Faleceu em Cuiabá na manhã desta segunda-feira, 10 de fevereiro, aos 85 anos, a irmã FMA (Filha de Maria Auxiliadora), Ormy de Paiva. O Velório da irmã ocorreu na noite de desta segunda-feira, 10. Na manhã de terça-feira, 11 de fevereiro, foi celebrada a missa de corpo presente, seguida de sepultamento, no Cemitério Coxipó da Ponte, em Cuiabá, MT. Em seus últimos anos de vida, a irmã atuou na Inspetoria Nossa Senhora da Paz, em Cuiabá, MT.   Missão Salesiana de Mato Grosso
Publicado em Nacionais
Cerca de 90 jovens se reuniram entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro para vivenciar a Pedagogia Salesiana no Acamp Bosco – Acampamento de Jovens. O encontro foi realizado na Casa de Retiro dos Salesianos de Barbacena, Minas Gerais, e teve como tema “Juventude que sonha constrói um mundo novo”.
Publicado em Nacionais
O Papa Francisco completou na última sexta-feira, 13 de setembro, seis meses de Pontificado. Por conta da ocasião, a Rádio Vaticano entrevistou o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, para saber qual é a avaliação dele sobre esse período. Leia um trecho da entrevista abaixo:
Publicado em Internacionais
O Congresso Internacional Igreja na América foi realizado em Roma, entre os dias 9 e 12 de dezembro. Organizado pela Pontifícia Comissão para a América Latina e pelos Cavaleiros de Colombo, com a colaboração do Instituto Superior de Estudos Guadalupanos,  o encontro propunha  momentos de reflexão teológico-pastoral, debates, celebrações litúrgicas e partilha entre os participantes.    O congresso contou com a presença de mais de 200 participantes, entre eles, o cardeal Thomas C. Collins (Toronto), Sean Patrick O'Malley ( Boston), Juan Sandoval Íñiguez (emérito de Guadalajara), Nicolás de Jesús López Rodríguez ( Santo Domingo) e Oscar Rodríguez Maradiaga (Tegucigalpa). O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), foi representado no evento pela irmã Julia Arciniegas (FMA), colombiana consultora dos Âmbitos para a Comunicação Social e para a Família Salesiana.   O encontro teve início com uma celebração Eucarística na Basílica de São Pedro, presidida pelo cardeal Marc Ouellet, prefeito da Congregação dos bispos e presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina. Em sua homilia ele disse “Ambas as Américas foram terreno de evangelização há quase meio milênio, graças à  “coragem dos missionários”, à “perseverança dos santos” e ao “sangue dos mártires” que tornaram a América uma terra sagrada”.   Papa Bento XVI  também participou da celebração na Basílica de São Pedro, onde saudou os participantes com algumas palavras, ao final da santa missa. “Os votos de cooperação entre as igrejas americanas por parte de João Paulo II merecem ser renovados, na esperança de que a mensagem redentora de Cristo seja vivida com maior seriedade e produza abundantes frutos de santidade e renovação eclesial”, afirmou Bento XVI.     O Santo Padre também se mostrou preocupado com relação às “dolorosas situações de emigração, expulsão ou violência, especialmente aquelas causadas pelo crime organizado, pelo narcotráfico, pela corrupção e pelo tráfico de armas”. Não menos alarmantes, no modo de ver do Pontífice, as dilacerantes desigualdades e os bolsões de pobreza provocados por discutíveis medidas econômicas, políticas e sociais”.   No dia 10 de dezembro, sob a presidência do cardeal Marc Ouellet, foram apresentados três relatórios: o acontecimento guadalupano na origem da evangelização do Novo Mundo, por Dom Eduardo Chávez, diretor do Instituto de Estudos Guadalupanos; a Exortação Apostólica pos-sinodal: profecia, ensinamentos e empenhos, pelo professor Guzmán Carriquiry Lecour, secretário da Comissão Pontifícia; a Exortação Apostólica Ecclesia in America sob a intercessão de Nossa Senhora de Guadalupe, estrela da nova evangelização e mãe da civilização do amor, apresentada pelo professor Carl Anderson, cavaleiro Supremo dos Cavaleiros de Colombo.   Ainda no dia 10, foram realizados vários workshop sobre diversos temas da atualidade, produzidos por oito grupos de trabalho. Dom Luis Francisco Ladaria Ferrer, SJ, encerrou as atividades com uma conferência sobre Significado do Ano da Fé.   O segundo dia do Congresso foi marcado por gestos de devoção como: a recitação do Santo Terço nos Jardins do Vaticano e um ato cultural, teológico e devocional no qual se apresentou, com meios audiovisuais, a beleza na imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, enriquecida por pesquisas científicas sobre a tilma e intercalado por hinos guadalupanos.   No último dia do encontro, os congressistas participaram de uma audiência geral do Santo Padre e de uma conferência propositiva sobre cenários e propostas para a comunhão e cooperação entre as Igrejas do continente americano e para a solidariedade entre seus povos, seguida de um debate geral e da síntese conclusiva do cardial Marc Ouellet.   Os resultados do congresso serão comunicados depois ao Dicastério da Cúria Romana, às Conferências episcopais do continente e ao Conselho Episcopal Latinoamericano.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais
Faleceu em Cuiabá na manhã desta segunda-feira, 10 de fevereiro, aos 85 anos, a irmã FMA (Filha de Maria Auxiliadora), Ormy de Paiva. O Velório da irmã ocorreu na noite de desta segunda-feira, 10. Na manhã de terça-feira, 11 de fevereiro, foi celebrada a missa de corpo presente, seguida de sepultamento, no Cemitério Coxipó da Ponte, em Cuiabá, MT. Em seus últimos anos de vida, a irmã atuou na Inspetoria Nossa Senhora da Paz, em Cuiabá, MT.   Missão Salesiana de Mato Grosso
Publicado em Nacionais
Cerca de 90 jovens se reuniram entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro para vivenciar a Pedagogia Salesiana no Acamp Bosco – Acampamento de Jovens. O encontro foi realizado na Casa de Retiro dos Salesianos de Barbacena, Minas Gerais, e teve como tema “Juventude que sonha constrói um mundo novo”.
Publicado em Nacionais
O Papa Francisco completou na última sexta-feira, 13 de setembro, seis meses de Pontificado. Por conta da ocasião, a Rádio Vaticano entrevistou o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, para saber qual é a avaliação dele sobre esse período. Leia um trecho da entrevista abaixo:
Publicado em Internacionais
O Congresso Internacional Igreja na América foi realizado em Roma, entre os dias 9 e 12 de dezembro. Organizado pela Pontifícia Comissão para a América Latina e pelos Cavaleiros de Colombo, com a colaboração do Instituto Superior de Estudos Guadalupanos,  o encontro propunha  momentos de reflexão teológico-pastoral, debates, celebrações litúrgicas e partilha entre os participantes.    O congresso contou com a presença de mais de 200 participantes, entre eles, o cardeal Thomas C. Collins (Toronto), Sean Patrick O'Malley ( Boston), Juan Sandoval Íñiguez (emérito de Guadalajara), Nicolás de Jesús López Rodríguez ( Santo Domingo) e Oscar Rodríguez Maradiaga (Tegucigalpa). O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), foi representado no evento pela irmã Julia Arciniegas (FMA), colombiana consultora dos Âmbitos para a Comunicação Social e para a Família Salesiana.   O encontro teve início com uma celebração Eucarística na Basílica de São Pedro, presidida pelo cardeal Marc Ouellet, prefeito da Congregação dos bispos e presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina. Em sua homilia ele disse “Ambas as Américas foram terreno de evangelização há quase meio milênio, graças à  “coragem dos missionários”, à “perseverança dos santos” e ao “sangue dos mártires” que tornaram a América uma terra sagrada”.   Papa Bento XVI  também participou da celebração na Basílica de São Pedro, onde saudou os participantes com algumas palavras, ao final da santa missa. “Os votos de cooperação entre as igrejas americanas por parte de João Paulo II merecem ser renovados, na esperança de que a mensagem redentora de Cristo seja vivida com maior seriedade e produza abundantes frutos de santidade e renovação eclesial”, afirmou Bento XVI.     O Santo Padre também se mostrou preocupado com relação às “dolorosas situações de emigração, expulsão ou violência, especialmente aquelas causadas pelo crime organizado, pelo narcotráfico, pela corrupção e pelo tráfico de armas”. Não menos alarmantes, no modo de ver do Pontífice, as dilacerantes desigualdades e os bolsões de pobreza provocados por discutíveis medidas econômicas, políticas e sociais”.   No dia 10 de dezembro, sob a presidência do cardeal Marc Ouellet, foram apresentados três relatórios: o acontecimento guadalupano na origem da evangelização do Novo Mundo, por Dom Eduardo Chávez, diretor do Instituto de Estudos Guadalupanos; a Exortação Apostólica pos-sinodal: profecia, ensinamentos e empenhos, pelo professor Guzmán Carriquiry Lecour, secretário da Comissão Pontifícia; a Exortação Apostólica Ecclesia in America sob a intercessão de Nossa Senhora de Guadalupe, estrela da nova evangelização e mãe da civilização do amor, apresentada pelo professor Carl Anderson, cavaleiro Supremo dos Cavaleiros de Colombo.   Ainda no dia 10, foram realizados vários workshop sobre diversos temas da atualidade, produzidos por oito grupos de trabalho. Dom Luis Francisco Ladaria Ferrer, SJ, encerrou as atividades com uma conferência sobre Significado do Ano da Fé.   O segundo dia do Congresso foi marcado por gestos de devoção como: a recitação do Santo Terço nos Jardins do Vaticano e um ato cultural, teológico e devocional no qual se apresentou, com meios audiovisuais, a beleza na imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, enriquecida por pesquisas científicas sobre a tilma e intercalado por hinos guadalupanos.   No último dia do encontro, os congressistas participaram de uma audiência geral do Santo Padre e de uma conferência propositiva sobre cenários e propostas para a comunhão e cooperação entre as Igrejas do continente americano e para a solidariedade entre seus povos, seguida de um debate geral e da síntese conclusiva do cardial Marc Ouellet.   Os resultados do congresso serão comunicados depois ao Dicastério da Cúria Romana, às Conferências episcopais do continente e ao Conselho Episcopal Latinoamericano.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais