Livro sobre o Papa João Paulo I conta com a participação de 188 testemunhas.  Confira no portal do Boletim Salesiano!
Published in Internacionais
Foi encerrada no dia 27 de março, com uma conferência conclusiva e a Santa Eucaristia de Ação de graças, a visita Extraordinária à Visitadoria do Sri Lanka, levada a termo pela delegação do reitor-mor, padre Pascual Chávez e pelo conselheiro para a Ásia Sul, padre Maria Arokiam Kanaga. Participaram da conferência cerca de 28 pessoas entre diretores, administradores e dirigentes das comunidades salesianas presentes na ilha, que se reuniram na Casa Inspetorial, de Dungalpitiya.   Na ocasião o padre Kanaga apresentou a avaliação sobre o estado da  Visitadoria e encorajou os seus membros a tomarem decisões corajosas de reestruturação para responder às atuais exigências.Padre Kanaga também estimulou as comunidades salesianas a servirem ainda mais a população católica, sobretudo os jovens – alvo do carisma salesiano também nas paróquias – propondo-lhes as opções salesianas neste cenário pós-bélico.   A visita, que levou o padre Kanaga às 16 presenças salesianas no Sri Lanka, foi iniciada no dia 15 de fevereiro e encerrada no dia 27 de março, às vésperas de Quinta-Feira Santa. Esta Visita Extraordinária assume um valor particular porque é a primeira após a guerra civil (1983–2009), com a abertura de novas presenças salesianas na parte Norte do país.   No Sri Lanka o ministério pastoral dos salesianos foi iniciado em 1956, com o primeiro centro de Negombo. Atualmente a visitadoria conta com 63 salesianos, que atuam em 16 centros, no geral escolas técnicas, por causa da nacionalização de todas as instituições acadêmicas, realizada pelo governo nos primeiros anos da década 1960.   O Sri Lanka se estende por um território de 65.610 km², dividido em sete províncias, com uma população de 20 milhões de habitantes, dos quais 70% são budistas. Os cristãos representam 7,4% da população.   InfoANS
Published in Internacionais
Livro sobre o Papa João Paulo I conta com a participação de 188 testemunhas.  Confira no portal do Boletim Salesiano!
Published in Internacionais
Foi encerrada no dia 27 de março, com uma conferência conclusiva e a Santa Eucaristia de Ação de graças, a visita Extraordinária à Visitadoria do Sri Lanka, levada a termo pela delegação do reitor-mor, padre Pascual Chávez e pelo conselheiro para a Ásia Sul, padre Maria Arokiam Kanaga. Participaram da conferência cerca de 28 pessoas entre diretores, administradores e dirigentes das comunidades salesianas presentes na ilha, que se reuniram na Casa Inspetorial, de Dungalpitiya.   Na ocasião o padre Kanaga apresentou a avaliação sobre o estado da  Visitadoria e encorajou os seus membros a tomarem decisões corajosas de reestruturação para responder às atuais exigências.Padre Kanaga também estimulou as comunidades salesianas a servirem ainda mais a população católica, sobretudo os jovens – alvo do carisma salesiano também nas paróquias – propondo-lhes as opções salesianas neste cenário pós-bélico.   A visita, que levou o padre Kanaga às 16 presenças salesianas no Sri Lanka, foi iniciada no dia 15 de fevereiro e encerrada no dia 27 de março, às vésperas de Quinta-Feira Santa. Esta Visita Extraordinária assume um valor particular porque é a primeira após a guerra civil (1983–2009), com a abertura de novas presenças salesianas na parte Norte do país.   No Sri Lanka o ministério pastoral dos salesianos foi iniciado em 1956, com o primeiro centro de Negombo. Atualmente a visitadoria conta com 63 salesianos, que atuam em 16 centros, no geral escolas técnicas, por causa da nacionalização de todas as instituições acadêmicas, realizada pelo governo nos primeiros anos da década 1960.   O Sri Lanka se estende por um território de 65.610 km², dividido em sete províncias, com uma população de 20 milhões de habitantes, dos quais 70% são budistas. Os cristãos representam 7,4% da população.   InfoANS
Published in Internacionais