As gêmeas Alessandra e Isabelle Macedo, ex-alunas do Ateneu Salesiano Dom Bosco de Goiânia, GO patrocinadas pela Rede Salesiana de Escolas (RSE), conseguiram ótimos resultados no Campeonato Pan-americano de Karatê, realizado em Guarujá, SP, entre os dias 4 e 7 de julho. Participaram do torneio cerca de 1200 atletas dos Estados Unidos, Romênia, Irã, de países da América Latina, entre outros.   Na categoria das atletas da RSE, as medalhas foram disputadas por 18 competidores. Passando pelos vários oponentes, as ex-alunas se sagraram campeãs em equipe na modalidade kata (demonstração de movimentos) e kumitê (luta), e ainda voltaram ao pódio nas categorias individuais. Alessandra ficou em 2º lugar nas disputas de kata e kumitê. Isabelle alcançou o 3º lugar em kumitê.   Acesse o portal do RSE Informa e veja como foi a apresentação que deu a medalha de ouro às irmãs na disputa final do kata em equipe contra a equipe do Chile.   RSE Informa   Outras notícias: Colégio Salesiano ganha medalhas nos jogos de Santa Catarina
Publicado em Nacionais
Teve início nesta quarta-feira, 20 de março, o XI Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (XI ENARSE). Com o tema “Partilhar e inovar para ressignificar a Comunidade Educativa Pastoral”, o XI ENARSE reúne em Brasília, DF, cerca de 200 pessoas, entre diretores, gerentes e assessores nacionais; gestores e animadores dos polos regionais e diretores das mais de 100 instituições de ensino participantes da RSE em todo o Brasil.   A mesa de abertura do ENARSE foi composta pelo presidente da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil (Cisbrasil) e da Rede Salesiana Brasil (RSB), padre Nilson Faria dos Santos; pela presidente da Conferência das Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora no Brasil (CIB) e vice-presidente da RSB, irmã Rosa Idália Pesca; e pelo padre Natale Vitali, delegado do Conselho Geral dos Salesianos de Dom Bosco para a América Cone Sul.   Padre Natale dirigiu algumas palavras aos participantes, em nome do reitor-mor dos Salesianos, padre Pascual Chávez, ressaltando que, ao nos prepararmos para celebrar o bicentenário de Dom Bosco, é necessário que a Família Salesiana assuma três compromissos fundamentais: acreditar na educação salesiana; acreditar no Sistema Educativo de Dom Bosco e acreditar nos jovens. "O educador salesiano deve educar e evangelizar. Ficar próximo aos jovens, fazer com que eles se sintam amados", ressaltou.   Uma das novidades para o encontro deste ano foi a presença de palestrantes internacionais como a do padre Miguel Angel Garcia Morcuende, salesiano, responsável pelo Setor Escola do Dicastério para a Pastoral Juvenil dos Salesianos de Dom Bosco e  Juan Antonio Ojeda Ortiz, lassalista e ex-secretário-geral da Federação das Escolas Católicas da Espanha.   Padre Miguel proferiu a primeira conferência do XI ENARSE, com o tema “Ressignificar a educação salesiana”, centrando sua apresentação no papel da liderança educativa nas escolas salesianas. Em seguida, Juan Antonio abordou o tema “As escolas católicas: ilhas ou elos?”, enfocando as dificuldades para colocar em prática a vontade de efetivar uma rede educacional. Juan Antonio ressaltou ainda que, para um bom trabalho em rede nos ambientes externos, é preciso trabalhar em rede também no ambiente interno à escolas, permitindo que haja colaboração entre os diferentes níveis educativos, áreas disciplinares e agentes educacionais (professores, pais, alunos, monitores, funcionários etc.).   O segundo dia do ENARSE, 21 de março, será dedicado à apresentação dos programas, projetos e recursos oferecidos às unidades da Rede Salesiana de Escolas, bem como ao estudo de como esses itens se desenvolveram no último ano.   Na manhã de 22 de março serão apresentadas as inovações do material didático digital da RSE. Em seguida os participantes farão reuniões por polos regionais, para aprofundar as discussões concernentes ao encontro e discutir suas aplicações práticas.   RSE Informa  
Publicado em Nacionais
  Márcia Raquel Rolon, ex-aluna salesiana do Centro de Estudos Imaculada Conceição (CENIC), é fundadora e diretora do Moinho Cultural Sul-americano, entidade que promove a inserção social por meio da cultura e da arte.   Quando fundou o Moinho Cultural Sul-americano, em 2004, Márcia Raquel Rolon tinha um objetivo claro: diminuir o risco social para crianças e adolescentes que vivem na fronteira entre Brasil e Bolívia, promovendo a cidadania por meio da arte, da música e da dança. Hoje ela colhe os frutos desse trabalho. A entidade é reconhecida como um dos principais centros de promoção cultural e social da América do Sul, e Márcia foi eleita vice-prefeita de Corumbá, MS, nas últimas eleições realizadas em outubro, com a proposta de levar essa ação em defesa da juventude para o âmbito governamental. Nesta entrevista, a ex-aluna salesiana fala do Moinho Cultural e da influência da pedagogia salesiana em sua vida.  
Publicado em Educação
Padre Rosalvino foi o vencedor na votação popular na categoria Inclusão Social do Prêmio Cidadão Sustentável. Agora ele concorre com os outros sete eleitos, leigos, ao prêmio principal dentre todas as categorias. As votações desse “3º turno” serão realizadas entre os dias  21 de setembro e 1º de outubro. No dia 2 de outubro o vencedor, de todas as categorias, será apresentado e, no dia 18, será realizada a cerimônia de premiação. Além da votação pela internet, haverá também a votação do júri especializado formado pelos jornalistas Carlos Tramontina e Fabíola Cidral, pelo urbanista Jorge Wilheim e pelos pesquisadores Ladislau Dowbor e Maria Alice Setúbal. Parceria entre o Catraca Livre e a Rede Nossa São Paulo, o Prêmio foi lançado neste ano de 2012, às vésperas das eleições municipais, como uma oportunidade para discutir propostas e pensar no futuro da cidade. Para votar, acesse o link abaixo: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/09/premio-cidadao-sustentavel-vejas-os-primeiros-colocados/   Sobre o padre Rosalvino Rosalvino nasceu na Espanha, mas veio para o Brasil ainda criança. Consagrou-se padre na Congregação Salesiana, criada por São João Bosco no século XIX, na Itália. Em 1981 iniciou seu trabalho na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera, SP, e fundou a Obra Social Dom Bosco, que presta serviços em atividades educativas, esportivas, culturais e de assistência social. Atualmente a Obra Social Dom Bosco atende diariamente 5 mil pessoas, por meio de 6 serviços, 6 programas e 3 projetos, em 16 endereços nos bairros de Itaquera e Guaianazes, com ações que abrangem educação infantil, profissionalização, acolhimento institucional, medidas socioeducativas e convívio de idosos, entre outras. Para conhecer mais sobre o padre Rosalvino e seu trabalho em Itaquera, assista ao vídeo "Reis da Rua", produzido pela TV Cultura: http://www.domboscoitaquera.org.br/filme_cultura.html
Publicado em Nacionais
  As gêmeas Alessandra e Isabelle Macedo, ex-alunas do Ateneu Salesiano Dom Bosco de Goiânia, GO patrocinadas pela Rede Salesiana de Escolas (RSE), conseguiram ótimos resultados no Campeonato Pan-americano de Karatê, realizado em Guarujá, SP, entre os dias 4 e 7 de julho. Participaram do torneio cerca de 1200 atletas dos Estados Unidos, Romênia, Irã, de países da América Latina, entre outros.   Na categoria das atletas da RSE, as medalhas foram disputadas por 18 competidores. Passando pelos vários oponentes, as ex-alunas se sagraram campeãs em equipe na modalidade kata (demonstração de movimentos) e kumitê (luta), e ainda voltaram ao pódio nas categorias individuais. Alessandra ficou em 2º lugar nas disputas de kata e kumitê. Isabelle alcançou o 3º lugar em kumitê.   Acesse o portal do RSE Informa e veja como foi a apresentação que deu a medalha de ouro às irmãs na disputa final do kata em equipe contra a equipe do Chile.   RSE Informa   Outras notícias: Colégio Salesiano ganha medalhas nos jogos de Santa Catarina
Publicado em Nacionais
Teve início nesta quarta-feira, 20 de março, o XI Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (XI ENARSE). Com o tema “Partilhar e inovar para ressignificar a Comunidade Educativa Pastoral”, o XI ENARSE reúne em Brasília, DF, cerca de 200 pessoas, entre diretores, gerentes e assessores nacionais; gestores e animadores dos polos regionais e diretores das mais de 100 instituições de ensino participantes da RSE em todo o Brasil.   A mesa de abertura do ENARSE foi composta pelo presidente da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil (Cisbrasil) e da Rede Salesiana Brasil (RSB), padre Nilson Faria dos Santos; pela presidente da Conferência das Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora no Brasil (CIB) e vice-presidente da RSB, irmã Rosa Idália Pesca; e pelo padre Natale Vitali, delegado do Conselho Geral dos Salesianos de Dom Bosco para a América Cone Sul.   Padre Natale dirigiu algumas palavras aos participantes, em nome do reitor-mor dos Salesianos, padre Pascual Chávez, ressaltando que, ao nos prepararmos para celebrar o bicentenário de Dom Bosco, é necessário que a Família Salesiana assuma três compromissos fundamentais: acreditar na educação salesiana; acreditar no Sistema Educativo de Dom Bosco e acreditar nos jovens. "O educador salesiano deve educar e evangelizar. Ficar próximo aos jovens, fazer com que eles se sintam amados", ressaltou.   Uma das novidades para o encontro deste ano foi a presença de palestrantes internacionais como a do padre Miguel Angel Garcia Morcuende, salesiano, responsável pelo Setor Escola do Dicastério para a Pastoral Juvenil dos Salesianos de Dom Bosco e  Juan Antonio Ojeda Ortiz, lassalista e ex-secretário-geral da Federação das Escolas Católicas da Espanha.   Padre Miguel proferiu a primeira conferência do XI ENARSE, com o tema “Ressignificar a educação salesiana”, centrando sua apresentação no papel da liderança educativa nas escolas salesianas. Em seguida, Juan Antonio abordou o tema “As escolas católicas: ilhas ou elos?”, enfocando as dificuldades para colocar em prática a vontade de efetivar uma rede educacional. Juan Antonio ressaltou ainda que, para um bom trabalho em rede nos ambientes externos, é preciso trabalhar em rede também no ambiente interno à escolas, permitindo que haja colaboração entre os diferentes níveis educativos, áreas disciplinares e agentes educacionais (professores, pais, alunos, monitores, funcionários etc.).   O segundo dia do ENARSE, 21 de março, será dedicado à apresentação dos programas, projetos e recursos oferecidos às unidades da Rede Salesiana de Escolas, bem como ao estudo de como esses itens se desenvolveram no último ano.   Na manhã de 22 de março serão apresentadas as inovações do material didático digital da RSE. Em seguida os participantes farão reuniões por polos regionais, para aprofundar as discussões concernentes ao encontro e discutir suas aplicações práticas.   RSE Informa  
Publicado em Nacionais
  Márcia Raquel Rolon, ex-aluna salesiana do Centro de Estudos Imaculada Conceição (CENIC), é fundadora e diretora do Moinho Cultural Sul-americano, entidade que promove a inserção social por meio da cultura e da arte.   Quando fundou o Moinho Cultural Sul-americano, em 2004, Márcia Raquel Rolon tinha um objetivo claro: diminuir o risco social para crianças e adolescentes que vivem na fronteira entre Brasil e Bolívia, promovendo a cidadania por meio da arte, da música e da dança. Hoje ela colhe os frutos desse trabalho. A entidade é reconhecida como um dos principais centros de promoção cultural e social da América do Sul, e Márcia foi eleita vice-prefeita de Corumbá, MS, nas últimas eleições realizadas em outubro, com a proposta de levar essa ação em defesa da juventude para o âmbito governamental. Nesta entrevista, a ex-aluna salesiana fala do Moinho Cultural e da influência da pedagogia salesiana em sua vida.  
Publicado em Educação
Padre Rosalvino foi o vencedor na votação popular na categoria Inclusão Social do Prêmio Cidadão Sustentável. Agora ele concorre com os outros sete eleitos, leigos, ao prêmio principal dentre todas as categorias. As votações desse “3º turno” serão realizadas entre os dias  21 de setembro e 1º de outubro. No dia 2 de outubro o vencedor, de todas as categorias, será apresentado e, no dia 18, será realizada a cerimônia de premiação. Além da votação pela internet, haverá também a votação do júri especializado formado pelos jornalistas Carlos Tramontina e Fabíola Cidral, pelo urbanista Jorge Wilheim e pelos pesquisadores Ladislau Dowbor e Maria Alice Setúbal. Parceria entre o Catraca Livre e a Rede Nossa São Paulo, o Prêmio foi lançado neste ano de 2012, às vésperas das eleições municipais, como uma oportunidade para discutir propostas e pensar no futuro da cidade. Para votar, acesse o link abaixo: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/09/premio-cidadao-sustentavel-vejas-os-primeiros-colocados/   Sobre o padre Rosalvino Rosalvino nasceu na Espanha, mas veio para o Brasil ainda criança. Consagrou-se padre na Congregação Salesiana, criada por São João Bosco no século XIX, na Itália. Em 1981 iniciou seu trabalho na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera, SP, e fundou a Obra Social Dom Bosco, que presta serviços em atividades educativas, esportivas, culturais e de assistência social. Atualmente a Obra Social Dom Bosco atende diariamente 5 mil pessoas, por meio de 6 serviços, 6 programas e 3 projetos, em 16 endereços nos bairros de Itaquera e Guaianazes, com ações que abrangem educação infantil, profissionalização, acolhimento institucional, medidas socioeducativas e convívio de idosos, entre outras. Para conhecer mais sobre o padre Rosalvino e seu trabalho em Itaquera, assista ao vídeo "Reis da Rua", produzido pela TV Cultura: http://www.domboscoitaquera.org.br/filme_cultura.html
Publicado em Nacionais