A provocação do Papa Francisco de ser uma ‘Igreja em saída’ continua viva nos corações de centenas de jovens salesianos. Prova disso foram as participações nas semanas missionárias, em diversas regiões do país.  
Publicado em Missões
  Por ocasião do Dia da Vida Consagrada que será celebrado no domingo, 18 de agosto, a CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil), divulga uma mensagem destinada a todas as irmãs e irmãos das Comunidades Religiosas do país. Clique aqui para ler.   CRB Nacional
Publicado em Nacionais
Vivemos em um tempo de transformações rápidas, momento da história da evolução humana.  Tempo tão veloz que se torna difícil seguir o curso normal das coisas. A corrida da era digital está apenas começando. Novas formas de interagir, comunicar, informar, educar. Estamos diante de uma realidade jamais imaginada, e de um futuro de incertezas e desafios. Um mundo construído com novas informações, de diferentes formas: onde estamos, o que fazemos e do que gostamos. O que devemos fazer com essas informações? Uma alternativa é “viver intensamente” o tempo presente e compreender um futuro em que a tecnologia irá nos direcionar por caminhos jamais imaginados. Por outro lado, um mundo onde é fundamental preparar a geração dos chamados “nativos”, os nascidos na era digital, não apenas para o uso das mídias ou um bom desempenho escolar, mas também para os valores humanos, éticos e para o respeito das diversidades. A escola e o docente precisam valorizar a tecnologia como instrumento de aprendizagem e, ao mesmo tempo, entender que tal tarefa não é simples. É preciso deixar de lado a forma como fomos educados, no processo linear, na família, na Igreja e na sociedade. “Pois o “digital” possibilita outro modo de pensar, outra forma de construir o conhecimento, pautado em uma lógica não mais linear, mas em um conjunto de nós ligados por conexões” (Pierre Levy).
Publicado em Comunicação
A equipe do Programa de Medidas Socioeducativas dos Salesianos São Carlos promoveu, no dia 29 de abril, um encontro que contou com a presença de 18  familiares de adolescentes em cumprimento de liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade. As famílias foram convocadas por meio de convite formal encaminhado, via correio, com uma semana de antecedência.   O objetivo do encontro foi levar os familiares a refletirem sobre a proposta de redução da idade penal, avaliar os aspectos favoráveis e desfavoráveis dessa proposta e debater ações  afirmativas de prevenção, educação e acolhimento às necessidades da infância e juventude bem como a responsabilização do adolescente por seus atos infracionais.   Com o intuito de preparar o grupo para o tema principal, a equipe apresentou ilustrações que trabalham a questão da percepção, que pode fornecer diferentes olhares para uma mesma situação. Em seguida, cada integrante recebeu um envelope contendo aspectos contrários e favoráveis à redução da maioridade penal como as características da fase da adolescência, o papel do Estado, a atuação da polícia, as desigualdades sociais e os desafios que o Brasil precisa enfrentar frente à complexidade do problema.   Durante a conversa, os familiares expressaram as suas opiniões, contaram situações vivenciadas no cotidiano das comunidades, no meio escolar e, por meio do contato junto às orientadores, tiveram a oportunidades de debater a questão de forma mais ampla, se colocando como corresponsáveis pelas políticas adotadas pelo Estado.   Outras intervenções estão previstas ao longo do semestre contemplando este e outros temas relacionados à construção da cidadania.     André Kastein e Marileide da Cruz  
Publicado em Ação Social
Entre os dias 9 e 15 de novembro madre Yvonne Reungoat, madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), visita a Polônia, onde as FMA comemoram 90 anos de presença.   O ponto principal das celebrações do 90º aniversário da presença das FMA foi realizado dia 10 de novembro. Para iniciar as festividades foi escolhida a comunidade da beata Maria Romero em Ostrow Wielkopolski, onde as FMA administram uma escola para cerca de 800 alunos, desde o ensino fundamental até o ensino médio. No ginásio público João Paulo II foi realizada a primeira parte das celebrações com a presença de mais de 800 pessoas.    Durante a celebração foi apresentado um documentário, que conta a história do desenvolvimento do carisma salesiano, mesmo durante os tempos dramáticos da Segunda Guerra Mundial e do comunismo. O carisma das FMA, desde o início, tem raízes na santidade da madre Laura Meozzi, primeira missionária FMA na Polônia.   A última parte das festividades foi realizada no complexo escolar das FMA. No local, Madre Yvonne cumprimentou os diferentes grupos presentes: mais de 230 FMA, mais de 300 jovens e cerca de 200 leigos. Todos apresentavam a figura luminosa de madre Laura Meozzi, incentivando uma vida de santidade e vocação. Madre Yvonne concluirá sua visita dia 15 de novembro.   Leia a matéria na íntegra em Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais
A provocação do Papa Francisco de ser uma ‘Igreja em saída’ continua viva nos corações de centenas de jovens salesianos. Prova disso foram as participações nas semanas missionárias, em diversas regiões do país.  
Publicado em Missões
  Por ocasião do Dia da Vida Consagrada que será celebrado no domingo, 18 de agosto, a CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil), divulga uma mensagem destinada a todas as irmãs e irmãos das Comunidades Religiosas do país. Clique aqui para ler.   CRB Nacional
Publicado em Nacionais
Vivemos em um tempo de transformações rápidas, momento da história da evolução humana.  Tempo tão veloz que se torna difícil seguir o curso normal das coisas. A corrida da era digital está apenas começando. Novas formas de interagir, comunicar, informar, educar. Estamos diante de uma realidade jamais imaginada, e de um futuro de incertezas e desafios. Um mundo construído com novas informações, de diferentes formas: onde estamos, o que fazemos e do que gostamos. O que devemos fazer com essas informações? Uma alternativa é “viver intensamente” o tempo presente e compreender um futuro em que a tecnologia irá nos direcionar por caminhos jamais imaginados. Por outro lado, um mundo onde é fundamental preparar a geração dos chamados “nativos”, os nascidos na era digital, não apenas para o uso das mídias ou um bom desempenho escolar, mas também para os valores humanos, éticos e para o respeito das diversidades. A escola e o docente precisam valorizar a tecnologia como instrumento de aprendizagem e, ao mesmo tempo, entender que tal tarefa não é simples. É preciso deixar de lado a forma como fomos educados, no processo linear, na família, na Igreja e na sociedade. “Pois o “digital” possibilita outro modo de pensar, outra forma de construir o conhecimento, pautado em uma lógica não mais linear, mas em um conjunto de nós ligados por conexões” (Pierre Levy).
Publicado em Comunicação
A equipe do Programa de Medidas Socioeducativas dos Salesianos São Carlos promoveu, no dia 29 de abril, um encontro que contou com a presença de 18  familiares de adolescentes em cumprimento de liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade. As famílias foram convocadas por meio de convite formal encaminhado, via correio, com uma semana de antecedência.   O objetivo do encontro foi levar os familiares a refletirem sobre a proposta de redução da idade penal, avaliar os aspectos favoráveis e desfavoráveis dessa proposta e debater ações  afirmativas de prevenção, educação e acolhimento às necessidades da infância e juventude bem como a responsabilização do adolescente por seus atos infracionais.   Com o intuito de preparar o grupo para o tema principal, a equipe apresentou ilustrações que trabalham a questão da percepção, que pode fornecer diferentes olhares para uma mesma situação. Em seguida, cada integrante recebeu um envelope contendo aspectos contrários e favoráveis à redução da maioridade penal como as características da fase da adolescência, o papel do Estado, a atuação da polícia, as desigualdades sociais e os desafios que o Brasil precisa enfrentar frente à complexidade do problema.   Durante a conversa, os familiares expressaram as suas opiniões, contaram situações vivenciadas no cotidiano das comunidades, no meio escolar e, por meio do contato junto às orientadores, tiveram a oportunidades de debater a questão de forma mais ampla, se colocando como corresponsáveis pelas políticas adotadas pelo Estado.   Outras intervenções estão previstas ao longo do semestre contemplando este e outros temas relacionados à construção da cidadania.     André Kastein e Marileide da Cruz  
Publicado em Ação Social
Entre os dias 9 e 15 de novembro madre Yvonne Reungoat, madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), visita a Polônia, onde as FMA comemoram 90 anos de presença.   O ponto principal das celebrações do 90º aniversário da presença das FMA foi realizado dia 10 de novembro. Para iniciar as festividades foi escolhida a comunidade da beata Maria Romero em Ostrow Wielkopolski, onde as FMA administram uma escola para cerca de 800 alunos, desde o ensino fundamental até o ensino médio. No ginásio público João Paulo II foi realizada a primeira parte das celebrações com a presença de mais de 800 pessoas.    Durante a celebração foi apresentado um documentário, que conta a história do desenvolvimento do carisma salesiano, mesmo durante os tempos dramáticos da Segunda Guerra Mundial e do comunismo. O carisma das FMA, desde o início, tem raízes na santidade da madre Laura Meozzi, primeira missionária FMA na Polônia.   A última parte das festividades foi realizada no complexo escolar das FMA. No local, Madre Yvonne cumprimentou os diferentes grupos presentes: mais de 230 FMA, mais de 300 jovens e cerca de 200 leigos. Todos apresentavam a figura luminosa de madre Laura Meozzi, incentivando uma vida de santidade e vocação. Madre Yvonne concluirá sua visita dia 15 de novembro.   Leia a matéria na íntegra em Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais