagógico nas nossas escolas”, afirmou o padre Douglas Verdi, que conduziu o encontro.   A reunião contou com a presença do inspetor salesiano padre Edson Donizetti Castilho, que fez a fala inicial reafirmando sua crença na missão educativa salesiana e no projeto pastoral que concretiza essa missão. O vice-inspetor, padre Roque Luiz Sibione, refletiu sobre o “Ano da Fé”, ocasião, para ele, em que devemos incitar em nossos jovens e em nós mesmos o redescobrimento da fé católica. Tiago Tamborini, psicólogo (formado pela USP) e especialista no atendimento a adolescentes, abriu o fórum sobre “o jovem do século XXI”, no qual os participantes partilharam suas experiências de forma rica e motivadora. Ao final, as escolas apresentaram seus “cases de sucesso”, os projetos pedagógicos que tiveram maior destaque na comunidade escolar em 2012.   A importância e a organização do encontro foram destacadas pelos participantes, como a gestora do Polo São Paulo, Selma Sabino Braga de Melo: “O encontro anual de diretores e equipe diretiva realizado em Campos do Jordão vem ao encontro do projeto educativo que defendemos. Um projeto pedagógico pastoral em perfeita sintonia, partilha de ações e objetivos comuns compartilhados com toda a equipe diretiva das escolas, contribuindo em seus planejamentos anuais".   RSE Informa
Published in Nacionais
Os interessados em ser voluntários na Jornada Mundial da Juventude Rio 2013 têm até o dia 31 de janeiro para realizarem as inscrições. O número de inscritos até o momento é de 68 mil, dos quais serão selecionados cerca de 35 mil. A meta da Jornada é ter 60 mil voluntários.   Então, se você deseja doar seu serviço como médico, jornalista, entre tantas outras funções, a hora de se inscrever é agora. Em 2012 ocorreram dois processos de seleção, um em abril e outro em setembro. Aqueles que se inscreveram depois de setembro, e os que ainda se inscreverão, vão passar pelo terceiro e último processo de seleção.   Giselle Azevedo, secretária executiva do Setor de Voluntário, já participou de duas Jornadas, uma como peregrina, outra como voluntária, e afirma que participar como voluntária é muito melhor. “Na verdade, o voluntário é um peregrino a serviço. Ele não deixa de ser peregrino, pois também está bebendo da graça de Deus. O voluntário tem a graça de estar em missão. Estar a serviço do outro confirma a Palavra que diz que há mais alegria em dar do que receber. A alegria de dar, de estar a serviço, de evangelizar, de ser o rosto de Jesus, é uma experiência maravilhosa. Então eu encorajo a todos que não se inscreveram ainda a dar esse passo na fé, de se colocar à disposição, de dar o seu pouco e ver realizar um milagre na vida das pessoas que virão à Jornada por meio da sua oferta”.   Os diocesanos da Arquidiocese do Rio de Janeiro com idade de 16 e 17 anos interessados em trabalhar pela Jornada não devem perder as esperanças. O Juizado de Menores poderá liberar a autorização que permite esses jovens serem voluntários. Isso pode acontecer antes das inscrições se encerrarem, porém se a liberação for muito próxima do dia 31, será estudada uma prorrogação das inscrições para esses casos.   Para se inscrever é muito fácil. Basta entrar no portal oficial da JMJ Rio2013, clicar na aba "Participe" e preencher o cadastro. Antonio Mateo, responsável pelos Voluntários Internacionais, está preocupado com os jovens desavisados. “Não gostaria que as pessoas que queiram ser voluntários fiquem de fora por não ter se inscrito dentro do prazo. É importante todos saberem desse prazo. Avisem a todos! Por e-mail, facebook, twiter. Todas as redes sociais. Se você quer ser voluntário, agora ainda é possível”, alertou Antonio.   JMJ Rio2013  
Published in Nacionais
Luís Felipe Bezerra Lopes, de 17 anos, apresentou a melhor média do ENEM para o Sistema de Seleção Unificada na UFRN.   Luís Felipe Bezerra Lopes, de 17 anos, um dos formandos do ano de 2012 do Colégio Salesiano São José, em Natal, RN, obteve o 1º lugar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O Sisu seleciona as melhores médias do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para ingresso em instituições públicas de ensino superior.      O ex-aluno da Rede Salesiana de Escolas (RSE) obteve nota 812.30 e conquistou o ingresso no curso de Psicologia, mas já decidiu abrir mão da vaga. A ideia é usar a nota no segundo semestre para tentar o acesso ao curso de Medicina. Ele conta que optou por Psicologia somente para testar sua nota no ENEM, pois era a primeira vez em que fazia o exame. Agora, com o ótimo resultado em mãos, o ingresso em Medicina ficou muito próximo.      Estudante da RSE durante 10 anos, Luís Felipe não hesita em dizer que um dos segredos do seu sucesso foi o comportamento na escola, onde assistia às aulas com muita concentração.  “Na sala eu presto bastante atenção. Não abro a boca. Acredito que isso tenha me ajudado", afirma.   Em breve conversa com o RSE Informa, o ex-aluno falou um pouco sobre a sua conquista, o sonho de fazer Medicina, o aprendizado no colégio salesiano e ainda deu algumas dicas para os alunos da RSE que se preparam para o ENEM.   Confira a entrevista do aluno no RSE Informa   RSE Informa
Published in Nacionais
Page 5 of 6
Nesta quarta-feira,  20 de março, a abertura do IV Fórum de IES Católicas realizou-se  com a reflexão do grão-chanceler da PUC Minas e arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, ele citou que cada instituição de Ensino Superior católica é um instrumento indispensável para que a Igreja sirva, ensine o Evangelho e encontre caminhos.   O IV Fórum de IES Católicas, acontece até esta sexta-feira, 22 de março, no auditório 3 do prédio 43 do campus Coração Eucarístico da Universidade, com o tema central Fraternidade e Juventude Universitária. A ocasião foi aberta com a apresentação do Coral PUC Minas, sob a regência do maestro Marco Antônio Drumond. O evento é preparatório para o Congresso Mundial de Universidades Católicas, que a PUC Minas sediará de 18 a 21 de julho, com o tema Novos Tempos, Novos Sentidos.   Também participaram da abertura do evento, dirigentes de instituições e de entidades da área, o padre José Marinoni; o presidente da Câmara de Ensino Superior da Anec, o reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães; o diretor da Anec e reitor da Universidade Católica Dom Bosco, irmão Frederico Unterberger; e o presidente Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub), do Conselho Superior da Anec e reitor da PUC Goiás, professor Wolmir Therezio Amado.   Leia a notícia na íntegra no portal da ANEC  
Published in Nacionais
O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Dom Bosco participou, na noite do dia 11 de fevereiro, do carnaval 2013 no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, SP. A agremiação desfilou pelo Grupo I da União das Escolas de Samba Paulistanas (UESP), levando cerca de 750 componentes para a avenida.   O tema do carnaval deste ano foi “Dom Bosco traz os casais para avenida casando o samba com a fascinação...Por onde for quero ser o seu par”  e ilustrou a imagem de importantes casais da história: de Adão e Eva até Lampião e Maria Bonita.   As passistas e os integrantes da bateria representavam os noivos. A ala das crianças, casais de personagens infantis. Um dos casais de mestre sala e porta-bandeira estava fantasiado de ‘A Bela e a Fera’.   A Escola de Samba Dom Bosco faz parte do programa Sociocultural da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, que tem por objetivo promover a integração das pessoas e a ampliação do repertório cultural, especialmente a afro-brasileira e popular.   A escola ficou em 9º lugar e a campeã do Grupo I foi a escola Colorado do Brás.   Obra Social Dom Bosco de Itaquera
Published in Ação Social
Encerrou-se na Casa Geral, em Roma, dia 8 de fevereiro, o terceiro encontro da Consultoria Mundial da Pastoral Juvenil (PJ). O encontro teve como foco a revisão do “Quadro de Referência Fundamental da Pastoral Juvenil Salesiana” e a Nova Evangelização.   Iniciada no dia 5 de fevereiro, a consultoria contou com a participação dos delegados nacionais e regionais, dos conselheiros para as Missões e para a Comunicação Social e teve como animador e anfitrião o padre Fábio Attard, conselheiro para a Pastoral Juvenil, auxiliado pelos membros do Dicastério.   Durante quatro dias, 18 salesianos trataram das duas finalidades da Consultoria da PJ: contribuir para o repensamento da PJ visando a uma dimensão evangelizadora cada vez mais clara; e sugerir algumas linhas guias em meio aos novos cenários em que se realiza a ação evangelizadora.   O ponto de partida  para as discussões foi, além da experiência dos delegados presentes, as contribuições que vieram de 90 inspetorias de todas as regiões salesianas, usadas como objeto de estudo pelos membros do Dicastério para a Pastoral Juvenil.   Entre as varias sessões, foram formulados alguns elementos importantes para a PJ Salesiana que se juntarão na reelaboração do “Quadro de Referência para a PJ Salesiana”, que será proposto aos inspetores e delegados de PJ da Congregação.   Este foi o terceiro encontro da Consultoria Mundial da Pastoral Juvenil  do sexênio 2008-2014. A primeira Consultoria Mundial de Pastoral Juvenil foi realizada em 2010, sobre o tema do acompanhamento espiritual na Pastoral Salesiana; a segunda em 2011 sobre o tema de “Voltar a Dom Bosco”.   O texto da mensagem dos membros da Consultoria, com alguns elementos fundamentais da Pastoral Juvenil Salesiana, está disponível  no site sdb.org nos idiomas italiano, inglês e espanhol.   InfoANS
Published in Internacionais
  “Ninguém nasce odiando alguém por sua cor, raça ou religião. Se nós aprendemos a odiar, podemos também aprender a ensinar a amar” (Nelson Mandela).   O resgate que a Campanha da Fraternidade faz revela a riqueza de diferentes saberes que ajudam na formação da identidade dos indivíduos e das sociedades. A CF, durante os seus 50 anos de existência, abordou temas centrais da sociedade brasileira e de abrangência planetária. Por isso, é de extrema relevância que os espaços educacionais mergulhem nos temas propostos por cada CF e contribuam para que o mundo se torne cada vez melhor e a vida se efetive com qualidade para todos. O tema escolhido para 2013, ”Fraternidade e Juventude”, tem tudo a ver com a razão de ser da escola salesiana, que é prestar um serviço de excelência à juventude, centrado na missão de “evangelizar educando e educar evangelizando”. Tendo em vista a importância da prática da fraternidade nos processos educativos, esse texto analisa os desafios da sociedade na atualidade e a importância dos referenciais para a formação da identidade. Formação que, segundo a CF, se efetiva a partir de relações fraternas e que fortalece a esperança das juventudes.  
Published in Educação
  O Lar Dom Bosco, em Porto Alegre, RS, iniciou as suas atividades em 2013 com um planejamento diferenciado para o período de férias escolares: o Plano Verão.   Trata-se de um conjunto de atividades planejadas para os meses de janeiro e fevereiro, visando atender aos educandos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. As atividades são sempre no turno da tarde e têm por objetivo continuar possibilitando o protagonismo juvenil, a integração e o combate à ociosidade e à exposição aos riscos sociais, que se agravam principalmente na ausência do período escolar. Fazem parte do projeto atividades pedagógicas, de cultura, lazer e esportes, além de passeios e atividades externas.   O Lar Dom Bosco atende diariamente, neste período, cerca de trinta educandos dos seis aos dezessete anos, fornecendo almoço e o lanche da tarde. É um projeto para continuar com a pedagogia de Dom Bosco, vivendo o cotidiano com alegria.
Published in Ação Social
“Não temas! Chamei-te pelo nome. Tu és meu!" Este foi o lema dos 20 noviços das Inspetorias de Porto Alegre (3), São Paulo (10) e Recife (7), que fizeram a primeira Profissão Religiosa nesta quinta-feira, dia 31 de janeiro, na igreja paroquial Menino Jesus de Praga, em Curitiba. A cerimônia foi presidida pelo padre  Natale Vitali, conselheiro regional para o Cone Sul.   “Hoje é um dia de festa para a Igreja e para o mundo. Celebramos o Santo dos jovens, São João Bosco, o Pai e Mestre que entregou a sua vida inteira para que seus jovens pobres tivessem vida em abundância. E nós fazemos festa participando das primeiras profissões destes 20 jovens das Inspetorias de Porto Alegre, Recife e São Paulo, que respondem com alegria a Deus que os chamou à vida desde o seio de suas mães, à vida cristã com a água do batismo e, agora, os consagra para serem totalmente dele”, disse o padre Natale  em sua homilia.   Participaram da celebração os inspetores de Porto Alegre, São Paulo e Recife: padres Orestes Carlinhos Fistarol, Edson Donizetti  Castilho e Diego Vanzeta, respectivamente, além de salesianos e parentes dos neoprofessos.   O final da celebração contou com uma homenagem dos neoprofessos a Nossa Senhora Auxiliadora. O evento foi encerrado com um almoço de confraternização no salão paroquial.   Pe. Tarcizio Paulo Odelli
Published in Nacionais
O professor José Roberto Sanches, capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que ministra aulas de Direito Constitucional, Processo Penal e Interesses Difusos e Coletivos no curso de Direito do UniSALESIANO de Araçatuba, SP, é um dos organizadores do livro “Igualdade Racial – História, Comentários ao Estatuto e Igualdade Material”, da Editora GZ.   Ele e seus colegas Bruno Bianco Leal, procurador federal da Advocacia Geral da União (AGU), e Diego Pereira Machado, especialista em Direito Processual e Civil, além de escreverem seus próprios textos, convidaram renomados advogados, procuradores, defensores públicos e professores de Direito de estados como Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Santa Catarina para também destacarem pontos importantes e específicos alusivos ao Estatuto.   O senador Paulo Paim (PT-RS), autor da lei 12.288, aprovada em de 2010, convidado para fazer o prefácio da obra, disse ter ficado muito feliz com a lembrança ao seu nome e com a oportunidade de escrever um pouco mais sobre o tema. “Valeu a pena inserir a luta por igualdade no ordenamento jurídico. Afinal, o tema foi debatido no Congresso Nacional por cerca de 10 anos até alcançar a aprovação e precisa chegar a todas as áreas e ir além, alcançando as ruas”, afirmou.     José Roberto Sanches explicou que o Estatuto busca a igualdade material e a igualdade real entre brancos e negros. “Porém, é necessário que tenhamos novas leis sobre o tema para que haja a verdadeira equiparação entre as raças”, citou. Segundo ele, quando a lei 12.288 foi promulgada os três organizadores resolveram escrever sobre o assunto para comentar e esmiuçar os detalhes do alcance do Estatuto, de modo a conscientizar a sociedade sobre a existência da nova legislação e de sua importância.  “O Estatuto tem foco nas chamadas Ações Afirmativas, em que há a implementação de políticas públicas que visam à diminuição das diferenças sociais e raciais”, destacou.   Leia a matéria na íntegra em Missão Salesiana de Mato Grosso
Published in Nacionais
Nos dias 17 e 18 de janeiro, em Campos do Jordão, SP, na Vila Dom Bosco, os diretores e as equipes pedagógicas e pastorais dos colégios salesianos SDB (Salesianos de Dom Bosco) do Estado de São Paulo realizaram seu encontro anual. O objetivo foi reunir diretoria e equipes diretivas (SDB) para refletir principalmente sobre o carisma salesiano que conduz a prática educativa no cotidiano das escolas. “Este momento é tão importante quanto a semana pedagógica das nossas escolas, pois além de qualificar nossa salesianidade e convivência, partilhamos muitas alegrias e anseios com outros educadores. A partilha é muito importante, pois ao mesmo tempo que aprendemos, também conseguimos ter mais clareza e tranquilidade sobre o processo pedagógico nas nossas escolas”, afirmou o padre Douglas Verdi, que conduziu o encontro.   A reunião contou com a presença do inspetor salesiano padre Edson Donizetti Castilho, que fez a fala inicial reafirmando sua crença na missão educativa salesiana e no projeto pastoral que concretiza essa missão. O vice-inspetor, padre Roque Luiz Sibione, refletiu sobre o “Ano da Fé”, ocasião, para ele, em que devemos incitar em nossos jovens e em nós mesmos o redescobrimento da fé católica. Tiago Tamborini, psicólogo (formado pela USP) e especialista no atendimento a adolescentes, abriu o fórum sobre “o jovem do século XXI”, no qual os participantes partilharam suas experiências de forma rica e motivadora. Ao final, as escolas apresentaram seus “cases de sucesso”, os projetos pedagógicos que tiveram maior destaque na comunidade escolar em 2012.   A importância e a organização do encontro foram destacadas pelos participantes, como a gestora do Polo São Paulo, Selma Sabino Braga de Melo: “O encontro anual de diretores e equipe diretiva realizado em Campos do Jordão vem ao encontro do projeto educativo que defendemos. Um projeto pedagógico pastoral em perfeita sintonia, partilha de ações e objetivos comuns compartilhados com toda a equipe diretiva das escolas, contribuindo em seus planejamentos anuais".   RSE Informa
Published in Nacionais
Os interessados em ser voluntários na Jornada Mundial da Juventude Rio 2013 têm até o dia 31 de janeiro para realizarem as inscrições. O número de inscritos até o momento é de 68 mil, dos quais serão selecionados cerca de 35 mil. A meta da Jornada é ter 60 mil voluntários.   Então, se você deseja doar seu serviço como médico, jornalista, entre tantas outras funções, a hora de se inscrever é agora. Em 2012 ocorreram dois processos de seleção, um em abril e outro em setembro. Aqueles que se inscreveram depois de setembro, e os que ainda se inscreverão, vão passar pelo terceiro e último processo de seleção.   Giselle Azevedo, secretária executiva do Setor de Voluntário, já participou de duas Jornadas, uma como peregrina, outra como voluntária, e afirma que participar como voluntária é muito melhor. “Na verdade, o voluntário é um peregrino a serviço. Ele não deixa de ser peregrino, pois também está bebendo da graça de Deus. O voluntário tem a graça de estar em missão. Estar a serviço do outro confirma a Palavra que diz que há mais alegria em dar do que receber. A alegria de dar, de estar a serviço, de evangelizar, de ser o rosto de Jesus, é uma experiência maravilhosa. Então eu encorajo a todos que não se inscreveram ainda a dar esse passo na fé, de se colocar à disposição, de dar o seu pouco e ver realizar um milagre na vida das pessoas que virão à Jornada por meio da sua oferta”.   Os diocesanos da Arquidiocese do Rio de Janeiro com idade de 16 e 17 anos interessados em trabalhar pela Jornada não devem perder as esperanças. O Juizado de Menores poderá liberar a autorização que permite esses jovens serem voluntários. Isso pode acontecer antes das inscrições se encerrarem, porém se a liberação for muito próxima do dia 31, será estudada uma prorrogação das inscrições para esses casos.   Para se inscrever é muito fácil. Basta entrar no portal oficial da JMJ Rio2013, clicar na aba "Participe" e preencher o cadastro. Antonio Mateo, responsável pelos Voluntários Internacionais, está preocupado com os jovens desavisados. “Não gostaria que as pessoas que queiram ser voluntários fiquem de fora por não ter se inscrito dentro do prazo. É importante todos saberem desse prazo. Avisem a todos! Por e-mail, facebook, twiter. Todas as redes sociais. Se você quer ser voluntário, agora ainda é possível”, alertou Antonio.   JMJ Rio2013  
Published in Nacionais
Luís Felipe Bezerra Lopes, de 17 anos, apresentou a melhor média do ENEM para o Sistema de Seleção Unificada na UFRN.   Luís Felipe Bezerra Lopes, de 17 anos, um dos formandos do ano de 2012 do Colégio Salesiano São José, em Natal, RN, obteve o 1º lugar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O Sisu seleciona as melhores médias do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para ingresso em instituições públicas de ensino superior.      O ex-aluno da Rede Salesiana de Escolas (RSE) obteve nota 812.30 e conquistou o ingresso no curso de Psicologia, mas já decidiu abrir mão da vaga. A ideia é usar a nota no segundo semestre para tentar o acesso ao curso de Medicina. Ele conta que optou por Psicologia somente para testar sua nota no ENEM, pois era a primeira vez em que fazia o exame. Agora, com o ótimo resultado em mãos, o ingresso em Medicina ficou muito próximo.      Estudante da RSE durante 10 anos, Luís Felipe não hesita em dizer que um dos segredos do seu sucesso foi o comportamento na escola, onde assistia às aulas com muita concentração.  “Na sala eu presto bastante atenção. Não abro a boca. Acredito que isso tenha me ajudado", afirma.   Em breve conversa com o RSE Informa, o ex-aluno falou um pouco sobre a sua conquista, o sonho de fazer Medicina, o aprendizado no colégio salesiano e ainda deu algumas dicas para os alunos da RSE que se preparam para o ENEM.   Confira a entrevista do aluno no RSE Informa   RSE Informa
Published in Nacionais
Page 5 of 6