A santidade para Francisco de Sales deve ser vivida com alegria. Para ele, a alegria é vital e a compara com o palpitar do coração e com o ar que respiramos pelos pulmões. Sabemos que são órgãos vitais e que, sem eles, não vivemos.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
O Papa Francisco convocou todas as pessoas de boa vontade para “reacender o compromisso para e com as novas gerações, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de uma escuta paciente, um diálogo construtivo e compreensão mútua”.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Nas reflexões sobre as Memórias Biográficas de São João Bosco, o padre Osmar A. Bezutte revela a “fórmula” para ser amigo de Dom Bosco: a + b – c (cf. MB, vol. X em italiano, p. 1.011).    
Publicado em Dom Bosco Hoje
“Parece muito simples. Mas, quando falamos do ser humano, não é possível utilizar a mesma lógica de estímulo-resposta. Diante de uma dada informação, cada pessoa tem a capacidade ‘discernimento’”.    
Publicado em Novos Pátios
No primeiro artigo dessa série sobre Projeto de Vida para educadores apresentei o caminho da mudança de paradigma comunicacional entre educador e educando. É urgente passar da era do emissor e receptor para o diálogo entre sujeitos.    
Publicado em Projeto de Vida
“Imaginar o meu irmão salesiano que esperava até tarde pelo jovem que voltava do trabalho para lhe servir o jantar juntamente com outros dois educadores, como um verdadeiro irmão ou um pai, comovia-me. Disse comigo: Dom Bosco faria o mesmo”.    
Publicado em Reitor-mor
Dom Bosco compreendeu que, para ter êxito na formação integral dos jovens, como descrito no Sistema Preventivo, teria que buscar alguns elementos-chave para compor o seu método educativo. Assim, buscou em Francisco de Sales o amor, a bondade, a paciência e a doçura. E percebeu que tudo isso poderia ser vivido de forma familiar, por meio do espírito de família, onde se vive a vida participando dos sacramentos, na oração, no otimismo, na confiança, na alegria e no cumprimento dos deveres de cada dia.  
Publicado em Editorial
Quando visitou as cadeias de Turim, na Itália, Dom Bosco viu a condição deplorável de muitos jovens ali detidos, abandonados à própria sorte. Foi diante dessa realidade que Dom Bosco fez sua opção preferencial e definitiva pelos jovens, especialmente os mais pobres.
Publicado em Salesianidade
No dia 18 de janeiro deste ano completaram-se 120 anos da presença salesiana na Missão Indígena de Meruri, MT.
Publicado em Missões
A santidade para Francisco de Sales deve ser vivida com alegria. Para ele, a alegria é vital e a compara com o palpitar do coração e com o ar que respiramos pelos pulmões. Sabemos que são órgãos vitais e que, sem eles, não vivemos.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
O Papa Francisco convocou todas as pessoas de boa vontade para “reacender o compromisso para e com as novas gerações, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de uma escuta paciente, um diálogo construtivo e compreensão mútua”.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Nas reflexões sobre as Memórias Biográficas de São João Bosco, o padre Osmar A. Bezutte revela a “fórmula” para ser amigo de Dom Bosco: a + b – c (cf. MB, vol. X em italiano, p. 1.011).    
Publicado em Dom Bosco Hoje
“Parece muito simples. Mas, quando falamos do ser humano, não é possível utilizar a mesma lógica de estímulo-resposta. Diante de uma dada informação, cada pessoa tem a capacidade ‘discernimento’”.    
Publicado em Novos Pátios
No primeiro artigo dessa série sobre Projeto de Vida para educadores apresentei o caminho da mudança de paradigma comunicacional entre educador e educando. É urgente passar da era do emissor e receptor para o diálogo entre sujeitos.    
Publicado em Projeto de Vida
“Imaginar o meu irmão salesiano que esperava até tarde pelo jovem que voltava do trabalho para lhe servir o jantar juntamente com outros dois educadores, como um verdadeiro irmão ou um pai, comovia-me. Disse comigo: Dom Bosco faria o mesmo”.    
Publicado em Reitor-mor
Dom Bosco compreendeu que, para ter êxito na formação integral dos jovens, como descrito no Sistema Preventivo, teria que buscar alguns elementos-chave para compor o seu método educativo. Assim, buscou em Francisco de Sales o amor, a bondade, a paciência e a doçura. E percebeu que tudo isso poderia ser vivido de forma familiar, por meio do espírito de família, onde se vive a vida participando dos sacramentos, na oração, no otimismo, na confiança, na alegria e no cumprimento dos deveres de cada dia.  
Publicado em Editorial
Quando visitou as cadeias de Turim, na Itália, Dom Bosco viu a condição deplorável de muitos jovens ali detidos, abandonados à própria sorte. Foi diante dessa realidade que Dom Bosco fez sua opção preferencial e definitiva pelos jovens, especialmente os mais pobres.
Publicado em Salesianidade
No dia 18 de janeiro deste ano completaram-se 120 anos da presença salesiana na Missão Indígena de Meruri, MT.
Publicado em Missões