Foi realizada no dia 25 de março, na Cúria Diocesana de São João del Rei, Minas Gerais, uma reunião com o intuito de reorganizar o Núcleo Diocesano da Conferência dos Religiosos do Brasil na Diocese de São João del Rei. Representantes de várias casas de vida consagrada da região foram recebidos para uma conversa com dom Célio de Oliveira Goulart. Os salesianos foram representados pelo padre Roberto Modesto. O bispo avaliou a reunião como muito produtiva. “Este encontro foi importante para que houvesse uma troca de experiências e conhecimentos”, disse dom Célio.   Acontece/ Inspetoria São João Bosco
Published in Nacionais
  Sol, alegria, fé, oração, adrenalina, evangelização e música, muita música! Essas são algumas das atrações do Summer Beats, que em sua nona edição deverá reunir mais de 10 mil jovens. O evento será realizado no dia 9 de fevereiro, a partir das 9 horas, no parque de diversões Hopi Hari (Rodovia dos Bandeirantes – Km 72.5, Moinho, Vinhedo – SP).   “O evento mais esperado do ano por toda a juventude cristã! É uma grande oportunidade de fazer muitos amigos de várias partes do Brasil”, destaca o idealizador e organizador Antonio Junior.   O evento já conta com mais de 200 caravanas confirmadas, dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. De acordo com a organização do evento, “o número não para de aumentar”, principalmente neste mês que antecede o Summer Beats.   Antonio conta que o evento “surgiu da vontade de proporcionar algo diferente para atrair jovens para a Igreja e dá opção de diversão sadia. São 9 horas de shows, além dos brinquedos radicais que podem ser usados durante todo o dia”.   Durante as 9 horas de shows, 12 atrações musicais devem animar e rezar com os jovens: Roda de Saron, Tony Alisson, Missionário Shalom, Dunga, Eliana Ribeiro, Oficina G3, Thalles Roberto, Banda Conexa, The Flanders, Lírios do Vale, Vida e Comunhão e Banda Arkanjos. Além das diversas atrações do parque, haverá também um palco exclusivo para bandas independentes com o “Summer Talents”.   “O jovem não quer apenas aprender com palavras, mas principalmente com ações! Reunir milhares de jovens com um só propósito, sem perder o jeito jovem de ser, é algo muito desafiador, mas ao mesmo tempo imensamente gratificante, pois são jovens falando para jovens!”, avalia Antonio.   “Nesse ano o número de jovens deve aumentar. Esperamos mais de 10 mil jovens louvando, cantando, se divertindo e curtindo essa batida, se preparando para mais um ano de emoções no Brasil, seja com a Copa do Mundo ou por outras centenas de projetos de evangelização”, afirma Antonio.   Os jovens já estão se mobilizando pelas redes sociais em caravanas de todo Brasil para participarem do evento. A organização alerta que a venda de ingressos para o evento só é possível pelo site ou pontos oficiais do evento. Saiba mais em www.summerbeats.com.br ou no perfil oficial do facebook.   No dia do evento, o jovem deve estar com roupas leves e confortáveis. Ter uma alimentação saudável e beber muita água. O protetor solar é indispensável.   “O Summer Beats 2014 estará imperdível! Com shows inéditos, brinquedos super-radicais e Deus presente  conosco, transformando a vida de centenas de jovens pela música, alegria e amor!”, conclui Antonio Junior.   Jovens Conectados  
Published in Nacionais
Educadores compartilham as experiências que viveram no Haiti como participantes do projeto da Rede Salesiana de Escolas “Professores sem Fronteiras”.   “Uma missão mais do que especial com crianças e jovens inesquecíveis que farão parte de toda minha vida”, relatou o professor Renato de Castro, sobre a experiência que ele viveu no Haiti ao lado de outros três educadores da Rede Salesiana de Escolas (RSE): Guilherme Brondi, Corjesus Costa e Rogério Batista. Formados em Educação Física, esses professores viajaram para o Haiti, no mês de julho, com o compromisso de desenvolver práticas esportivas com os alunos dos colégios e oratórios salesianos. A missão, que ganhou o nome de “Professores sem Fronteiras”, durou 28 dias e ajudou a transformar, por meio do esporte, a rotina de crianças e jovens que vivem abaixo da linha de pobreza.
Published in Educação
  “...Mesmo com o bolso vazio, Dom Bosco no outono de 1853, sem demora, abre no Oratório as primeiras oficinas internas: sapateiros alfaiates, encadernadores, carpinteiros, tipógrafos, ferreiros e a frente dessas oficinas colocou salesianos leigos, os quais chamou de coadjutores. Estavam sós e abandonados. Dom Bosco disse aos seus jovens: ‘Meus caros, não vos recomendo penitência, mas trabalho, trabalho, trabalho...’" (Memórias do Oratório).   A cada ano, na Quaresma, quando o Brasil recebe as diretrizes da nova Campanha da Fraternidade, o tema escolhido por meio de um amplo processo colaborativo retorna à sociedade e reverbera em cada uma das casas católicas espalhadas pelo país. Neste ano, o tema da campanha vem com ainda mais força, pois encontra eco em uma das mais relevantes ações da Igreja em âmbito mundial, a Jornada Mundial da Juventude. O tema central da CF 2013 é o jovem, o que não é pouco em um Brasil cujas desigualdades sociais expõem este segmento populacional às mais diversas mazelas, que vão da violência à exclusão digital. O assunto "Juventude", para a Família Salesiana, é foco intrínseco e quem segue os caminhos traçados por Dom Bosco trafega com tranquilidade. A própria história do santo nos traz uma enormidade de ‘recursos’ que gravitam em torno de uma estrutura familiar zelosa, calcada em valores humanos e de fé, e no respeito à criança, mesmo que a falta de recursos financeiros seja uma premissa. Por esse caminho virtuoso de Dom Bosco segue também a história de muitos jovens, que no contexto salesiano encontram apoio para a construção de uma vida digna como “bons cristãos e honestos cidadãos”.  
Published in Juventude
  Foi realizada no dia 25 de março, na Cúria Diocesana de São João del Rei, Minas Gerais, uma reunião com o intuito de reorganizar o Núcleo Diocesano da Conferência dos Religiosos do Brasil na Diocese de São João del Rei. Representantes de várias casas de vida consagrada da região foram recebidos para uma conversa com dom Célio de Oliveira Goulart. Os salesianos foram representados pelo padre Roberto Modesto. O bispo avaliou a reunião como muito produtiva. “Este encontro foi importante para que houvesse uma troca de experiências e conhecimentos”, disse dom Célio.   Acontece/ Inspetoria São João Bosco
Published in Nacionais
  Sol, alegria, fé, oração, adrenalina, evangelização e música, muita música! Essas são algumas das atrações do Summer Beats, que em sua nona edição deverá reunir mais de 10 mil jovens. O evento será realizado no dia 9 de fevereiro, a partir das 9 horas, no parque de diversões Hopi Hari (Rodovia dos Bandeirantes – Km 72.5, Moinho, Vinhedo – SP).   “O evento mais esperado do ano por toda a juventude cristã! É uma grande oportunidade de fazer muitos amigos de várias partes do Brasil”, destaca o idealizador e organizador Antonio Junior.   O evento já conta com mais de 200 caravanas confirmadas, dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. De acordo com a organização do evento, “o número não para de aumentar”, principalmente neste mês que antecede o Summer Beats.   Antonio conta que o evento “surgiu da vontade de proporcionar algo diferente para atrair jovens para a Igreja e dá opção de diversão sadia. São 9 horas de shows, além dos brinquedos radicais que podem ser usados durante todo o dia”.   Durante as 9 horas de shows, 12 atrações musicais devem animar e rezar com os jovens: Roda de Saron, Tony Alisson, Missionário Shalom, Dunga, Eliana Ribeiro, Oficina G3, Thalles Roberto, Banda Conexa, The Flanders, Lírios do Vale, Vida e Comunhão e Banda Arkanjos. Além das diversas atrações do parque, haverá também um palco exclusivo para bandas independentes com o “Summer Talents”.   “O jovem não quer apenas aprender com palavras, mas principalmente com ações! Reunir milhares de jovens com um só propósito, sem perder o jeito jovem de ser, é algo muito desafiador, mas ao mesmo tempo imensamente gratificante, pois são jovens falando para jovens!”, avalia Antonio.   “Nesse ano o número de jovens deve aumentar. Esperamos mais de 10 mil jovens louvando, cantando, se divertindo e curtindo essa batida, se preparando para mais um ano de emoções no Brasil, seja com a Copa do Mundo ou por outras centenas de projetos de evangelização”, afirma Antonio.   Os jovens já estão se mobilizando pelas redes sociais em caravanas de todo Brasil para participarem do evento. A organização alerta que a venda de ingressos para o evento só é possível pelo site ou pontos oficiais do evento. Saiba mais em www.summerbeats.com.br ou no perfil oficial do facebook.   No dia do evento, o jovem deve estar com roupas leves e confortáveis. Ter uma alimentação saudável e beber muita água. O protetor solar é indispensável.   “O Summer Beats 2014 estará imperdível! Com shows inéditos, brinquedos super-radicais e Deus presente  conosco, transformando a vida de centenas de jovens pela música, alegria e amor!”, conclui Antonio Junior.   Jovens Conectados  
Published in Nacionais
Educadores compartilham as experiências que viveram no Haiti como participantes do projeto da Rede Salesiana de Escolas “Professores sem Fronteiras”.   “Uma missão mais do que especial com crianças e jovens inesquecíveis que farão parte de toda minha vida”, relatou o professor Renato de Castro, sobre a experiência que ele viveu no Haiti ao lado de outros três educadores da Rede Salesiana de Escolas (RSE): Guilherme Brondi, Corjesus Costa e Rogério Batista. Formados em Educação Física, esses professores viajaram para o Haiti, no mês de julho, com o compromisso de desenvolver práticas esportivas com os alunos dos colégios e oratórios salesianos. A missão, que ganhou o nome de “Professores sem Fronteiras”, durou 28 dias e ajudou a transformar, por meio do esporte, a rotina de crianças e jovens que vivem abaixo da linha de pobreza.
Published in Educação
  “...Mesmo com o bolso vazio, Dom Bosco no outono de 1853, sem demora, abre no Oratório as primeiras oficinas internas: sapateiros alfaiates, encadernadores, carpinteiros, tipógrafos, ferreiros e a frente dessas oficinas colocou salesianos leigos, os quais chamou de coadjutores. Estavam sós e abandonados. Dom Bosco disse aos seus jovens: ‘Meus caros, não vos recomendo penitência, mas trabalho, trabalho, trabalho...’" (Memórias do Oratório).   A cada ano, na Quaresma, quando o Brasil recebe as diretrizes da nova Campanha da Fraternidade, o tema escolhido por meio de um amplo processo colaborativo retorna à sociedade e reverbera em cada uma das casas católicas espalhadas pelo país. Neste ano, o tema da campanha vem com ainda mais força, pois encontra eco em uma das mais relevantes ações da Igreja em âmbito mundial, a Jornada Mundial da Juventude. O tema central da CF 2013 é o jovem, o que não é pouco em um Brasil cujas desigualdades sociais expõem este segmento populacional às mais diversas mazelas, que vão da violência à exclusão digital. O assunto "Juventude", para a Família Salesiana, é foco intrínseco e quem segue os caminhos traçados por Dom Bosco trafega com tranquilidade. A própria história do santo nos traz uma enormidade de ‘recursos’ que gravitam em torno de uma estrutura familiar zelosa, calcada em valores humanos e de fé, e no respeito à criança, mesmo que a falta de recursos financeiros seja uma premissa. Por esse caminho virtuoso de Dom Bosco segue também a história de muitos jovens, que no contexto salesiano encontram apoio para a construção de uma vida digna como “bons cristãos e honestos cidadãos”.  
Published in Juventude