Começa neste sábado, 10, e segue até o dia 16 de agosto - data em que será comemorado o 198°aniversário de Dom Bosco, o III Confronto do Movimento Juvenil (MJS) Salesiano, na Itália. O evento terá a participação de cerca de 1000 jovens de todo o país que vão se reunir como peregrinos e testemunhas da alegria.
Publicado em Internacionais
  Como parte do Dia Mundial do Refugiado celebrado nesta quinta-feira, 20 de junho, a Procuradoria Missionária de Madri divulgou um comunicado para acentuar o compromisso da Congregação Salesiana com essas pessoas. Há atualmente em todo o mundo cerca de 70 milhões de refugiados, mas o número vai crescendo, à medida que guerras, calamidades e discriminações obrigam os indivíduos a abandonar os próprios países.   O Dia Mundial do Refugiado convida a todos a não se esquecerem de que há no mundo milhões de refugiados; e refugiados que têm necessidade de proteção e de ajuda.   República Democrática do Congo O Centro Don Bosco Ngangi, na República Democrática do Congo, é um dos lugares em que centenas de pessoas se refugiam toda vez que se reacendem os confrontos na região. Atualmente a comunidade salesiana está alerta, porque – como testemunham em Goma - “não obstante a trégua esteja sendo respeitada, nunca se sabe o que pode acontecer”.   Paquistão   Entre as várias atividades em curso no Paquistão, os filhos de Dom Bosco se ocupam em ajudar as crianças refugiadas provenientes do Afeganistão. Em Queta, os centros escolares salesianos estão trabalhando duramente a fim de que as crianças afegãs possam continuar o seu curso formativo. Síria A situação na Síria torna-se cada dia mais difícil, explica o padre Munir El Rai, inspetor dos Salesianos do Oriente Médio: “As tradicionais atividades tiveram de ser suspensas há meses para poder responder às exigências da população”. Desde o início do conflito na Síria, além disso, também os salesianos presentes no Líbano começaram a dedicar-se aos refugiados sírios, visto que atualmente são cerca de 500.000 os sírios fugidos para o Líbano, e – segundo os dados do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) – mais da metade deles é de crianças. Mali O conflito no Mali causou mais de 280.000 desabrigados, sem mencionar os cerca de 120.000 refugiados que buscaram guarida nos países vizinhos. No Mali, em Bamaco, os missionários salesianos se preocupam pelas famílias necessitadas. “Aqui são as mesmas famílias do lugar que se estão encarregando de ajudar as outras famílias provenientes do Norte” – referem os missionários salesianos.   A Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 20 de junho como Dia Mundial do Refugiado, em sinal de solidariedade com a África, Continente que detém o maior contingente de refugiados do mundo.   InfoANS
Publicado em Missões
A Pastoral da Juventude da Diocese de São Gabriel, em parceria com o Conselho Municipal de Juventude e o Centro Juvenil Salesiano, realizaram nos dias 26 e 27 de outubro, o I Seminário Diocesano da Campanha Contra a Violência e Extermínio de Jovens. A iniciativa faz parte do projeto da Pastoral em buscar caminhos de compreensão dos altos índices de violência contra os jovens no Rio Negro e da necessidade de construir um itinerário formativo com orientações ao enfrentamento desta questão.   O seminário foi realizado com base no método Ver, Julgar e Agir. Ver: Olha a realidade – Análise de conjuntura; Refletir: Como somos atingidos pela violência e quais suas formas mais gritantes; Agir: Ações que deveremos assumir para a promoção da vida.   As diretrizes de enfrentamento foram elaboradas a partir das discussões nos grupos de trabalho, divididos em cinco temáticas consideradas urgências irrenunciáveis: 1- Exploração sexual infanto-juvenil; 2- Álcool e outras drogas; 3- Violência escolar; 4- Suicídio; 5- Saúde/esporte/cultura – Este último eixo surgiu nas rodas de conversas preparatórias ao seminário como elemento estratégico de prevenção a violência e qualidade de vida dos jovens.   O diálogo foi assessorado pelo jovem Jhonata Vicente, coordenador estadual da campanha, colaborador engajado da Pastoral da Juventude (PJ) e colaborador de movimentos sociais em Manaus. Participaram do seminário jovens representantes da paróquia de Barcelos, Santa Isabel, Cucuí, Taracuá, Iauareté, Pari Cachoeira, Dom Bosco e Catedral, movimentos estudantis e grupos juvenis de diversas vertentes.   Também foi significativa a presença dos salesianos e salesianas, entre eles, os padres José Jacinto, Reginaldo Cordeiro, Justino Sarmento e as irmãs Lidyane Viana, Regina Gomes, Justina e Firmina.   Leia mais em Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia
Publicado em Nacionais
Começa neste sábado, 10, e segue até o dia 16 de agosto - data em que será comemorado o 198°aniversário de Dom Bosco, o III Confronto do Movimento Juvenil (MJS) Salesiano, na Itália. O evento terá a participação de cerca de 1000 jovens de todo o país que vão se reunir como peregrinos e testemunhas da alegria.
Publicado em Internacionais
  Como parte do Dia Mundial do Refugiado celebrado nesta quinta-feira, 20 de junho, a Procuradoria Missionária de Madri divulgou um comunicado para acentuar o compromisso da Congregação Salesiana com essas pessoas. Há atualmente em todo o mundo cerca de 70 milhões de refugiados, mas o número vai crescendo, à medida que guerras, calamidades e discriminações obrigam os indivíduos a abandonar os próprios países.   O Dia Mundial do Refugiado convida a todos a não se esquecerem de que há no mundo milhões de refugiados; e refugiados que têm necessidade de proteção e de ajuda.   República Democrática do Congo O Centro Don Bosco Ngangi, na República Democrática do Congo, é um dos lugares em que centenas de pessoas se refugiam toda vez que se reacendem os confrontos na região. Atualmente a comunidade salesiana está alerta, porque – como testemunham em Goma - “não obstante a trégua esteja sendo respeitada, nunca se sabe o que pode acontecer”.   Paquistão   Entre as várias atividades em curso no Paquistão, os filhos de Dom Bosco se ocupam em ajudar as crianças refugiadas provenientes do Afeganistão. Em Queta, os centros escolares salesianos estão trabalhando duramente a fim de que as crianças afegãs possam continuar o seu curso formativo. Síria A situação na Síria torna-se cada dia mais difícil, explica o padre Munir El Rai, inspetor dos Salesianos do Oriente Médio: “As tradicionais atividades tiveram de ser suspensas há meses para poder responder às exigências da população”. Desde o início do conflito na Síria, além disso, também os salesianos presentes no Líbano começaram a dedicar-se aos refugiados sírios, visto que atualmente são cerca de 500.000 os sírios fugidos para o Líbano, e – segundo os dados do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) – mais da metade deles é de crianças. Mali O conflito no Mali causou mais de 280.000 desabrigados, sem mencionar os cerca de 120.000 refugiados que buscaram guarida nos países vizinhos. No Mali, em Bamaco, os missionários salesianos se preocupam pelas famílias necessitadas. “Aqui são as mesmas famílias do lugar que se estão encarregando de ajudar as outras famílias provenientes do Norte” – referem os missionários salesianos.   A Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 20 de junho como Dia Mundial do Refugiado, em sinal de solidariedade com a África, Continente que detém o maior contingente de refugiados do mundo.   InfoANS
Publicado em Missões
A Pastoral da Juventude da Diocese de São Gabriel, em parceria com o Conselho Municipal de Juventude e o Centro Juvenil Salesiano, realizaram nos dias 26 e 27 de outubro, o I Seminário Diocesano da Campanha Contra a Violência e Extermínio de Jovens. A iniciativa faz parte do projeto da Pastoral em buscar caminhos de compreensão dos altos índices de violência contra os jovens no Rio Negro e da necessidade de construir um itinerário formativo com orientações ao enfrentamento desta questão.   O seminário foi realizado com base no método Ver, Julgar e Agir. Ver: Olha a realidade – Análise de conjuntura; Refletir: Como somos atingidos pela violência e quais suas formas mais gritantes; Agir: Ações que deveremos assumir para a promoção da vida.   As diretrizes de enfrentamento foram elaboradas a partir das discussões nos grupos de trabalho, divididos em cinco temáticas consideradas urgências irrenunciáveis: 1- Exploração sexual infanto-juvenil; 2- Álcool e outras drogas; 3- Violência escolar; 4- Suicídio; 5- Saúde/esporte/cultura – Este último eixo surgiu nas rodas de conversas preparatórias ao seminário como elemento estratégico de prevenção a violência e qualidade de vida dos jovens.   O diálogo foi assessorado pelo jovem Jhonata Vicente, coordenador estadual da campanha, colaborador engajado da Pastoral da Juventude (PJ) e colaborador de movimentos sociais em Manaus. Participaram do seminário jovens representantes da paróquia de Barcelos, Santa Isabel, Cucuí, Taracuá, Iauareté, Pari Cachoeira, Dom Bosco e Catedral, movimentos estudantis e grupos juvenis de diversas vertentes.   Também foi significativa a presença dos salesianos e salesianas, entre eles, os padres José Jacinto, Reginaldo Cordeiro, Justino Sarmento e as irmãs Lidyane Viana, Regina Gomes, Justina e Firmina.   Leia mais em Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia
Publicado em Nacionais