Junto com os muitos refugiados que fogem da violência na Síria, chegou nestes dias ao Líbano um peregrino de paz e esperança: Dom Bosco. A urna com a relíquia do Santo entrou no País dos Cedros, no último dia 31 de agosto, depois de visitar dezenas de nações por todos os cinco continentes. A presença da urna será celebrada pela Família Salesiana, que está presente no país com os Salesianos de Dom Bosco (SDB), Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e Salesianos Cooperadores. “Será um momento importante, não só para nós, salesianos, mas para todos os cristãos” – disse o diretor da comunidade salesiana do Líbano, padre Karmi Samaan. No momento a urna está de passagem pela Casa de El Houssoun e depois irá também às cidades de Ehden e Kahalé. No dia 7 de setembro, a urna será encaminhada para o Santuário Mariano Nacional de Harissa, onde o patriarca maronita, cardeal Bechara Rai, presidirá a celebração eucarística solene. No dia 8 de setembro, a urna chegará a Fidar e no dia seguinte será venerada no Santuário de São Charbel, um dos santos mais amados no país. InfoANS
Publicado em Internacionais
Todos os meses, o reitor-mor escreve aos leitores do Boletim Salesiano um artigo para leitura e reflexão. Na preparação para o bicentenário de Dom Bosco, a proposta é debruçar-se sobre a pedagogia do Santo dos Jovens, a partir de reflexões escritas em primeira pessoa. Veja o artigo de agosto.   Eu chegara a Grenoble, França, na noite de 12 de maio de 1886, cansado, depois de uma longa viagem que, em três meses me levara de Turim à França e Espanha. Submetera-me a um autêntico tour de force porque, em Roma, paralisava a construção do templo em honra do Sagrado Coração pela falta crônica de dinheiro. Fora amavelmente recebido pelo reitor do seminário que, preocupado com o estado de exaustão em que me encontrava, disse: “Reverendo padre, ninguém melhor do que o senhor sabe o quanto o sofrimento santifica”. Contudo, permiti-me corrigi-lo afirmando que “o que santifica não é o sofrimento, mas a paciência”. Não era apenas uma frase de efeito; era a síntese da minha existência, aos 71 anos que já pesavam às minhas costas e me tinham reduzido a “um homem morto pelo cansaço”, como, poucos dias antes, tinha-me definido o Dr. Combal.  
Publicado em Reitor-mor
  O último dia 10 de julho, aniversário de 23 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), foi marcado por uma celebração Ecumênica na Catedral de São Pedro em Cachoeiro de Itapemirim, ES. A celebração contou com a presença das instituições  da cidade que trabalham com crianças e adolescentes, dentre elas: o Cesam-ES; Grupo União, Casa de Passagem – IASEI; Caritas; Pastoral da Infância e da Adolescência; Projeto Molecada; Aprisco Rei Davi; APAAE, Villagindo e Recanto da Criança.
Publicado em Ação Social
  Com a aproximação da Jornada Mundial da Juventude todos os fiéis do Brasil e do mundo são convidados a entrar em comunhão com a preparação da JMJ Rio2013. Como gesto concreto, o dia 11 de julho será o Dia de Oração pela Jornada Mundial da Juventude.   A proposta é de união pela oração por todos os organizadores e participantes da JMJ, com a participação de todos aqueles que apoiam e desejam o bom êxito deste, que será um dos maiores eventos católicos do mundo. A JMJ espera reunir jovens de várias partes do mundo no Rio de Janeiro entre os dias 23 a 28 de julho, com a presença do Papa Francisco.   Essa união pode ocorrer na forma de missas, rosários, adorações, devoções e muitas outras práticas de piedade oferecidas em comunhão com a Igreja pela realização do evento. As comunidades podem se reunir para realizar estes momentos de oração, ou cada um em sua casa, trabalho, estudo, pode oferecer seu “sacrifício de louvor” para que a JMJ seja um momento fecundo para a vida da Igreja no Brasil e no mundo.   As mais variadas expressões juvenis, pastorais, movimentos, novas comunidades e congregações são convidadas a manifestarem, na diversidades de seus carismas e espiritualidades, sua oração pela JMJ.   Os jovens em sua criatividade, são convidados a compartilharem nas redes sociais suas manifestações de comunhão ao Dia de Oração pela JMJ, compartilhando no dia 11, a partir das 15h no Twitter, Facebook, Instagram e demais redes a hashtag “#RezepelaJMJ”. Fora do Brasil já está sendo usada a hashtag #Pray4WYD. Uma das formas de participar é por meio do site May Feelings.   Também os jovens de outros países que estão conectados à JMJ são convidados a se unirem à Igreja do Brasil para este momento de comunhão espiritual.   O objetivo desde Dia de Oração pela JMJ é promover a unidade das pessoas envolvidas no evento e manifestar a solidariedade e comunhão para as milhares de pessoas que estão ardorosamente trabalhando para que o evento aconteça da melhor maneira possível, bem como rezar por todos os peregrinos que estarão em viagem no Brasil e no mundo inteiro, rumo ao Rio de Janeiro para participar do evento, e por todos os cariocas que acolherão de coração aberto o povo de Deus  em sua cidade.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
A Inspetoria São João Bosco (ISJB) inaugurou, neste dia 20, em seu Centro Inspetorial, em Belo Horizonte (MG), um espaço destinado à Jornada Mundial da Juventude (JMJ). No “Cantinho da JMJ” estão expostos os subsídios de preparação para Jornada, elaborados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), além de um banner alusivo ao evento. Durante o Bom Dia, realizado diariamente com os colaboradores da unidade, o delegado Pastoral da Juventude Salesiana (PJS), Padre Márcio Teodoro, fez uma explanação sobre a JMJ e a participação da ISJB no evento. O delegado falou também sobre a Festa Mundial da Articulação da Juventude Salesiana/Movimento Juvenil Salesiano (AJS/MJS) e o Encontro Continental da AJS/MJS América 2013. Todos os colaboradores receberam um marcador de livros alusivo à Jornada e rezaram a oração oficial impressa em seu verso. O “Cantinho JMJ” permanecerá exposto no Centro Inspetorial até o fim da JMJ. O objetivo é permitir que, mesmo quem não participar presencialmente dos eventos, esteja integrado e informado sobre eles. Todas as unidades e obras da ISJB também foram convidadas a construir um espaço semelhante.  
Publicado em Nacionais
  O Conselho Inspetorial Salesiano de São Paulo avaliou os pedidos ao presbiterado de 11 diáconos das diversas inspetorias salesianas do Brasil. Entre esses estão os diáconos Wilson Barros Ribeiro, natural do estado do Pará; Ronyvon Batista Mendonça e Gaudêncio Campos, ambos naturais do estado do Amazonas. Os três, que pertencem à inspetoria São Domingos Sávio de Manaus, tiveram seus pedidos aprovados. Eles estão na fase final dos estudos teológicos com previsão de conclusão para dezembro deste ano e se dedicam à síntese teológica a partir dos seguintes temas:   Diácono Wilson Ribeiro - “Modelos eclesiais: uma reflexão sobre as contribuições da Teologia da Libertação e Renovação Carismática Católica”, com o objetivo de refletir sobre a caminhada da Igreja no Brasil, focalizando modelos eclesiais a partir do Concílio vaticano II até nossos dias; Diácono Ronyvon Batista está trabalhando o tema: “Maria: da reflexão teológica à devoção”, que tem como objetivo abordar a figura de Maria a partir dos pressupostos de reflexão bíblico-teológica acerca da mãe de Jesus no Evangelho de Lucas, e a figura de Maria no mistério de Cristo, verbo encarnado. Já o diácono Gaudêncio Campos sintetiza seu curso desenvolvendo o tema “A salvação: aspectos antropológicos, cristológicos e pastorais”, seu objetivo é compreender a contribuição do homem por meio da Igreja no plano de Deus.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
  Cerca de 40 mil fiéis participaram da procissão de Corpus Christi na cidade de Ponta Grossa, Paraná, no dia 30 de maio. Inspirados pelo tema “Eucaristia: Renovação da Fé para Uma Igreja Jovem”, os fiéis lotaram as ruas da cidade e superaram a expectativa da comissão organizadora, coordenada pelo padre Clayton Adriano Ferreira, que era de 30 mil fiéis.   Na ornamentação dos tradicionais tapetes que guiaram a procissão foram usados símbolos eucarísticos e imagens dos santos que são testemunhas da fé. A paróquia Nossa Senhora Auxiliadora deu sua contribuição montando um tapete na quadra em frente ao asilo São Vicente de Paulo, local de inicio da procissão. Mantendo sua tradição, a paróquia Nossa Senhora Auxiliadora levou muitos adolescentes e jovens para esta missão. Seguindo a orientação diocesana, serragem colorida e mais alguns outros materiais foram usados, além das imagens dos santos salesianos.   “Devemos agradecer a Deus por fazermos parte de uma paróquia Salesiana, em que os jovens e crianças deixaram sua cama quentinha para estar na avenida confeccionando um tapete de "primeira" para Jesus passar”, disse a secretaria paroquial, Marisa Mello, sobre os jovens e crianças que ajudaram na confecção dos tapetes.   Em entrevista, padre Clayton Adriano Ferreira, coordenador do evento, relatou a expectativa para  “um dia de muita graça a todos que estiverem aqui, este sol é uma prova da vontade de Deus em nos encher de suas graças.”   O tema sugerido às paróquias na celebração de Corpus Christi abrange a atual prioridade da ação evangelizadora da Diocese de Ponta Grossa, o Ano da Fé e a Jornada Mundial da Juventude e Campanha da Fraternidade 2013.   Assessoria de Comunicação Social Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora
Publicado em Nacionais
  Reconhecida pelo trabalho que realiza junto aos jovens, a Congregação Salesiana está quase pronta para a Jornada Mundial da Juventude-JMJ, que será realizada entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro.   Jovens e adultos vêm sendo preparados nas dioceses de todo o Brasil, por meio dos subsídios adquiridos junto à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A partir desses subsídios, cada inspetoria salesiana tem desenvolvido seus eventos preparatórios.   Entre os jovens que participarão do Encontro, é grande a expectativa para as atividades dos sete dias da JMJ, entre elas o encontro com o Papa Francisco.   “Encontrar com o Sumo Pontífice já era para a juventude momento de unidade da Igreja Universal, independentemente de ser o Papa Francisco ou o Papa Bento XVI. Mas já que o Papa é argentino, para a juventude brasileira, é o mesmo que fosse nosso também. É um Papa das Américas”, afirma padre Márcio Teodoro da Silva, delegado da Pastoral da Juventude Salesiana, da Inspetoria São João Bosco.   Também há uma grande espera em relação ao Encontro do Movimento Juvenil Salesiano (MJS)/Articulação da Juventude Salesiana (AJS). Para o evento, que será realizado em Niterói,RJ, no dia 24 de julho, são esperados mais de 8.000 jovens salesianos de todo o mundo.   Com o tema: “Jovem evangelizando Jovem”, o encontro contará com a presença do reitor-mor da Congregação Salesiana, padre Pascual Chávez Villanueva, e da madre geral das Filhas de Maria Auxiliadora,  (FMA), irmã Yvonne Reungoat.   “Para nós, Família Salesiana e juventude, nos reunir com o reitor-mor e a madre geral significa não só agrupar uma grande família, mas um vasto movimento, fundado pelo nosso pai e mestre São João Bosco”, diz padre Márcio.   A Congregação Salesiana foi fundada em 1859, em Turim, na Itália, por Dom Bosco. Mais tarde em 1872, nasceu o braço feminino da Congregação, as Filhas de Maria Auxiliadora. Atualmente os salesianos estão presentes nos cinco continentes, trabalhando principalmente com os jovens, norteados pelos princípios da evangelização, educação e ação social.   Portal A12   Leia também: Encontro de Formação sobre a JMJ 2013 e a Semana Missionária
Publicado em Nacionais
    Neste domingo, dia 19 de maio, Solenidade de Pentecostes, a Obra da Infância e Adolescência Missionária (IAM) completou 170 anos de fundação. Para celebrar essa data, no Brasil, a Obra realizará no dia 26 de maio, último domingo do mês, uma Jornada Nacional em todas as dioceses. A Jornada abre o Ano da IAM no Brasil que se estenderá até maio de 2014, quando será realizado o 1º Congresso Continental da Obra, em Aparecida, SP.     Acesse o site da CNBB para ler a mensagem enviada pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, dom Sérgio Braschi, por ocasião do aniversário da IAM.   CNBB
Publicado em Nacionais
    A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma nota sobre a redução da maioridade penal, na quinta-feira, 16 de maio, durante coletiva de imprensa, que apresentou o balanço da reunião do Conselho Episcopal Pastoral (CONESP). A CNBB “reafirma que a redução da maioridade não é a solução para o fim da violência”. Assim, a “Igreja no Brasil continua acreditando na capacidade de regeneração do adolescente quando favorecido em seus direitos básicos e pelas oportunidades de formação integral nos valores que dignificam o ser humano”.   “Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9)   Nota da CNBB sobre a redução da maioridade penal   O debate sobre a redução da maioridade penal, colocado em evidência mais uma vez pela comoção provocada por crimes bárbaros cometidos por adolescentes, conclama-nos a uma profunda reflexão sobre nossa responsabilidade no combate à violência, na promoção da cultura da vida e da paz e no cuidado e proteção das novas gerações de nosso país.   A delinquência juvenil é, antes de tudo, um aviso de que o Estado, a Sociedade e a Família não têm cumprido adequadamente seu dever de assegurar, com absoluta prioridade, os direitos da criança e do adolescente, conforme estabelece o artigo 227 da Constituição Federal. Criminalizar o adolescente com penalidades no âmbito carcerário seria maquiar a verdadeira causa do problema, desviando a atenção com respostas simplórias, inconsequentes e desastrosas para a sociedade.   A campanha sistemática de vários meios de comunicação a favor da redução da maioridade penal violenta a imagem dos adolescentes esquecendo-se de que eles são também vítimas da realidade injusta em que vivem. Eles não são os principais responsáveis pelo aumento da violência que nos assusta a todos, especialmente pelos crimes de homicídio. De acordo com a ONG Conectas Direitos Humanos, a maioria dos adolescentes internados na Fundação Casa, em São Paulo, foi detida por roubo (44,1%) e tráfico de drogas (41,8%). Já o crime de latrocínio atinge 0,9% e o de homicídio, 0,6%. É, portanto, imoral querer induzir a sociedade a olhar para o adolescente como se fosse o principal responsável pela onda de violência no país.   Acesse o site da CNBB para ler a nota na íntegra
Publicado em Igreja
Página 1 de 2
Junto com os muitos refugiados que fogem da violência na Síria, chegou nestes dias ao Líbano um peregrino de paz e esperança: Dom Bosco. A urna com a relíquia do Santo entrou no País dos Cedros, no último dia 31 de agosto, depois de visitar dezenas de nações por todos os cinco continentes. A presença da urna será celebrada pela Família Salesiana, que está presente no país com os Salesianos de Dom Bosco (SDB), Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e Salesianos Cooperadores. “Será um momento importante, não só para nós, salesianos, mas para todos os cristãos” – disse o diretor da comunidade salesiana do Líbano, padre Karmi Samaan. No momento a urna está de passagem pela Casa de El Houssoun e depois irá também às cidades de Ehden e Kahalé. No dia 7 de setembro, a urna será encaminhada para o Santuário Mariano Nacional de Harissa, onde o patriarca maronita, cardeal Bechara Rai, presidirá a celebração eucarística solene. No dia 8 de setembro, a urna chegará a Fidar e no dia seguinte será venerada no Santuário de São Charbel, um dos santos mais amados no país. InfoANS
Publicado em Internacionais
Todos os meses, o reitor-mor escreve aos leitores do Boletim Salesiano um artigo para leitura e reflexão. Na preparação para o bicentenário de Dom Bosco, a proposta é debruçar-se sobre a pedagogia do Santo dos Jovens, a partir de reflexões escritas em primeira pessoa. Veja o artigo de agosto.   Eu chegara a Grenoble, França, na noite de 12 de maio de 1886, cansado, depois de uma longa viagem que, em três meses me levara de Turim à França e Espanha. Submetera-me a um autêntico tour de force porque, em Roma, paralisava a construção do templo em honra do Sagrado Coração pela falta crônica de dinheiro. Fora amavelmente recebido pelo reitor do seminário que, preocupado com o estado de exaustão em que me encontrava, disse: “Reverendo padre, ninguém melhor do que o senhor sabe o quanto o sofrimento santifica”. Contudo, permiti-me corrigi-lo afirmando que “o que santifica não é o sofrimento, mas a paciência”. Não era apenas uma frase de efeito; era a síntese da minha existência, aos 71 anos que já pesavam às minhas costas e me tinham reduzido a “um homem morto pelo cansaço”, como, poucos dias antes, tinha-me definido o Dr. Combal.  
Publicado em Reitor-mor
  O último dia 10 de julho, aniversário de 23 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), foi marcado por uma celebração Ecumênica na Catedral de São Pedro em Cachoeiro de Itapemirim, ES. A celebração contou com a presença das instituições  da cidade que trabalham com crianças e adolescentes, dentre elas: o Cesam-ES; Grupo União, Casa de Passagem – IASEI; Caritas; Pastoral da Infância e da Adolescência; Projeto Molecada; Aprisco Rei Davi; APAAE, Villagindo e Recanto da Criança.
Publicado em Ação Social
  Com a aproximação da Jornada Mundial da Juventude todos os fiéis do Brasil e do mundo são convidados a entrar em comunhão com a preparação da JMJ Rio2013. Como gesto concreto, o dia 11 de julho será o Dia de Oração pela Jornada Mundial da Juventude.   A proposta é de união pela oração por todos os organizadores e participantes da JMJ, com a participação de todos aqueles que apoiam e desejam o bom êxito deste, que será um dos maiores eventos católicos do mundo. A JMJ espera reunir jovens de várias partes do mundo no Rio de Janeiro entre os dias 23 a 28 de julho, com a presença do Papa Francisco.   Essa união pode ocorrer na forma de missas, rosários, adorações, devoções e muitas outras práticas de piedade oferecidas em comunhão com a Igreja pela realização do evento. As comunidades podem se reunir para realizar estes momentos de oração, ou cada um em sua casa, trabalho, estudo, pode oferecer seu “sacrifício de louvor” para que a JMJ seja um momento fecundo para a vida da Igreja no Brasil e no mundo.   As mais variadas expressões juvenis, pastorais, movimentos, novas comunidades e congregações são convidadas a manifestarem, na diversidades de seus carismas e espiritualidades, sua oração pela JMJ.   Os jovens em sua criatividade, são convidados a compartilharem nas redes sociais suas manifestações de comunhão ao Dia de Oração pela JMJ, compartilhando no dia 11, a partir das 15h no Twitter, Facebook, Instagram e demais redes a hashtag “#RezepelaJMJ”. Fora do Brasil já está sendo usada a hashtag #Pray4WYD. Uma das formas de participar é por meio do site May Feelings.   Também os jovens de outros países que estão conectados à JMJ são convidados a se unirem à Igreja do Brasil para este momento de comunhão espiritual.   O objetivo desde Dia de Oração pela JMJ é promover a unidade das pessoas envolvidas no evento e manifestar a solidariedade e comunhão para as milhares de pessoas que estão ardorosamente trabalhando para que o evento aconteça da melhor maneira possível, bem como rezar por todos os peregrinos que estarão em viagem no Brasil e no mundo inteiro, rumo ao Rio de Janeiro para participar do evento, e por todos os cariocas que acolherão de coração aberto o povo de Deus  em sua cidade.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
A Inspetoria São João Bosco (ISJB) inaugurou, neste dia 20, em seu Centro Inspetorial, em Belo Horizonte (MG), um espaço destinado à Jornada Mundial da Juventude (JMJ). No “Cantinho da JMJ” estão expostos os subsídios de preparação para Jornada, elaborados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), além de um banner alusivo ao evento. Durante o Bom Dia, realizado diariamente com os colaboradores da unidade, o delegado Pastoral da Juventude Salesiana (PJS), Padre Márcio Teodoro, fez uma explanação sobre a JMJ e a participação da ISJB no evento. O delegado falou também sobre a Festa Mundial da Articulação da Juventude Salesiana/Movimento Juvenil Salesiano (AJS/MJS) e o Encontro Continental da AJS/MJS América 2013. Todos os colaboradores receberam um marcador de livros alusivo à Jornada e rezaram a oração oficial impressa em seu verso. O “Cantinho JMJ” permanecerá exposto no Centro Inspetorial até o fim da JMJ. O objetivo é permitir que, mesmo quem não participar presencialmente dos eventos, esteja integrado e informado sobre eles. Todas as unidades e obras da ISJB também foram convidadas a construir um espaço semelhante.  
Publicado em Nacionais
  O Conselho Inspetorial Salesiano de São Paulo avaliou os pedidos ao presbiterado de 11 diáconos das diversas inspetorias salesianas do Brasil. Entre esses estão os diáconos Wilson Barros Ribeiro, natural do estado do Pará; Ronyvon Batista Mendonça e Gaudêncio Campos, ambos naturais do estado do Amazonas. Os três, que pertencem à inspetoria São Domingos Sávio de Manaus, tiveram seus pedidos aprovados. Eles estão na fase final dos estudos teológicos com previsão de conclusão para dezembro deste ano e se dedicam à síntese teológica a partir dos seguintes temas:   Diácono Wilson Ribeiro - “Modelos eclesiais: uma reflexão sobre as contribuições da Teologia da Libertação e Renovação Carismática Católica”, com o objetivo de refletir sobre a caminhada da Igreja no Brasil, focalizando modelos eclesiais a partir do Concílio vaticano II até nossos dias; Diácono Ronyvon Batista está trabalhando o tema: “Maria: da reflexão teológica à devoção”, que tem como objetivo abordar a figura de Maria a partir dos pressupostos de reflexão bíblico-teológica acerca da mãe de Jesus no Evangelho de Lucas, e a figura de Maria no mistério de Cristo, verbo encarnado. Já o diácono Gaudêncio Campos sintetiza seu curso desenvolvendo o tema “A salvação: aspectos antropológicos, cristológicos e pastorais”, seu objetivo é compreender a contribuição do homem por meio da Igreja no plano de Deus.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
  Cerca de 40 mil fiéis participaram da procissão de Corpus Christi na cidade de Ponta Grossa, Paraná, no dia 30 de maio. Inspirados pelo tema “Eucaristia: Renovação da Fé para Uma Igreja Jovem”, os fiéis lotaram as ruas da cidade e superaram a expectativa da comissão organizadora, coordenada pelo padre Clayton Adriano Ferreira, que era de 30 mil fiéis.   Na ornamentação dos tradicionais tapetes que guiaram a procissão foram usados símbolos eucarísticos e imagens dos santos que são testemunhas da fé. A paróquia Nossa Senhora Auxiliadora deu sua contribuição montando um tapete na quadra em frente ao asilo São Vicente de Paulo, local de inicio da procissão. Mantendo sua tradição, a paróquia Nossa Senhora Auxiliadora levou muitos adolescentes e jovens para esta missão. Seguindo a orientação diocesana, serragem colorida e mais alguns outros materiais foram usados, além das imagens dos santos salesianos.   “Devemos agradecer a Deus por fazermos parte de uma paróquia Salesiana, em que os jovens e crianças deixaram sua cama quentinha para estar na avenida confeccionando um tapete de "primeira" para Jesus passar”, disse a secretaria paroquial, Marisa Mello, sobre os jovens e crianças que ajudaram na confecção dos tapetes.   Em entrevista, padre Clayton Adriano Ferreira, coordenador do evento, relatou a expectativa para  “um dia de muita graça a todos que estiverem aqui, este sol é uma prova da vontade de Deus em nos encher de suas graças.”   O tema sugerido às paróquias na celebração de Corpus Christi abrange a atual prioridade da ação evangelizadora da Diocese de Ponta Grossa, o Ano da Fé e a Jornada Mundial da Juventude e Campanha da Fraternidade 2013.   Assessoria de Comunicação Social Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora
Publicado em Nacionais
  Reconhecida pelo trabalho que realiza junto aos jovens, a Congregação Salesiana está quase pronta para a Jornada Mundial da Juventude-JMJ, que será realizada entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro.   Jovens e adultos vêm sendo preparados nas dioceses de todo o Brasil, por meio dos subsídios adquiridos junto à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A partir desses subsídios, cada inspetoria salesiana tem desenvolvido seus eventos preparatórios.   Entre os jovens que participarão do Encontro, é grande a expectativa para as atividades dos sete dias da JMJ, entre elas o encontro com o Papa Francisco.   “Encontrar com o Sumo Pontífice já era para a juventude momento de unidade da Igreja Universal, independentemente de ser o Papa Francisco ou o Papa Bento XVI. Mas já que o Papa é argentino, para a juventude brasileira, é o mesmo que fosse nosso também. É um Papa das Américas”, afirma padre Márcio Teodoro da Silva, delegado da Pastoral da Juventude Salesiana, da Inspetoria São João Bosco.   Também há uma grande espera em relação ao Encontro do Movimento Juvenil Salesiano (MJS)/Articulação da Juventude Salesiana (AJS). Para o evento, que será realizado em Niterói,RJ, no dia 24 de julho, são esperados mais de 8.000 jovens salesianos de todo o mundo.   Com o tema: “Jovem evangelizando Jovem”, o encontro contará com a presença do reitor-mor da Congregação Salesiana, padre Pascual Chávez Villanueva, e da madre geral das Filhas de Maria Auxiliadora,  (FMA), irmã Yvonne Reungoat.   “Para nós, Família Salesiana e juventude, nos reunir com o reitor-mor e a madre geral significa não só agrupar uma grande família, mas um vasto movimento, fundado pelo nosso pai e mestre São João Bosco”, diz padre Márcio.   A Congregação Salesiana foi fundada em 1859, em Turim, na Itália, por Dom Bosco. Mais tarde em 1872, nasceu o braço feminino da Congregação, as Filhas de Maria Auxiliadora. Atualmente os salesianos estão presentes nos cinco continentes, trabalhando principalmente com os jovens, norteados pelos princípios da evangelização, educação e ação social.   Portal A12   Leia também: Encontro de Formação sobre a JMJ 2013 e a Semana Missionária
Publicado em Nacionais
    Neste domingo, dia 19 de maio, Solenidade de Pentecostes, a Obra da Infância e Adolescência Missionária (IAM) completou 170 anos de fundação. Para celebrar essa data, no Brasil, a Obra realizará no dia 26 de maio, último domingo do mês, uma Jornada Nacional em todas as dioceses. A Jornada abre o Ano da IAM no Brasil que se estenderá até maio de 2014, quando será realizado o 1º Congresso Continental da Obra, em Aparecida, SP.     Acesse o site da CNBB para ler a mensagem enviada pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, dom Sérgio Braschi, por ocasião do aniversário da IAM.   CNBB
Publicado em Nacionais
    A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma nota sobre a redução da maioridade penal, na quinta-feira, 16 de maio, durante coletiva de imprensa, que apresentou o balanço da reunião do Conselho Episcopal Pastoral (CONESP). A CNBB “reafirma que a redução da maioridade não é a solução para o fim da violência”. Assim, a “Igreja no Brasil continua acreditando na capacidade de regeneração do adolescente quando favorecido em seus direitos básicos e pelas oportunidades de formação integral nos valores que dignificam o ser humano”.   “Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9)   Nota da CNBB sobre a redução da maioridade penal   O debate sobre a redução da maioridade penal, colocado em evidência mais uma vez pela comoção provocada por crimes bárbaros cometidos por adolescentes, conclama-nos a uma profunda reflexão sobre nossa responsabilidade no combate à violência, na promoção da cultura da vida e da paz e no cuidado e proteção das novas gerações de nosso país.   A delinquência juvenil é, antes de tudo, um aviso de que o Estado, a Sociedade e a Família não têm cumprido adequadamente seu dever de assegurar, com absoluta prioridade, os direitos da criança e do adolescente, conforme estabelece o artigo 227 da Constituição Federal. Criminalizar o adolescente com penalidades no âmbito carcerário seria maquiar a verdadeira causa do problema, desviando a atenção com respostas simplórias, inconsequentes e desastrosas para a sociedade.   A campanha sistemática de vários meios de comunicação a favor da redução da maioridade penal violenta a imagem dos adolescentes esquecendo-se de que eles são também vítimas da realidade injusta em que vivem. Eles não são os principais responsáveis pelo aumento da violência que nos assusta a todos, especialmente pelos crimes de homicídio. De acordo com a ONG Conectas Direitos Humanos, a maioria dos adolescentes internados na Fundação Casa, em São Paulo, foi detida por roubo (44,1%) e tráfico de drogas (41,8%). Já o crime de latrocínio atinge 0,9% e o de homicídio, 0,6%. É, portanto, imoral querer induzir a sociedade a olhar para o adolescente como se fosse o principal responsável pela onda de violência no país.   Acesse o site da CNBB para ler a nota na íntegra
Publicado em Igreja
Página 1 de 2