Começa na próxima sexta-feira, dia 09 de novembro, a 17ª edição do Festival da Juventude Salesiana, que só termina no domingo (dia 11). O evento reunirá no Colégio Salesiano- Recife cerca de 1.000 jovens vindos dos vários estados da região nordeste do Brasil e terá como tema “Juventude e Vida”.  Os participantes são todos integrantes de experiências associativas, grupos jovens ou ligados à Articulação da Juventude Salesiana.   Com uma programação permeada de muita arte, a juventude salesiana terá a oportunidade de mostrar seus talentos nos Festivais de Teatro, Música e Coreografia. Como não poderiam faltar, também serão realizados momentos ricos de espiritualidade, como as celebrações eucarísticas e momento de adoração, além da palestra sobre o tema na manhã do sábado (10).   O evento foi tema da revista anual da Cogregação Salesiana do ano passado "SALESIANOS 2011", com um artigo especial sobre o evento e sua importância: http://issuu.com/sdb-pisana/docs/salesiani2011_pt_screen (páginas 22 e 23).  
Publicado em Nacionais
A comunidade salesiana e paroquial do Santuário do Sagrado Coração de Bolonha,  Itália, comemorou, no último dia 21 de outubro, o centenário da consagração do templo a partir do qual, ainda hoje, propaga-se a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A celebração do centenário coincidiu com a Abertura Diocesana do Ano da Fé.   A Eucaristia foi presidida pelo vigário Bispo de Bolonha, padre Giovanni Silvagni. Estiveram presentes também o pároco, padre Antonio Rota, o diretor do instituto salesiano, padre Gianni Danesi, a comunidade salesiana e milhares de fiéis. Para a ocasião, foi reaberta a capela da pia batismal, totalmente restaurada, e os presentes renovaram suas promessas batismais.   Os salesianos chegaram a Bolonha por iniciativa do cardeal Domenico Svampa, que desejava fazer parte dos salesianos cooperadores e que, em 22 de fevereiro de 1897, no lançamento da pedra fundamental do Instituto Salesiano, na presença das autoridades civis, do beato Michele Rua, sucessor de Dom Bosco e de mais de 10 mil pessoas, disse: "Os Filhos de Dom Bosco cuidarão com zelo e amor a sábia educação dos filhos do povo, e preparando, para Bolonha, uma geração melhor."   O próprio cardeal Svampa, frente ao convite feito pelo Papa Leão XIII solicitando que consagrasse ao Sagrado Coração as dioceses e as nações, tomou a iniciativa de erigir, ao lado do Instituto Salesiano, este monumento artístico em nome de todos os católicos da Itália. O projeto foi confiado a um dos principais arquitetos da época, Collamarini, que inspirou-se nas grandes basílicas bizantinas, equipando-o com uma grande cúpula de 63 m de altura e, respeitando a tradição bolonhesa, quis que se parecesse com um bordado de tijolos vermelhos.   Em 16 de Outubro de 1912, o arcebispo de Bolonha, monsenhor Giacomo Della Chiesa, futuro Papa Bento XV, consagrou solenemente o novo templo dedicado ao Sagrado Coração, que logo se tornou, junto com a Madonna di San Luca, destino de peregrinações anuais para os bolonheses. Nos anos 30, o santuário foi renovado por um grande salesiano, o padre Antonio Gavinelli, que reconstruiu a cúpula destruída por um terremoto em 1929 e enriqueceu o santuário com pinturas, altares e 134 magníficos vitrais, projetados por Nardi consertando, enfim, os danos causados por um bombardeio em 1943.   No santuário, além dos serviços diários oferecidos aos fiéis, há também duas outras iniciativas que apoiam e difundem a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, tão querida a Dom Bosco. A primeira é a Obra Sacro Cuore (veja o site), uma associação fundada em 1930 que usa - e essa é a segunda iniciativa especial - a revista "Sacro Cuore" que envolve dezenas de milhares de pessoas na Itália e no mundo, incluindo também as comunidades religiosas de clausura, em particular, em uma "rede de pessoas que oram uns pelos outros", com um evento espiritual às 08h da manhã todos os dias, quando, para todos os membros, é celebrada a Eucaristia no altar do Sacro Cuore.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  Em época de eleições, a reflexão política ganha destaque nas escolas. Na educação salesiana, entretanto, o incentivo à participação do jovem na política vai muito além de exercer o direito ao voto: trata-se de ter uma postura crítica, propositiva e atuante na sociedade.     No último dia 7 de outubro, cerca de 140 milhões de brasileiros, em 5.568 municípios, participaram do primeiro turno das eleições municipais. Os eleitores tiveram a tarefa de escolher os prefeitos e vereadores que vão representá-los pelos próximos quatro anos, e que deveriam exercer suas funções de administradores públicos e legisladores de forma ética, justa e em nome do bem comum. Embora o voto seja obrigatório apenas a partir dos 18 anos, quase três milhões de eleitores (2% do total) têm 16 ou 17 anos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Só no mês de maio de 2012, cerca de 12 mil jovens nessa faixa etária procuraram os cartórios eleitorais no Estado de São Paulo para requerer o título de eleitor. Esses jovens, que foram às urnas pela primeira vez, mesmo sem ter a obrigação disso, representam um novo time de cidadãos que já entendeu a importância do seu papel no contexto político do país. O interesse dos jovens em fazer parte das eleições revela que é fundamental incentivá-los, desde cedo, a participar de ações que os coloquem como protagonistas na discussão política. O caminho pode ser desde a organização de debates políticos com a participação efetiva dos jovens, até a eleição de representantes de classe e lideranças escolares – uma atividade política que pode ser exercida inclusive por alunos do Ensino Fundamental.  
Publicado em Educação
Com o objetivo de “reavivar o fogo missionário” foi realizado no Colégio Santa Inês, em São Paulo, SP, entre os dias 13 e 15 de setembro, um encontro destinado a um grupo de Filhas de Maria Auxiliadora (Irmãs Salesianas) no Brasil, que têm entre 10 e 25 anos de profissão religiosa. No primeiro dia do encontro, a irmã Suzana Rocca instigou o grupo, com simplicidade e alegria, a refletir sobre como superar os próprios limites e enfrentar a vida com mais leveza e positividade. Irmã Maria Américo Rolim, conselheira geral para a formação, também conversou com as participantes levando-as a uma reflexão pessoal e comunitária sobre a importância de empreender um caminho para reavivar a identidade carismática.   No último dia de encontro, a irmã Vani Moreira, de Belo Horizonte, desenvolveu o tema: “Mística e Profecia em Dom Bosco e Madre Mazzarello”, partindo das relações biográficas onde está descrito como os dois santos viviam a profecia em relação ao próprio tempo e a seu contexto histórico. 
Publicado em Nacionais
Com Dom Bosco, construindo a civilização do amor”. Esse foi o tema do Encontro da Pastoral da Juventude Estudantil (PJE), realizado pela Inspetoria Salesiana de São Paulo (ISSP) no Liceu Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas-SP, no dia 15 de setembro. Houve oficinas, dinâmicas e celebração eucarística, com a participação de dezenas de jovens líderes da PJE em São Paulo, todos eles alunos de 6º a 8º ano nos colégios salesianos de Campinas, Sorocaba, Americana e Piracicaba. O evento celebrou também os 30 anos da Pastoral da Juventude Estudantil Nacional. RSE Informa
Publicado em Nacionais
Para celebrar o segundo ano de preparação para o bicentenário do nascimento de Dom Bosco, em 2015, foi inaugurada na paróquia de Santa Clara, em Cuba, dia 16 de agosto, uma exposição do cartunista Alfredo Martirena, sobre Dom Bosco e a pedagogia salesiana. A exposição, intitulada "Nós somos os herdeiros de sua pedagogia” mostra, através de algumas placas gráficas, várias facetas da vida de Dom Bosco, destacando sua experiência de ensino e seu compromisso com os mais desfavorecidos.  Coordenado pelo padre salesiano Guillermo García Montaño, o projeto, ilustrado por 16 telas, ajuda a ilustrar frases, dicas ou mensagens que são uma expressão da pedagogia de Dom Bosco e do tema central deste segundo ano de preparação para o bicentenário do nascimento do fundador da Família Salesiana. As obras do famoso cartunista ficarão disponíveis por mais algum tempo e posteriormente serão exibidas nos boletins produzidos na ilha caribenha.  
Publicado em Internacionais
  A Articulação da Juventude Salesiana no Pará (AJS-PA) prepara encontrão anual com estudo sistemático sobre Dom Bosco. Experimente somar alegria mais euforia mais expectativa. No Pará, o resultado é igual a “Encontrão Anual da AJS”. Os jovens dos grupos que compõem a Articulação da Juventude Salesiana (AJS) no Pará estão super empolgados com a proximidade dos dias 14, 15 e 16 de setembro de 2012, data em que será realizado o Retiro da AJS, como é conhecido o evento. E não é para menos. A experiência é mesmo inesquecível, que o diga Leonardo Cunha (17), animador do Oratório Festivo de Dom Bosco da Escola Salesiana do Trabalho – EST: “Eu sei que estou dando meu melhor, estou devorando o livro da ‘corda bamba, mas ainda não fui escolhido para representar meu grupo esse ano. Claro que aguardo com ansiedade minha indicação. Ano passado foi muito bom! Legal demais! Uma experiência que jamais esquecerei”.
Publicado em Juventude
Para celebrar os 20 anos de presença na Albânia, a Família Salesiana organizou nos dias 9 e 10 de março um fim de semana denso de comemorações. Entre as atividades, no dia 9 de março, em Tale, a madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, irmã Yvonne Reungoat, inaugurou o centro socioeducativo Laura Vicuña. No dia seguinte, em Tirana, fez-se uma grande festa com a participação do Movimento Juvenil Salesiano da Albânia e Cossovo.A Albânia, país do Leste Europeu, viveu muitas décadas sob uma ditadura que impedia a livre manifestação religiosa. Em 1991, no processo de queda dos regimes ditatoriais da região, o papa João Paulo II fez um apelo aos superiores de diver-sas congregações religiosas para que enviassem missionários ao país, no que foi prontamente atendido pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora.
Publicado em Internacionais
Página 12 de 12
Começa na próxima sexta-feira, dia 09 de novembro, a 17ª edição do Festival da Juventude Salesiana, que só termina no domingo (dia 11). O evento reunirá no Colégio Salesiano- Recife cerca de 1.000 jovens vindos dos vários estados da região nordeste do Brasil e terá como tema “Juventude e Vida”.  Os participantes são todos integrantes de experiências associativas, grupos jovens ou ligados à Articulação da Juventude Salesiana.   Com uma programação permeada de muita arte, a juventude salesiana terá a oportunidade de mostrar seus talentos nos Festivais de Teatro, Música e Coreografia. Como não poderiam faltar, também serão realizados momentos ricos de espiritualidade, como as celebrações eucarísticas e momento de adoração, além da palestra sobre o tema na manhã do sábado (10).   O evento foi tema da revista anual da Cogregação Salesiana do ano passado "SALESIANOS 2011", com um artigo especial sobre o evento e sua importância: http://issuu.com/sdb-pisana/docs/salesiani2011_pt_screen (páginas 22 e 23).  
Publicado em Nacionais
A comunidade salesiana e paroquial do Santuário do Sagrado Coração de Bolonha,  Itália, comemorou, no último dia 21 de outubro, o centenário da consagração do templo a partir do qual, ainda hoje, propaga-se a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A celebração do centenário coincidiu com a Abertura Diocesana do Ano da Fé.   A Eucaristia foi presidida pelo vigário Bispo de Bolonha, padre Giovanni Silvagni. Estiveram presentes também o pároco, padre Antonio Rota, o diretor do instituto salesiano, padre Gianni Danesi, a comunidade salesiana e milhares de fiéis. Para a ocasião, foi reaberta a capela da pia batismal, totalmente restaurada, e os presentes renovaram suas promessas batismais.   Os salesianos chegaram a Bolonha por iniciativa do cardeal Domenico Svampa, que desejava fazer parte dos salesianos cooperadores e que, em 22 de fevereiro de 1897, no lançamento da pedra fundamental do Instituto Salesiano, na presença das autoridades civis, do beato Michele Rua, sucessor de Dom Bosco e de mais de 10 mil pessoas, disse: "Os Filhos de Dom Bosco cuidarão com zelo e amor a sábia educação dos filhos do povo, e preparando, para Bolonha, uma geração melhor."   O próprio cardeal Svampa, frente ao convite feito pelo Papa Leão XIII solicitando que consagrasse ao Sagrado Coração as dioceses e as nações, tomou a iniciativa de erigir, ao lado do Instituto Salesiano, este monumento artístico em nome de todos os católicos da Itália. O projeto foi confiado a um dos principais arquitetos da época, Collamarini, que inspirou-se nas grandes basílicas bizantinas, equipando-o com uma grande cúpula de 63 m de altura e, respeitando a tradição bolonhesa, quis que se parecesse com um bordado de tijolos vermelhos.   Em 16 de Outubro de 1912, o arcebispo de Bolonha, monsenhor Giacomo Della Chiesa, futuro Papa Bento XV, consagrou solenemente o novo templo dedicado ao Sagrado Coração, que logo se tornou, junto com a Madonna di San Luca, destino de peregrinações anuais para os bolonheses. Nos anos 30, o santuário foi renovado por um grande salesiano, o padre Antonio Gavinelli, que reconstruiu a cúpula destruída por um terremoto em 1929 e enriqueceu o santuário com pinturas, altares e 134 magníficos vitrais, projetados por Nardi consertando, enfim, os danos causados por um bombardeio em 1943.   No santuário, além dos serviços diários oferecidos aos fiéis, há também duas outras iniciativas que apoiam e difundem a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, tão querida a Dom Bosco. A primeira é a Obra Sacro Cuore (veja o site), uma associação fundada em 1930 que usa - e essa é a segunda iniciativa especial - a revista "Sacro Cuore" que envolve dezenas de milhares de pessoas na Itália e no mundo, incluindo também as comunidades religiosas de clausura, em particular, em uma "rede de pessoas que oram uns pelos outros", com um evento espiritual às 08h da manhã todos os dias, quando, para todos os membros, é celebrada a Eucaristia no altar do Sacro Cuore.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  Em época de eleições, a reflexão política ganha destaque nas escolas. Na educação salesiana, entretanto, o incentivo à participação do jovem na política vai muito além de exercer o direito ao voto: trata-se de ter uma postura crítica, propositiva e atuante na sociedade.     No último dia 7 de outubro, cerca de 140 milhões de brasileiros, em 5.568 municípios, participaram do primeiro turno das eleições municipais. Os eleitores tiveram a tarefa de escolher os prefeitos e vereadores que vão representá-los pelos próximos quatro anos, e que deveriam exercer suas funções de administradores públicos e legisladores de forma ética, justa e em nome do bem comum. Embora o voto seja obrigatório apenas a partir dos 18 anos, quase três milhões de eleitores (2% do total) têm 16 ou 17 anos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Só no mês de maio de 2012, cerca de 12 mil jovens nessa faixa etária procuraram os cartórios eleitorais no Estado de São Paulo para requerer o título de eleitor. Esses jovens, que foram às urnas pela primeira vez, mesmo sem ter a obrigação disso, representam um novo time de cidadãos que já entendeu a importância do seu papel no contexto político do país. O interesse dos jovens em fazer parte das eleições revela que é fundamental incentivá-los, desde cedo, a participar de ações que os coloquem como protagonistas na discussão política. O caminho pode ser desde a organização de debates políticos com a participação efetiva dos jovens, até a eleição de representantes de classe e lideranças escolares – uma atividade política que pode ser exercida inclusive por alunos do Ensino Fundamental.  
Publicado em Educação
Com o objetivo de “reavivar o fogo missionário” foi realizado no Colégio Santa Inês, em São Paulo, SP, entre os dias 13 e 15 de setembro, um encontro destinado a um grupo de Filhas de Maria Auxiliadora (Irmãs Salesianas) no Brasil, que têm entre 10 e 25 anos de profissão religiosa. No primeiro dia do encontro, a irmã Suzana Rocca instigou o grupo, com simplicidade e alegria, a refletir sobre como superar os próprios limites e enfrentar a vida com mais leveza e positividade. Irmã Maria Américo Rolim, conselheira geral para a formação, também conversou com as participantes levando-as a uma reflexão pessoal e comunitária sobre a importância de empreender um caminho para reavivar a identidade carismática.   No último dia de encontro, a irmã Vani Moreira, de Belo Horizonte, desenvolveu o tema: “Mística e Profecia em Dom Bosco e Madre Mazzarello”, partindo das relações biográficas onde está descrito como os dois santos viviam a profecia em relação ao próprio tempo e a seu contexto histórico. 
Publicado em Nacionais
Com Dom Bosco, construindo a civilização do amor”. Esse foi o tema do Encontro da Pastoral da Juventude Estudantil (PJE), realizado pela Inspetoria Salesiana de São Paulo (ISSP) no Liceu Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas-SP, no dia 15 de setembro. Houve oficinas, dinâmicas e celebração eucarística, com a participação de dezenas de jovens líderes da PJE em São Paulo, todos eles alunos de 6º a 8º ano nos colégios salesianos de Campinas, Sorocaba, Americana e Piracicaba. O evento celebrou também os 30 anos da Pastoral da Juventude Estudantil Nacional. RSE Informa
Publicado em Nacionais
Para celebrar o segundo ano de preparação para o bicentenário do nascimento de Dom Bosco, em 2015, foi inaugurada na paróquia de Santa Clara, em Cuba, dia 16 de agosto, uma exposição do cartunista Alfredo Martirena, sobre Dom Bosco e a pedagogia salesiana. A exposição, intitulada "Nós somos os herdeiros de sua pedagogia” mostra, através de algumas placas gráficas, várias facetas da vida de Dom Bosco, destacando sua experiência de ensino e seu compromisso com os mais desfavorecidos.  Coordenado pelo padre salesiano Guillermo García Montaño, o projeto, ilustrado por 16 telas, ajuda a ilustrar frases, dicas ou mensagens que são uma expressão da pedagogia de Dom Bosco e do tema central deste segundo ano de preparação para o bicentenário do nascimento do fundador da Família Salesiana. As obras do famoso cartunista ficarão disponíveis por mais algum tempo e posteriormente serão exibidas nos boletins produzidos na ilha caribenha.  
Publicado em Internacionais
  A Articulação da Juventude Salesiana no Pará (AJS-PA) prepara encontrão anual com estudo sistemático sobre Dom Bosco. Experimente somar alegria mais euforia mais expectativa. No Pará, o resultado é igual a “Encontrão Anual da AJS”. Os jovens dos grupos que compõem a Articulação da Juventude Salesiana (AJS) no Pará estão super empolgados com a proximidade dos dias 14, 15 e 16 de setembro de 2012, data em que será realizado o Retiro da AJS, como é conhecido o evento. E não é para menos. A experiência é mesmo inesquecível, que o diga Leonardo Cunha (17), animador do Oratório Festivo de Dom Bosco da Escola Salesiana do Trabalho – EST: “Eu sei que estou dando meu melhor, estou devorando o livro da ‘corda bamba, mas ainda não fui escolhido para representar meu grupo esse ano. Claro que aguardo com ansiedade minha indicação. Ano passado foi muito bom! Legal demais! Uma experiência que jamais esquecerei”.
Publicado em Juventude
Para celebrar os 20 anos de presença na Albânia, a Família Salesiana organizou nos dias 9 e 10 de março um fim de semana denso de comemorações. Entre as atividades, no dia 9 de março, em Tale, a madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, irmã Yvonne Reungoat, inaugurou o centro socioeducativo Laura Vicuña. No dia seguinte, em Tirana, fez-se uma grande festa com a participação do Movimento Juvenil Salesiano da Albânia e Cossovo.A Albânia, país do Leste Europeu, viveu muitas décadas sob uma ditadura que impedia a livre manifestação religiosa. Em 1991, no processo de queda dos regimes ditatoriais da região, o papa João Paulo II fez um apelo aos superiores de diver-sas congregações religiosas para que enviassem missionários ao país, no que foi prontamente atendido pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora.
Publicado em Internacionais
Página 12 de 12