Veja o último artigo da série sobre padre Paulo Albera, segundo sucessor de Dom Bosco, cujo centenário de morte foi celebrado em 2021.    
Publicado em Salesianidade
A Família Salesiana pode olhar para Dom Bosco e, como ele, colocar-se como devoto de São José.  
Publicado em Salesianidade
São José exerce a sua custódia – de Maria, de Jesus, da Igreja – com discrição, com humildade, em silêncio, mas com uma presença constante e fidelidade total, mesmo quando não compreende.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Jesus aprendeu com José a como confiar em uma pai, uma figura não tão comum e muito necessária.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Conheça dez curiosidades sobre São José, Padroeiro da Igreja e da Família Salesiana  
Publicado em Igreja
No primeiro domingo após o Natal, a Igreja celebra a Sagrada Família e convida todos a olharem para Jesus, Maria e José como modelo de amor que consegue superar as dificuldades. Este ano, a Festa da Sagrada Família será em 26 de dezembro, mais uma oportunidade para perceber o exemplo paterno de São José.    
Publicado em Igreja
O Natal vem aí. As ruas, as lojas, as casas, as praças já se enfeitam para o Natal. Um Natal colorido. Hoje em dia, com luzes por todo canto... algumas piscando, sumindo e ressurgindo, como quem nasce e morre... Morre e renasce.    
Publicado em Liturgia
Envio-lhes a minha afetuosa saudação, amigos leitores do Boletim Salesiano, com a mensagem condensada no título desta página, de que não sou autor. Foi o Papa Francisco que, no Natal do ano passado, ao dar as boas-festas às famílias do pessoal da Cidade do Vaticano, escolheu como mensagem a realidade do sorriso.    
Publicado em Reitor-mor
“Grande São José, esposo amadíssimo da Mãe do Bem-amado, oh! Quantas vezes tivestes em vossos braços o Amor do Céu e da terra; quantas vezes, abrasado pelos ternos amplexos e os doces ósculos deste divino Menino, sentistes a vossa alma enternecer-se de amor quando o ouvíeis carinhosamente dizer-vos (e com que suavidade, meu Deus!) que éreis o seu grande amigo e o seu querido Pai!” Assim escreveu São Francisco de Sales na oração inicial do seu grande livro, o Tratado do Amor de Deus, que é considerado a “carta magna do humanismo cristão.”    
Publicado em Editorial
Veja o último artigo da série sobre padre Paulo Albera, segundo sucessor de Dom Bosco, cujo centenário de morte foi celebrado em 2021.    
Publicado em Salesianidade
A Família Salesiana pode olhar para Dom Bosco e, como ele, colocar-se como devoto de São José.  
Publicado em Salesianidade
São José exerce a sua custódia – de Maria, de Jesus, da Igreja – com discrição, com humildade, em silêncio, mas com uma presença constante e fidelidade total, mesmo quando não compreende.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Jesus aprendeu com José a como confiar em uma pai, uma figura não tão comum e muito necessária.    
Publicado em Dom Bosco Hoje
Conheça dez curiosidades sobre São José, Padroeiro da Igreja e da Família Salesiana  
Publicado em Igreja
No primeiro domingo após o Natal, a Igreja celebra a Sagrada Família e convida todos a olharem para Jesus, Maria e José como modelo de amor que consegue superar as dificuldades. Este ano, a Festa da Sagrada Família será em 26 de dezembro, mais uma oportunidade para perceber o exemplo paterno de São José.    
Publicado em Igreja
O Natal vem aí. As ruas, as lojas, as casas, as praças já se enfeitam para o Natal. Um Natal colorido. Hoje em dia, com luzes por todo canto... algumas piscando, sumindo e ressurgindo, como quem nasce e morre... Morre e renasce.    
Publicado em Liturgia
Envio-lhes a minha afetuosa saudação, amigos leitores do Boletim Salesiano, com a mensagem condensada no título desta página, de que não sou autor. Foi o Papa Francisco que, no Natal do ano passado, ao dar as boas-festas às famílias do pessoal da Cidade do Vaticano, escolheu como mensagem a realidade do sorriso.    
Publicado em Reitor-mor
“Grande São José, esposo amadíssimo da Mãe do Bem-amado, oh! Quantas vezes tivestes em vossos braços o Amor do Céu e da terra; quantas vezes, abrasado pelos ternos amplexos e os doces ósculos deste divino Menino, sentistes a vossa alma enternecer-se de amor quando o ouvíeis carinhosamente dizer-vos (e com que suavidade, meu Deus!) que éreis o seu grande amigo e o seu querido Pai!” Assim escreveu São Francisco de Sales na oração inicial do seu grande livro, o Tratado do Amor de Deus, que é considerado a “carta magna do humanismo cristão.”    
Publicado em Editorial