O evento será realizado no dia 19 de outubro, no salão de eventos do colégio, e reforçará práticas sustentáveis.
Publicado em Nacionais
Entidade afirma o compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente.
Publicado em Ação Social
A repercussão, em nível internacional, fez chefes de Estado e bispos brasileiros a se posicionarem. Veja no Boletim Salesiano!
Publicado em Nacionais
Tem início no próximo domingo, 11,  e prossegue até o dia 17 de agosto, a Semana Nacional da Família 2013, com o tema “Transmissão e Educação da Fé Cristã na Família”. O evento é realizado nas comunidades eclesiais do Brasil. A Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) convida as lideranças paroquiais para promoverem com intensidade e criatividade a família cristã nas comunidades e, principalmente, nas cidades. A Semana Família é para “todos aqueles que acreditam e amam a família”, conforme o convite da Comissão.
Publicado em Nacionais
  As obras para a montagem das estruturas dos Atos Centrais já começaram. Os palcos do Campus Fidei, em Guaratiba, e de Copacabana estão em fase inicial com a construção da base e foram planejados de forma que o Papa Francisco esteja sempre no ponto mais alto, garantindo a boa visibilidade para os participantes.   No palco central de Copacabana serão celebradas a Missa de Abertura, as Boas Vindas ao Papa e a Via-Sacra. Além deste, a orla da praia terá mais 13 palcos, cada um com 100 m², onde serão encenadas as estações dos mistérios da Paixão de Cristo na sexta-feira, 26 de julho. Estes palcos-estações começam a ser montados na próxima semana.   O projeto dos palcos dos Atos de Copacabana é do diretor artístico da JMJ, Abel Gomes. Ele conta que a inspiração foi o contorno irregular das montanhas do Rio de Janeiro.  “Eu diria que este altar (central) é uma grande escultura de 4mil m²”, disse.   São quatro plataformas circulares de alturas diversas unidas por uma bela escadaria. No meio, uma rampa de acesso que permite a entrada de papamóvel do Sumo Pontífice. E atrás um grande telão de 15m de altura e 61m de largura. O palco, de 70m de largura, 60m de profundidade e 30m de altura, tem capacidade para até 1.000 pessoas.   Já o palco central do Campus Fidei, onde serão presididas pelo Papa a Vigília de Oração e a Missa de Envio, tem 3.000 m². O arquiteto João Uchôa explica que o projeto foi inspirado nas catedrais góticas. De acordo com ele, as catedrais foram construídas no final da Idade Média e marcaram um novo tempo na Igreja.   “As catedrais têm peças lindas. Como a JMJ é um movimento jovem, a gente achou que seria uma boa imagem para expressá-la. É um elemento plástico e simbólico”, explicou.   A estrutura conta com uma grande cruz de ferro revestida de dourado de 33 m de altura, que faz referência à idade de Cristo.  Duas torres frontais de 14 m formam a imagem de duas mãos postas em oração. Atrás da estrutura foram dispostas 360 torres brancas em forma de ciclorama que remete à imagem de um grande órgão, semelhante aos que eram tocados nas antigas igrejas.   Abaixo do palco, que tem capacidade para 750 pessoas, fica as sacristias do Papa e do arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, e os camarins dos artistas e autoridades convidadas.   As estruturas serão finalizadas na primeira quinzena de julho.   JMJ Rio2013   Outras notícias RCR e Rádio Catedral transmitirão a JMJ Rio2013
Publicado em Nacionais
  Nesta terça-feira, 28 de maio, foi oficialmente apresentado um dos grandes encontros programados para o Ano da Fé, o evento da Solene Adoração Eucarística em contemporânea mundial, que será realizada no domingo, 2 de junho, em todas as dioceses do mundo. A primeira dessa modalidade na história da Igreja.   O evento terá como centro espiritual a Basílica de São Pedro, em Roma, e se abrirá quando o Papa Francisco, às 17h, horário de Roma, der início à hora de Adoração Eucarística. Roma será assim o apoio de uma rede mundial interligada por milhares de nós: das Ilhas Cook à Islândia, da Floresta Amazônica à ilha de Taiwan - Essas são algumas das localidades reportadas na coletiva de imprensa na última terça-feira.   Para testemunhar o sentido de profunda unidade que caracteriza este evento – que será realizado pela primeira vez na história da Igreja – foi escolhido como lema a expressão “Um só Senhor, uma só Fé”.   “Obtivemos uma adesão maciça a esta iniciativa, que se estenderá para além das catedrais e envolverá  inteiras conferências episcopais, paróquias, congregações religiosas, especialmente mosteiros de clausura, e associações. Difícil dizer o número exato, mas são certamente milhares e milhares as adesões. Este momento atesta a profunda piedade que há na Igreja pela Eucaristia, cujo mistério representa a Fonte e o Ápice de toda a sua Vida” – explicou dom Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização.   O Papa Francisco fez chegar as intenções que ele deseja que estejam presentes nessa hora de oração:   "Pela Igreja em todo o mundo e hoje como sinal de unidade, recolhida na adoração da SS. Eucaristia. O Senhor a torne cada vez mais obediente à escuta da sua Palavra para que se 'apresente ao mundo cada vez mais bela, sem mancha nem ruga; mas santa e imaculada' (Ef 5,28). Por meio de seu fiel anúncio, possa a Palavra salvadora ressoar ainda como portadora de misericórdia e provocar um renovado empenho no amor, oferecendo um sentido pleno à dor e ao sofrimento, e restituindo alegria e serenidade.   Para quantos nas diferentes partes do mundo vivem o sofrimento de novas escravidões e são vítimas das guerras, do tráfico de pessoas, do narcotráfico e do trabalho escravo; para as crianças e para as mulheres que sofrem todo tipo de violência. Possa o seu silencioso grito de ajuda achar vigilante a Igreja, para que mantendo o olhar fixo em Cristo Crucificado não se esqueça de tantos irmãos e irmãs esquecidos à mercê da violência. Para todos aqueles, além disso, que se encontram na precariedade econômica, sobretudo os desempregados, os idosos, os imigrados, os desabrigados, os detentos, e quantos experimentam a marginalização. A oração da Igreja e a sua ativa obra de vizinhança lhes seja de conforto e apoio na esperança, de fortaleza e audácia na defesa da dignidade da pessoa humana".   InfoANS
Publicado em Internacionais
Os fãs da música católica já podem escolher os melhores artistas do ano em oito categorias abertas ao público do Maior Prêmio Nacional da Música Católica, o Troféu Louvemos o Senhor. Nesta 5ª edição do Prêmio, o “Voto Popular” poderá ser realizado até o próximo dia 08 de maio, pelo site www.trofeulouvemos.com.br.   O internauta que acessar o site do Troféu Louvemos o Senhor tem a opção de votar em categorias como: “Melhor Música do Ano”; “DVD do Ano”; “Cantor do Ano”; “Cantora do Ano”; “Guitarrista do Ano”; “Baixista do Ano”; “Baterista do Ano”; “Tecladista do Ano”. Para votar, basta acessar o site e, de acordo com a categoria, selecionar o artista de sua   preferência e emitir o voto. Será permitido apenas um voto por IP (protocolo de internet) em cada categoria  diariamente.   No próximo dia 09 de abril, será divulgada a lista com os nomes dos indicados nas demais categorias, de exclusividade dos jurados do Troféu Louvemos o Senhor.   Neste ano, oprêmio realiza uma Homenagem Póstuma ao grande compositor Waldeci Farias, na categoria de “Mérito Especial – Prêmio Por uma Vida Inteira de Realizações”. Esta categoria valoriza o artista que, durante sua vida, contribuiu de forma criativa artística excepcional no campo da música católica.   Leia mais no portal Jovens Conectados   Relacionada Prêmio da música católica no Brasil abre inscrições
Publicado em Nacionais
Recife, PE, foi sede do 4º Encontro Nacional que reúne representantes de diversos movimentos leigos. Entre eles, estão as novas comunidades e as associações de leigos nascidas dos carismas das congregações e ordens religiosas. O evento foi realizado entre os dias 2 e 4 de novembro,   A Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, em parceria com as comissões de Juventude, Ministérios Ordenados e Vida Consagrada, e o Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) são os responsáveis pela ação. O Conselho Nacional do Laicato do Brasil também apoia a iniciativa.   Para o presidente do Conselho, Laudelino dos Santos, trata-se de uma oportunidade importante de troca de experiências e valorização da ação missionária dos leigos na Igreja. “A cada ano, temos percebido como este evento está crescendo, acolhendo novas formas de organização do laicato”.   Laudelino também revelou a expectativa dos organizadores do Encontro. “Criar uma maior unidade no trabalho, afinal, somos todos Igreja, como cristãos leigos, cristãos bispos, cristãos padres, cristãos consagrados”.   Este encontro está inserido nas atividades promovidas pela CNBB em torno da reflexão do cinquentenário da abertura do Concílio Vaticano II. Estão presentes mais de 100 expressões laicais, refletindo sobre temas como a atuação do laicato na sociedade e na política; a missão no contexto urbano; o Ano da fé e as novas comunidades; e a ação da juventude.   CNBB
Publicado em Nacionais
Nesta quinta-feira, dia 11 de outubro, o Santo Padre, o papa Bento XVI, presidirá uma celebração eucarística que marcará o início do Ano da Fé e o 50° da abertura do Concílio Vaticano II. Foram convidados para concelebrar a missa os líderes das Igrejas Orientais Católicas e os Presidentes das Conferências Episcopais de todo o mundo, assim como os 69 bispos que participaram do Concílio Vaticano II. Doze deles já confirmaram presença.   Da América Latina, três padres conciliares do Vaticano II concelebrarão com Bento XVI. Dois são brasileiros: o cardeal arcebispo emérito de Belo Horizonte (MG), dom Serafim Fernandes de Araújo; e o bispo emérito de Iguatu (CE), dom José Mauro Ramalho de Alarcón Santiago. Dom José de Jesús Sahagún, bispo emérito de Ciudad Lázaro Cárdenas, em Michoacán, no México, é o terceiro latino-americano.   Também concelebrando com o Papa estará Dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo de Aparecida, e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).  No dia seguinte, dia 12 de outubro, Bento XVI celebrará novamente com os padres conciliares no túmulo de São Pedro.   Clique aqui e veja algumas perguntas e respostas sobre o Ano da Fé   Missão Salesiana de Mato Grosso
Publicado em Internacionais
O evento será realizado no dia 19 de outubro, no salão de eventos do colégio, e reforçará práticas sustentáveis.
Publicado em Nacionais
Entidade afirma o compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente.
Publicado em Ação Social
A repercussão, em nível internacional, fez chefes de Estado e bispos brasileiros a se posicionarem. Veja no Boletim Salesiano!
Publicado em Nacionais
Tem início no próximo domingo, 11,  e prossegue até o dia 17 de agosto, a Semana Nacional da Família 2013, com o tema “Transmissão e Educação da Fé Cristã na Família”. O evento é realizado nas comunidades eclesiais do Brasil. A Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) convida as lideranças paroquiais para promoverem com intensidade e criatividade a família cristã nas comunidades e, principalmente, nas cidades. A Semana Família é para “todos aqueles que acreditam e amam a família”, conforme o convite da Comissão.
Publicado em Nacionais
  As obras para a montagem das estruturas dos Atos Centrais já começaram. Os palcos do Campus Fidei, em Guaratiba, e de Copacabana estão em fase inicial com a construção da base e foram planejados de forma que o Papa Francisco esteja sempre no ponto mais alto, garantindo a boa visibilidade para os participantes.   No palco central de Copacabana serão celebradas a Missa de Abertura, as Boas Vindas ao Papa e a Via-Sacra. Além deste, a orla da praia terá mais 13 palcos, cada um com 100 m², onde serão encenadas as estações dos mistérios da Paixão de Cristo na sexta-feira, 26 de julho. Estes palcos-estações começam a ser montados na próxima semana.   O projeto dos palcos dos Atos de Copacabana é do diretor artístico da JMJ, Abel Gomes. Ele conta que a inspiração foi o contorno irregular das montanhas do Rio de Janeiro.  “Eu diria que este altar (central) é uma grande escultura de 4mil m²”, disse.   São quatro plataformas circulares de alturas diversas unidas por uma bela escadaria. No meio, uma rampa de acesso que permite a entrada de papamóvel do Sumo Pontífice. E atrás um grande telão de 15m de altura e 61m de largura. O palco, de 70m de largura, 60m de profundidade e 30m de altura, tem capacidade para até 1.000 pessoas.   Já o palco central do Campus Fidei, onde serão presididas pelo Papa a Vigília de Oração e a Missa de Envio, tem 3.000 m². O arquiteto João Uchôa explica que o projeto foi inspirado nas catedrais góticas. De acordo com ele, as catedrais foram construídas no final da Idade Média e marcaram um novo tempo na Igreja.   “As catedrais têm peças lindas. Como a JMJ é um movimento jovem, a gente achou que seria uma boa imagem para expressá-la. É um elemento plástico e simbólico”, explicou.   A estrutura conta com uma grande cruz de ferro revestida de dourado de 33 m de altura, que faz referência à idade de Cristo.  Duas torres frontais de 14 m formam a imagem de duas mãos postas em oração. Atrás da estrutura foram dispostas 360 torres brancas em forma de ciclorama que remete à imagem de um grande órgão, semelhante aos que eram tocados nas antigas igrejas.   Abaixo do palco, que tem capacidade para 750 pessoas, fica as sacristias do Papa e do arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, e os camarins dos artistas e autoridades convidadas.   As estruturas serão finalizadas na primeira quinzena de julho.   JMJ Rio2013   Outras notícias RCR e Rádio Catedral transmitirão a JMJ Rio2013
Publicado em Nacionais
  Nesta terça-feira, 28 de maio, foi oficialmente apresentado um dos grandes encontros programados para o Ano da Fé, o evento da Solene Adoração Eucarística em contemporânea mundial, que será realizada no domingo, 2 de junho, em todas as dioceses do mundo. A primeira dessa modalidade na história da Igreja.   O evento terá como centro espiritual a Basílica de São Pedro, em Roma, e se abrirá quando o Papa Francisco, às 17h, horário de Roma, der início à hora de Adoração Eucarística. Roma será assim o apoio de uma rede mundial interligada por milhares de nós: das Ilhas Cook à Islândia, da Floresta Amazônica à ilha de Taiwan - Essas são algumas das localidades reportadas na coletiva de imprensa na última terça-feira.   Para testemunhar o sentido de profunda unidade que caracteriza este evento – que será realizado pela primeira vez na história da Igreja – foi escolhido como lema a expressão “Um só Senhor, uma só Fé”.   “Obtivemos uma adesão maciça a esta iniciativa, que se estenderá para além das catedrais e envolverá  inteiras conferências episcopais, paróquias, congregações religiosas, especialmente mosteiros de clausura, e associações. Difícil dizer o número exato, mas são certamente milhares e milhares as adesões. Este momento atesta a profunda piedade que há na Igreja pela Eucaristia, cujo mistério representa a Fonte e o Ápice de toda a sua Vida” – explicou dom Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização.   O Papa Francisco fez chegar as intenções que ele deseja que estejam presentes nessa hora de oração:   "Pela Igreja em todo o mundo e hoje como sinal de unidade, recolhida na adoração da SS. Eucaristia. O Senhor a torne cada vez mais obediente à escuta da sua Palavra para que se 'apresente ao mundo cada vez mais bela, sem mancha nem ruga; mas santa e imaculada' (Ef 5,28). Por meio de seu fiel anúncio, possa a Palavra salvadora ressoar ainda como portadora de misericórdia e provocar um renovado empenho no amor, oferecendo um sentido pleno à dor e ao sofrimento, e restituindo alegria e serenidade.   Para quantos nas diferentes partes do mundo vivem o sofrimento de novas escravidões e são vítimas das guerras, do tráfico de pessoas, do narcotráfico e do trabalho escravo; para as crianças e para as mulheres que sofrem todo tipo de violência. Possa o seu silencioso grito de ajuda achar vigilante a Igreja, para que mantendo o olhar fixo em Cristo Crucificado não se esqueça de tantos irmãos e irmãs esquecidos à mercê da violência. Para todos aqueles, além disso, que se encontram na precariedade econômica, sobretudo os desempregados, os idosos, os imigrados, os desabrigados, os detentos, e quantos experimentam a marginalização. A oração da Igreja e a sua ativa obra de vizinhança lhes seja de conforto e apoio na esperança, de fortaleza e audácia na defesa da dignidade da pessoa humana".   InfoANS
Publicado em Internacionais
Os fãs da música católica já podem escolher os melhores artistas do ano em oito categorias abertas ao público do Maior Prêmio Nacional da Música Católica, o Troféu Louvemos o Senhor. Nesta 5ª edição do Prêmio, o “Voto Popular” poderá ser realizado até o próximo dia 08 de maio, pelo site www.trofeulouvemos.com.br.   O internauta que acessar o site do Troféu Louvemos o Senhor tem a opção de votar em categorias como: “Melhor Música do Ano”; “DVD do Ano”; “Cantor do Ano”; “Cantora do Ano”; “Guitarrista do Ano”; “Baixista do Ano”; “Baterista do Ano”; “Tecladista do Ano”. Para votar, basta acessar o site e, de acordo com a categoria, selecionar o artista de sua   preferência e emitir o voto. Será permitido apenas um voto por IP (protocolo de internet) em cada categoria  diariamente.   No próximo dia 09 de abril, será divulgada a lista com os nomes dos indicados nas demais categorias, de exclusividade dos jurados do Troféu Louvemos o Senhor.   Neste ano, oprêmio realiza uma Homenagem Póstuma ao grande compositor Waldeci Farias, na categoria de “Mérito Especial – Prêmio Por uma Vida Inteira de Realizações”. Esta categoria valoriza o artista que, durante sua vida, contribuiu de forma criativa artística excepcional no campo da música católica.   Leia mais no portal Jovens Conectados   Relacionada Prêmio da música católica no Brasil abre inscrições
Publicado em Nacionais
Recife, PE, foi sede do 4º Encontro Nacional que reúne representantes de diversos movimentos leigos. Entre eles, estão as novas comunidades e as associações de leigos nascidas dos carismas das congregações e ordens religiosas. O evento foi realizado entre os dias 2 e 4 de novembro,   A Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, em parceria com as comissões de Juventude, Ministérios Ordenados e Vida Consagrada, e o Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) são os responsáveis pela ação. O Conselho Nacional do Laicato do Brasil também apoia a iniciativa.   Para o presidente do Conselho, Laudelino dos Santos, trata-se de uma oportunidade importante de troca de experiências e valorização da ação missionária dos leigos na Igreja. “A cada ano, temos percebido como este evento está crescendo, acolhendo novas formas de organização do laicato”.   Laudelino também revelou a expectativa dos organizadores do Encontro. “Criar uma maior unidade no trabalho, afinal, somos todos Igreja, como cristãos leigos, cristãos bispos, cristãos padres, cristãos consagrados”.   Este encontro está inserido nas atividades promovidas pela CNBB em torno da reflexão do cinquentenário da abertura do Concílio Vaticano II. Estão presentes mais de 100 expressões laicais, refletindo sobre temas como a atuação do laicato na sociedade e na política; a missão no contexto urbano; o Ano da fé e as novas comunidades; e a ação da juventude.   CNBB
Publicado em Nacionais
Nesta quinta-feira, dia 11 de outubro, o Santo Padre, o papa Bento XVI, presidirá uma celebração eucarística que marcará o início do Ano da Fé e o 50° da abertura do Concílio Vaticano II. Foram convidados para concelebrar a missa os líderes das Igrejas Orientais Católicas e os Presidentes das Conferências Episcopais de todo o mundo, assim como os 69 bispos que participaram do Concílio Vaticano II. Doze deles já confirmaram presença.   Da América Latina, três padres conciliares do Vaticano II concelebrarão com Bento XVI. Dois são brasileiros: o cardeal arcebispo emérito de Belo Horizonte (MG), dom Serafim Fernandes de Araújo; e o bispo emérito de Iguatu (CE), dom José Mauro Ramalho de Alarcón Santiago. Dom José de Jesús Sahagún, bispo emérito de Ciudad Lázaro Cárdenas, em Michoacán, no México, é o terceiro latino-americano.   Também concelebrando com o Papa estará Dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo de Aparecida, e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).  No dia seguinte, dia 12 de outubro, Bento XVI celebrará novamente com os padres conciliares no túmulo de São Pedro.   Clique aqui e veja algumas perguntas e respostas sobre o Ano da Fé   Missão Salesiana de Mato Grosso
Publicado em Internacionais