Iniciativa envolveu o Instituto Nossa Senhora do Carmo e o Instituto São José.
Published in Nacionais
A urna de Dom Bosco chegou na sexta-feira, 7 de fevereiro, a Urgnano, nos arredores de Bérgamo, cidade no norte da Itália. O pequeno povoado não é só mais uma etapa no itinerário mundial da peregrinação da relíquia de Dom Bosco. Em Urgnano também viveu Catarina Lanfranchi Pilenga, mulher que sofria de um grave tipo de artrite, e que, invocada a intercessão de Dom Bosco, curou-se miraculosamente, abrindo caminho à canonização do Santo dos Jovens.
Published in Internacionais
Por ocasião do bicentenário de nascimento de Dom Bosco, que será celebrado em 2015, a Arquidiocese de Turim programou, para a primavera, uma exposição extraordinária do Santo Sudário – linho que, segundo a tradição, envolveu o Corpo de Jesus depois da Crucifixão.
Published in Internacionais
As novenas fazem parte do patrimônio da religiosidade popular. Trata-se de um costume realizado pelas comunidades na preparação de importantes momentos celebrativos, como o Natal. “A novena de Natal, a montagem do presépio, a participação na doação às crianças pobres, são um modo de entrar em preparação para a vinda do Senhor”, explica do Secretário Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), dom Leonardo Steiner.
Published in Nacionais
Uma das opções de voluntariado do Colégio Dom Bosco de Piracicaba, SP, em 2012 foi o projeto “Semeando a Esperança”, realizado nos dias 5 e 6 de dezembro na Escola Estadual Professor Antônio de Mello Cotrim, localizada no bairro Paulicéia. A escola recebeu um grupo de 50 alunos do ensino médio das unidades Dom Bosco Cidade Alta (DBCA) e Dom Bosco Assunção (DBA), todos os estudantes salesianos membros atuantes da Pastoral Escolar. O trabalho, nos dois dias, teve início às 12 horas e se estendeu até o final da tarde, tendo como público-alvo alunos de 5º e 6º anos.   Os alunos salesianos realizaram várias atividades para os jovens: oficinas de pintura, desenho, jogos, contação de histórias e muito mais. Também falaram aos alunos sobre higiene pessoal, meio ambiente, amizade, respeito, prevenção às drogas e à violência e vários outros assuntos.   O padre Ivan Tomasetto, coordenador de pastoral, e as auxiliares de pastoral Rosebel Francisco (DBCA) e Maria Teresa Canto (DBA) acompanharam a turma nos dois dias. “O Projeto ‘Semeando a Esperança’ proporciona uma maior integração entre as escolas e a consciência de solidariedade. Possibilita o protagonismo juvenil, amplia o intercâmbio pastoral e suscita o conhecimento e o gosto pela Pastoral Juvenil nas escolas. Por isso, ele depende da boa vontade das pessoas. Vontade de querer fazer a diferença, de sair da rotina e ir ao encontro de novas formas de viver a vida”, destaca o padre Ivan Tomasetto.   Projeto transformador O projeto nasceu no colégio há 10 anos e, após os resultados positivos, hoje faz parte do rol de projetos da Inspetoria Salesiana de São Paulo, sendo desenvolvido também em outros colégios salesianos. A proposta do “Semeando a Esperança” é simples: levar os alunos a amadurecerem no exercício da generosidade e participação no seio da família, sem o assistencialismo exagerado. O objetivo é proporcionar aos educandos a experiência da realidade social e o exercício da cidadania, com intuito de transformação social. O “Semeando a Esperança” possibilita o protagonismo juvenil na escola pública e faz com que cresça a consciência de solidariedade entre as escolas. O projeto envolve alunos voluntários do Dom Bosco sempre na primeira semana de férias, com a organização e promoção de atividades recreativas, esportivas, formativas e culturais em escolas da rede estadual, contribuindo assim com a socialização de crianças, adolescentes e jovens.   Selo Escola Solidária O Colégio Dom Bosco é uma das poucas escolas privadas da cidade que recebeu a certificação Escola Solidária 2011 do Instituto Brasil Solidário - Faça Parte. O selo tem vigência de dois anos, portanto, com validação até 2013. Foi o quarto Selo Escola Solidária consecutivo que o Dom Bosco de Piracicaba recebeu (2005, 2007, 2009 e 2011) graças a seus projetos pastorais na comunidade, incluindo o projeto “Semeando a Esperança”. O Selo Escola Solidária é uma realização do Instituto Faça Parte em parceria com o MEC (Ministério da Educação), o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), a Unesco, a OEI e a UNICEF. O objetivo do prêmio é identificar, reconhecer e fortalecer as escolas brasileiras como núcleos de cidadania em suas próprias comunidades.   RSE Informa
Published in Nacionais
Iniciativa envolveu o Instituto Nossa Senhora do Carmo e o Instituto São José.
Published in Nacionais
A urna de Dom Bosco chegou na sexta-feira, 7 de fevereiro, a Urgnano, nos arredores de Bérgamo, cidade no norte da Itália. O pequeno povoado não é só mais uma etapa no itinerário mundial da peregrinação da relíquia de Dom Bosco. Em Urgnano também viveu Catarina Lanfranchi Pilenga, mulher que sofria de um grave tipo de artrite, e que, invocada a intercessão de Dom Bosco, curou-se miraculosamente, abrindo caminho à canonização do Santo dos Jovens.
Published in Internacionais
Por ocasião do bicentenário de nascimento de Dom Bosco, que será celebrado em 2015, a Arquidiocese de Turim programou, para a primavera, uma exposição extraordinária do Santo Sudário – linho que, segundo a tradição, envolveu o Corpo de Jesus depois da Crucifixão.
Published in Internacionais
As novenas fazem parte do patrimônio da religiosidade popular. Trata-se de um costume realizado pelas comunidades na preparação de importantes momentos celebrativos, como o Natal. “A novena de Natal, a montagem do presépio, a participação na doação às crianças pobres, são um modo de entrar em preparação para a vinda do Senhor”, explica do Secretário Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), dom Leonardo Steiner.
Published in Nacionais
Uma das opções de voluntariado do Colégio Dom Bosco de Piracicaba, SP, em 2012 foi o projeto “Semeando a Esperança”, realizado nos dias 5 e 6 de dezembro na Escola Estadual Professor Antônio de Mello Cotrim, localizada no bairro Paulicéia. A escola recebeu um grupo de 50 alunos do ensino médio das unidades Dom Bosco Cidade Alta (DBCA) e Dom Bosco Assunção (DBA), todos os estudantes salesianos membros atuantes da Pastoral Escolar. O trabalho, nos dois dias, teve início às 12 horas e se estendeu até o final da tarde, tendo como público-alvo alunos de 5º e 6º anos.   Os alunos salesianos realizaram várias atividades para os jovens: oficinas de pintura, desenho, jogos, contação de histórias e muito mais. Também falaram aos alunos sobre higiene pessoal, meio ambiente, amizade, respeito, prevenção às drogas e à violência e vários outros assuntos.   O padre Ivan Tomasetto, coordenador de pastoral, e as auxiliares de pastoral Rosebel Francisco (DBCA) e Maria Teresa Canto (DBA) acompanharam a turma nos dois dias. “O Projeto ‘Semeando a Esperança’ proporciona uma maior integração entre as escolas e a consciência de solidariedade. Possibilita o protagonismo juvenil, amplia o intercâmbio pastoral e suscita o conhecimento e o gosto pela Pastoral Juvenil nas escolas. Por isso, ele depende da boa vontade das pessoas. Vontade de querer fazer a diferença, de sair da rotina e ir ao encontro de novas formas de viver a vida”, destaca o padre Ivan Tomasetto.   Projeto transformador O projeto nasceu no colégio há 10 anos e, após os resultados positivos, hoje faz parte do rol de projetos da Inspetoria Salesiana de São Paulo, sendo desenvolvido também em outros colégios salesianos. A proposta do “Semeando a Esperança” é simples: levar os alunos a amadurecerem no exercício da generosidade e participação no seio da família, sem o assistencialismo exagerado. O objetivo é proporcionar aos educandos a experiência da realidade social e o exercício da cidadania, com intuito de transformação social. O “Semeando a Esperança” possibilita o protagonismo juvenil na escola pública e faz com que cresça a consciência de solidariedade entre as escolas. O projeto envolve alunos voluntários do Dom Bosco sempre na primeira semana de férias, com a organização e promoção de atividades recreativas, esportivas, formativas e culturais em escolas da rede estadual, contribuindo assim com a socialização de crianças, adolescentes e jovens.   Selo Escola Solidária O Colégio Dom Bosco é uma das poucas escolas privadas da cidade que recebeu a certificação Escola Solidária 2011 do Instituto Brasil Solidário - Faça Parte. O selo tem vigência de dois anos, portanto, com validação até 2013. Foi o quarto Selo Escola Solidária consecutivo que o Dom Bosco de Piracicaba recebeu (2005, 2007, 2009 e 2011) graças a seus projetos pastorais na comunidade, incluindo o projeto “Semeando a Esperança”. O Selo Escola Solidária é uma realização do Instituto Faça Parte em parceria com o MEC (Ministério da Educação), o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), a Unesco, a OEI e a UNICEF. O objetivo do prêmio é identificar, reconhecer e fortalecer as escolas brasileiras como núcleos de cidadania em suas próprias comunidades.   RSE Informa
Published in Nacionais