Foi lançada no dia 3 de junho, a Campanha “Somos Tão Jovens”, da Comissão Justiça e Paz (CJP) da Arquidiocese de Vitória. O evento foi marcado pela manifestação de diversas entidades, contrárias à redução da maioridade penal. As cerca de 40 entidades presentes, entre elas o Cesam-ES (Cesam de Espírito Santo) declararam apoio à causa e abordaram assuntos ligados ao sistema carcerário no Brasil.   A presença salesiana no Espírito Santo apoia a causa e foi representada no evento pelos educadores do Cesam-ES Jackson Rodrigues Trega, Luciano Machado Vicente e Juliana Gomes de Figueiredo, e pela coordenadora do curso de Serviço Social da Faculdade Católica do Espírito Santo, Elisangela Marchesi. “Se investirmos na educação, profissionalização, esporte, lazer, cultura, saúde, assistência social, dificilmente precisaremos investir em privação de liberdade”, destacou Elisangela.   A próxima ação será a formação do Plano de Trabalho da Campanha, que será elaborado em reunião a ser realizada no dia 6 de junho, entre a CJP e as instituições que participaram do lançamento no dia 3.   Mais informações nos sites do Cesam-ES e da Arquidiocese de Vitória, ES.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
  Todos os peregrinos com e sem deficiência terão acesso garantido aos atos centrais da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio 2013. O Comitê Organizador Local (COL) está montando uma estratégia para garantir que as pessoas com deficiência tenham acesso mais fácil aos eventos, em Copacabana e em Guaratiba. A estrutura foi apreciada pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos durante reunião.   Uma empresa especializada foi contratada para montar a estrutura em Copacabana. Em Guaratiba, haverá uma área adaptada para os principais tipos de deficiência: visual, auditiva, intelectual e motora (cadeirantes). Segundo a responsável pelas pessoas com deficiência em Guaratiba, Simone Macdowell, serão 23 mil m2 reservados dentro de uma área total de um milhão de m2.   O espaço em Guaratiba comporta 6.514 pessoas com deficiência, incluindo acompanhantes. O cálculo foi feito considerando-se que, pela realização de uma vigília no local, haverá espaço para pessoas deitadas. Na área reservada vai haver tradução em libras em um telão para os surdos, áudio-descrição para cegos, pisos em floor para cadeirantes e 40 banheiros adaptados. Na rota de chegada até o local da vigília também haverá cerca de 20 banheiros adaptados. Os cães-guia terão vasilhas para comida e bebida e sacos biodegradáveis para as fezes.   “Como o terreno é muito grande, não teremos como montar essa estrutura em todo o espaço, que seria o ideal. Mas mesmo tendo essa estrutura, eles não terão obrigatoriamente de ficar nesse local. Vamos ter tudo isso para atendê-los nessa área, mas se eles quiserem ficar com o grupo deles em outra área, fica a critério da pessoa com deficiência”, detalhou Simone.   Além disso, os cadeirantes poderão solicitar, no ato da inscrição, hospedagem em um alojamento especial adaptado na zona Sul do Rio de Janeiro para facilitar a ida à Copacabana. Se eles desejarem, serão conduzidos em um veículo até Guaratiba.   Legado Social   Para o coordenador geral de acessibilidade da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Sérgio Paulo Nascimento, o projeto da Jornada contempla bem as necessidades das pessoas com deficiência.   “Nós ficamos bem impressionados com a preocupação que houve com a Jornada de que os serviços disponíveis, as hospedagens e os locais tivessem suporte para pessoas com deficiência”, destacou. Segundo Sérgio Paulo,  foram dadas algumas sugestões sobre a comunicação e a integração com outras pessoas. “Na Jornada, que tem o espírito de valorização de todas as pessoas, existe também a preocupação de incluir para que todas as pessoas se sintam parte dos eventos”, completou.   A preocupação com a acessibilidade será um legado social da Jornada, de acordo com Solange Maria Ferreira, coordenadora geral de promoção dos direitos da pessoa com deficiência da Secretaria Nacional de Direitos Humanos. “Um evento desse tamanho vai aparecer muito essa questão e vai divulgar as necessidades de adequação. É a questão do legado; o que vai ficar muito é isso”, destacou.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
  A Articulação da Juventude Salesiana (AJS), em parceria com o Setor Juventude da Diocese de Lorena, realizou, na manhã do dia 6 de abril, um flash mob envolvendo cerca de 700 jovens na Praça Arnolfo Azevedo, região central de Lorena.   A canção escolhida para a dança foi “Eu acredito na juventude”, do cantor Nilton Junior. Com som alto e ritmo alucinante, os jovens se reuniram em nome da fé, na praça que é considerada um ponto de diversão, para anunciar Jesus Cristo e também a Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho, no Rio de Janeiro. Assista abaixo ao flash mob.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
A Inspetoria Maria Auxiliadora do Nordeste realizou, durante a Semana Santa, mais uma edição da ação missionária na Serra do Mel, no Rio Grande do Norte. A atividade oportunizou a renovação espiritual e vocacional dos participantes deste projeto, que vem se destacando no âmbito da missão salesiana do Nordeste.   A ação contou com a participação de algumas Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), entre elas, a irmã Amélia de Assis Castro, atual provincial, e uma representação de jovens e formandos enviados pela inspetoria dos salesianos. À frente desse trabalho estão a irmã Fátima Cunha e alguns salesianos que com entusiasmo, há muito tempo dinamizam essa atividade solidária.   Como de costume, as missões foram realizadas por etapas: visitas às famílias; momentos celebrativos - via sacra, lava pés, alvorada da ressurreição, café partilhado -, além de momentos recreativos, tendo como público-alvo crianças, adolescentes e jovens. “Aqui aprendemos mais do que ensinamos. Os pobres sabem partilhar do pouco que tem. Esta é a grande lição de Jesus Cristo que se fez servo e humano, doando sua vida em favor dos pobres. É desta humanidade que o povo precisa uma presença amiga, desinteressada, que caminha junto se fazendo um entre eles”, destacou um dos participantes do projeto.   Por alguns anos este projeto, promovido anualmente pelas FMA do Nordeste e pelos salesianos de Dom Bosco, foi realizado no mês de julho, favorecendo a participação de jovens e educadores. Mas a pedido da comunidade a data foi alterada para o período da Semana Santa.   Na região da Serra do Mel, a renda familiar consiste basicamente no cultivo da castanha de caju, do mel de abelha e da agricultura. O povo é acolhedor, alegre e sua forte característica é o espírito solidário, a valorização da palavra de Deus, a participação na catequese e a capacidade de realizar bonitas obras de caridade.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Nacionais
Já está disponível nas livrarias católicas do Brasil o CD com o Hino da Campanha da Fraternidade de 2013 e os cantos para a quaresma do ano C. Desde 2006, por decisão dos bispos do Conselho Episcopal Pastoral (CONSEP), o CD traz o hino da Campanha da Fraternidade e o repertório quaresmal correspondente a cada ano.   A Campanha da Fraternidade 2013, que tem por tema “Fraternidade e Juventude”, e lema “Eis-me aqui, envia-me!” (Cf, Is 6,8),  teve seu hino escolhido a partir de concurso aberto para todos que desejassem participar. A canção foi composta para servir durante encontros, debates, seminários, palestras e estudos sobre a temática em questão. O CD contém outras faixas inéditas para as celebrações da quaresma do ano C, além de músicas para o trabalho de evangelização com a juventude.   O assessor de Música Litúrgica da Conferência Nacional dos Bipos do Brasil (CNBB), padre José Carlos Sala afirma que, de acordo com suas potencialidades, “as equipes de canto e música escolherão o melhor meio para apropriar-se desse rico repertório quaresmal que aparece no CD e no Hinário Litúrgico da CNBB e ajudar os fiéis na assimilação dos cantos próprios deste tempo”.   Leia mais em Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
Terminou neste domingo, 14 de outubro, o 2º Encontro Brasileiro de Universitários Cristãos (Ebruc), realizado em Curitiba, no Paraná. O término do Encontro foi marcado com uma missa especial celebrada pelos bispos, Dom Tarcísio Scaramussa, bispo referencial do Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Moacyr José Vitti, arcebispo de Curitiba  e Dom Francisco Biasin, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso.   Antes da celebração, os participantes do 2º Ebruc assistiram a uma apresentação dos três eixos de atuação do Setor Universidades - formação, comunicação e articulação - e o lançamento oficial do site www.universitarioscristaos.com.br.   Leia mais em CNBB
Publicado em Nacionais
  Foi lançada no dia 3 de junho, a Campanha “Somos Tão Jovens”, da Comissão Justiça e Paz (CJP) da Arquidiocese de Vitória. O evento foi marcado pela manifestação de diversas entidades, contrárias à redução da maioridade penal. As cerca de 40 entidades presentes, entre elas o Cesam-ES (Cesam de Espírito Santo) declararam apoio à causa e abordaram assuntos ligados ao sistema carcerário no Brasil.   A presença salesiana no Espírito Santo apoia a causa e foi representada no evento pelos educadores do Cesam-ES Jackson Rodrigues Trega, Luciano Machado Vicente e Juliana Gomes de Figueiredo, e pela coordenadora do curso de Serviço Social da Faculdade Católica do Espírito Santo, Elisangela Marchesi. “Se investirmos na educação, profissionalização, esporte, lazer, cultura, saúde, assistência social, dificilmente precisaremos investir em privação de liberdade”, destacou Elisangela.   A próxima ação será a formação do Plano de Trabalho da Campanha, que será elaborado em reunião a ser realizada no dia 6 de junho, entre a CJP e as instituições que participaram do lançamento no dia 3.   Mais informações nos sites do Cesam-ES e da Arquidiocese de Vitória, ES.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
  Todos os peregrinos com e sem deficiência terão acesso garantido aos atos centrais da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio 2013. O Comitê Organizador Local (COL) está montando uma estratégia para garantir que as pessoas com deficiência tenham acesso mais fácil aos eventos, em Copacabana e em Guaratiba. A estrutura foi apreciada pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos durante reunião.   Uma empresa especializada foi contratada para montar a estrutura em Copacabana. Em Guaratiba, haverá uma área adaptada para os principais tipos de deficiência: visual, auditiva, intelectual e motora (cadeirantes). Segundo a responsável pelas pessoas com deficiência em Guaratiba, Simone Macdowell, serão 23 mil m2 reservados dentro de uma área total de um milhão de m2.   O espaço em Guaratiba comporta 6.514 pessoas com deficiência, incluindo acompanhantes. O cálculo foi feito considerando-se que, pela realização de uma vigília no local, haverá espaço para pessoas deitadas. Na área reservada vai haver tradução em libras em um telão para os surdos, áudio-descrição para cegos, pisos em floor para cadeirantes e 40 banheiros adaptados. Na rota de chegada até o local da vigília também haverá cerca de 20 banheiros adaptados. Os cães-guia terão vasilhas para comida e bebida e sacos biodegradáveis para as fezes.   “Como o terreno é muito grande, não teremos como montar essa estrutura em todo o espaço, que seria o ideal. Mas mesmo tendo essa estrutura, eles não terão obrigatoriamente de ficar nesse local. Vamos ter tudo isso para atendê-los nessa área, mas se eles quiserem ficar com o grupo deles em outra área, fica a critério da pessoa com deficiência”, detalhou Simone.   Além disso, os cadeirantes poderão solicitar, no ato da inscrição, hospedagem em um alojamento especial adaptado na zona Sul do Rio de Janeiro para facilitar a ida à Copacabana. Se eles desejarem, serão conduzidos em um veículo até Guaratiba.   Legado Social   Para o coordenador geral de acessibilidade da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Sérgio Paulo Nascimento, o projeto da Jornada contempla bem as necessidades das pessoas com deficiência.   “Nós ficamos bem impressionados com a preocupação que houve com a Jornada de que os serviços disponíveis, as hospedagens e os locais tivessem suporte para pessoas com deficiência”, destacou. Segundo Sérgio Paulo,  foram dadas algumas sugestões sobre a comunicação e a integração com outras pessoas. “Na Jornada, que tem o espírito de valorização de todas as pessoas, existe também a preocupação de incluir para que todas as pessoas se sintam parte dos eventos”, completou.   A preocupação com a acessibilidade será um legado social da Jornada, de acordo com Solange Maria Ferreira, coordenadora geral de promoção dos direitos da pessoa com deficiência da Secretaria Nacional de Direitos Humanos. “Um evento desse tamanho vai aparecer muito essa questão e vai divulgar as necessidades de adequação. É a questão do legado; o que vai ficar muito é isso”, destacou.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
  A Articulação da Juventude Salesiana (AJS), em parceria com o Setor Juventude da Diocese de Lorena, realizou, na manhã do dia 6 de abril, um flash mob envolvendo cerca de 700 jovens na Praça Arnolfo Azevedo, região central de Lorena.   A canção escolhida para a dança foi “Eu acredito na juventude”, do cantor Nilton Junior. Com som alto e ritmo alucinante, os jovens se reuniram em nome da fé, na praça que é considerada um ponto de diversão, para anunciar Jesus Cristo e também a Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho, no Rio de Janeiro. Assista abaixo ao flash mob.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
A Inspetoria Maria Auxiliadora do Nordeste realizou, durante a Semana Santa, mais uma edição da ação missionária na Serra do Mel, no Rio Grande do Norte. A atividade oportunizou a renovação espiritual e vocacional dos participantes deste projeto, que vem se destacando no âmbito da missão salesiana do Nordeste.   A ação contou com a participação de algumas Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), entre elas, a irmã Amélia de Assis Castro, atual provincial, e uma representação de jovens e formandos enviados pela inspetoria dos salesianos. À frente desse trabalho estão a irmã Fátima Cunha e alguns salesianos que com entusiasmo, há muito tempo dinamizam essa atividade solidária.   Como de costume, as missões foram realizadas por etapas: visitas às famílias; momentos celebrativos - via sacra, lava pés, alvorada da ressurreição, café partilhado -, além de momentos recreativos, tendo como público-alvo crianças, adolescentes e jovens. “Aqui aprendemos mais do que ensinamos. Os pobres sabem partilhar do pouco que tem. Esta é a grande lição de Jesus Cristo que se fez servo e humano, doando sua vida em favor dos pobres. É desta humanidade que o povo precisa uma presença amiga, desinteressada, que caminha junto se fazendo um entre eles”, destacou um dos participantes do projeto.   Por alguns anos este projeto, promovido anualmente pelas FMA do Nordeste e pelos salesianos de Dom Bosco, foi realizado no mês de julho, favorecendo a participação de jovens e educadores. Mas a pedido da comunidade a data foi alterada para o período da Semana Santa.   Na região da Serra do Mel, a renda familiar consiste basicamente no cultivo da castanha de caju, do mel de abelha e da agricultura. O povo é acolhedor, alegre e sua forte característica é o espírito solidário, a valorização da palavra de Deus, a participação na catequese e a capacidade de realizar bonitas obras de caridade.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Nacionais
Já está disponível nas livrarias católicas do Brasil o CD com o Hino da Campanha da Fraternidade de 2013 e os cantos para a quaresma do ano C. Desde 2006, por decisão dos bispos do Conselho Episcopal Pastoral (CONSEP), o CD traz o hino da Campanha da Fraternidade e o repertório quaresmal correspondente a cada ano.   A Campanha da Fraternidade 2013, que tem por tema “Fraternidade e Juventude”, e lema “Eis-me aqui, envia-me!” (Cf, Is 6,8),  teve seu hino escolhido a partir de concurso aberto para todos que desejassem participar. A canção foi composta para servir durante encontros, debates, seminários, palestras e estudos sobre a temática em questão. O CD contém outras faixas inéditas para as celebrações da quaresma do ano C, além de músicas para o trabalho de evangelização com a juventude.   O assessor de Música Litúrgica da Conferência Nacional dos Bipos do Brasil (CNBB), padre José Carlos Sala afirma que, de acordo com suas potencialidades, “as equipes de canto e música escolherão o melhor meio para apropriar-se desse rico repertório quaresmal que aparece no CD e no Hinário Litúrgico da CNBB e ajudar os fiéis na assimilação dos cantos próprios deste tempo”.   Leia mais em Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
Terminou neste domingo, 14 de outubro, o 2º Encontro Brasileiro de Universitários Cristãos (Ebruc), realizado em Curitiba, no Paraná. O término do Encontro foi marcado com uma missa especial celebrada pelos bispos, Dom Tarcísio Scaramussa, bispo referencial do Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Moacyr José Vitti, arcebispo de Curitiba  e Dom Francisco Biasin, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso.   Antes da celebração, os participantes do 2º Ebruc assistiram a uma apresentação dos três eixos de atuação do Setor Universidades - formação, comunicação e articulação - e o lançamento oficial do site www.universitarioscristaos.com.br.   Leia mais em CNBB
Publicado em Nacionais