Para fazer bem a todos, Dom Bosco não perdia nenhuma oportunidade, inclusive de dizer uma boa palavra, como demonstram as Memórias Biográficas de São João Bosco, vol 10 (em italiano), p. 7-9.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Pela intercessão de Maria Auxiliadora, as curas realizadas por Dom Bosco, segundo as Memórias Biográficas de São João Bosco, vol 9, cap. XXXIX.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Reflexões sobre o quadro do altar-mor na Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, em Turim, na Itália.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
“Em muitos casos, Dom Bosco favoreceu a jovens bons de verdade, mantendo-os no Oratório gratuitamente, vendo suas qualidades e a impossibilidade da família. Era o triunfo da caridade”.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
“(...) encontravam-no por dentro de tudo; música, matemática, gramática, poesia italiana e latina, história eclesiástica e civil, teologia (dogmática e moral). Para nós, como era o mestre do bom viver cristão, assim era o mestre, o juiz das nossas discussões juvenis científicas e literárias”.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
Cf. Memórias Biográficas, vol. VII, pg. 30-31, em italiano. Este original já foi traduzido para o português e está em vias de publicação.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Em continuação ao artigo do BS de julho, seguem mais seis “lembranças aos jovens” publicadas por Dom Bosco em novembro de 1862 (Cf. Memórias Biográficas de Dom Bosco, volume 7, pg. 292-293 do texto italiano), seguidas de comentários.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
“Nosso Senhor mandou-me para os jovens. Então, é preciso que eu me poupe nas outras coisas e conserve minha saúde para eles” (Dom Bosco).  
Publicado em Dom Bosco Hoje
No mês de maio de 1861, Dom Bosco foi convidado a pregar um retiro no Seminário Episcopal de Bérgamo (Itália). Cativou a todos os clérigos não só pelo vigor da pregação, mas também pela familiaridade com que tratava os seminaristas… se o reitor tivesse permitido, todos aqueles jovens teriam partido com Dom Bosco para o Oratório de Turim. Foi indescritível o fruto que operou.  
Publicado em Salesianidade
Dom Bosco, fortalecido pelo conselho de padre Cafasso, dedicou-se aos meninos e jovens pobres de Turim, Itália. Estamos em 1847/48. Sabemos que, no começo, ele os procurava em praças, ruas, oficinas, prados, tabernas, hospedarias, bares, barbearias.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
Página 1 de 2
Para fazer bem a todos, Dom Bosco não perdia nenhuma oportunidade, inclusive de dizer uma boa palavra, como demonstram as Memórias Biográficas de São João Bosco, vol 10 (em italiano), p. 7-9.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Pela intercessão de Maria Auxiliadora, as curas realizadas por Dom Bosco, segundo as Memórias Biográficas de São João Bosco, vol 9, cap. XXXIX.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Reflexões sobre o quadro do altar-mor na Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, em Turim, na Itália.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
“Em muitos casos, Dom Bosco favoreceu a jovens bons de verdade, mantendo-os no Oratório gratuitamente, vendo suas qualidades e a impossibilidade da família. Era o triunfo da caridade”.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
“(...) encontravam-no por dentro de tudo; música, matemática, gramática, poesia italiana e latina, história eclesiástica e civil, teologia (dogmática e moral). Para nós, como era o mestre do bom viver cristão, assim era o mestre, o juiz das nossas discussões juvenis científicas e literárias”.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
Cf. Memórias Biográficas, vol. VII, pg. 30-31, em italiano. Este original já foi traduzido para o português e está em vias de publicação.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Em continuação ao artigo do BS de julho, seguem mais seis “lembranças aos jovens” publicadas por Dom Bosco em novembro de 1862 (Cf. Memórias Biográficas de Dom Bosco, volume 7, pg. 292-293 do texto italiano), seguidas de comentários.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
“Nosso Senhor mandou-me para os jovens. Então, é preciso que eu me poupe nas outras coisas e conserve minha saúde para eles” (Dom Bosco).  
Publicado em Dom Bosco Hoje
No mês de maio de 1861, Dom Bosco foi convidado a pregar um retiro no Seminário Episcopal de Bérgamo (Itália). Cativou a todos os clérigos não só pelo vigor da pregação, mas também pela familiaridade com que tratava os seminaristas… se o reitor tivesse permitido, todos aqueles jovens teriam partido com Dom Bosco para o Oratório de Turim. Foi indescritível o fruto que operou.  
Publicado em Salesianidade
Dom Bosco, fortalecido pelo conselho de padre Cafasso, dedicou-se aos meninos e jovens pobres de Turim, Itália. Estamos em 1847/48. Sabemos que, no começo, ele os procurava em praças, ruas, oficinas, prados, tabernas, hospedarias, bares, barbearias.  
Publicado em Dom Bosco Hoje
Página 1 de 2