JMJ 2022 acontecerá em Lisboa, Portugal; Comitê Organizador Local informou que inscrições vão até 4 de novembro.
Published in Comunicação
Alunos deverão seguir o tema: “Uma aventura no espaço”, inspirada no filme de ficção científica “Perdidos em Marte’. Saiba mais no Boletim Salesiano!
Published in Nacionais
Confira quem são os ganhadores do concurso Passaporte Nautas no portal do Boletim Salesiano!
Published in Nacionais
  A Secretaria para os Direitos Humanos do Instituto Internacional de Maria Auxiliadora (IIMA), em parceria com o VIDES Internacional e a Missão Permanente do Uruguai junto às Nações Unidas, promovem nesta terça-feira, 04 de junho, no Palácio das Nações, em Genebra, Suíça, um evento onde é debatida a atual conjuntura do jovem no mundo. O encontro intitulado “Responsabilização dos Jovens: quais estratégias?”, ocorre paralelamente à 23ª sessão do Conselho dos Direitos Humanos, que se realiza  até o próximo dia 15 de junho.   Com o evento, o IIMA e o VIDES Internacional pretendem questionar os representantes governamentais sobre o que está sendo feito para promover a capacitação dos jovens e para oferecer-lhes condições de exercer uma cidadania ativa.   Ao longo do evento, representantes governamentais e especialistas de diversas áreas debatem sobre questões que envolvem os jovens no âmbito da educação, saúde, emprego, globalização, delinquência juvenil, uso das drogas, entre outros temas.   A Família Salesiana (FS) é representada no evento pelas irmãs Filhas de Maria Auxiliadora, Molly Kaniampady e  Maria Grazia Caputo - representante da Secretaria dos Direitos Humanos do IIMA nas Nações Unidas, além do padre salesiano, Thomas Vattathara, inspetor dos Salesianos de Guwahati, Índia, e presidente nacional da Conferência dos Religiosos da Índia.   No encontro, padre Thomas e irmã Molly, ambos indianos, terão a tarefa de apresentar aos participantes suas sucedidas experiências na educação de jovens vulneráveis, de etnias e religiões diferentes, e no desenvolvimento de condições de pacífica convivência e de respeito aos Direitos Humanos.   “Estamos muito contentes pela organização deste evento, seja porque não é fácil que uma Missão Permanente colabore com a sociedade civil na gestão de um evento paralelo; seja porque somos as primeiras a propor o tema da Juventude, refiro-me àquela faixa de idade entre 15 e 24 anos, fase quase sempre abandonada, porque fala-se de crianças ou  de adultos”, afirma a irmã FMA, Maria Grazia Caputo.   O evento, que neste ano recebe a colaboração da Missão Permanente do Uruguai, é também co-patrocinado pela Santa Sé, França, Costa Rica, pela Secretaria do Alto Comissariado para os Direitos Humanos (OHCHR) e pela Plataforma do Direito à Educação.   InfoANS
Published in Internacionais
A realização da Jornada Mundial da Juventude  no Rio de Janeiro favorece e estimula a participação de milhares de jovens que nunca haviam sonhado com a possibilidade de participar de um evento internacional de grande porte como esse.   Na região Amazônica, no âmbito Salesiano, os jovens mobilizados pelas Filhas de Maria Auxiliadora  (FMA) e pelos Salesianos (SDB) já somam cerca de 500 participantes, contando com muitas obras e diferentes cidades nos três estados onde estão presentes: Yauaretê, AM; Santa Isabel do Rio Negro, AM; Manaus, AM; Manicoré,  AM; Belém, PA; Castanhal, PA; Salinópolis, PA; Porto Velho, RO; e Ji-Paraná, RO.   Outro fator merecedor de admiração, que está acontecendo na Amazônia Salesiana nesse processo de preparação à JMJ Rio 2013, é o empenho que está sendo dispensado para a realização de um trabalho conjunto. Na área do Pará, por exemplo, a animação da Articulação da Juventude Salesiana (AJS), promovida pelos SDB e FMA, deu passos significativos e nos próximos dias deverá ser realizado um grande retiro com a juventude em Belém. Em Manaus, há uma programação conjunta composta por diversas atividades, como momentos de oração, ensaio, encontros de reflexão e retiro para todos os peregrinos das obras FMA e SDB da área.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Published in Nacionais
Entre os dias 21 e 25 de março, a cidade do Recife foi sede do XIII Encontro Nacional de Ex-alunas e Ex-alunos das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). O evento foi norteado pelo tema “Ex-alunas e ex-alunos no mundo, herdeiros e protagonistas do carisma salesiano” e o lema “Unidos pelo carisma salesiano para um mundo melhor e mais cristão”.   O encontro contou com a participação de mais de 140 ex-alunos e religiosos de vários estados do Brasil. “Desse momento de alegria e reencontro, foi possível repensamos o nosso papel de ex-alunas e ex-alunos salesianos na sociedade e o nosso compromisso de cristãos no mundo”, afirmou Maria Inês Maranhão, presidente da Federação das Ex-alunas FMA do Nordeste.   RSE Informa
Published in Nacionais
Os alunos do Colégio Salesiano Região Oceânica de Niterói, RJ, Tadeu Deon Vieira, Vinicius Leivas e os irmãos Antônio e Davi Payão, conquistaram medalhas de ouro, bronze e prata, respectivamente, em suas categorias, no campeonato internacional de jiu-jítsu - Pan Kids Jiu-Jitsu Championship 2013 (IBJJF - International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), realizado no mês de fevereiro, na Califórnia State University Dominguez Hill, no estado da Califórnia, Estados Unidos. O campeonato contou com a participação de quase mil atletas inscritos em todas as categorias e é um dos maiores campeonatos da modalidade no mundo, para crianças e adolescentes com até 15 anos.   Tadeu disputou na categoria de 13 anos, faixa amarela, ultra-heavy, representando a academia Gracie Humaitá: O aluno participou de duas lutas: a primeira venceu por 7 X 0 e a segunda, final, por 19 X 0.   Para o aluno, a oportunidade de participar do Pan Kids demonstrou a sua preparação e evolução. “O resultado foi muito especial. Para a felicidade de todos, eu trouxe um ouro para o Brasil e sou campeão pan-americano de jiu-jitsu”.   Trajetória do aluno   Tadeu se dedica ao jiu-jítsu desde 2009 e ao longo desta jornada vem participando de muitos campeonatos e conquistando muitas medalhas, até agora, o estudante já ganhou 46 medalhas. No final de fevereiro, o aluno salesiano iniciou o circuito nacional das competições com mais um ouro. Neste ano, ele espera participar de aproximadamente 25 competições. Em seu quadro de premiações, Tadeu, possui inúmeras medalhas de campeonatos estaduais, brasileiro e até mundial.   Colégio Salesiano Região Oceânica    
Published in Nacionais
Padre Luiz Alves de Lima, que participa do Sínodo dos Bispos como assessor perito, nos enviou novas informações sobre o quinto e sexto dias do evento. Na partilha sobre o dia 11 de outubro, ele conta como foi a comemoração dos 50 anos do Concílio Vaticano II e a abertura do Ano da Fé.  No dia de Nossa Senhora Aparecida, em que também os hispânicos comemoraram o dia de Nossa Senhora do Pilar e o dia da hispanidade, pela descoberta da América por Cristovão Colombo, dois salesianos, entre eles o reitor-mor, padre Pascual Chavez, falaram no Sínodo. Veja os relatos enviados pelo padre Lima.   Relato dia 11 de outubro   Concílio Vaticano II: 50 anos Há 50 anos inaugurava-se o Concílio Vaticano II. Todos os participantes do Sínodo foram para a soleníssima missa presidida por Bento XVI em ação de graças por esse magno acontecimento. A ele se uniu também a celebração dos 20 anos do Catecismo da Igreja Católica e, sobretudo, a abertura do Ano da Fé. A grandeza, beleza e solenidade da liturgia este à altura desses acontecimentos.   Mais uma vez essas grandes cerimônias foram realizadas na praça São Pedro na presença de uma multidão de fiéis (maioria religiosa). Como na celebração de abertura, destacavam-se os bispos e padres dos ritos católicos orientais com suas vestes esplendentes, o coral da capela sistina (foi cantada a Missa de Angelis e muita polifonia). Além dos 250 bispos que participam do Sínodo, concelebravam também os presidentes das conferências episcopais dos vários países. Estiveram presentes, mas não concelebrando, pois não são católicos, Sua Santidade Bartolomeu I, Patriarca de Constantinopla, Ortodoxo, e Sua Graça Rowan D. Williams, Arcebispo de Cantuária, Anglicano, que no dia 10 de outubro discursou na Aula Sinodal. Também estavam alguns dos 38 bispos ainda vivos, que participaram do Vaticano II, inclusive o Papa. Leia mais em ISSP   Relato dia 12 de outubro O dia foi reservado à solenidade de Nossa Senhora Aparecida. Para os espanhóis é dia de Nossa Senhora do Pilar e para todos os de fala castelhana, é dia da hispanidade em vista da descoberta da América, por parte de Cristóvão Colombo. As três datas foram lembradas em público. No Colégio Pio Brasileiro houve a tradicional Missa e Festa de Nossa Senhora Aparecida, onde, em geral, comparecem todos os brasileiros ligados à Igreja que estudam ou residem em Roma, como também outros. Mas nós, participantes do Sínodo, não pudemos ir por causa dos trabalhos sinodais.   Das 09h30 às 12h houve mais uma longa sessão de discursos, ao todo, 25. Falaram personagens bastante conhecidas, como o prelado da Opus Dei (J. Echeverria), Dom G. Ravasi, do Pontifício Conselho para a Cultura. Foi um dia também salesiano, pois falaram dois bispos, nossos irmãos de Congregação e o reitor-mor, padre Pascual Chavez. Leia mais em ISSP  
Published in Internacionais
A comunidade salesiana celebrou, no dia 03 de outubro, o  75 º aniversário de presença no Vaticano. Para comemorar a data foi celebrada uma missa solene de ação de graças na Capela Paulina, presidida pelo cardeal Tarcisio Bertone, secretário de estado vaticano. O reitor-mor, padre Pascual Chávez, participou da celebração junto com vários cardeais, bispos e outros membros que serviram a comunidade no passado, além de funcionários da imprensa do Vaticano - L'Osservatore Romano.   Em sua homilia o cardeal Bertone lembrou alguns dos destaques dos 75 anos da comunidade salesiana no Vaticano e enfatizou as duas dimensões de serviço cumprido: os eclesiais - para o serviço da missão universal da Igreja - e secularismo - a presença fundamental de irmãos salesianos. O secretário de estado salientou a importância do compromisso em comunicação social, tendo em vista o novo impulso evangelizador necessário para o Ano da Fé.   Cerca de 80 participantes se reuniram no salão da Academia de Ciências, onde foi realizada a exibição de alguns materiais históricos fotográficos. Na ocasião o reitor-mor recordou a figura do Papa Pio XI e agradeceu a todos os salesianos que serviram no Vaticano. "Espero que a congregação salesiana seja sempre igual à apreciação e expectativa do Papa e do secretário de estado em relação a esta comunidade salesiana e seu trabalho, para que ela possa cooperar de forma eficaz a serviço da Igreja”, concluiu o reitor-mor.   A celebração contou ainda com o coro da Capela Sistina, dirigido pelo padre Massimo Palombella, sdb. A cerimônia terminou com a intervenção do diretor-adjunto do jornal L'Osservatore Romano, Dr. Carlo di Cicco, que expressou a gratidão da equipe leiga de L'Osservatore Romano e da comunidade com um fraterno ágape.   Leia sobre a chegada dos salesianos no Vaticano
Published in Internacionais
JMJ 2022 acontecerá em Lisboa, Portugal; Comitê Organizador Local informou que inscrições vão até 4 de novembro.
Published in Comunicação
Alunos deverão seguir o tema: “Uma aventura no espaço”, inspirada no filme de ficção científica “Perdidos em Marte’. Saiba mais no Boletim Salesiano!
Published in Nacionais
Confira quem são os ganhadores do concurso Passaporte Nautas no portal do Boletim Salesiano!
Published in Nacionais
  A Secretaria para os Direitos Humanos do Instituto Internacional de Maria Auxiliadora (IIMA), em parceria com o VIDES Internacional e a Missão Permanente do Uruguai junto às Nações Unidas, promovem nesta terça-feira, 04 de junho, no Palácio das Nações, em Genebra, Suíça, um evento onde é debatida a atual conjuntura do jovem no mundo. O encontro intitulado “Responsabilização dos Jovens: quais estratégias?”, ocorre paralelamente à 23ª sessão do Conselho dos Direitos Humanos, que se realiza  até o próximo dia 15 de junho.   Com o evento, o IIMA e o VIDES Internacional pretendem questionar os representantes governamentais sobre o que está sendo feito para promover a capacitação dos jovens e para oferecer-lhes condições de exercer uma cidadania ativa.   Ao longo do evento, representantes governamentais e especialistas de diversas áreas debatem sobre questões que envolvem os jovens no âmbito da educação, saúde, emprego, globalização, delinquência juvenil, uso das drogas, entre outros temas.   A Família Salesiana (FS) é representada no evento pelas irmãs Filhas de Maria Auxiliadora, Molly Kaniampady e  Maria Grazia Caputo - representante da Secretaria dos Direitos Humanos do IIMA nas Nações Unidas, além do padre salesiano, Thomas Vattathara, inspetor dos Salesianos de Guwahati, Índia, e presidente nacional da Conferência dos Religiosos da Índia.   No encontro, padre Thomas e irmã Molly, ambos indianos, terão a tarefa de apresentar aos participantes suas sucedidas experiências na educação de jovens vulneráveis, de etnias e religiões diferentes, e no desenvolvimento de condições de pacífica convivência e de respeito aos Direitos Humanos.   “Estamos muito contentes pela organização deste evento, seja porque não é fácil que uma Missão Permanente colabore com a sociedade civil na gestão de um evento paralelo; seja porque somos as primeiras a propor o tema da Juventude, refiro-me àquela faixa de idade entre 15 e 24 anos, fase quase sempre abandonada, porque fala-se de crianças ou  de adultos”, afirma a irmã FMA, Maria Grazia Caputo.   O evento, que neste ano recebe a colaboração da Missão Permanente do Uruguai, é também co-patrocinado pela Santa Sé, França, Costa Rica, pela Secretaria do Alto Comissariado para os Direitos Humanos (OHCHR) e pela Plataforma do Direito à Educação.   InfoANS
Published in Internacionais
A realização da Jornada Mundial da Juventude  no Rio de Janeiro favorece e estimula a participação de milhares de jovens que nunca haviam sonhado com a possibilidade de participar de um evento internacional de grande porte como esse.   Na região Amazônica, no âmbito Salesiano, os jovens mobilizados pelas Filhas de Maria Auxiliadora  (FMA) e pelos Salesianos (SDB) já somam cerca de 500 participantes, contando com muitas obras e diferentes cidades nos três estados onde estão presentes: Yauaretê, AM; Santa Isabel do Rio Negro, AM; Manaus, AM; Manicoré,  AM; Belém, PA; Castanhal, PA; Salinópolis, PA; Porto Velho, RO; e Ji-Paraná, RO.   Outro fator merecedor de admiração, que está acontecendo na Amazônia Salesiana nesse processo de preparação à JMJ Rio 2013, é o empenho que está sendo dispensado para a realização de um trabalho conjunto. Na área do Pará, por exemplo, a animação da Articulação da Juventude Salesiana (AJS), promovida pelos SDB e FMA, deu passos significativos e nos próximos dias deverá ser realizado um grande retiro com a juventude em Belém. Em Manaus, há uma programação conjunta composta por diversas atividades, como momentos de oração, ensaio, encontros de reflexão e retiro para todos os peregrinos das obras FMA e SDB da área.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Published in Nacionais
Entre os dias 21 e 25 de março, a cidade do Recife foi sede do XIII Encontro Nacional de Ex-alunas e Ex-alunos das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). O evento foi norteado pelo tema “Ex-alunas e ex-alunos no mundo, herdeiros e protagonistas do carisma salesiano” e o lema “Unidos pelo carisma salesiano para um mundo melhor e mais cristão”.   O encontro contou com a participação de mais de 140 ex-alunos e religiosos de vários estados do Brasil. “Desse momento de alegria e reencontro, foi possível repensamos o nosso papel de ex-alunas e ex-alunos salesianos na sociedade e o nosso compromisso de cristãos no mundo”, afirmou Maria Inês Maranhão, presidente da Federação das Ex-alunas FMA do Nordeste.   RSE Informa
Published in Nacionais
Os alunos do Colégio Salesiano Região Oceânica de Niterói, RJ, Tadeu Deon Vieira, Vinicius Leivas e os irmãos Antônio e Davi Payão, conquistaram medalhas de ouro, bronze e prata, respectivamente, em suas categorias, no campeonato internacional de jiu-jítsu - Pan Kids Jiu-Jitsu Championship 2013 (IBJJF - International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), realizado no mês de fevereiro, na Califórnia State University Dominguez Hill, no estado da Califórnia, Estados Unidos. O campeonato contou com a participação de quase mil atletas inscritos em todas as categorias e é um dos maiores campeonatos da modalidade no mundo, para crianças e adolescentes com até 15 anos.   Tadeu disputou na categoria de 13 anos, faixa amarela, ultra-heavy, representando a academia Gracie Humaitá: O aluno participou de duas lutas: a primeira venceu por 7 X 0 e a segunda, final, por 19 X 0.   Para o aluno, a oportunidade de participar do Pan Kids demonstrou a sua preparação e evolução. “O resultado foi muito especial. Para a felicidade de todos, eu trouxe um ouro para o Brasil e sou campeão pan-americano de jiu-jitsu”.   Trajetória do aluno   Tadeu se dedica ao jiu-jítsu desde 2009 e ao longo desta jornada vem participando de muitos campeonatos e conquistando muitas medalhas, até agora, o estudante já ganhou 46 medalhas. No final de fevereiro, o aluno salesiano iniciou o circuito nacional das competições com mais um ouro. Neste ano, ele espera participar de aproximadamente 25 competições. Em seu quadro de premiações, Tadeu, possui inúmeras medalhas de campeonatos estaduais, brasileiro e até mundial.   Colégio Salesiano Região Oceânica    
Published in Nacionais
Padre Luiz Alves de Lima, que participa do Sínodo dos Bispos como assessor perito, nos enviou novas informações sobre o quinto e sexto dias do evento. Na partilha sobre o dia 11 de outubro, ele conta como foi a comemoração dos 50 anos do Concílio Vaticano II e a abertura do Ano da Fé.  No dia de Nossa Senhora Aparecida, em que também os hispânicos comemoraram o dia de Nossa Senhora do Pilar e o dia da hispanidade, pela descoberta da América por Cristovão Colombo, dois salesianos, entre eles o reitor-mor, padre Pascual Chavez, falaram no Sínodo. Veja os relatos enviados pelo padre Lima.   Relato dia 11 de outubro   Concílio Vaticano II: 50 anos Há 50 anos inaugurava-se o Concílio Vaticano II. Todos os participantes do Sínodo foram para a soleníssima missa presidida por Bento XVI em ação de graças por esse magno acontecimento. A ele se uniu também a celebração dos 20 anos do Catecismo da Igreja Católica e, sobretudo, a abertura do Ano da Fé. A grandeza, beleza e solenidade da liturgia este à altura desses acontecimentos.   Mais uma vez essas grandes cerimônias foram realizadas na praça São Pedro na presença de uma multidão de fiéis (maioria religiosa). Como na celebração de abertura, destacavam-se os bispos e padres dos ritos católicos orientais com suas vestes esplendentes, o coral da capela sistina (foi cantada a Missa de Angelis e muita polifonia). Além dos 250 bispos que participam do Sínodo, concelebravam também os presidentes das conferências episcopais dos vários países. Estiveram presentes, mas não concelebrando, pois não são católicos, Sua Santidade Bartolomeu I, Patriarca de Constantinopla, Ortodoxo, e Sua Graça Rowan D. Williams, Arcebispo de Cantuária, Anglicano, que no dia 10 de outubro discursou na Aula Sinodal. Também estavam alguns dos 38 bispos ainda vivos, que participaram do Vaticano II, inclusive o Papa. Leia mais em ISSP   Relato dia 12 de outubro O dia foi reservado à solenidade de Nossa Senhora Aparecida. Para os espanhóis é dia de Nossa Senhora do Pilar e para todos os de fala castelhana, é dia da hispanidade em vista da descoberta da América, por parte de Cristóvão Colombo. As três datas foram lembradas em público. No Colégio Pio Brasileiro houve a tradicional Missa e Festa de Nossa Senhora Aparecida, onde, em geral, comparecem todos os brasileiros ligados à Igreja que estudam ou residem em Roma, como também outros. Mas nós, participantes do Sínodo, não pudemos ir por causa dos trabalhos sinodais.   Das 09h30 às 12h houve mais uma longa sessão de discursos, ao todo, 25. Falaram personagens bastante conhecidas, como o prelado da Opus Dei (J. Echeverria), Dom G. Ravasi, do Pontifício Conselho para a Cultura. Foi um dia também salesiano, pois falaram dois bispos, nossos irmãos de Congregação e o reitor-mor, padre Pascual Chavez. Leia mais em ISSP  
Published in Internacionais
A comunidade salesiana celebrou, no dia 03 de outubro, o  75 º aniversário de presença no Vaticano. Para comemorar a data foi celebrada uma missa solene de ação de graças na Capela Paulina, presidida pelo cardeal Tarcisio Bertone, secretário de estado vaticano. O reitor-mor, padre Pascual Chávez, participou da celebração junto com vários cardeais, bispos e outros membros que serviram a comunidade no passado, além de funcionários da imprensa do Vaticano - L'Osservatore Romano.   Em sua homilia o cardeal Bertone lembrou alguns dos destaques dos 75 anos da comunidade salesiana no Vaticano e enfatizou as duas dimensões de serviço cumprido: os eclesiais - para o serviço da missão universal da Igreja - e secularismo - a presença fundamental de irmãos salesianos. O secretário de estado salientou a importância do compromisso em comunicação social, tendo em vista o novo impulso evangelizador necessário para o Ano da Fé.   Cerca de 80 participantes se reuniram no salão da Academia de Ciências, onde foi realizada a exibição de alguns materiais históricos fotográficos. Na ocasião o reitor-mor recordou a figura do Papa Pio XI e agradeceu a todos os salesianos que serviram no Vaticano. "Espero que a congregação salesiana seja sempre igual à apreciação e expectativa do Papa e do secretário de estado em relação a esta comunidade salesiana e seu trabalho, para que ela possa cooperar de forma eficaz a serviço da Igreja”, concluiu o reitor-mor.   A celebração contou ainda com o coro da Capela Sistina, dirigido pelo padre Massimo Palombella, sdb. A cerimônia terminou com a intervenção do diretor-adjunto do jornal L'Osservatore Romano, Dr. Carlo di Cicco, que expressou a gratidão da equipe leiga de L'Osservatore Romano e da comunidade com um fraterno ágape.   Leia sobre a chegada dos salesianos no Vaticano
Published in Internacionais