O Boletim Salesiano retoma a coluna “Juventude em Pauta” com uma série de entrevistas com jovens, de diversas regiões do Brasil e presenças salesianas diferentes, para saber como conheceram e como vivem a espiritualidade salesiana no dia a dia.  
Publicado em Juventude em Pauta
Em 2020, o mundo parou por causa do novo coronavírus. No entanto, a juventude salesiana se manteve ativa e unida, fazendo dos meios digitais um palco de celebração, evangelização e encontro.    
Publicado em Juventude
A Don Bosco Green Alliance (DBGA – Aliança Verde Dom Bosco) é uma organização salesiana internacional cujo objetivo central é contribuir para a ação, o pensamento e a política ambiental global. Nosso enfoque é principalmente reunir os jovens de nossos institutos e cultivar entre eles os valores de defesa do meio ambiente através de nossas diversas atividades e campanhas. Nossa missão é criar um ambiente seguro e que cuide de toda a vida no planeta, enquanto construímos uma nova geração de cidadãos e líderes comprometidos com o meio ambiente.  
Publicado em Juventude em Pauta
Juventude salesiana de Niterói, RJ, participa de campanha de solidariedade e prova que o protagonismo juvenil pode, sim, realizar o milagre da multiplicação.  
Publicado em Juventude
Estamos unidos por uma missão: “Ir para o paraíso e levar conosco o maior número de pessoas que pudermos”, afirma o Reitor-mor em seu artigo para o Boletim Salesiano de Setembro.    
Publicado em Reitor-mor
Um lugar de escuta, diálogo e acolhimento. É isso o que a AJS representa na vida de muitos jovens que buscam descobrir, desenvolver e trilhar o seu projeto de vida.    
Publicado em Juventude
Frase de Madre Mazzarello foi o tema escolhido para evangelizar nas redes sociais em comemoração aos dez anos da Paróquia São João Bosco de Abreu e Lima, em Pernambuco.
Publicado em Juventude
Carina Baumgartner, do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) da Áustria, representará a juventude salesiana no Conselho Consultivo Internacional da Juventude.  
Publicado em Internacionais
A provocação do Papa Francisco de ser uma ‘Igreja em saída’ continua viva nos corações de centenas de jovens salesianos. Prova disso foram as participações nas semanas missionárias, em diversas regiões do país.  
Publicado em Missões
  O bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, MG, e reitor da Pontificia universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), dom Joaquim Mol, foi nomeado pelo Papa Francisco, no dia 29 de março, membro do Pontifício Conselho para a Cultura.   O Pontifício Conselho para a Cultura nasceu no Concílio Vaticano II com o objetivo de atuar no diálogo da Igreja com a cultura em proximidade com os valores do Evangelho.   Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães nasceu no dia 6 de janeiro de 1960, em Ponte Nova-MG. Fez o noviciado na Congregação Salesiana, em 1979, em Barbacena, Minas Gerais, culminando com a profissão religiosa em janeiro de 1980. Foi ordenado diácono no final de 1987, na Paróquia Cristo Luz dos Povos, em Belo Horizonte, e presbítero em julho de 1988, em Ponte Nova.   Destinado a Jaciguá, ES, Diocese de Cachoeiro do Itapemirim, ES, foi primeiro vigário Paroquial, da Paróquia São João Batista, e depois pároco, em 1989. Em 1990 foi convidado a voltar para Belo Horizonte para retomar os estudos, de 1990 a 1992, morando e trabalhando pastoralmente na Paróquia Cristo Luz dos Povos, da Inspetoria São João Bosco. Deixou a congregação para assumir funções diocesanas.   Dom Mol atualmente preside, na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura, é membro do CONSEP e do Conselho Permanente, além de fazer parte da Diretoria das Edições da CNBB e presidir a Comissão para a Reforma Política. Faz parte da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião do Brasil. É membro do Conselho Curador da Fundação João Paulo II e da Fundação Mariana Resende Costa, do Conselho Consultivo da Sociedade Mineira de Cultura e reitor da PUC Minas.   Arquidiocese de Belo Horizonte/ Inspetoria São João Bosco
Publicado em Nacionais
Página 1 de 2
O Boletim Salesiano retoma a coluna “Juventude em Pauta” com uma série de entrevistas com jovens, de diversas regiões do Brasil e presenças salesianas diferentes, para saber como conheceram e como vivem a espiritualidade salesiana no dia a dia.  
Publicado em Juventude em Pauta
Em 2020, o mundo parou por causa do novo coronavírus. No entanto, a juventude salesiana se manteve ativa e unida, fazendo dos meios digitais um palco de celebração, evangelização e encontro.    
Publicado em Juventude
A Don Bosco Green Alliance (DBGA – Aliança Verde Dom Bosco) é uma organização salesiana internacional cujo objetivo central é contribuir para a ação, o pensamento e a política ambiental global. Nosso enfoque é principalmente reunir os jovens de nossos institutos e cultivar entre eles os valores de defesa do meio ambiente através de nossas diversas atividades e campanhas. Nossa missão é criar um ambiente seguro e que cuide de toda a vida no planeta, enquanto construímos uma nova geração de cidadãos e líderes comprometidos com o meio ambiente.  
Publicado em Juventude em Pauta
Juventude salesiana de Niterói, RJ, participa de campanha de solidariedade e prova que o protagonismo juvenil pode, sim, realizar o milagre da multiplicação.  
Publicado em Juventude
Estamos unidos por uma missão: “Ir para o paraíso e levar conosco o maior número de pessoas que pudermos”, afirma o Reitor-mor em seu artigo para o Boletim Salesiano de Setembro.    
Publicado em Reitor-mor
Um lugar de escuta, diálogo e acolhimento. É isso o que a AJS representa na vida de muitos jovens que buscam descobrir, desenvolver e trilhar o seu projeto de vida.    
Publicado em Juventude
Frase de Madre Mazzarello foi o tema escolhido para evangelizar nas redes sociais em comemoração aos dez anos da Paróquia São João Bosco de Abreu e Lima, em Pernambuco.
Publicado em Juventude
Carina Baumgartner, do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) da Áustria, representará a juventude salesiana no Conselho Consultivo Internacional da Juventude.  
Publicado em Internacionais
A provocação do Papa Francisco de ser uma ‘Igreja em saída’ continua viva nos corações de centenas de jovens salesianos. Prova disso foram as participações nas semanas missionárias, em diversas regiões do país.  
Publicado em Missões
  O bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, MG, e reitor da Pontificia universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), dom Joaquim Mol, foi nomeado pelo Papa Francisco, no dia 29 de março, membro do Pontifício Conselho para a Cultura.   O Pontifício Conselho para a Cultura nasceu no Concílio Vaticano II com o objetivo de atuar no diálogo da Igreja com a cultura em proximidade com os valores do Evangelho.   Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães nasceu no dia 6 de janeiro de 1960, em Ponte Nova-MG. Fez o noviciado na Congregação Salesiana, em 1979, em Barbacena, Minas Gerais, culminando com a profissão religiosa em janeiro de 1980. Foi ordenado diácono no final de 1987, na Paróquia Cristo Luz dos Povos, em Belo Horizonte, e presbítero em julho de 1988, em Ponte Nova.   Destinado a Jaciguá, ES, Diocese de Cachoeiro do Itapemirim, ES, foi primeiro vigário Paroquial, da Paróquia São João Batista, e depois pároco, em 1989. Em 1990 foi convidado a voltar para Belo Horizonte para retomar os estudos, de 1990 a 1992, morando e trabalhando pastoralmente na Paróquia Cristo Luz dos Povos, da Inspetoria São João Bosco. Deixou a congregação para assumir funções diocesanas.   Dom Mol atualmente preside, na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura, é membro do CONSEP e do Conselho Permanente, além de fazer parte da Diretoria das Edições da CNBB e presidir a Comissão para a Reforma Política. Faz parte da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião do Brasil. É membro do Conselho Curador da Fundação João Paulo II e da Fundação Mariana Resende Costa, do Conselho Consultivo da Sociedade Mineira de Cultura e reitor da PUC Minas.   Arquidiocese de Belo Horizonte/ Inspetoria São João Bosco
Publicado em Nacionais
Página 1 de 2