Solidariedade, respeito e justiça social são valores que o Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo, em Macaé, RJ, faz questão de estimular em seus estudantes e educadores. Pensando nisso, a Pastoral Juvenil Salesiana promoveu uma campanha para auxiliar os dependentes químicos que residem na Fazenda Esperança – projeto social mantido pela Paróquia São João Batista. Liderados pelo professor de ensino religioso Junior Guzzo e pela irmã Gerline Deolinda, estudantes aderiram à iniciativa e arrecadaram 1.008 produtos de limpeza e 950 itens de higiene pessoal.   A entrega foi realizada na última terça-feira, 16 de abril, e contou com o apoio da Prefeitura de Macaé, que cedeu um ônibus para levar os alunos e os donativos até o centro de reabilitação, que fica às margens da BR 101. “As turmas do 8º A e 2º C foram as que mais se destacaram na campanha, mas todos estão de parabéns pela solidariedade”, agradeceu irmã Gerline.   Para a estudante Izabeli Ferreira, 15 anos, é importante que a educação escolar inclua esse tipo de atividade. “Também somos responsáveis por ajudar o próximo e a transformar o mundo em um lugar melhor.” Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conversar com os cerca de 30 internos, que relataram histórias distintas, mas que culminavam no desmantelamento da família e da dignidade humana. “Já passamos por essa situação na minha família - com um tio que era dependente de crack - e sabemos o quanto essas pessoas precisam de apoio para recomeçar”, disse Izabeli.   Atualmente, a Fazenda Esperança se mantém com doações e com o fruto do trabalho dos internos, que produzem e vendem produtos caseiros. São aproximadamente 50 quilos de queijo minas por mês e 20 dúzias de ovos por semana.   ANEC
Publicado em Nacionais
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Publicado em Internacionais
Respeitando a tradição, o Reitor-Mor lançou oficialmente a Estreia 2013 indo visitar a Casa Geral das Filhas de Maria Auxiliadora no início da tarde de 31 de dezembro. A tradição iniciada em 1849 pelo mesmo Dom Bosco prossegue com um tema dedicado ao conhecimento e aprofundamento da sua pedagogia, que é o segundo tema da caminhada trienal de preparação à celebração do bicentenário de seu nascimento (1815-2015). Na solene simplicidade do clima de família, o P. Pascual Chávez reuniu-se no Auditorium da Casa Geral das FMA com a Madre Yvonne Reungoat, mais uma densa representação de FMA e alguns Membros da FS. A eles apresentou, brevemente, o tema e a estrutura da Estreia 2013 expressa no já conhecido lema: “Como Dom Bosco educador, ofereçamos aos jovens o Evangelho da alegria mediante a pedagogia da bondade”. O verdadeiro “presente” (de que advém a palavra ‘estreia’), entretanto, é o texto que o Reitor-Mor publica e oferece a toda a Família Salesiana. São páginas que devem ser lidas, estudadas, aprofundadas, pessoalmente e nos vários organismos de animação de cada grupo, local e territorial. “A nossa abordagem, também agora, não é só intelectual. De um lado, é certamente necessário o estudo profundo da Pedagogia Salesiana a fim atualizá-la segundo a sensibilidade e as exigências do nosso tempo. Hoje, os contextos sociais, econômicos, culturais, políticos, religiosos, nos quais estamos a viver a vocação e a realizar a missão salesiana, estão profundamente alterados. Por outro lado, para a fidelidade carismática ao nosso Pai, é igualmente necessário fazer nosso o conteúdo e o método da sua oferta educativa e pastoral. No contexto da sociedade de hoje, somos chamados a ser santos educadores como ele, entregando a nossa vida como ele, trabalhando com e pelos jovens”. A par de algumas reflexões sobre os princípios consolidados do Sistema Preventivo (Razão, Religião, Bondade (ou'Amorevolezza'), Bom cristão e honesto cidadão), o Reitor-Mor oferece grandes pontos de referência, e empenhos, à FS. É um autêntico percurso de conhecimento e avaliação, com estímulos para uma formação e programação mais eficientes. Intenso é o acento – como sugere o versículo que acompanha o lema: «Alegrai-vos sempre no Senhor; repito: alegrai-vos» (Fl 4,4) – sobre o Evangelho da alegria, que deve ser entendido não como um “sentimento efêmero, mas como uma energia interior, que resiste também às dificuldades da vida”. “O Evangelho da alegria caracteriza toda a história de Dom Bosco e é a alma das suas múltiplas obras. Captou Dom Bosco o desejo de felicidade presente nos jovens e demonstrou a sua alegria de viver, com expressões quais alegria, pátio, festa; mas jamais deixou de indicar a Deus como fonte da verdadeira alegria” – escreve o Reitor-Mor em seu comento. Para encerrar, o padre Pacual Chávez focaliza Mamãe Margarida, a Venerável Mãe de Dom Bosco: “Foi dela que Dom Bosco aprendeu aqueles valores e atitudes que praticou com os seus meninos e que, com o passar dos anos, deixou aos Salesianos, tornando-se a base da sua pedagogia”. Um modo simples e direto que lembra como a eficácia de uma boa pedagogia salesiana está intrinsecamente ligada ao educador que inevitavelmente, por assimilação vital, transmite os valores, em que acredita, a quem lhe está perto num continuado relacionamento e diálogo.  O texto integral da Estreia está à disposição no site < sdb.org > junto com seu videocomentário. O texto da Estreia encontra-se também nos Atos do Conselho Geral (ACG), n. 415.
Publicado em Salesianidade
O Centro Educacional Dom Bosco da paróquia São José encerrou, na noite do dia 5 de dezembro, as atividades do ano com uma apresentação que contou com a participação especial da Orquestra em Ação da Associação Amigos da Orquestra. O evento foi realizado no auditório da paróquia e recebeu mais de 500 pessoas, entre familiares e convidados, sendo um deles o bispo diocesano, dom Bruno Pedron.   De acordo com o vice-presidente do Centro Educacional Dom Bosco, padre Lázaro dos Santos, o projeto da paróquia atende mais de 200 jovens e adolescentes dos 13 aos 17 anos, procedentes, especialmente, das comunidades mais carentes de Ji-Paraná. Eles recebem cursos gratuitos como de mecânica de moto e aulas de teclado, violão e outros instrumentos. Quando os jovens completam 18 anos, são inseridos no mercado de trabalho.   Apresentação Para os professores, João Costa e Calixto Gomes, a apresentação dos jovens superou todas as expectativas. “Não é fácil se apresentar, pela primeira vez, para um público como este. O resultado foi excelente.” afirmou João Costa. Outro bastante satisfeito com o desempenho do grupo foi o bispo diocesano, dom Bruno Pedron. Para ele o mais importante é saber que o trabalho da equipe educacional está rendendo bons frutos, com a formação de futuros cidadãos.   Orquestra em Ação O evento foi encerrado com uma apresentação especial do Grupo de Câmara do projeto Orquestra em Ação da Associação Amigos da Orquestra de Ji-Paraná, com o comando do maestro, Wendeon França. “São Jovens adolescentes que estão iniciando, quem sabe, um futuro bastante promissor na nossa música. O projeto está de parabéns”, declarou Wendeon França.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
A Arquidiocese de São Paulo, por meio do Setor Juventude, realiza neste domingo, 9 de dezembro, na zona Oeste da cidade, a corrida e caminhada de rua Bote Fé na Vida, evento que tem por objetivos divulgar e estimular a participação na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro,  em 2013.   O Bote Fé na Vida está sendo promovido em diversas cidades brasileiras e, na Capital paulista, é fruto de uma parceria inédita com a Secretaria Municipal de Esportes, contando com a anuência do Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e do bispo Referencial para o Setor Juventude, Dom Tarcísio Scaramussa, SDB.   O percurso escolhido foi a Avenida Escola Politécnica, região da Cidade Universitária. Os participantes do Bote Fé na Vida poderão optar entre a corrida de 5km ou a caminhada de 2,5km. A caminhada está aberta a pessoas de todas as idades, mas para a corrida, a idade mínima é de 16 anos. Uma infraestrutura com médicos e enfermeiros está sendo preparada para atender eventuais necessidades médicas. Todos os participantes ganharão medalhas, camisetas do evento, chips para marcação do tempo, barras de cereais e água.   A largada está prevista para às 8h desde o cruzamento da Avenida Escola Politécnica com a Avenida Miguel Frias de Vasconcelos, com oração e bênção de Dom Odilo Scherer. A partir das 7h os atletas poderão receber orientações e retirar os materiais para a corrida e a caminhada.   Há três  linhas de ônibus que circulam na Avenida Miguel Frias de Vasconcelos: 8319/10 (Parque Continental – Praça Ramos de Azevedo); 847J/10 (City Jaraguá – Jaguaré); 847C/10 (Parque Continental – Metrô Vila Mariana).   Se a experiência do Bote Fé na Vida for positiva, o evento poderá compor o Circuito Municipal de Corridas de Rua, com uma corrida pelo centro histórico de São Paulo, em março de 2013.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
Os alunos do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal) Fernando Teixeira e Filipe Tonussi Correia apresentaram, em setembro, no XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva – sessão “Projeto e Tecnologia do Veículo”, o projeto de pós-graduação em Mecatrônica "Desenvolvimento de um Sistema de Monitoramento Automotivo Através de Acesso Remoto Via GPRS (General Packet Radio Service)". O projeto, que teve a orientação do Professor Mestre engenheiro Roderlei Camargo, foi aceito pelo Comitê Científico do evento para a apresentação no Simpósio,  concorrendo com mais de 800 artigos de todo o mundo.   O trabalho tem o objetivo de estudar a implementação de um sistema embarcado para o diagnóstico de um automóvel via internet móvel. São estudadas as tecnologias disponíveis para monitoramento e diagnóstico, como o padrão OBD (On-board Diagnostics), protocolo CAN (Controller Área Network) e também as tecnologias móveis de conexão à Internet, que serão usadas pelo sistema embarcado. O projeto estuda ainda o software disponível para recepção dos dados em um servidor.   A avaliação dos participantes foi muito positiva e o projeto é um dos fortes candidatos à premiação de “Melhor apresentação do Simpósio”, especialmente porque foi o único que apresentou fisicamente o protótipo.   XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva O XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva - SIMEA é um evento organizado anualmente, pela Associação Brasileira de Engenharia Automotiva - AEA, que tem como intuito a busca e apresentação de estratégias, soluções, técnicas e inovações para a mobilidade.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
Página 3 de 3
Solidariedade, respeito e justiça social são valores que o Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo, em Macaé, RJ, faz questão de estimular em seus estudantes e educadores. Pensando nisso, a Pastoral Juvenil Salesiana promoveu uma campanha para auxiliar os dependentes químicos que residem na Fazenda Esperança – projeto social mantido pela Paróquia São João Batista. Liderados pelo professor de ensino religioso Junior Guzzo e pela irmã Gerline Deolinda, estudantes aderiram à iniciativa e arrecadaram 1.008 produtos de limpeza e 950 itens de higiene pessoal.   A entrega foi realizada na última terça-feira, 16 de abril, e contou com o apoio da Prefeitura de Macaé, que cedeu um ônibus para levar os alunos e os donativos até o centro de reabilitação, que fica às margens da BR 101. “As turmas do 8º A e 2º C foram as que mais se destacaram na campanha, mas todos estão de parabéns pela solidariedade”, agradeceu irmã Gerline.   Para a estudante Izabeli Ferreira, 15 anos, é importante que a educação escolar inclua esse tipo de atividade. “Também somos responsáveis por ajudar o próximo e a transformar o mundo em um lugar melhor.” Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conversar com os cerca de 30 internos, que relataram histórias distintas, mas que culminavam no desmantelamento da família e da dignidade humana. “Já passamos por essa situação na minha família - com um tio que era dependente de crack - e sabemos o quanto essas pessoas precisam de apoio para recomeçar”, disse Izabeli.   Atualmente, a Fazenda Esperança se mantém com doações e com o fruto do trabalho dos internos, que produzem e vendem produtos caseiros. São aproximadamente 50 quilos de queijo minas por mês e 20 dúzias de ovos por semana.   ANEC
Publicado em Nacionais
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Publicado em Internacionais
Respeitando a tradição, o Reitor-Mor lançou oficialmente a Estreia 2013 indo visitar a Casa Geral das Filhas de Maria Auxiliadora no início da tarde de 31 de dezembro. A tradição iniciada em 1849 pelo mesmo Dom Bosco prossegue com um tema dedicado ao conhecimento e aprofundamento da sua pedagogia, que é o segundo tema da caminhada trienal de preparação à celebração do bicentenário de seu nascimento (1815-2015). Na solene simplicidade do clima de família, o P. Pascual Chávez reuniu-se no Auditorium da Casa Geral das FMA com a Madre Yvonne Reungoat, mais uma densa representação de FMA e alguns Membros da FS. A eles apresentou, brevemente, o tema e a estrutura da Estreia 2013 expressa no já conhecido lema: “Como Dom Bosco educador, ofereçamos aos jovens o Evangelho da alegria mediante a pedagogia da bondade”. O verdadeiro “presente” (de que advém a palavra ‘estreia’), entretanto, é o texto que o Reitor-Mor publica e oferece a toda a Família Salesiana. São páginas que devem ser lidas, estudadas, aprofundadas, pessoalmente e nos vários organismos de animação de cada grupo, local e territorial. “A nossa abordagem, também agora, não é só intelectual. De um lado, é certamente necessário o estudo profundo da Pedagogia Salesiana a fim atualizá-la segundo a sensibilidade e as exigências do nosso tempo. Hoje, os contextos sociais, econômicos, culturais, políticos, religiosos, nos quais estamos a viver a vocação e a realizar a missão salesiana, estão profundamente alterados. Por outro lado, para a fidelidade carismática ao nosso Pai, é igualmente necessário fazer nosso o conteúdo e o método da sua oferta educativa e pastoral. No contexto da sociedade de hoje, somos chamados a ser santos educadores como ele, entregando a nossa vida como ele, trabalhando com e pelos jovens”. A par de algumas reflexões sobre os princípios consolidados do Sistema Preventivo (Razão, Religião, Bondade (ou'Amorevolezza'), Bom cristão e honesto cidadão), o Reitor-Mor oferece grandes pontos de referência, e empenhos, à FS. É um autêntico percurso de conhecimento e avaliação, com estímulos para uma formação e programação mais eficientes. Intenso é o acento – como sugere o versículo que acompanha o lema: «Alegrai-vos sempre no Senhor; repito: alegrai-vos» (Fl 4,4) – sobre o Evangelho da alegria, que deve ser entendido não como um “sentimento efêmero, mas como uma energia interior, que resiste também às dificuldades da vida”. “O Evangelho da alegria caracteriza toda a história de Dom Bosco e é a alma das suas múltiplas obras. Captou Dom Bosco o desejo de felicidade presente nos jovens e demonstrou a sua alegria de viver, com expressões quais alegria, pátio, festa; mas jamais deixou de indicar a Deus como fonte da verdadeira alegria” – escreve o Reitor-Mor em seu comento. Para encerrar, o padre Pacual Chávez focaliza Mamãe Margarida, a Venerável Mãe de Dom Bosco: “Foi dela que Dom Bosco aprendeu aqueles valores e atitudes que praticou com os seus meninos e que, com o passar dos anos, deixou aos Salesianos, tornando-se a base da sua pedagogia”. Um modo simples e direto que lembra como a eficácia de uma boa pedagogia salesiana está intrinsecamente ligada ao educador que inevitavelmente, por assimilação vital, transmite os valores, em que acredita, a quem lhe está perto num continuado relacionamento e diálogo.  O texto integral da Estreia está à disposição no site < sdb.org > junto com seu videocomentário. O texto da Estreia encontra-se também nos Atos do Conselho Geral (ACG), n. 415.
Publicado em Salesianidade
O Centro Educacional Dom Bosco da paróquia São José encerrou, na noite do dia 5 de dezembro, as atividades do ano com uma apresentação que contou com a participação especial da Orquestra em Ação da Associação Amigos da Orquestra. O evento foi realizado no auditório da paróquia e recebeu mais de 500 pessoas, entre familiares e convidados, sendo um deles o bispo diocesano, dom Bruno Pedron.   De acordo com o vice-presidente do Centro Educacional Dom Bosco, padre Lázaro dos Santos, o projeto da paróquia atende mais de 200 jovens e adolescentes dos 13 aos 17 anos, procedentes, especialmente, das comunidades mais carentes de Ji-Paraná. Eles recebem cursos gratuitos como de mecânica de moto e aulas de teclado, violão e outros instrumentos. Quando os jovens completam 18 anos, são inseridos no mercado de trabalho.   Apresentação Para os professores, João Costa e Calixto Gomes, a apresentação dos jovens superou todas as expectativas. “Não é fácil se apresentar, pela primeira vez, para um público como este. O resultado foi excelente.” afirmou João Costa. Outro bastante satisfeito com o desempenho do grupo foi o bispo diocesano, dom Bruno Pedron. Para ele o mais importante é saber que o trabalho da equipe educacional está rendendo bons frutos, com a formação de futuros cidadãos.   Orquestra em Ação O evento foi encerrado com uma apresentação especial do Grupo de Câmara do projeto Orquestra em Ação da Associação Amigos da Orquestra de Ji-Paraná, com o comando do maestro, Wendeon França. “São Jovens adolescentes que estão iniciando, quem sabe, um futuro bastante promissor na nossa música. O projeto está de parabéns”, declarou Wendeon França.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
A Arquidiocese de São Paulo, por meio do Setor Juventude, realiza neste domingo, 9 de dezembro, na zona Oeste da cidade, a corrida e caminhada de rua Bote Fé na Vida, evento que tem por objetivos divulgar e estimular a participação na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro,  em 2013.   O Bote Fé na Vida está sendo promovido em diversas cidades brasileiras e, na Capital paulista, é fruto de uma parceria inédita com a Secretaria Municipal de Esportes, contando com a anuência do Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e do bispo Referencial para o Setor Juventude, Dom Tarcísio Scaramussa, SDB.   O percurso escolhido foi a Avenida Escola Politécnica, região da Cidade Universitária. Os participantes do Bote Fé na Vida poderão optar entre a corrida de 5km ou a caminhada de 2,5km. A caminhada está aberta a pessoas de todas as idades, mas para a corrida, a idade mínima é de 16 anos. Uma infraestrutura com médicos e enfermeiros está sendo preparada para atender eventuais necessidades médicas. Todos os participantes ganharão medalhas, camisetas do evento, chips para marcação do tempo, barras de cereais e água.   A largada está prevista para às 8h desde o cruzamento da Avenida Escola Politécnica com a Avenida Miguel Frias de Vasconcelos, com oração e bênção de Dom Odilo Scherer. A partir das 7h os atletas poderão receber orientações e retirar os materiais para a corrida e a caminhada.   Há três  linhas de ônibus que circulam na Avenida Miguel Frias de Vasconcelos: 8319/10 (Parque Continental – Praça Ramos de Azevedo); 847J/10 (City Jaraguá – Jaguaré); 847C/10 (Parque Continental – Metrô Vila Mariana).   Se a experiência do Bote Fé na Vida for positiva, o evento poderá compor o Circuito Municipal de Corridas de Rua, com uma corrida pelo centro histórico de São Paulo, em março de 2013.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
Os alunos do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal) Fernando Teixeira e Filipe Tonussi Correia apresentaram, em setembro, no XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva – sessão “Projeto e Tecnologia do Veículo”, o projeto de pós-graduação em Mecatrônica "Desenvolvimento de um Sistema de Monitoramento Automotivo Através de Acesso Remoto Via GPRS (General Packet Radio Service)". O projeto, que teve a orientação do Professor Mestre engenheiro Roderlei Camargo, foi aceito pelo Comitê Científico do evento para a apresentação no Simpósio,  concorrendo com mais de 800 artigos de todo o mundo.   O trabalho tem o objetivo de estudar a implementação de um sistema embarcado para o diagnóstico de um automóvel via internet móvel. São estudadas as tecnologias disponíveis para monitoramento e diagnóstico, como o padrão OBD (On-board Diagnostics), protocolo CAN (Controller Área Network) e também as tecnologias móveis de conexão à Internet, que serão usadas pelo sistema embarcado. O projeto estuda ainda o software disponível para recepção dos dados em um servidor.   A avaliação dos participantes foi muito positiva e o projeto é um dos fortes candidatos à premiação de “Melhor apresentação do Simpósio”, especialmente porque foi o único que apresentou fisicamente o protótipo.   XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva O XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva - SIMEA é um evento organizado anualmente, pela Associação Brasileira de Engenharia Automotiva - AEA, que tem como intuito a busca e apresentação de estratégias, soluções, técnicas e inovações para a mobilidade.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
Página 3 de 3