Debate foi realizado durante conferência, em Roma, que reuniu líderes e diretores de diversas organizações salesianas.
Published in Internacionais
A conferência é realizada anualmente e conta com a participação de mais de 3 mil estudantes de todo o mundo.
Published in Educação
A Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA), de Macaé, RJ,  enviará seus primeiros alunos para o Exterior dentro do Programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal. Uma delas é Camilla Gomes Oliveira, de 22 anos, aluna do 9º período do curso de Engenharia de Produção. Neste mês de março, a estudante dará continuidade aos seus estudos na Ohio University, nos Estados Unidos, onde passará 18 meses.
Published in Nacionais
O jovem Júlio César Francisco fala sobre o Salesianos de São Carlos, onde morou por cinco anos; a influência da pedagogia de Dom Bosco em sua vida e os estudos que realiza hoje sobre o Sistema Preventivo.   Júlio César Francisco, 25 anos, teve uma infância difícil. Passou por diversas entidades de acolhimento e pela vida na rua, até ser acolhido na obra Salesianos São Carlos, no interior paulista. Morou na entidade de 2002 a 2007, quando iniciou o curso de Pedagogia na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). Sua história já seria um exemplo de como a pedagogia salesiana pode mudar a vida de um jovem. Mas Júlio quis ir além: partiu de sua experiência pessoal para aprofundar os estudos acadêmicos sobre educação e marginalização de jovens atendidos em entidades de acolhimento. Em 10 de dezembro passado, apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), “A Educação Escolar e o Processo de Marginalização dos Atendidos pela Fundação Casa da Região de Sorocaba-SP”, com o qual obteve nota máxima, e já iniciou outro projeto de estudo na mesma linha. Ao Boletim Salesiano, Júlio fala sobre sua trajetória e sobre oSistema Preventivo de Dom Bosco.
Published in Ação Social
Faz-se necessário repensar os modelos tradicionais de ensino para reflexões acerca do exercício da cidadania digital: novos valores, novas posturas e novas metodologias.
Published in Educação
A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2013 mostra que, em 2012, cerca de 20% dos jovens de 15 a 29 anos não frequentavam escola nem trabalhavam. A proporção de mulheres nesse grupo foi grande: 70,3%. Entre elas, destaca-se a proporção daquelas que tinham pelo menos um filho: 30,0% entre aquelas com 15 a 17 anos, 51,6% na faixa de 18 a 24 anos e 74,1% daquelas de 25 a 29 anos. Entre as pessoas de 15 a 17 anos que não estudavam nem trabalhavam, 56,7% não tinham o ensino fundamental completo. Entre as de 18 a 24 anos, 47,4% tinham completado o ensino médio.
Published in Juventude
“A família tem de voltar a ser o centro da cultura, política, economia e da vida dos povos e nações”, disse o presidente do Pontifício Conselho para a Família, arcebispo Vincenzo Paglia, durante a divulgação da Assembleia Plenária desta instituição, a ser realizada em Roma, de 23 a 25 de outubro.
Published in Internacionais
Faleceu em 6 de outubro de 2013, aos 86 anos, em São Paulo (SP), na Casa salesiana de ‘Santa Teresinha’, onde residia, o P. Antonio da Silva Ferreira, grande salesiano e sacerdote, professor, organizador, pesquisador e historiador salesiano.
Published in Nacionais
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, participou, neste final de semana, dias 26 e 27 de janeiro, de alguns eventos na Inspetoria da Itália Nordeste entre as comunidades de San Donà di Piave, que lançou o projeto “TechPro2” para a formação profissional, e Mogliano Veneto, que comemorou os 130 anos de presença salesiana na região. Participaram das celebrações os diretores das duas comunidades: padres Alberto Maschio e Maurizio Tisato, e o inspetor, padre Roberto Dal Molin.   No sábado, dia 26 de janeiro, em San Donà di Piave, foi celebrada uma missa em honra a Dom Bosco junto com 300 alunos do Centro de Formação Profissional, suas famílias e os educadores. O reitor-mor participou da celebração e após saudar os presentes, entregou os certificados de conclusão de curso e premiou os alunos do ano de 2012.   Ainda no mesmo dia foi realizada uma conferência para a apresentação do projeto “TechPro2” na qual, além do padre Pascual Chávez, falaram o engenheiro Enrico Chiesa Abbiati, responsável pela formação por  “FIAT Group Automobiles”; o engenheiro Roberto Mossino, responsável pelo “Technical Service Mercado Itália”; e as autoridades locais como a doutora Francesca Zaccariotto, presidente da Província de Veneza, entre outros. Após a conferência o reitor-mor benzeu e inaugurou a nova sala de aula do Centro de Formação Profissional.   “Hoje, mais do que nunca, é preciso redescobrir o humanismo e a mística de São Francisco de Sales para compreender em plenitude a pedagogia e a espiritualidade de Dom Bosco” – esse foi o convite que o reitor-mor dirigiu aos membros da Família Salesiana presentes em grande número no Mosteiro da Visitação de Treviso, lugar em que se conserva a relíquia do coração de São Francisco de Sales, patrono da Congregação fundada por Dom Bosco – por causa das celebrações salesianas de final de janeiro e do encerramento dos festejos pelos 130 anos do Colégio salesiano “Astori”, de Mogliano Veneto.   No final da celebração, o reitor-mor manifestou ao inspetor, padre Roberto Dal Molin, à inspetora das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), irmã Marisa Chinellato, e aos responsáveis pelos grupos da Família Salesiana o agradecimento pelos germes de bem copiosamente semeados nas terras do Nordeste da Itália e pelo assíduo trabalho em favor dos jovens e das suas famílias.   InfoANS
Published in Internacionais
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Published in Internacionais
Debate foi realizado durante conferência, em Roma, que reuniu líderes e diretores de diversas organizações salesianas.
Published in Internacionais
A conferência é realizada anualmente e conta com a participação de mais de 3 mil estudantes de todo o mundo.
Published in Educação
A Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA), de Macaé, RJ,  enviará seus primeiros alunos para o Exterior dentro do Programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal. Uma delas é Camilla Gomes Oliveira, de 22 anos, aluna do 9º período do curso de Engenharia de Produção. Neste mês de março, a estudante dará continuidade aos seus estudos na Ohio University, nos Estados Unidos, onde passará 18 meses.
Published in Nacionais
O jovem Júlio César Francisco fala sobre o Salesianos de São Carlos, onde morou por cinco anos; a influência da pedagogia de Dom Bosco em sua vida e os estudos que realiza hoje sobre o Sistema Preventivo.   Júlio César Francisco, 25 anos, teve uma infância difícil. Passou por diversas entidades de acolhimento e pela vida na rua, até ser acolhido na obra Salesianos São Carlos, no interior paulista. Morou na entidade de 2002 a 2007, quando iniciou o curso de Pedagogia na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). Sua história já seria um exemplo de como a pedagogia salesiana pode mudar a vida de um jovem. Mas Júlio quis ir além: partiu de sua experiência pessoal para aprofundar os estudos acadêmicos sobre educação e marginalização de jovens atendidos em entidades de acolhimento. Em 10 de dezembro passado, apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), “A Educação Escolar e o Processo de Marginalização dos Atendidos pela Fundação Casa da Região de Sorocaba-SP”, com o qual obteve nota máxima, e já iniciou outro projeto de estudo na mesma linha. Ao Boletim Salesiano, Júlio fala sobre sua trajetória e sobre oSistema Preventivo de Dom Bosco.
Published in Ação Social
Faz-se necessário repensar os modelos tradicionais de ensino para reflexões acerca do exercício da cidadania digital: novos valores, novas posturas e novas metodologias.
Published in Educação
A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2013 mostra que, em 2012, cerca de 20% dos jovens de 15 a 29 anos não frequentavam escola nem trabalhavam. A proporção de mulheres nesse grupo foi grande: 70,3%. Entre elas, destaca-se a proporção daquelas que tinham pelo menos um filho: 30,0% entre aquelas com 15 a 17 anos, 51,6% na faixa de 18 a 24 anos e 74,1% daquelas de 25 a 29 anos. Entre as pessoas de 15 a 17 anos que não estudavam nem trabalhavam, 56,7% não tinham o ensino fundamental completo. Entre as de 18 a 24 anos, 47,4% tinham completado o ensino médio.
Published in Juventude
“A família tem de voltar a ser o centro da cultura, política, economia e da vida dos povos e nações”, disse o presidente do Pontifício Conselho para a Família, arcebispo Vincenzo Paglia, durante a divulgação da Assembleia Plenária desta instituição, a ser realizada em Roma, de 23 a 25 de outubro.
Published in Internacionais
Faleceu em 6 de outubro de 2013, aos 86 anos, em São Paulo (SP), na Casa salesiana de ‘Santa Teresinha’, onde residia, o P. Antonio da Silva Ferreira, grande salesiano e sacerdote, professor, organizador, pesquisador e historiador salesiano.
Published in Nacionais
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, participou, neste final de semana, dias 26 e 27 de janeiro, de alguns eventos na Inspetoria da Itália Nordeste entre as comunidades de San Donà di Piave, que lançou o projeto “TechPro2” para a formação profissional, e Mogliano Veneto, que comemorou os 130 anos de presença salesiana na região. Participaram das celebrações os diretores das duas comunidades: padres Alberto Maschio e Maurizio Tisato, e o inspetor, padre Roberto Dal Molin.   No sábado, dia 26 de janeiro, em San Donà di Piave, foi celebrada uma missa em honra a Dom Bosco junto com 300 alunos do Centro de Formação Profissional, suas famílias e os educadores. O reitor-mor participou da celebração e após saudar os presentes, entregou os certificados de conclusão de curso e premiou os alunos do ano de 2012.   Ainda no mesmo dia foi realizada uma conferência para a apresentação do projeto “TechPro2” na qual, além do padre Pascual Chávez, falaram o engenheiro Enrico Chiesa Abbiati, responsável pela formação por  “FIAT Group Automobiles”; o engenheiro Roberto Mossino, responsável pelo “Technical Service Mercado Itália”; e as autoridades locais como a doutora Francesca Zaccariotto, presidente da Província de Veneza, entre outros. Após a conferência o reitor-mor benzeu e inaugurou a nova sala de aula do Centro de Formação Profissional.   “Hoje, mais do que nunca, é preciso redescobrir o humanismo e a mística de São Francisco de Sales para compreender em plenitude a pedagogia e a espiritualidade de Dom Bosco” – esse foi o convite que o reitor-mor dirigiu aos membros da Família Salesiana presentes em grande número no Mosteiro da Visitação de Treviso, lugar em que se conserva a relíquia do coração de São Francisco de Sales, patrono da Congregação fundada por Dom Bosco – por causa das celebrações salesianas de final de janeiro e do encerramento dos festejos pelos 130 anos do Colégio salesiano “Astori”, de Mogliano Veneto.   No final da celebração, o reitor-mor manifestou ao inspetor, padre Roberto Dal Molin, à inspetora das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), irmã Marisa Chinellato, e aos responsáveis pelos grupos da Família Salesiana o agradecimento pelos germes de bem copiosamente semeados nas terras do Nordeste da Itália e pelo assíduo trabalho em favor dos jovens e das suas famílias.   InfoANS
Published in Internacionais
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Published in Internacionais